Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Montevidéu

Da wiki Wikitravel
Revisão em 00h15min de 9 de junho de 2010 por Rmx (Discussão | contribs) (Desprotegeu "Montevidéu")
Ir para: navegação, pesquisa
Montevidéu

Default Banner.jpg

Vista da Avenida 18 de Julio a partir da Plaza Independencia, com o Edifício Salvo à direita

Montevidéu é a capital da República Oriental do Uruguai.

Entenda

Quase a metade da população do país, ou 1,4 milhão de habitantes, mora nessa metrópole, que possui uma arquitetura charmosa e preservada.


Eletricidade

A tomada em Montevidéu é de 3 pinos em diagonal (tipo I), leve adaptadores mas tome cuidado pois o neutro e um dos pinos diagonais são invertidos, o que pode causar danos ao seu aparelho [1]. Conecte-os sempre a uma tomada normal de dois pinos redondos (tipo C), padrão europeu ainda em uso por lá... Além disso, as tomadas são todas 220V e, por usarem 50Hz, relógios elétricos dão diferença de uma hora a cada 6.

Chegar

De avião

  • De São Paulo, há vôos regulares da Gol (com escala em Porto Alegre), Pluna (com vôos diretos), Tam Mercosul (com conexões demoradíssimas em Assunção) e a partir de novembro de 2007 com vôos diretos da Tam. Do Rio de Janeiro, só pela Pluna. O Aeroporto Internacional de Carrasco (MVD) fica a 18 km da cidade.
    • Há ônibus a cada 15 minutos para o Terminal Tres Cruces, no centro, num trajeto que pode durar até uma hora; tarifa: U$25 (U$ são pesos uruguaios, portanto não confunda com US$, dólares!), o que equivale a cerca de R$2,25, pagos no próprio ônibus, que só aceita dinheiro local.
    • Há também, ônibus para o Terminal Rio Branco, que fica a poucos minutos a pé da Praça Independência, bem perto do Centro Histórico da cidade. A tarifa também é de U$ 25.
    • Táxis comuns custam em torno de dez vezes a tarifa do ônibus, mas podem ser compensadores, já que aqueles têm muitas paradas. Os táxis comuns têm cor preta com capota amarela, e não fazem ponto no aeroporto; é necessário pegar um de alguém que foi até lá, com a boa cara de pau!
    • Os táxis especiais (de cor de caramelo e que são os táxis oficiais do aeroporto e ficam bem na porta de desembarque) e os remises custam o dobro do táxi comum ou mais.
    • Troque dinheiro no aeroporto apenas o suficiente para chegar na cidade, já que ali o câmbio é de 10 a 15% menor que o normal. O táxi mais caro (especial) custa U$500 até Pocitos (uns US$25 pelo câmbio do aeroporto). Deixe para trocar o resto na cidade; na avenida 18 de Julio há inúmeras casas, algumas funcionando até as 20h.

De barco

De comboio/trem

De autocarro/ônibus

Do Brasil, linhas regulares a partir de Panambi e Santa Maria (Planalto, tel. 55 3220-7470 e Revelación/Gral. Artigas, tel 51 3346-1468), Porto Alegre e São Paulo (TTL, tel. 11 6221-3811 e General Artigas, tel 11 6221-1100)

Se você for de ônibus e quiser economizar uma BOA grana não vá direto para Montevideo do Brasil. As linhas que fazem Brasil/Montevideo como a TTL e a EGA são muito caras, e dentro do Uruguai o transporte é muito mais barato! Se você for até Chuí (do lado uruguaio) ou Rio Branco (fronteira com Jaguarão) e de lá pegar um ônibus para Montevideo sai muito mais em conta. Por exemplo, um ônibus de Pelotas/RS para Montevideo direto pela TTL ou EGA sai por volta de 96 reais. Mas tem a opção de ir até Rio Branco por 17 reais e de lá pegar o ônibus para Monte por menos de 40 reais. É uma grande economia que na hora das compras ou das baladas faz uma enorme diferença!


  • Porto Alegre - Jaguarão/Rio Branco - Montevidéu

De Porto Alegre a Jaguarão (fronteira com o Uruguai) a empresa Frederes cobra pouco menos de R$ 65 (pouco mais de U$ 700). Atravessa-se a fronteira (a pé ou de táxi), não são mais de 2 km da Rodoviária de Jaguarão até a rua dos Free Shops em Rio Branco, onde encontra-se a agência da empresa de ônibus Rutas del Plata (Rio Branco não possui Rodoviária!) e de onde os ônibus partem com destino a Montevidéu. Embora a distância Porto Alegre-Jagurão e Montevidéu-Rio Branco seja praticamente a mesma, o preço em terras uruguaias cai quase pela metade. Conseguindo a passagem por aproximadamente U$ 400 (menos de R$ 40). Cada um dos dois trajetos citados, demoram, em média, umas 6 horas.

IMPORTANTE: em Rio Branco existem promoções para quem gosta de fazer compras. Por exemplo, 3 Red Label por apenas R$ 100! Entre outras coisas.

De carro

Quem parte do Brasil, uma opção é viajar pela BR-116 com destino ao sul; chegando ao Chuí, basta pegar a rodovia que é chamada de Ruta 9, que corta o litoral do Uruguai em direção a cidade de Rocha, San Carlos e que, finalmente, chega a Montevidéu.

Circular

De comboio/trem

  • Só para alguns subúrbios

De autocarro/ônibus

O serviço em Montevidéu é muito bom. Existem várias tarifas. As mais baratas são as de U$ 8 (pouco menos de R$ 0,70), como a linha CA1 que leva da Ciudad Vieja até o Terminal Tres Cruces. A maioria das linhas interurbanas custam U$ 15, e as mais caras são as que fazem percursos mais longos saindo até da cidade. Não ache estranho se observar na parada uma fileira esperando para entrar no ônibus, os uruguaios costumam ser muito educados e dificilmente os verá atrapalhando a entrada ou saída dos meios de transporte.

De bicicleta

Andar de bicicleta em Montevideo é uma delícia. Não tem ciclovia e nem rampas para subir as calçadas, mas é o melhor jeito de conhecer a cidade de modo prazeroso e gostoso para quem curte esse tipo de passeio e sente esse tipo de prazer. Você aluga uma bicicleta em alguns Hoteis ou Hostel não são muito caras e vale a pena.

Aluguel de bicicletas

  • Ciudad Vieja (baratas e despencadas) = no meio da quadra depois da Plaza Matriz pela Ituzaingó 1436
  • Montevidéo hostel (caras, pero melhores) = Canelones 935 entre PLaza da independencia e Plaza cagancha
  • La Puerta Negra Gay Hotel = Durazno 1525 entre Palermo art Hotel e Palacio Municipal
  • Red Hostel Montevideo, pertinho da Plaza Cagancha, na San Jose 1406, esq. Sgo de Chile

De táxi

  • Os táxis em Montevidéu são baratos para os padrões da maioria das capitais brasileiras. Pegue sempre os pretos com capota amarela, que são os mais baratos. O taxímetro mede a corrida em fichas, para as quais existem tabelas de conversão em pesos. Há uma tabela diurna e outra noturna/domingos e feriados. Eles são meio desconfortáveis, já que existe uma barreira física de madeira, carpete e vidro entre o banco de trás e o da frente, sem muito espaço para as pernas dos passageiros.
  • Os táxis cor de creme/caramelo que saem da porta do aeroporto são muito mais caros, já que a tabela empregada é de um tipo "especial".

De carro

  • Alugar um carro pode ser uma boa opção, pois a cidade é bem sinalizada, fácil de andar e os motoristas respeitam os sinais e as faixas. As maiores companhias atendem no aeroporto e nos principais hotéis.

A pé

  • Andar a pé por Montevidéu é simplesmente prazeroso. Recomendação: pegar um ônibus até o Terminal Tres Cruces e sair andando.
    • De preferência, pela Boulevard General Artigas, avenida de inúmeras construções bonitas, seguindo por ela até chegar no Parque Rodó. Continuando mais, chega-se ao Parque de las Instrucciones del Año XIII. Bem perto dele, encontra-se um Shopping. A caminhada pode continuar pela beira do Rio, onde existe uma calçada parecida com a que tem em Ipanema e chegar até a Avenida Herrera (local bom de bares e baladas). Subindo pela Avenida chega-se ao Shopping Montevideo. Percurso aproximado: 8 km.
    • Outra opção, do Terminal pro Estádio Centenário. Pegar a Avenida Italia até a Avda. Navarro. Nela, à direita após uns metros se observará o Centenário, possui um museu. Percurso aproximado: 1 km.
    • E para finalizar, do Terminal até a Praça Independência. Descer pela Bvar. Gral. Artigas até a Avda. 18 de Julio. Ir se deleitando com os comércios e o frenético movimento desta Avenida, onde aprecia-se a Biblioteca Nacional, a Universidad de la República, etc. Continuar até a Puerta de la Ciudadela, na Plaza de la Independencia. Percurso aproximado: 6 km.

Veja

Fonte na Plaza Constituición
  • Cidade Velha (Ciudad Vieja) - Passe pela Puerta de la Ciudadela
  • Plaza Independencia, no final da avenida 18 de Julio
  • Mausoleo de Artigas, sob a estátua, na praça Independência. Erguido durante a ditadura, seguiu as linhas da arquitetura fascista da Itália dos anos 1930.
  • Museo Blanes, Millán 4014, El Prado, com obras de Juan Manuel Blanes e Pedro Figari,
  • Jardim Botânico, El Prado
  • Museo Histórico Nacional, Rincón 437, tel. 598-2 915-1051, de 3ª a 6ª, das 13h30 às 18h30; aos domingos abre às 14h30. Grátis. Além do prédio principal, há outros três.
  • Monumento à Diversidade Sexual, erguido em fevereiro de 2005, é um monolito situado na Calle Policia Vieja, entre as praças da Constituição e Independência. Nele se lê: "Honrar a diversidade é honrar a vida - Montevidéu pelo respeito a todo gênero, identidade e orientação sexual".
  • Edifício Salvo, erguido em 1927, já foi o mais alto da América Latina; fica junto à Plaza Independencia
  • Ramblas, como são conhecidas as avenidas à beira-rio. Se não estiver muito frio, o calçadão é um bom lugar para caminhar ou correr
  • Feirinha da Praça Constituição, na Cidade Velha, aos sábados. Pequena, com antigüidades.
  • Estádio Centenário, que pertence a AUF (Asociacion Uruguaya de Fútbol), de históricas tradições. Onde o Peñarol manda seus jogos e um dos palcos da 1ª Copa do Mundo, vencida pelo Uruguai.

Faça

  • Jardim Botânico e Jardim Japonês (vá de taxi que lá o taxi é bem barato)
  • PLaya Buceo (em seguida de Pocitos)
  • Barcos semi hundidos no porto perto do Mercado del Puerto, oferecem uma paisagem linda.
  • Pocitos: O bairro mais moderno e hippie da cidade onde se encontram os melhores cafés e restaurantes. É onde está um dos maiores shoppings, o Montevideo Shopping na Avenida Dr. Luis A. de Herrera. Na frente, tem uma praia linda para relaxar tem até partidas de futebol.
  • Palermo - Bairro Sul: esses bairros são os lugares tradicionais onde a comunidade afro viveu nos famosos "conventillos". Ao longo da Isla de Flores acontece a festa mais popular do Uruguai chamada "Las Llamadas" que acontece na primeira sexta feira de fevereiro. Mas ainda pode ver "candombe" todos os finais de semana nas ruas!
  • Palácio Legislativo, ao fim da Avenida Libertador (Av. Lavalleja) que começa na Plaza Fabini (Av. 18 de Julho)
  • Não deixe de apreciar o Pôr do Sol ao longo das Ramblas à beira do Rio da Prata.
  • Todo domingo acontece uma feira "meio hippie", a Tristán Narvaja na rua de mesmo nome, em Cordón . Vá antes do meio dia, pois depois ela fica lotada e se pretende comprar alguma coisa legal com certeza a maioria delas ja terão acabado. Chegue lá dando a um passeio pela Av. 18 de Julho, uma avenida lindissima com prédio historicos maravilhosos, ao final dela encontra-se o Estádio Centenário.
  • Passeie pela Escollera Sarandí, é como se fosse um molios de pesca que adentra o Rio Prata em 500 metros, propciando uma visão maravilhosa da cidade.
  • Parque Zoológico Lecocq em Montevidéu

Este parque é um centro de conservação de animais e preservação de espécies autóctones de mais de 50 hectáres. O entorno arborizado, junto com uma estrutura edilícia adequada, possibilita um excelente âmbito de lazer ao ar livre.

  • Visite a Catedral Metropolitana, no entorno da Plaza Constitución

Compre

Troque os reais no centro da cidade, pois lá eles pagam melhor. (Av. 18 de Julio)

  • Mercado de los Artesanos, na calle Paraguay, entre avenida 18 de Julio e Colonia. Funciona de 2a. a sábado, até as 20h.
  • Los Domingues. Na esquina da rua Paraguay com Colonia fica essa interessante casa de bebidas, doces e temperos, ótima para comprar vinhos excelentes bem mais baratos que nos restaurantes, além de doces, como o turrón espanhol (U$ 95 = R$8 a barra de 150g).
  • Cutelaria Montevidéu, na praça Independencia 832, com jaquetas diversas; peças personalizadas em 24h. Tel. 598-2 901-6226.
  • Feira de Tristán Narvaja, a céu aberto, com comidas, antigüidades e lembranças. Na verdade é um misto de feira-livre, brechó, sebo, antigüidades, quinquilharias e até mesmo animais vivos (galinha, coelho, peru, gato, cachorro e outros bichos de pena). Aos domingos de manhã, na rua de mesmo nome e imediações. As lojas da rua podem ser até mais interessantes.
  • Shopping Punta Carretas, o mais completo, José Ellauri 350, entre Solano García e García Cortinas, [2].
  • Manos del Uruguay. Lojas de roupas de lã feitas à mão, com muita coisa bacana. Tem nos shoppings e no Mercado del Puerto.
  • Av. 18 de Julio (roupas de couro): Artéria comercial da cidade, reúne a maior e mais conveniente oferta de roupas e objetos de Montevidéu. Se o objetivo é encontrar bons artigos em couro, a 18 de Julio é o melhor destino, com lojas do gênero concentradas especialmente no trecho em que a avenida se aproxima da Ciudad Vieja
  • Villa Biarritz O foco aqui é a moda feminina a ótimos preços. Menos caótica e diversificada, porém com produtos em geral de melhor qualidade do que os de Tristán Narvaja, os quiosques de Villa Biarritz apresentam os elementos obrigatórios de qualquer feira do país (frutas, verduras, doces e queijos), mas o público está atrás mesmo é de novidades para o guarda-roupa e para a casa. Ruas José Ellauri, Leyenda Patria e José Vázquez Ledesma, todos os sábados, das 9h às 15h.
  • Parque Rodo: "Concorrente" da feira de Tristán Narvaja, já que também acontece aos domingos, é outra boa oportunidade de encontrar roupas e presentes. Oferece o adicional de ter como moldura o principal parque da cidade e seu emblemático lago, o que no verão --quando Montevidéu passa fácil dos 30 graus-- não é um detalhe a desprezar. Parque Rodó, todos os domingos, das 9h às 15h.
  • Às margens do rio da Prata, o viajante logo encontra um caminho demarcado, que contorna uma imensa loja de produtos artesanais com a marca "Hecho Acá" --sobretudo objetos decorativos, brinquedos e roupas.

Coma

Chivito no restaurante El Navio
  • Doce de leite
  • Alfajores (alfajores de neve, você encontra no super TATA)
  • Chivito
  • Hamburguesas
  • Panchos
  • Rede de supermercados TATA, refri e suco bem barato
  • Empanadas

Restaurantes

  • Mercado del Puerto (inaugurado em 1868), com churrasco e paellas. Ali funcionava o antigo Mercado Municipal, prédio histórico de arquitetura inglesa da era vitoriana, e que hoje reúne restaurantes especializados em "asados", com a "parrilla", ou churrasqueira tipicamente uruguaia, fogo de lenha, distância certa das carnes, cozimento lento e uma obra de arte em termos de parafernalha de ferro. Só funciona para o almoço, pois fecha depois das 18 horas.
  • Vários restaurantes em Pocitos.
  • El Navio, localizado na Calle 18 de Julio, esquina com Rio Branco, tem um ótimo chivito para duas pessoas e suas empanadas são imperdíveis (29 pesos uruguaios cada).

Econômico

  • Vendem-se chivitos (pronuncia-se tchibito) por toda parte. É um sanduíche com batatas fritas, ovos, carne defumada, bacon e salada.

Médio

  • Trouville, calle Chucarro 1031, Pocitos. Bom, agradável e barato.
  • Tabaré, Zorrilla de San Martin 152 esq. Tabaré, tel. 598-2 712-3242. Bom para comer e também para beber.

Esbanje

  • Panini's, Bacacay 1341 esq. Peatonal Sarandí, Ciudad Vieja. tel. 598-2 916-8760. Italiano.

Beba e saia

  • Zillertal (pronuncia-se Cilertal)
  • Pilsen (Cerveja a litro)
  • Patrícia (Cerveja a litro)
  • Medio y medio (champagne com vinho branco) no mercado do porto no kioske Roldos
  • Uvita
  • O refrigerante no Uruguai é muito caro (especialmente nos restaurantes), por isso se você quiser economizar, compre seu refrigerante ou suco em Montevideo na rede de Supermercados TATA, onde os preços são bem mais acessíveis, local onde você também pode encontrar o Alfajor de Neve que é uma delícia e não se pode deixar de experimentar!

Bares e boates

  • Rua Bartolome Mitre - Caminho entre a Plaza Independecia e Plaza Matriz (Ciudad Vieja) é o agito da galera jovem. Cheia de botecos -- algum deles com a tal da Música en vivo.
  • Pocitos - A noite é uma das zonas mais frequentadas pelo pessoal jovem, tem vários pub os "bolichos" e festas. Dica: Bar 62, La Stada, Primata, Lotus, El Bacilon (É UM LUGAR ONDE VALE A PENA ESPERAR O AMANHECER)
  • Pony Pisador, Bartolomé Mitre 1325 esq. Buenos Aires. Um dos melhores bares/festas de Montevideo. De um Lado da rua é um barzinho com musica ao vido, do outro é boite ao som de cumbio e musicas legais.
  • AlmodoBar
  • Key club, 25 de mayo.
  • Rua 25 de mayo (Bacacay) & Rua Sarandi são dois calçadões que se cruzam, é cheio de barzinhos, restaurantes, pessoal na rua, clima muito bom.
  • La Ronda rock dos 70-80-90 mas não da pra dançar lá, e pra começar.
  • Fun-Fun atrás do Teatro Solis, um bar histórico com 100 anos, sempre de música ao vivo onde e obrigatório tomar a Uvita.
  • Cabildo - Até as 1h da manhã não paga.
  • SONIC - Boliche de musica electronica Dj's internacionais.
  • La Taberna del Diablo - Lugar de reunião do Club de Cerveceros Caseros del Uruguay.
  • Gonzalo Ramirez y Pablo de María Tapas - Empanadas, Picadas, cervejas.
  • Nueva York, um boteco simpático porém muito simples na calle Colón com Cerrito, na Ciudad Vieja. Ótimo para tomar umas boas Patricias, as cervejonas de um litro, e comer uns tapas. Fica aberto o dia todo e não fecha muito tarde. Bom mesmo para ir à tarde.
  • El Milongón, com danças típicas uruguaias, como tango e candombe.

Durma

Econômico

Prefira os Hostel, que são mais simples porém mais baratos e as vezes melhor localizados. Hostel é um meio de hospedagem (como hotel e pousada) com quartos coletivos, dotados de camas ou beliches em um local onde muitas vezes há uma cozinha equipada, também coletiva e banheiros coletivos. Você pagará uma diária menor que em outros tipos de hospedagem e vai estar com um galera que "fala sua língua" Os quartos de albergues/Hostel têm geralmente beliches e armários com cadeados para cada leito. Têm cozinha equipada com no mínimo fogão, pia e geladeira e alguns tem máquina de lavar roupas (que geralmente é alugada para o hóspede, assim como roupas de cama), alguns têm computadores com acesso à Internet (funcionando como um cyber-café), sala de TV etc.

  • Albergue Juvenil, Canalones 935, 598-2 908-1324. Hostel internacional perto do centro, com cozinha e acesso à internet.
  • Ciudad Vieja Hostel, Ituzaingó 1436, tel. 598-2 915-6192, no coração do Centro Histórico. [3]
  • Red Hostel, San José 1406, tel. 598-2 908-8514. Completamente reformado. [4]
  • Palermo ArtHostel, É um Hostel "temático" com todo um movimento artístico muito forte, bem bacana e descolado! Tem quartos Privativos e coletivos. Uma opção bem barata, cool e com otima localização dentro da Ciudade Vieja no bairro Palermo bem na recoleta! O café da manha é uma delíícia, tem cozinha equipada, livraria com diversos livros em muitos idiomas, Internet Wi-Fi e aluguel de bicicleta. Tem também um bar-boite super legal onde acontecem umas festas bem bacanas tbm. Calle Gaboto 1010, tel 598-2 4106519. Mov. 598-99 171272 - [5]

Médio

  • Spléndido Hotel, Bartolomé Mitre 1314, tel. 598-2 916-4900 e 915-6171. Bem localizado, no centro, e relativamente barato. [6]
  • Ibis MontevideoCalle La Cumparsita, 1473, tel. 598-2 413-7000. [7].
  • Cottage Calle Miraflores 1360, tel 598-2 600-7114. Localizado em Carrasco, perto do cassino de Carrasco, novo e confortavel.[8]
  • Hotel Los Angeles, Calle 18 de Julio, 974, tel. 598-2 902 1072 ou 902 0439. Muito bem localizado, decorado estilo anos 50, confortável e com um preço relativamente barato. [9]

Esbanje

  • Radisson, Plaza Independencia 759, tel. 598-2 902-0111. [10]
  • Sheraton, Victor Soliño 349, tel. 598-2 710-2121

Mantenha contato

  • Chamadas a cobrar: 000 455 (Embratel) e 0004 055 915 (Telefônica)

No Uruguai, tecle 000 4555 (serviço Brasil Direto, via Embratel) e diga ao atendente o número para o qual você quer ligar.

Segurança

  • A cidade já foi mais segura, hoje enfrenta alguns problemas com batedores de carteiras. A dica é andar com a carteira sempre na mochila e para as mulheres, usam sempre a bolsa para frente. Fora isso não existem grandes casos de violência, como no Brasil. Existem muitos mendigos e crianças pedindo dinheiro, principalmente quando percebem que você é brasileiro. Tem também muito rapaz jovem do tipo "hippie tardio" pedindo esmola, mas que, apesar de algum xingamento possível se você não der nada, não oferece nenhum risco.

Saúde

Cotidiano

Partir

Guarde US$ 31 para pagar a taxa de embarque para deixar o país, se partir de avião. Esta tarifa é paga à parte, não estando incluída em nenhuma passagem aérea.


Este artigo é um guia. Ele tem muita informação, incluindo listas de hotéis, restaurantes, atracções e informação sobre chegada e partida. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!