Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "Vale de Iya"

Da Wikitravel
Japão : Shikoku : Tokushima : Vale de Iya
Ir para: navegação, pesquisa
(Beber e sair)
(Durma)
Linha 87: Linha 87:
  
 
==Durma==
 
==Durma==
 +
===Hospedagem===
 +
 +
Existem algumas ''minshukus'' (uma espécie de Bed & Breakfast tradicionalmente japonês) em Iya Oeste e Mi-no-Koshi. Os preços rondam os ¥3500 por pessoa, ou mais se incluir jantar e/ou pequeno-almoço.
 +
 +
* <sleep name="Hikkyo no Yu" alt="秘境の湯" address="" directions="" phone="+81 0883-87-2300" email="" fax="" url="http://www.hotel-hikyounoyu.co.jp/" checkin="" checkout="" price="">Um grande e elegantemente decorado hotel ''onsen'' perto do tunel de entrada oara Iya Oeste. As vistas não são nada de especial. Entrada no spa para pessoas que não sejam clientes custa &yen;1000.</sleep>
 +
 +
* <sleep name="Hotel Iya Onsen" alt="ホテル 祖谷温泉" address="" directions="" phone="+81 0883-75-2311" email="" fax="" url="http://www.iyaonsen.co.jp/" checkin="" checkout="" price="">Provavelmente é o mais isolado possível no Japão, situado numa pequena ravina no oeste do vale. Mas o preço a pagar pelo sossego é alto: a partir de &yen;14000 por pessoa, para ser mais exato.</sleep>
 +
 +
* <sleep name="Hotel Kazurabashi" alt="ホテルかずら橋" address="32 Zentoku, Nishiiyayamason, Miyoshi-gun" directions="a 15 minutos de autocarro da Estação de Oboke e a uma caminhada de 10 minutos da ponte de corda" phone="+81 0883-87-2171" email="" fax="" url="http://www.kazurabashi.co.jp/" checkin="" checkout="" price="&yen;15,000 por pessoa com refeição incluída">Uma ''ryokan'' tradicional com termas. A maior parte dos quartos tem vistas para a montanha, bem como os banhos ao ar livre acima do hotel (aos quais se chega através de um funicular). O pequeno almoço e o jantar consiste em cozinha sofisticada ''kaiseki'', usando ingredientes locais.</sleep>
 +
 +
===Campismo===
 +
 +
[[Image:Iya_Campground_Tent.JPG|thumb|300px|Tenda no parque de campismo de Kazurabashi.]]
 +
 +
Não existem pousadas da juventude em Iya &mdash; as mais próximas estão em [[Oboke]] e [[Ikeda]], fora da entrada do vale &mdash; mas é um ótimo local para '''acampar'''.
 +
 +
* <sleep name="Parque de Campismo Iya Kazurabashi" alt="祖谷かずら橋キャンプ村, Iya kazurabashi kyanpu-mura" address="" directions="" phone="+81 090 1571 5258" email="" fax="" url="" checkin="" checkout="" price="Por &yen;500 arranja um pedaço de relva para passar a noite, com belas vistas do vale. A estadia no parque vem com um desconto no ''onsen'' Hikkyo no Yu, descendo o preço para &yen;700; peça um cupão de desconto ao guarda do parque de campismo">Um pequeno parque de campismo em Iya Oeste, no lado sul do rio e a uma caminhada de 10 minutos da ponte de corda. As casas-de-banho tem chuveiros com água quente. </sleep>
 +
 +
* <sleep name="Parque de Campismo Oku-Iya Kazurabashi" alt="奥祖谷かずら橋キャンプ" address="" directions="" phone="" email="" fax="" url="" checkin="" checkout="" price="A entrada no parque de campismo custa &yen;300 por pessoa, mais &yen;500 para atravessar a ponte, que é o único meio de lá chegar (se ficar por mais de um dia, só tem de pagar uma vez)">Um pouco básico, mas numa esplêndida localização, do outro lado das pontes de Oku-Iya, na parte este do vale. As casas-de-banho são muito básicas e não tem chuveiros. Pode pedir ao dono do ''minshuku'' do outro lado da estrada para usar a casa-de-banho deles, por uma pequena quantia (cerca de &yen;300).</sleep>
 +
 +
Em Mi-no-Koshi, existem também alguns espaços de campismo ao longo do caminho para o Monte Tsurugi (perto do terminal de teleférico). Pode pedir emprestado um pedaço de relva de um dos ''minshukus'' &mdash; e mostrar a sua gratidão comendo uma ou duas refeições lá. Embora não seja um parque de campismo oficial, pode montar discretamente uma tenda no lago à beira dos Banhos La Fôret Tsurugi. Pode também usar os banhos, por (&yen;500).
  
 
==Partir==
 
==Partir==

Revisão de 18h30min de 27 de junho de 2012

Ponte de corda no oeste do vale.

