Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "Wikitravel:Tom"

Da Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa
(Nova página: '''Seja coloquial e informal''' ao escrever artigos. Eles devem estar na média esperta entre informalidade com gírias ("A Chapada Diamantina BOMBA GERAL!!!!") e tensão acadêmica c...)
 
Linha 17: Linha 17:
 
'''Humor e irreverência são bem vindos''' como componentes basicos of lively travel writing.  Mas é preciso um esforcinho a mais aqui nesta colaboração internacional.  Evite sarcasmo, algo que nem sempre funciona bem por escrito ou através de fronteiras culturais.  Evite chacota a pessoas ou grupos, alguém pode não entender e se ofender. Evite ''piadas internas'', e humor que requer local knowledge - lembre-se, o leitor é um traveller.   
 
'''Humor e irreverência são bem vindos''' como componentes basicos of lively travel writing.  Mas é preciso um esforcinho a mais aqui nesta colaboração internacional.  Evite sarcasmo, algo que nem sempre funciona bem por escrito ou através de fronteiras culturais.  Evite chacota a pessoas ou grupos, alguém pode não entender e se ofender. Evite ''piadas internas'', e humor que requer local knowledge - lembre-se, o leitor é um traveller.   
  
 
 
{{WikitravelDoc|policies}}
 
  
  

Revisão de 15h18min de 17 de fevereiro de 2011

Seja coloquial e informal ao escrever artigos. Eles devem estar na média esperta entre informalidade com gírias ("A Chapada Diamantina BOMBA GERAL!!!!") e tensão acadêmica constipada ("Procedendo peripateticamente de acordo com a bússola nor-nordeste, o viajante deve demorar 20 minutos até proclamar chegada ao estabelecimento mixológico capitalista-sexista-machista-americano 'Hooters'.")

Escrita animada é bem vinda. O requerimento de ser justo não deve significar que tudo deve ser escrito em tom morno e encyclopedic. Wikitravel se dedica a celebrar o ato de viajar, o contribuinte deve se sentir livre para compartilhar a aventura e excitação da jornada e dos destinos visitados por meio da escrita. Por exemplo, a situação dos direitos humanos na Coréia do Norte pode e deve ser descrita como um "pesadelo Orwelliano", ao invés de noting that "some organizations have expressed concern about less than full compliance to international human rights standards, a charge vigorously denied by the Foreign Ministry."

Dirija-se ao leitor. Tudo bem dizer "você", muito melhor que construções desajeitadas envolvendo "se" ou "alguém". Mas nunca use "eu", "nós", "meu", "nosso" e por aí vai, afinal você não será o único autor do artigo.

Seja conciso. Detalhadas descrições de atrações são bem vindas, mas ao oferecer conselhos, você não precisa explicar ou detalhar demais, ou considerar todas as exceções. Do ponto de vista do viajante, considere o seguinte:

Deve-se ter em mente os tabus culturais dos muçulmanos ao interagir com Malays. Enquanto a maioria dos Muslims Singapuranos têm atitudes mais liberais do que aquelas características dos habitantes do Oriente Médio e do Magreb, ou mesmo os da comunidade muçulmana de Foz do Iguaçu, é preciso reparar que a maioria não consome álcool, muito embora muitos jovens Malay também consumam álcool apesar de isto configurar haram ou algo não permissível a Muslims. De qualquer forma, para evitar ofensas desnecessárias em caso de interagir com pessoas de atitude mais conservadora, é preciso ter o cuidado de evitar oferecer bebida alcoólica a algum Malay.

Pode ser reduzido a:

A maioria dos Muslims Singapuranos se abstêm de álcool.

Generalizações cuidadosas são ok, mas não cruze a divisa com o exagero. É justo dizer que a "Suíça vai estourar o orçamento do mochileiro comum", mas é demais dizer "Nem pense em ir à Suíça a não ser que esteja pensando em vender seus rins".

Humor e irreverência são bem vindos como componentes basicos of lively travel writing. Mas é preciso um esforcinho a mais aqui nesta colaboração internacional. Evite sarcasmo, algo que nem sempre funciona bem por escrito ou através de fronteiras culturais. Evite chacota a pessoas ou grupos, alguém pode não entender e se ofender. Evite piadas internas, e humor que requer local knowledge - lembre-se, o leitor é um traveller.

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas