Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "Nova Zelândia"

Da wiki Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa
Nova Zelândia

Default Banner.jpg

(De barco)
(Circular)
Linha 80: Linha 80:
  
 
== Circular ==
 
== Circular ==
Para poder circular económicamente na Nova Zelândia,é comprar um passe pelo tempo que pretende ficar.Passe este,que dá direito a viajar em autocarro,de comboio e barco,para a travessia entre as ilhas.Só precisa,um dia antes de viajar,de reconfirmar a sua viagem.Este sistema de passe é de mais completa eficiência.
+
Para poder circular economicamente na Nova Zelândia,compre um passe pelo tempo que pretende ficar.Passe este,que dá direito a viajar em autocarro,de trem e barco,para a travessia entre as ilhas.Só precisa,um dia antes de viajar, reconfirmar a sua viagem.Este sistema de passe é de mais completa eficiência.
=== De avião ===
+
 
=== De barco ===
 
 
=== De carro ===
 
=== De carro ===
  
Linha 94: Linha 93:
  
 
Procure locadoras locais as internacionais. Elas oferecem valores melhores e não possuem restrições de tempo ou quilometragem diária.
 
Procure locadoras locais as internacionais. Elas oferecem valores melhores e não possuem restrições de tempo ou quilometragem diária.
=== De ônibus ===
+
 
=== De trem ===
+
=== De bicicleta ===
 +
Você pode trazer sua própria bicicleta, bem como alugar uma bicicleta em algumas das cidades maiores. Você deve usar um capacete durante a condução, caso contrário poderá ser multado. Ao contratar uma moto que deveria ser fornecido com um capacete. Lembre-se também a andar à esquerda.
 +
 
 +
Andar de bicicleta na Nova Zelândia pode ser divertido, mas esteja ciente de que, devido à geografia e pequeno número de pessoas entre as cidades de bicicleta há muito poucas ciclovias e espaço limitado no ombro estradas. Cuidado com os ônibus e caminhões nas estradas principais como as distâncias de ultrapassagem pode ser slim. Você também deve estar preparado para as grandes distâncias entre as cidades e o clima geral de vento. Enquanto algumas áreas da Nova Zelândia são planas, a maioria dos turistas de bicicleta na Nova Zelândia vai achar que eles precisam ser capazes de lidar com longos períodos de bicicleta até montanhas, especialmente no Coromandel. Esteja preparado para qualquer tempo, e para o clima mudar em um dia.
 +
 
 +
Você pode optar por ter uma moto no momento da chegada na Nova Zelândia, ou a utilização de um operador turístico auto guiada ou orientada ciclo. Christchurch tem o maior número de operadores turísticos guiados e auto-guiada, e há uma série de empresas de aluguer de bicicletas com base lá também. Há também vários operadores turísticos que incorporam com passeios de bicicleta, como o Active Nova Zelândia e Tours Pedal, bem como empresas especializadas ciclo tour gosta de aventura do Sul
  
 
== Veja ==
 
== Veja ==

Revisão de 13h16min de 7 de dezembro de 2010

noframe
Bandeira
Nz-flag.png
Informações Básicas
Capital Wellington
Governo democracia representativa
Moeda Dólar da Nova Zelândia (NZD)
Área 268.680 km2
População 4.076.140 (est. Julho 2006)
Idioma Inglês, maori
Religião Nenhuma 43%, anglicanos 17%, católicos romanos 14%, presbiterianos 11%, outras cristãs 15%
Eletricidade 230V/50Hz (tomada padrão australiano)
Internet TLD .nz
Fuso horário UTC +12

A Nova Zelândia (ou, em maori, Aotearoa) é um país de clima temperado na Oceania, a 1500 quilômetros (marítimos) da Austrália. O turismo de aventura é a principal atividade econômica deste país.

Regiões

Cidades

Outros destinos

  • Franz Josef Glacier
  • Parque Nacional de Tongariro localizado na ilha norte dentro da área do platô de vulcões
  • Milford Sound localizada a sudoeste da ilha sul, possui fiordes maravilhosos
  • Matamata ponto de partida para as principais localidades da trilogia Senhor dos Anéis
  • Parque Nacional do Monte Cook, localizado no centro da ilha sul e parada obrigatória para vista do ponto culminante do país
  • Rotorua, a maravilha termal da Nova Zelândia, com vários géisers e nascentes de água quente.
  • Seguindo os Anéis, roteiro sugerido para os fãs do filme Senhor dos Anéis percorrerem as diversas locações da trilogia.

Entenda

Nova Zelândia foi à última grande massa de terra a ser habitada por seres humanos, tanto em termos de resolução de indígenas e colonização européia. Isto, combinado com a juventude geológica e ao isolamento geográfico, levou ao desenvolvimento de uma nação jovem, vigorosa, com um bem-viajado e bem-educada expatriada população de 1.000.000. 1 em cada 4 nascidos neozelandeses e um em três idades entre 22 e 48 terem deixado o local de nascimento para locais mais favoráveis.

Os maoris polinésios chegaram à Nova Zelândia por volta de 800 dC. Explorador holandês Abel Tasman, em 1642, foi o primeiro europeu a ver a Nova Zelândia, após a expedição Português liderada por Cristóvão de Mendonça, mais de cem anos antes, em 1521-1524. No entanto, esta é uma afirmação contestada por historiadores e em 1642 Tasman mapeado litoral do país, e assim por diante que apareceu nos mapas holandeses como "Nieuw Zeeland" já a partir de 1645. Naval britânico Capitão James Cook redescoberto, circum e mapeou as ilhas em 1769. Algumas pessoas, principalmente cimentos, baleeiros, comerciantes e missionários, liquidadas durante os próximos 80 anos e as ilhas eram administradas pela colônia britânica em New South Wales.

Em 1840, com a ajuda dos missionários, os maoris concordaram em aceitar a soberania britânica sobre as ilhas através do Tratado de Waitangi. Mais de liquidação intensiva começou no mesmo ano. Uma série de guerras terrestres entre 1843 e 1872, juntamente com manobras políticas e à propagação de doenças européias, quebrou Maori resistência à regularização fundiária, mas deixou mágoas duradouras. Nos últimos anos o governo tem procurado resolver queixas de longa data Maori, e este é um processo complicado. Em 2005, o Partido Maori foi formado, em parte, em resposta à lei do Governo sobre o Foreshore e dos Fundos Marinhos, mas também para promover uma perspectiva Maori independentes a nível político.

Quando as seis colônias britânicas uniram para formar a Austrália em 1901, a Nova Zelândia decidiram não aderir à federação. Em vez disso, a colônia britânica da Nova Zelândia se tornou um reino em 1907. Foi oferecida a independência completa em 1931 o Estatuto de Westminster, embora não tenha adotado esta até 1947. Todos os links restantes constitucionais com o Reino Unido foram cortados com a aprovação da Nova Zelândia Lei Constitucional por ambos os parlamentos, em 1986, embora a rainha britânica continue a ser o Chefe de Estado com um governador-geral nomeado como seu representante na Nova Zelândia. No entanto, a Constituição da Austrália permite que a Nova Zelândia se junte a outro estado brasileiro. A Nova Zelândia apoiou militarmente o Reino Unido na Guerra dos Bôeres de 1899-1902, bem como as duas Guerras Mundiais. Ele também participou de guerras na Malásia, Coréia e Vietnã sob várias alianças militares, especialmente o tratado ANZUS com a Austrália e os Estados Unidos.

População da Nova Zelândia tem forte oposição dos testes e uso de armas nucleares. Nuclear guerra armada visitas significava que o Parlamento decretou a legislação anti-nuclear em meados da década de 1980. Isso levou ao abandono do compromisso da Nova Zelândia para a aliança de defesa ANZUS.

Geografia

É composto por duas ilhas principais e numerosas pequenas ilhas, algumas das quais bastante longínquas. A Ilha Sul é a maior massa de terra e está dividida ao longo do seu comprimento pelos Alpes do Sul, cujo maior pico é o Monte Cook com 3.754 metros.
Mapa da Nova Zelândia
Na Ilha Sul há dezoito picos com mais de três mil metros de altitude. A Ilha Norte é menos montanhosa do que a Sul mas está marcada por vulcanismo. A Ilha Stewart é a menor e a mais meridional de todo o país, e possui uma área um pouco maior que o município de São Paulo, no Brasil.

Na Ilha Norte, a montanha mais alta, Ruapehu (2.797 metros) é um cone vulcânico activo. A área total da Nova Zelândia, 270.500 km² é um pouco menor que a do Japão ou que as Ilhas Britânicas e um pouco maior do que a do Colorado nos EUA. O país estende-se por mais de 1.600 quilômetros ao longo do seu eixo principal norte-nordeste. O clima é ameno, com temperaturas raramente inferiores a 0ºC ou superiores a 30ºC. A temperatura média diária em Wellington, a capital, localizada no centro do país, é de 5,9ºC no Inverno e 20,3ºC no Verão.

Muito afastada das terras mais próximas, a Nova Zelândia é, entre as massas de terra de dimensões consideráveis do planeta aquela que está mais isolada. Os seus vizinhos mais próximos são a Austrália, para noroeste, e a Nova Caledónia, Fiji e Tonga, para norte.

Devido ao seu isolamento relativo, a Nova Zelândia desenvolveu um ecossistema único, cuja caractéristica mais distinta consistia na ausência, até à colonização polinésia, de quaisquer mamiferos terrestres, à excepção de três espécies de morcegos. Muitos dos nichos ecológicos que normalmente teriam sido ocupados por mamíferos, eram ocupados por aves, incluindo o kiwi (incapaz de voar) e a moa. As moas, agora extintas, podiam crescer até uma altura de 3 metros.
Parlamento da Nova Zelândia
O kiwi e os fetos caracteristicos das florestas nativas deste país são símbolos nacionais. A Nova Zelândia é também a residência do tuatara, uma espécie antiga de réptil, e do weta, um insecto que pode atingir mais de 8 centímetros de comprimento.

Clima

A Nova Zelândia tem um clima temperado no sul da ilha e o clima subtropical na Ilha do Norte e da natureza do terreno, os ventos predominantes e a duração da ligação país de fortes contrastes regionais. As temperaturas máximas do dia, por vezes, superior a 30 ° C e só cair abaixo de 0 ° C no interior das regiões elevadas. De um modo geral, a precipitação e a umidade são maiores no oeste do leste do país devido à orientação norte-sul das cordilheiras e prevalecente oeste / norte, os ventos de oeste.

Parte situado no Roaring Forties, áreas turbulentas do país pode ficar um pouco ventoso, especialmente no centro, através do Estreito de Cook e próximo de Wellington. Os ventos parecem estar mais fortes em torno dos equinócios. No inverno, ventos fortes do sul podem ser graves, mas eles também trazem neve para o esquis-campo e são geralmente seguidos de calma dias claros.

Chegar

Brasileiros e portugueses não precisam de visto para estadias de até 90 dias. Cidadãos de Cabo Verde, Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Timor Leste precisam de visto.

De avião

De São Paulo para Auckland, pela Aerolineas Argentinas, via Buenos Aires, pela LAN, via Santiago, pela South African Airways, via Joanesburgo; esses são os caminhos mais curtos.

A Qantas também faz vôos diretos para Auckland City a partir da Austrália.

De Lisboa a melhor solução é viajar via Londres(Heathrow). Vôos Londres/Auckland pela Qantas, Air New Zealand, British Airways e Virgin Atlantic.


Circular

Para poder circular economicamente na Nova Zelândia,compre um passe pelo tempo que pretende ficar.Passe este,que dá direito a viajar em autocarro,de trem e barco,para a travessia entre as ilhas.Só precisa,um dia antes de viajar, reconfirmar a sua viagem.Este sistema de passe é de mais completa eficiência.

De carro

A mão de direção utilizada na Nova Zelândia é a direita o que pode causar um pouco de confusão para os motoristas que são acostumados com a mão esquerda. O limite de velocidade varia de acordo com a pista e também localização, sendo comumente tomada a seguinte referência:

  • 100 km/h para rodovias de alta velocidade
  • 80 km/h para rodovias secudárias
  • 50 km/h para trânsito urbano

Cidadãos brasileiros que possuam carteira de habilitação nacional válida podem utilizá-la na Nova Zelândia. Entretanto é interessante obter uma tradução em inglês para possíveis verificações.

A locação de carros, vans, minivans e trailers é largamente utilizada, sendo um processo extremamente simples de ser realizado na maioria das agências de veículos. É necessário uma carteira de habilitação válida e ser maior de 18 anos (idade mínima). Não é necessário o uso de cartão de crédito na maior parte das agências locais. O seguro do veículo não é obrigatório mas indicado para o estrangeiro em visita ao país.

Procure locadoras locais as internacionais. Elas oferecem valores melhores e não possuem restrições de tempo ou quilometragem diária.

De bicicleta

Você pode trazer sua própria bicicleta, bem como alugar uma bicicleta em algumas das cidades maiores. Você deve usar um capacete durante a condução, caso contrário poderá ser multado. Ao contratar uma moto que deveria ser fornecido com um capacete. Lembre-se também a andar à esquerda.

Andar de bicicleta na Nova Zelândia pode ser divertido, mas esteja ciente de que, devido à geografia e pequeno número de pessoas entre as cidades de bicicleta há muito poucas ciclovias e espaço limitado no ombro estradas. Cuidado com os ônibus e caminhões nas estradas principais como as distâncias de ultrapassagem pode ser slim. Você também deve estar preparado para as grandes distâncias entre as cidades e o clima geral de vento. Enquanto algumas áreas da Nova Zelândia são planas, a maioria dos turistas de bicicleta na Nova Zelândia vai achar que eles precisam ser capazes de lidar com longos períodos de bicicleta até montanhas, especialmente no Coromandel. Esteja preparado para qualquer tempo, e para o clima mudar em um dia.

Você pode optar por ter uma moto no momento da chegada na Nova Zelândia, ou a utilização de um operador turístico auto guiada ou orientada ciclo. Christchurch tem o maior número de operadores turísticos guiados e auto-guiada, e há uma série de empresas de aluguer de bicicletas com base lá também. Há também vários operadores turísticos que incorporam com passeios de bicicleta, como o Active Nova Zelândia e Tours Pedal, bem como empresas especializadas ciclo tour gosta de aventura do Sul

Veja

Sendo um país que possui quase todas as principais paisagens naturais conhecidas, a Nova Zelândia é palco constante de locações de grandes filmes e documentários, sendo os mais conhecidos a trilogia Senhor dos Anéis e os filmes Crônicas de Nárnia e Xena a Rainha da Selva. Dentre as locações mais conhecidas estão:

  • Matamata - local onde se encontra o "condado" dos Hobbits em Senhor dos Anéis
  • Monte Cook - os faróis de Minas Tirith
  • Arrowntown - pequena cidade próxima de Queenstown onde foram gravadas as cenas da fuga de Frodo pelo rio para Rivendell
  • Nelson - ao norte da ilha sul onde foram feitos os anéis usados na trilogia (JensHansen Joalheria)

Fale

São idiomas oficiais da Nova Zelândia o Inglês e o Maori, sendo o segundo somente falando em algumas regiões e por pessoas descendentes do antigo povo que habitava as ilhas. O inglês segue as regras e costumes do inglês britânico e possui pequenas diferenças de sotaques entre as ilhas e regiões e muito próximo do inglês falado na Austrália. O viajante que domina um pouco o idioma não terá dificuldades de se locomover ou conversar com qualquer cidadão neozelandês, inclusive no trânsito e cidades.

Compre

Coma

  • Fish ´n chips
  • O metodo tradicional maori de cozinhar o alimento em um buraco no chao coberto por brasas...

Beba e saia

Durma

Conhecido como o país do backpacker, a Nova Zelândia possui milhares de hostels, albuergues, pousadas e pequenos hotéis com valores bem convidativos. De outro lado, as maiores cadeias de hotéis mundiais (Accor, Melia, Hyatt) se fazem presentes nas grandes cidades, sendo uma opção para o viajante que deseja mais conforto e pode pagar.

Faça sempre reserva com antecedência das acomodações principalmente nas cidades de maior fluxo de turistas (Auckland, Rotorua, Queenstown) pois não é raro ficar sem acomodação. A maior parte das acomodações, inclusive as pequenas, possuem websites onde as reservas podem ser realizadas rapidamente.

Aprenda

Muito da cultura da Nova Zelândia é derivada de raízes européias, sobretudo britânicas, e mais recentemente americanas, sendo a cultura Māori uma vertente de grande significado na vida pública neozelandesa, além da influência do maior vizinho, a Austrália. O vigor e originalidade das artes em filmes da Nova Zelândia, ópera, música, pintura, teatro, dança, e artes estão alcançando reconhecimento internacional.

É provavelmente devido ao clima ameno e ao baixo número de residentes que o divertimento no exterior é bastante popular entre os neozelandeses.

[editar] Esportes

Os All Blacks dançando haka antes de uma vitória sobre a França em 2006.O rúgbi pode ser considerado o esporte nacional da Nova Zelândia, em segundo lugar vindo o críquete. Outros esportes populares são a corrida de cavalos, netball, futebol, automobilismo, golfe, natação, softball e tênis. A Nova Zelândia também tem feito boas participações no remo, vela e ciclismo. O país é reconhecido internacionalmente pelo bom desempenho em medalhas, em relação à sua pequena população, em Jogos Olímpicos e Jogos da Commonwealth.

A Nova Zelândia é também conhecida por seus esportes radicais e turismo de aventura. O montanhismo é também popular, sendo o escalador mais famoso do país, o falecido Sir Edmund Hillary, a primeira pessoa a chegar ao cume do Monte Everest

Trabalhe

Segurança

Saúde

Respeite

Mantenha contato

Possuidora de um sistema de comunicação eficiente em todo o país, é possível encontrar cybercafés ou acesso à Internet por rede WiFi em todas as cidades e regiões, inclusive nos parques nacionais. O custo da hora de acesso é de NZ$ 6,00, sendo fracionado em minutos.

Não tão popular quanto a Internet, o sistema postal cobre todo o território e algumas localidades com maior número de turistas. É possível encontrar cartões postais e selos em todas as ruas. Caixas coleta são diferenciadas por cores onde as azuis são usadas para postagem internacional. O valor da postagem de um cartão é de NZ$ 5,00 (para o Brasil).



Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!