O Vale de Iya (祖谷渓 Iya-kei) [1] é um vale montanhoso no coração de Shikoku.

Índice

Entenda

Considerado um dos "Três Vales Escondidos" do Japão, Iya foi introduzido no imaginário japonês e ocidental pelo americano Alex Kerr. O seu livro Lost Japan apresenta um vale idílico com casas de telhado de palha, parado no tempo.

Atualmente, no entanto, grande parte de Iya foi devorada pelo que Kerr chama Moloch, com o seu silêncio interrompido pelo som de britadeiras enquanto auto-estradas e hotéis de cimento são erguidos para servir os visitantes. No entanto, apesar de os rios terem sido substituídos pelo cimento e as árvores por hotéis, algumas das partes menos visitadas no este do vale ainda valem a pena visitar. (Se estiver à procura de algo menos turístico, o Vale de Yagen em Tohoku é a sua melhor opção).

O vale pode ser dividido ao meio: a área mais desenvolvida e populada de Iya Oeste (西祖谷 Nishi-Iya), e a mais remota Iya Este (東祖谷 Higashi-Iya ), que também é conhecida como Oku-Iya (奥祖谷). Existem pequenos povoamentos (muitos deles abandonados) ao longo da auto-estrada que ligam os dois, mas o maior no lado este é a aldeia de Mi-no-Koshi (見ノ越), perto do Monte Tsurugi e da interseção de três pequenas autoestradas.

Chegar

Chegar ao vale já não requer uma semana de caminhada através de nevoeirentos trilhos de montanha, mas continua a ser mais difícil do que para a maioria dos destinos japoneses.

De comboio/trem

Mapa do Vale de Iya.

A estação de comboio mais próxima fica em Oboke, por onde passa a Linha Dosan, entre Kochi e Takamatsu. O Nanpū também passa por aqui de hora em hora, vindo de Okayama (¥4410).

Desde Oboke pode apanhar um autocarro até Iya Oeste, mas os serviços são pouco frequentes: existem até oito autocarros por dia em fins-de-semana na época alta (Abril-Novembro), e apenas quatro por dia no resto do ano.

De autocarro/ônibus

Existem 7 autocarros diretos todos os dias vindos desde o terminal de autocarros da Estação de Awa-Ikeda (阿波池田BT) em Ikeda, que vão até ao vale via Oboke (4 por dia) ou via Iyaguchi e Iya Onsen (3 por dia). Veja o site da Yonkoh [2] (em japonês) para ver os horários; selecione "祖谷線" (a linha do Vale de Iya) e depois procure os horários em Awa Ikeda (阿波池田BT) ou Ikeda (池田駅前). Os autocarros acabam a viagem em Kazurabashi (かずら橋), em Iya Oeste ou em Kubo (久保), em Iya Este.

Desde Kubo, existe uma linha de autocarro via Oku-Iya Kazurabashi (奥祖谷かずら橋) até Mi-no-Koshi (見の越), na base do Monte Tsurugi. Existem dois autocarros por dia durante fim-de-semanas e na época de Verão e nenhum durante o Inverno. Veja [3] (em japonês) para mais informação incluindo datas e horas exatas.

Existe uma linha semelhante vinda do norte. Normalmente, os autocarros da Estação de Sadamitsu (貞光駅) não vão até ao Vale de Iya, mas em fins-de-semana e feriados durante o Verão existem três autocarros por dia até Mi-no-Koshi, na base do Monte Tsurugi. Veja [4] (em japonês) para mais informações.

De carro

Se tiver um carro ou quiser tentar a sorte apanhando boleia, a Estrada 438 desde Sadamitsu e a Estrada 439 desde Anabuki vão diretamente até Iya Este, e são a opção mais rápida se se vier de Tokushima e Kansai. Se quiser ir ao Monte Tsurugi (剣山) desde Sadamitsu (貞光), existe um serviço de autocarro regular que percorre a Estrada 438, mas só até à base do monte. Vindo de Mi no Koshi (見ノ越), precisa de fazer uma caminhada de cerca de quatro horas até à estação de autocarro na base da montanha. Pelo caminho, experimente uma deliciosa massa udon (手打ちうどん), no restaurante à beira do rio. O trânsito é muito leve, principalmente em dias de semana, e as estradas são muito estreitas e serpenteantes.

Circule

No vale, o transporte público está limitado a apenas alguns autocarros por dia. Alugar um carro ou apanhar boleia é provavelmente a maneira mais rápida de circular, embora o trânsito seja muito baixo: mesmo as maiores auto-estradas só vêm passar cerca de 3 carros por hora em dias de semana, e ainda menos do que isso se estiver a chover.

A Yonkoh oferece duas linhas de autocarros turísticos [5], ambos a partirem de Awa Ikeda; o primeiro chama-se Nishi-Iya, o segundo chama-se Higashi-Iya (que passa por Oboke), com comentários apenas em japonês.

De bicicleta

É possível andar de bicicleta no Vale de Iya, mas precisa de uma boa bicicleta (pode levá-la no comboio se a puser dentro de um saco de bicicleta), de uns pulmões fortes e de um genuíno espírito aventureiro. Traga água, já que as máquinas de venda são poucas e estão muito longe umas das outras. Reduza a velocidade em estradas estreitas com visibilidade limitada, e fique sempre o mais à esquerda possível. A maior parte dos locais tem cuidado ao conduzir. Se chegar ao Monte Tsurugi, pode virar para a esquerda na estrada que leva à aldeia de Sadamitsu, que é uma espetacular e serpenteante descida de 25 km, com magníficas vistas do rio e de pequenas aldeias abandonadas.

Veja

Pontes de corda

Ponte de corda de Iya Oeste.

As atrações turísticas mais conhecidas de Iya são as pontes de corda (かずら橋 kazurabashi), que costumavam ser a única maneira de atravessar o rio.

  • Ponte de Iya Oeste. Abre ao nascer do sol e fecha ao pôr do sol. A ponte mais popular fica em Iya Oeste, perto da aldeia principal. É bastante segura e não é particularmente assustadora. ¥500.
  • Pontes de corda de Oku-Iya (奥祖谷二重かずら橋). Situam-se no este do vale can be found at the eastern end of the valley, antes da subida final para chegar a Mi-no-Koshi. Existem duas: a Ponte do Marido (夫の橋 Otto-no-hashi), maior e mais alta, e, à sua esquerda, a Ponte da Mulher (婦の橋, Tsuma-no-hashi). Tanto uma como a outra parecem saídas de um filme do Tarzan e não são recomendáveis se tem medo de alturas, apesar de até aqui existirem cabos de aço escondidos por baixo da corda. Do outro lado das pontes existe um parque de campismo e uma bela cascata. Existe também um pequeno carrinho suspenso por cabos de corda que pode levar até três pessoas de um lado ao outro, perto da Ponte da Mulher. Ele anda sozinho até meio da ravina, e tem que puxar a corda para percorrer a outra metade. A entrada custa ¥500, mas chegar lá pode ser um problema, porque geralmente os autocarros não vem até tão longe.

Outras atrações

  • Casa de Chiiori, (A maneira mais fácil de aqui chegar é apanhar um táxi desde a Estação de Oboke (cerca de 45 minutos), mas também existem autocarros desde Awa-Ikeda; a paragem mais próxima é a do Túnel de Oshima), +81 0883-88-5290 (), [6]. Uma tradicional casa japonesa, com telhado de palha, restaurada a um custo exorbitante e descrita detalhadamente em Lost Japan. Está aberta a visitantes, que podem trabalhar e contribuir para os esforços de revitalização da comunidade da organização. Gerida por voluntários amigáveis, tem que reservar com pelo menos uma semana de antecedência se quiser ficar lá durante a noite, e é aconselhável contactá-los para qualquer tipo de visitas. Não tem um preço fixo de visita, mas espera-se uma doação à organização.
  • Santuário de O-Tsurugi (お剣神社), Mi-no-Koshi (perto da estação de teleférico do Monte Tsurugi). Não é propriamente imponente, mas é tradicional parar aqui antes de iniciar a subida. O santuário tem três partes, uma em Mi-no-Koshi, uma no caminho para o cimo da montanha, e outra no cume.

Faça

Monte Tsurugi.

Caminhar é uma atividade bastante popular no vale, principalmente na parte este, e existem vários trilhos de caminhada de vários tamanhos.

  • Monte Tsurugi (剣山 ''Tsurugi-san'', também conhecido como ''Ken-zan''). Com 1955m, o Monte Tsurugi é o local de caminhada mais popular do vale e a 2ª maior montanha de Shikoku (a seguir ao Monte Ishizuchi). Apesar de o nome significar "Monte Espada", esta é uma descrição pouco exata deste monte de contornos suaves. Pode apanhar um teleférico parra subir a maior parte da montanha (¥1000); desde o terminal de releférico, é uma caminhada de meia hora até ao cume. Se escolher evitar o teleférico e fazer o percurso todo a pé (cerca de 2 horas), pode parar no Santuário de O-Tsurugi (お剣神社), a meio do caminho, para beber um gole grátis de sake sagrado ou na nascente para se refrescar. Desde o Monte Tsurugi, os trilhos vão em várias direções, sendo um dos mais populares o que atravessa Jirogyu e Maruishi para chegar às pontes de corda de Oku-Iya e ao parque de campismo.
  • 三嶺. É outro destino mais popular, mas menos movimentado que o Monte Tsurugi. Segundo os locais, é o melhor trilho para quem quer ver as árvores no Outono. O trilho começa na aldeia de Nagoro e envolve cerca de duas horas e meia de subida. A área está a ser alvo de grande agitação, já que está a ser construído um resort, um teleférico e até mesmo um monocarril.

Compre

Em Iya não existe uma única loja de conveniência, mas existem algumas mercearias de família, tanto em Iya Oeste como em Mi-no-Koshi, e algumas lojas de recordações. Pode arranjar comida e outros bens no Boke-Mart, o minimercado local à beira da estação de Oboke.

Coma

Iya Oeste e Mi-no-Koshi tem alguns restaurantes de noodles e arroz, todos eles um pouco caros para o Japão. Experimente amego (um peixe local) grelhado, a 500 yen, numa das bancas espalhadas pelo vale. Muitos locais alegam vender noodles Iya soba, mas facilmente se reconhece que em nada difere dos vegetais sansai servidos em qualquer outra região montanhosa do Japão. Pode comprar comida e snacks no Fureai Centre e na Michi No Eki.

  • Senkichi, Nishi-Iya. Um restaurante de soba facilmente reconhecível pelo ninja que se encontra no exterior do edifício. O interior é decorado com mobília rústica, e tem uma tradicional lareira enterrada.

Beber e sair

Se está à procura de vida noturna, está no lugar errado!

Durma

Hospedagem

Existem algumas minshukus (uma espécie de Bed & Breakfast tradicionalmente japonês) em Iya Oeste e Mi-no-Koshi. Os preços rondam os ¥3500 por pessoa, ou mais se incluir jantar e/ou pequeno-almoço.

  • Hikkyo no Yu (秘境の湯), +81 0883-87-2300, [7]. Um grande e elegantemente decorado hotel onsen perto do tunel de entrada oara Iya Oeste. As vistas não são nada de especial. Entrada no spa para pessoas que não sejam clientes custa ¥1000.
  • Hotel Iya Onsen (ホテル 祖谷温泉), +81 0883-75-2311, [8]. Provavelmente é o mais isolado possível no Japão, situado numa pequena ravina no oeste do vale. Mas o preço a pagar pelo sossego é alto: a partir de ¥14000 por pessoa, para ser mais exato.
  • Hotel Kazurabashi (ホテルかずら橋), 32 Zentoku, Nishiiyayamason, Miyoshi-gun (a 15 minutos de autocarro da Estação de Oboke e a uma caminhada de 10 minutos da ponte de corda), +81 0883-87-2171, [9]. Uma ryokan tradicional com termas. A maior parte dos quartos tem vistas para a montanha, bem como os banhos ao ar livre acima do hotel (aos quais se chega através de um funicular). O pequeno almoço e o jantar consiste em cozinha sofisticada kaiseki, usando ingredientes locais. ¥15,000 por pessoa com refeição incluída.

Campismo

Tenda no parque de campismo de Kazurabashi.

Não existem pousadas da juventude em Iya — as mais próximas estão em Oboke e Ikeda, fora da entrada do vale — mas é um ótimo local para acampar.

  • Parque de Campismo Iya Kazurabashi (祖谷かずら橋キャンプ村, Iya kazurabashi kyanpu-mura), +81 090 1571 5258. Um pequeno parque de campismo em Iya Oeste, no lado sul do rio e a uma caminhada de 10 minutos da ponte de corda. As casas-de-banho tem chuveiros com água quente. Por ¥500 arranja um pedaço de relva para passar a noite, com belas vistas do vale. A estadia no parque vem com um desconto no ''onsen'' Hikkyo no Yu, descendo o preço para ¥700; peça um cupão de desconto ao guarda do parque de campismo.
  • Parque de Campismo Oku-Iya Kazurabashi (奥祖谷かずら橋キャンプ). Um pouco básico, mas numa esplêndida localização, do outro lado das pontes de Oku-Iya, na parte este do vale. As casas-de-banho são muito básicas e não tem chuveiros. Pode pedir ao dono do minshuku do outro lado da estrada para usar a casa-de-banho deles, por uma pequena quantia (cerca de ¥300). A entrada no parque de campismo custa ¥300 por pessoa, mais ¥500 para atravessar a ponte, que é o único meio de lá chegar (se ficar por mais de um dia, só tem de pagar uma vez).

Em Mi-no-Koshi, existem também alguns espaços de campismo ao longo do caminho para o Monte Tsurugi (perto do terminal de teleférico). Pode pedir emprestado um pedaço de relva de um dos minshukus — e mostrar a sua gratidão comendo uma ou duas refeições lá. Embora não seja um parque de campismo oficial, pode montar discretamente uma tenda no lago à beira dos Banhos La Fôret Tsurugi. Pode também usar os banhos, por (¥500).

Partir

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas