Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Wikitravel:Notícias de viagem

Da Wikitravel
Revisão das 14h52min de 27 de julho de 2011 por Tiagox2 (discussão | contribs)

Ir para: navegação, pesquisa

Índice

Isto é a secção de Notícias de viagem do Wikitravel, sobre assuntos que afectam os viajantes, tanto positivamente como negativamente. Para mais notícias, veja o Wikinotícias.

Sinta-se à vontade para editar ou adicionar notícias abaixo. Se quiser instruções sobre como usar a predefinição notícia ou sobre como adicionar notícias à Página Principal ou nesta página, veja Wikitravel:Como adicionar notícias de viagem.

Futuro

As notícias nesta secção referem-se a eventos futuros e anda não apareceram na página principal. Devem ser copiados para lá quando a data se aproximar e depois mudada para os arquivos mensais abaixo.

Actuais e passadas

Julho de 2011

O Sudão do Sul é a mais recente nação do mundo

9 de Julho de 2011

Hoje, a nação do Susão do Sul ganhou a independência do Sudão, que foi também a primeira nação a reconhecer oficialmente o Sudão do Sul. Espera-se que isto alivie as tensões na área, e o Sudão ofereceu-se para ajudar a nova nação, que é um dos mais pobres, menos desenvolvidos e menos educados países do mundo. Os viajantes que desejem visitar a nova nação devem ter cuidado e paciência, uma vez que a nação ainda não está bem estabelecida, e o sistema de vistos também não. [1]

Sri Lanka reduz as restrições a turistas

5 de Julho de 2011

Durante anos, aos viajantes não era permitido viajar na Província Norte, por causa de razões de segurança, devido à guerra civil. Hoje, o estado retirou estas restrições, e os turistas podem novamente viajar para a região norte.

Junho de 2011

A maior ponte marítima do mundo foi concluída na China

30 de Junho de 2011

A maior ponte marítima do mundo abre hoje na China, tendo 26,4 milhas, desde a cidade de Qingdao até à ilha de Huangdao. O anterior recordista, o Passeio do Lago Pontchartrain, no Louisiana tem apenas 24 milhas de comprimento. A Ponte da Baía de Jiaozhou demorou quatro anos a construir. Será destronada dentro em pouco tempo, uma vez que a China está também a construir uma ponte entre Guangdong e Hong Kong/Macau, que terá 30 milhas de comprimento. Esdpera-se que a ponte esteja concluída em 2016. Embora seja a maior ponte marítima do mundo, a maior ponte do mundo é a Ponte de Danyang-Kunshan Bridge, também na China, que tem mais de 100 milhas.[2]

Protestos em Atenas

29 de Junho de 2011

Em Atenas, capital da Grécia continuam os protestos contra as medidas de austeridade, incluindo enormes cortes na despesa e privatizações. Os confrontos com a polícia são muitas vezes violentos. A polícia usa químicos (gás lacrimejante) e granadas de fumo indiscriminadamente, principalmente na Praça Syntagma, mesmo contra médicos e turistas em tavernas e lojas.

Novos Patrimónios Mundiais no Quénia, no Japão, na Etiópia e em outros países

29 de Junho de 2011

25 novos patrimónios mundiais foram hoje adicionados à lista. O centro histórico de Bridgetown foi o primeiro Património Mundial dos Barbados. Tanto o Japão como o Quénia tiveram novos patrimónios (Hiraizumi e as Ilhas Ogasawara para o Japão e o Forte Jesus e o Grande Vale do Rift para o Quénia). Do continente africano foram também adicionados á lista o Delta do Saloum, no Senegal, a cidade de Meroé no Sudão, e aldeia de Konso na Etiópia. Os países com mais patrimónios mundiais também receberam uma adição à lista (os locais lombardos na Itália, a Serra de Tramuntana, em Espanha, e a Área de Lagos Ocidental de Hangzhou, na China), mas na reunião falou-se em aumentar a dificuldade de obtenção de novos patrimónios mundiais para estes países, uma vez que existem nações sem patrimónios mundiais às quais deve ser dada maior prioridade.

Macedónia inaugura uma controversa estátua de Alexandre, o Grande

23 de Junho de 2011

Foi inaugurada uma controversa estátua de Alexandre, o Grande, em Skopje, capital da Macedónia. É uma estátua de bronze com cerca de 12,5 metros, erguendo-se num pedestalna praça central da cidade. Embora não desperte controvérsia na Macedónia, a vizinha Grécia alega que a nação está a tentar "roubar" este héroi, que nasceu na Macedónia Grega. Para os macedónios, no entanto, a estátua é motivo de orgulho. [3]

Violência resurge na Irlanda do Norte

21 de Junho de 2011

Os motins recomeçaram hoje em Belfast, capital da Irlanda do Norte, quando os revoltosos atiraram bombas de gasolina à polícia. Começou na noite passada, quando membros da Ulster Volunteer Force (um grupo militante) começaram a atacar casas de civis numa parte católica da cidade, e continuou a partir daí. A polícia barricou muitas ruas, numa tentativa de terminar os motins. [4]

Museu Henry Ford expõe a Proclamação de Emancipação

20-22 de Junho de 2011

A Proclamação de Emancipação original foi emprestada pelos Arquivos Nacionais ao Museu Henry Ford em Dearborn, Michigan durante dois dias (de 20 a 22 de Junho). Está a ser exposta como parte da coleção sobre a Guerra Civil. Ao assinar este documento, o Presidente Abraham Lincoln acabou com a escravatura nos Estados Unidos. [5]

China proíbe a entrada de turistas no Tibete

16 de Junho de 2011

Todos os estrangeiros que pretendam visitar a região autónoma do Tibete precisam de uma autorização especial, uma vez que a China deixou temporariamente de autorizar isso. Especula-se que o objetivo é impedir motins populares enquanto se celebra o 90º aniversário do comunismo na China. Muitos esperam que os estrangeiros recebam permissão para entrar no país em fins de Julho, mais ainda não foi dada uma data definitiva para o levantamento da proibição. [6]

Vulcão eritreio provoca cancelamento de voos

13 de Junho de 2011

As nuvens de cinza do Vulcão de Dubbi, na Eritreia estão a ser vigiados atentamente pelas companhias aéreas. A Lufthansa cancelou todos os voos para a Eritreia e alguns para a Etiópia. Prevê-se que as nuvens de cinza crescam e afetem consideravelmente os voos de/para a Arábia Saudita e Israel. [7]

Vulcões entram em erupção no Chile

5 de Junho de 2011

A cordilheira de vulcões de Puyehue, no Chile entrou em erupção ontem, expelindo cinzas. Os que vivem perto dos vulcões foram evacuados. As nuvens de cinzas estão a atingir a Argentina. Os argentinos estão a ser encorajados a ficarem dentro de casa e o aeroporto de Bariloche foi fechado. [8]

Ataques continuam no no Iémen, após cessar-fogo

2 de Junho de 2011

No início desta semana o presidente iemenita e os líderes dos rebeldes acordaram um cessar-fogo. No entanto, os ataques continuaram e o próprio presidente foi ferido em ataques de rebeldes em Sana'a. Como a luta tem sido contínua durante meses e parece que apenas está a piorar, os viajantes devem continuar a evitar o Iémen até a situação acalmar.

Maio de 2011

Egipto abre a fronteira com Gaza

29 de Maio de 2011

O Egipto reabriu a fronteira com Gaza, pela primeira vez desde 2007. Crianças, mulheres e homens com mais de 40 anos poderão viajar livremente de Gaza para o Egipto das 9h00 às 21h00. O comércio continua proibido. Os residentes de Gaza estão, no entanto, felizes de poderem ir-se embora. Aumentaram as preocupações com segurança aumentaram, pois poderá que terroristas viajem de e para o território. [9]

Os Jogos P-Noy vão ser realizados em Bacolod

22 de Maio de 2011

De 22 a 29 de Maio, os Jogos P-Noy National serão realizados em várias cidades da área metropolitana de Bacolod: Bacolod, Silay e Talisay. O evento é uma preparação para os Jogos SEA em Jacarta, Indonésia.

A Costa do Marfim volta à normalidade

22 de Maio de 2011

Com o fim do caos político, Ouattara torna-se o líder oficial da Costa do Marfim e a vida volta à normalidade para os cidadãos. No mês passado muitos foram mortos e feridos por todo o país, enquanto as forças das Nações Unidas lutavam com o chefe da oposição, acabando por fim na sua prisão. Os mercados reabriram, bem como os edifícios públicos, e o povo prepara-se para celebrar o novo líder. A nação espera que o novo líder traga a paz. Apesar das boas notícias, os viajantes continuam a ser avisados a ter cuidado e estar atento a novos desenvolvimentos. [10]

As cheias do Baixo Mississipi são as piores da história dos Estados Unidos

12 de Maio de 2011

Após varios dias de chuva em todo o país, o rio Mississipi começou a encher na semana passada. Muitas vilas e aldeias à beira do rio estão inundadas, incluindo a cidade de Memphis, Tennessee. Existem preocupações sobre as consequências das cheias em Baton Rouge e Nova Orleães, que ficam na foz do rio, no Golfo do México. [11]

Abril de 2011

Alerta vulcânico no Equador

29 de Abril de 2011

O Equador está atualmente sob alerta de uma possível erupção vulcânica, já que o Vulcão de Tungurahua começou a expelir cinzas. Os que viviam na área do vulcão foram evacuados. Os turistas devem prestar atenção a quaisquer desenvolvimentos na história e evitar áreas perto do vulcão. [12]

Resurge violência entre Tailândia e Cambodja

29 de Abril de 2011

A fronteira entre a Tailândia e o Cambodja nunca foi formalmente definida, e, com alguns templos históricos muito importantes na área, as disputas sobre a qual das nações é que pertence a área tem ocorrido durante anos. Esta semana foram disparados tiros em Ta Krabey e Preah Vihear, um Património Mundial da UNESCO. A Tailândia afirma que os cambodjanos foram os primeiros a disparar, enquanto que os cambodjanos afirmam que não se pode confiar nos tailandeses, que dizem ter iniciado o conflito ao bombardear o território cambodjano. Os viajantes devem evitar a área. [13]

Reabriu a Disneyland de Tóquio

15 de Abril de 2011

A Disneyland de Tóquio foi fechada após o terramoto que atingiu a região nortenha de Tohoku há um mês, em 11 de Março. O parque não foi afectado pelo desastre; no entanto, foi fechado por respeita para com os que morreram, desapereceram, ou foram afectados pelo desastre. O parque reabriu hoje, para alegria dos cidadãos, uma vez que muitos procuravam uma distração para esquecer os problemas actuais. No norte do país, a radiação ainda é uma ameaça e o transporte é limitado, mas muitas partes do país voltaram à normalidade. [14]

Cuba sofre a pior seca em 50 anos

14 de Abril de 2011

Cuba tem se apoiado em água de reservatórios há mais de 2 anos; no entanto, as reservas reduziram-se para 1/5 do que era anteriormente. Muitas das cidades do país só conseguem água através de camiões de fornecimento de água, incluindo partes da capital, Havana. O facto de 70% dos canos de água que fornecem a cidade terem fugas alarma os cidadãos, que estão a tentar forçar o governo a lidar com a situação. [15]

Março de 2011

Capital da Costa do Marfim tomada pelas forças apoiadas pelas Nações Unidas

30 de Março de 2011

A Costa do Marfim tem estado em guerra civil desde 2002, com as forças pró-Ouattara dominando o norte e as forças pró-Gbagbo dominando o sul. Hoje, as forças pró-Ouattara, apoiadas pelas Nações Unidas, tomaram a capital, Yamoussoukro. Também tomaram Daloa e Duekoue no oeste e Bondoukou no este. Todas as forças de Gbagbo fugiram da, afirmando que é 2parte da estratégia. As forças de Ouattara esperam conseguir tomar San Pedro, um porto importante, que traria grandes benefícios. Porque o sul é dominado por forças pró-Gbagbo, eles dominam também os portos do país, incluindo a maior cidade, Abidjan. [16]

Abre o hotel mais alto do mundo em Hong Kong

29 de Março de 2011

O Hotel Ritz-Carlton em Hong Kong abre hoje. Eleva-se aos 485 metros de altura, ultrapassando o Hotel Armani do Burj Khalifa (Dubai). Os preços dos quartos começam em $640, embora existam descontos durante o primeiro mês de abertura. [17]

Os E.U.A., a França e o Reino Unido bombardeiam a Líbia

19 de Março de 2011

Embora a Líbia já esteja num turbilhão devido à guerra civil no país, hoje os E.U.A., a França e o Reino Unido começaram a bombardear as forças de Gaddafi no Meditterâneo, bem como as que estão situadas em Tripoli, Benghazi, Sirte, Zuwara, Mitiga e Misrata. Gaddafi tenta usar os bombardeamentos para convencer os líbios que isto é uma espécie de colonialismo ocidental, e enquanto a guerra civil e os bombardeamentos continuarem, os viajantes devem evitar a Líbia e locais perto das suas fronteiras. [18]

O Bahrein destrói o icónico Monumento da Pérola

18 de Março de 2011

O governo bareinita mandou que o Monumento da Pérola, em Manama, fosse destruído, alegando que era uma "má memória" e que precisava de ser "purificado". [19]

Terremoto atinge o Japão

11 de Março de 2011

O Japão foi atingido por um terremoto de 8,9 graus na escala Richter. O epicentro do tremor foi a 200 km da costa de Honshu, a maior ilha do Japão. O tremor provocou tsunamis com até 12 metros de altura, as ondas atingiram a costa do Japão e irão atingir outros páises nas próximas horas. Mais de 300 mortes foram confirmadas e milhares de desaparecidos. Os aeroportos estão interditados e a comunicação no país está precária. [20] [21]

Fevereiro de 2011

Museus reabrem no Egipto

22 de Fevereiro de 2011

Desde o início dos protestos em Janeiro, muitos dos mais famosos museus e atracções egípcio foram fechados. Agora que a nação tenta voltar a um estado de normalidade, as suas atracções turísticas e museus reabriram. Espera-se que os rumores do roubo de artefactos famosos desapareçam e que o turismo volte a crescer, uma vez que a quebra do turismo custou $800 000 000 ao Egipto. Embora o Egipto permaneça um destino pouco popular, as autoridades esperam que isto mude em breve e que as pessoas apoiem o povo egípcio visitando o país. [22]

Terramoto arrasa Christchurch, Nova Zelândia

22 de Fevereiro de 2011

Um terramoto, considerado um dos piores desastres naturais da história neo-zelandesa arrasou Christchurch hoje à tarde. Foi de magnitude 6,5, abrindo fendas em várias estradas, destruindo edifícios e matando pelo menos 75 pessoas. O campanário da icónica Catedral de Christchurch Cathedral veio abaixo, mas o resto da igreja encontra-se intacto. Muitos outros edifícios da cidade colapsaram ou estão em risco disso. A cidade está em estado de emergência. Viagens a Christchurch devem ser evitadas. [23]

Fim do Horário Brasileiro de Verão

20 de Fevereiro de 2011

O Horário Brasileiro de Verão termina à meia noite do dia 20 de fevereiro de 2011. Os relógios devem ser atrasados em uma hora nos estados do Brasil em que o horário estava vigorando: Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Mais protestos na Argélia, Bahrain, Irão e Iémen

15 de Fevereiro de 2011

Como se previa, os protestos na Tunísia levaram ao descontentamento de vários países do mundo islâmico. Depois do Egipto ter conseguido afastar Mubarak com sucesso, cidadãos do Iémen, Bahrain, e Argélia começaram os seus próprios protestos, muitos dos quais levaram a violência por parte da polícia. Hoje, na capital do Irão, Teerão, irromperam protestos. Viagens a estes países devem ser evitadas e os que viajem a nações vizinhas devem ter muito atenção às notícias sobre a probabilidade de protestos da mesma espécie surgirem.

Janeiro de 2011

O Vulcão Shinmoedake, no sul de Kyushu, entra em erupção

30 de Janeiro de 2011

Há alguns dias atrás, o Vulcão Shinmoedake na Província de Kagoshima, perto da fronteira com Província de Miyazaki na ilha de Kyushu, entrou em erupção, causando cancelamentos de voos e viagens de comboio. Recentemente tem se vindo a formar pilhas de cinza em cidades vizinhas. Por enquanto, não existem registos de ferimentos, mas os viajantes devem evitar a região até a área ser considerada segura. [24]

Manifestos paralisam o Aeroporto de Goiânia, no Brasil, por uma hora

29 de Janeiro de 2011

Um grupo de manifestantes do movimento Aeroporto Já entrou no saguão do Aeroporto Internacional Santa Genoveva, em Goiânia, capital do estado de Goiás, no Brasil. Os manifestantes invadiram os balcões das companhias aéreas e as decolagens pararam por uma hora. Muitos que estavam esperando no saguão apoiaram o movimento. Os manifestantes portavam megafones e usavam camisetas com a frase "Infraero, tenho cara de palhaço?". Um manifestante foi visto com a bandeira do Centro Acadêmico Clóvis Bevilácqua (CACB), da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Mais tarde, o CACB declarou publicamente o apoio ao movimento. O motivo do manifesto é o embargo nas obras de construção do novo terminal de passageiros e das obras emergenciais do novo aeroporto. O manifesto terminou depois da chegada da Polícia Militar.[25] [26]

Protestos no Egipto já fizeram três mortos

26 de Janeiro de 2011

Nos protestos anti-governo de ontem, em várias cidades do Egipto, já morreram dois manifestantes e um polícia. Milhares de manifestantes no Cairo foram dispersados com a ajuda de gás lacrimogéneo.

Ontem ocorreram várias manifestações por todo o país, para reclamar a demissão do presidente, Hosni Mubarak, dententor do poder há 30 anos. [27]

Mais de 500 mortos em deslizamentos de terra no Brasil

12 de Janeiro de 2011

Um recente deslizamento de terra devastou áreas nos arredores de Rio de Janeiro, nos últimos dias. O número de mortes acabou de ultrapassar os 500 e as autoridades consideram-o o pior desastre natural da história do país. [28]

Actualização

17 de fevereiro de 2011

As Cidades já estão em recuperação. Nova Friburgo foi muito atingida, Teresópolis também mas em bairros periféricos, o centro não foi atingido. A estrada Teresópolis-Friburgo foi atingida.

Autoridades evacuam a cidade de Brisbane

11 de Janeiro de 2011

Brisbane, a terceira maior cidade australiana, está debaixo de chuva intensa, causadora de inundações que já afectaram mais de 6000 casas e empresas. O pico das cheias é esperado entre quarta e quinta-feira. Cerca de 200000 pessoas já foram afectadas pelas enchentes, já para não falar nos milhões de dólares em prejuízos. Segundo uma testemunha ouvida pela «BBC», o nível médio das águas do rio subiu 1,5 metros em uma hora. [29]

Motins na Tunísia

9 de Janeiro de 2011

As ruas de Tunes, capital da Tunísia, bem como de outras cidades do país, estão a ser invadidas por protestantes, descontentes com o desemprego e com o governo tunisino. Todos os aeroportos da nação foram fechados e os cidadãos britânicos estão a ser evacuados. A França, ex-dona da Tunísia e maior comunidade estrangeira no país, simplesmente avisou os cidadãos franceses para que tivessem cuidado e evitassem grandes reuniões. Ainda não se sabe quanto tempo irão demorar os protestos e qual será o resultado. Turistas nas nações vizinhas, a Argélia e a Líbia, porque os confrontos na Tunísia podem despoletar protestos semelhantes na região. [30]

Notícias antigas

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas