Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "República Dominicana"

Da Wikitravel
América : América Central : Caribe : República Dominicana
Ir para: navegação, pesquisa
m (Revertidas edições por 189.74.235.234 (disc) para a última versão por 187.56.130.111)
(Chegar)
 
(18 edições intermédias de 13 utilizadores não apresentadas)
Linha 16: Linha 16:
 
}}
 
}}
  
A '''República Dominicana''' é um país do [[Caribe]], localizado na parte oriental da ilha [[Hispaniola]], também conhecida como '''Ilha de São Domingos'''.
+
A República dominicana é um país caribenho que ocupa os dois-terços orientais da ilha caribenha de Hispaniola. O um-terço ocidental de Hispaniola está ocupado pelo Haiti.  
  
 
== Regiões ==
 
== Regiões ==
 +
{{Regionlist
 +
| regionmap=Dominican Republic Regions Map.png
 +
| regionmaptext=
 +
| regionmapsize=450px
 +
 +
| region1name=[[Greater Santo Domingo|Área Metropolitana]]
 +
| region1color=#b383b3
 +
| region1items=
 +
| region1description=A capital cosmopolita e suas praias ao redor.
 +
 +
| region2name=[[Eastern Dominican Republic|As Planícies Orientais e a Costa Oriental]]
 +
| region2color=#d5dc76
 +
| region2items=
 +
| region2description=Lar de famosos hotéis de luxo em Bavaro, Punta Cana, Casa de Campo e Cap Cana.
 +
 +
| region3name=[[Eastern Cibao|O Cibao Oriental e a Baía de Samaná]]
 +
| region3color=#4da9c4
 +
| region3items=
 +
| region3description=Uma baía bonita descrita freqüentemente como um "Paraíso na Terra"
 +
 +
| region4name=[[Western Cibao|O Cibao Ocidental e a Costa Norte ]]
 +
| region4color=#71b37b
 +
| region4items=
 +
| region4description=A segunda maior cidade, as montanhas mais altas no Caribe, e belas praias na Costa Atlântica. 
 +
 +
| region5name=[[Southern Dominican Republic|O Vale de Enriquillo e o Sul ]]
 +
| region5color=#d09440
 +
| region5items=
 +
| region5description=A área mais retirada do país, quase intacta por turismo, com natureza e paisagem sem iguais.
 +
}}
  
 
== Cidades ==
 
== Cidades ==
Linha 30: Linha 60:
  
 
== Outros destinos ==
 
== Outros destinos ==
 +
 +
*[[Bayahibe]]
 +
*[[Bonao]]
 +
*[[Cabarete]]
 +
*[[Constanza]]
 +
*[[Dominicus]]
 +
*[[Jarabacoa]]
 +
*[[Las Terrenas]]
 +
*[[Las Galeras]]
 +
*[[Miches]]
 +
*[[Bahia de las Aguilas]]
 +
*[[Playa Bonita]]
  
 
== Entenda ==
 
== Entenda ==
 +
 +
Explorado por Cristovão Colombo em sua primeira viagem em 1492, a ilha de Hispaniola se tornou um trampolim para conquista espanhola do Caribe e o continente americano.   
 +
A ilha estava primeiramente habitada pelo Taínos, desde D.C. 600. Dentro de alguns anos curtos que seguem a chegada de exploradores europeus a população de Taínos tinha diminuído significativamente.   
 +
Em 1697, a Espanha reconheceu o domínio francês em cima do terço ocidental da ilha que em 1804 se tornou o Haiti. O resto da ilha, até lá conhecido como Santo Domingo havia buscado ganhar sua própria independência em 1821, mas foi conquistado e regido pelos haitianos durante 22 anos; atingiu independência finalmente como a República dominicana em 1844.   
 +
 +
== Clima ==
 +
 +
Tropical marítimo com pequena variação de temperatura sazonal. Há uma variação sazonal com chuva. A ilha está no meio das rotas de furacões e está sujeito a tempestades severas de junho a outubro. Tem inundação ocasional e secas periódicas.
  
 
== Chegar ==
 
== Chegar ==
 
[[Imagem:Dr-map.png|thumb|right|300px|Mapa da República Dominicana]]
 
[[Imagem:Dr-map.png|thumb|right|300px|Mapa da República Dominicana]]
Brasileiros e portugueses não precisam de visto, mas é necessária a aquisição de um cartão de turista (''tarjeta de turista'') a um custo de US$10,00. Esse cartão geralmente é vendido junto da passagem aérea, mas também pode ser comprado no momento de entrada no país e permite uma estadia de até 90 dias, em uma entrada única.  
+
Brasileiros e Portugueses não precisam de visto, mas é necessária a aquisição de um cartão de turista (''tarjeta de turista'') a um custo de US$10,00. Esse cartão geralmente é vendido junto da passagem aérea, mas também pode ser comprado no momento de entrada no país e permite uma estadia de até 90 dias, em uma entrada única.  
  
 
=== De avião ===
 
=== De avião ===
Não há vôos diretos do Brasil. O acesso mais comum é feito através da [[Cidade do Panamá]] ou de [[Miami]].
+
Os aeroportos principais (em ordem alfabética):   
 +
*(AZS) Samana, também conhecido como “El Catey”, situado entre as cidades de Nagua e Samana na costa norte 
 +
*(JBQ) “La aeroporto de Isabela” em Santo Domingo, principalmente para vôos domésticos, mas também recebe alguns vôos de outras ilhas caribenhas 
 +
*(LRM) La Romana na costa oriental sul 
 +
*(ESTOURO) Puerto Plata, também conhecido como “Gregorio Luperon” na costa do norte, 
 +
*(PUJ) Punta Cana International no leste, o mais ocupado no país 
 +
*(SDQ) Santo Domingo, também conhecido como “Las Americas” na costa sul perto da cidade importante Santo Domingo, 
 +
*(STI) o Santiago também conhecido como “Cibao Internacional” em Santiago los de Caballeros (a 2ª maior cidade do país)   
 +
Você pode obter vôos da Europa por Madrid (FURIOSO) ou Paris (CDG). Do EUA, você pode voar de Nova Iorque, Fort Lauderdale, Miami, Filadélfia, San Juan, Atlanta ou Charlotte. A maioria das cidades européias e canadenses tem conexões de vôo que operam de acordo com a época.  
  
 
=== De barco ===
 
=== De barco ===
=== De carro ===
+
Não tem nenhum tipo de embarcação que leva até a Republica Dominicana.
  
 +
=== De carro ===
 +
Podem ser alugados carros nas agências em Santo Domingo e outras cidades principais. Porém, a gasolina é cara. Algumas estradas, especialmente em áreas remotas, são bastante perigosas (freqüentemente sem divisões de pista) e muitas pessoas tendem a não respeitar o tráfego. Porém, a maioria das rodovias principais é aproximadamente semelhante as condições de estradas dos Estados Unidos e a Europa ocidental. Porém, não são consertados buracos e manchas ásperas rapidamente e os motoristas devem estar atentos que há um número significante de manchas ásperas até mesmo em algumas rodovias principais. Porém, há várias estradas muito boas como DR-1 que está conectando por quatro rodovias as cidades de Santo Domingo e Santiago e pode ser viajada sem dificuldade. Rodovia DR-7 é uma estrada de pedágio excelente e aberta em 2008.
  
 
== Circular ==
 
== Circular ==
 
+
Opções para circular o país incluem serviços de ônibus Gwa-Gwas  (pronuncia-se): furgões danificados pequenos ou caminhões que servem como uma corrida de táxi coletiva, fixaram rotas que são muito baratas mas também muito sobrecarregado e vôos domésticos. As linhas de ônibus são freqüentemente simples, independentemente da operação, enquanto normalmente só conectando duas cidades dentro de uma região (Sudoeste, Leste, Norte) ou entre uma cidade e a capital (com paradas em qualquer cidade na rota) Devido a geografia do país ir de uma região do país a outra você tem que passar pela capital. 
=== De avião ===
+
=== De barco ===
+
=== De carro ===
+
=== De ônibus ===
+
 
+
  
 
== Fale ==
 
== Fale ==
Espanhol e inglês
+
O idioma oficial da República Dominicana é o espanhol. Você vai encontrar alguns moradores locais que falam Espanhol e Inglês especialmente em Santo Domingo e áreas turísticas. Se você falar um pouco de espanhol, as maiorias dos dominicanos se esforçam para conhecê-lo e se comunicar. Se você tiver um problema, você provavelmente poderá encontrar alguém que fala Inglês suficiente para ajudá-lo. Dominicanos são muito amigáveis e serão muito úteis se você for educado e respeitoso. Os haitianos antigos podem falar uma variação do francês e você pode ouvir algumas palavras em africano e aruaques intercalados com o espanhol, especialmente nas áreas rurais. A comunicação não deve ser um problema, mesmo para aqueles que falam apenas um mínimo de espanhol. Se você estiver viajando com um dos grandes hotéis com tudo incluso, você não terá problemas de linguagem.
  
 
== Compre ==
 
== Compre ==
 +
 +
Um dos melhores locais do Distrito Colonial de Santo Domingo para fazer compras é o shopping ao ar livre,  rua El Conde. Os vendedores de rua oferecem de tudo, desde roupas de marca que tem os preços extremamente baratos. Durante o dia, também existem várias lojas turísticas onde você pode comprar presentes baratos para a família, incluindo pinturas autênticas e belas jóias. Há também uma loja muito agradável de charutos no final da alameda em frente à catedral. Roupas, no entanto, são geralmente muito econômicas e, muitas vezes de boa qualidade. Os preços podem ser negociados. Dólares americanos são aceitos na maioria das áreas.
  
 
== Coma ==
 
== Coma ==
  
A base da alimentação dominicana é a carne de porco, arroz, feijão, bana e frutas em geral, batata, milho. Há também pratos típicos como o Mangú, o chechén e a yuca.
+
Alimentação na República Dominicana é a típica do caribe, com muitas frutas tropicais, arroz, feijão e frutos do mar. A maioria restaurantes tem refeições com um custo fiscal adicional de 16% acrescido de 10% - para o serviço muito bom, é costume deixar um adicional de 10%.
A proximidade com a comida brasileira é imensa, então não se preocupe e sinta-se em casa.
+
  
 
== Beba e saia ==
 
== Beba e saia ==
Tome cuidado com a água, beba de garrafa!
+
* Cerveja Presidente
 +
* Rum-Brugal, Barcelo, Bermudez (o chamado B Três de Rum Dominicana)
 +
* Mama Juana, uma mistura de ervas e casca deixadas de molho em rum, vinho tinto e mel.
 +
Além disso, outras bebidas importadas estão disponíveis para compra - pelo menos nas cidades grandes -  e pode não ser facilmente disponível fora do centro.
  
== Durma ==
+
Não beba água da torneira.. Comer saladas ou outros alimentos que podem ser lavados em água da torneira não é aconselhável.
  
 
== Aprenda ==
 
== Aprenda ==
  
A dançar merengue ou bachata, que são as danças típicas da República Dominicana.
+
As duas cidades mais comuns de hospedagem intercambistas são Santo Domingo e Santigo. Escolas de língua espanhola estão localizadas em grandes cidades e na costa norte.
  
 
== Trabalhe ==
 
== Trabalhe ==
 +
 +
A maioria das empresas não exigem nada mais do que um passaporte para o trabalho. Há uma série de empresas norte-americanas no país, especialmente em Santo Domingo e no Distrito Nacional. Há boas oportunidades para os funcionários que falam Inglês. O país tem várias zonas francas, muitos delas na área de call center.
  
 
== Segurança ==
 
== Segurança ==
  
É comum avistarmos pessoas portando arma de fogo na cintura, apesar de não haver muitos crimes dessa espécie neste país. Nas áreas turísticas há segurança, porém para conhecer mais profundamente a cultura dominicana e se aventurar em lugares não turísticos, é aconselhável a companhia de um guia local.
+
A República Dominicana é um país seguro em geral. A República Dominicana continua a ser um país do terceiro mundo e a pobreza ainda é galopante. Por esta razão, é melhor você tomar as precauções de senso comum. Não viajar sozinho nas cidades e se possível, assaltos são bastante comuns. As ruas são desertas depois de escurecer, mesmo na capital de Santo Domingo, e estão sujeitas a cortes de energia elétrica com rotina. Os cães selvagens são comuns em todo o país, mas grandes partes das pessoas ignoram (alimentar estes cães não é recomendado, pois pode induzir a um comportamento agressivo). Viajantes ocidentais devem se vestir casualmente e retirar anéis e outras jóias em hotéis fora de destinos turísticos, mas os destinos turísticos comuns, em particular o mais caro, de luxo e áreas, são muito seguros.
 +
Não há leis referente a quantidade máxima de álcool que pode ser bebido antes de dirigir. No entanto, existe um limite de 0,5% para os motoristas. Desconfie de veículos, especialmente durante tarde da noite. É ilegal para os turistas e visitantes beber e dirigir, e você pode ser penalizado por isso.
 +
O nível de profissionalismo da Polícia Nacional é um pouco discutível. Para proteger a renda proveniente do turismo, o governo estabeleceu a Politur ou "Polícia Turística”, que é encarregado da segurança dos turistas estrangeiros. Os viajantes devem contatar este organismo se forem encontrados problemas, que terão uma resposta muito mais positiva do que com a polícia nacional.
  
 
== Saúde ==
 
== Saúde ==
Está ocorrendo um surto de poliomelite (Paralisia Infantil) na República Dominicana. Esse surto está sendo causado por um polivirus do tipo 1. Foi iniciada agora uma campanha com a vacina oral contra esta doença.
+
A malária pode ser uma questão para viajantes se não tomarem medidas de proteção, tais como repelentes contra picadas de mosquito. Certifique-se de consultar com um médico antes da partida.
 +
Existe o risco da dengue, que é contraído através de mosquitos que picam durante o dia. Nenhuma vacina está disponível, então novamente usando repelente contra mosquitos é aconselhável.
 +
Muitos dos alimentos são locais seguros para o consumo, incluindo as carnes, frutas e legumes.
 +
Os visitantes, no entanto, não devem beber a água local e devem ficar com água mineral ou outras bebidas. É importante para os visitantes permanecer hidratado devido o clima quente e úmido. Queimaduras solares são um grande risco. O sol está muito brilhante aqui. Use protetor solar pelo menos SPF30. Limite de exposição ao sol.
 +
 
 +
== Respeite ==
 +
Dominicanas são pessoas amáveis e pacíficas. Tentativas de língua espanhola são um bom sinal de respeito para o povo local. Seja educado e faça o seu melhor para falar a língua, e você será tratado com gentileza.
 +
Evite falar sobre o Haiti. Embora as relações tenham melhorado, muitos dominicanos e haitianos, especialmente das gerações mais velhas guardam ressentimentos, uns com os outros. Santo Domingo foi invadida e ocupada pelo Haiti por uma boa parte do século 19, e da República Dominicana realmente lutou sua primeira guerra de independência não contra a Espanha, mas contra o Haiti, depois que a República Dominicana enfrentou várias invasões de outros de seus vizinhos.
 +
 
 +
== Contato ==
 +
SMS e e-mail escrito em adolescentes são semelhantes a um prémio, como na Europa. Um telefone celular é para Dominicanos de todas as idades, um símbolo de status popular. Embora apenas cerca de um milhão de linha são fixos, aproximadamente 2,8 milhões de dominicanos um telefone móvel (a partir de 2005).
 +
A cobertura da rede está muito boa. Há lacunas na cobertura, especialmente nas montanhas.
 +
Existem três operadores de rede - "Laranja", "Verizon" e "Tricom". Se você quiser ligar com um telefone celular, você precisa de um telefone triband (GSM 1900) e carregador. Você pode comprar um cartão de telefone pré-pago e, portanto, local muito favorável.
 +
 
 +
 
 +
[[de:Dominikanische Republik]]
 +
[[eo:Domingo]]
 +
[[en:Dominican Republic]]
 +
[[es:República Dominicana]]
 +
[[fi:Dominikaaninen tasavalta]]
 +
[[fr:République dominicaine]]
 +
[[hu:Dominikai Köztársaság]]
 +
[[it:Repubblica Dominicana]]
 +
[[ja:ドミニカ共和国]]
 +
[[nl:Dominicaanse Republiek]]
 +
[[pl:Dominikana]]
 +
[[ru:Доминиканская Республика]]
 +
[[sv:Dominikanska republiken]]
 +
[[wts:Category:Dominican Republic]]
 +
 
 +
{{FicaEm|Caribe}}
 +
[[WikiPedia:República Dominicana]]

Edição atual desde as 13h40min de 19 de junho de 2013

noframe
Localização
noframe
Bandeira
Dr-flag.png
Informações Básicas
Capital Santo Domingo
Governo Democracia representativa
Moeda Peso dominicano (DOP)
Área total: 48.730 km2
terra: 48.380 km2
água: 350 km2
População 8.721.594 (est. 2002)
Idioma Espanhol
Religião Católicos romanos 95%
Eletricidade 110/60Hz (tomada americana)
Código telefônico +1-809
Internet TLD .do
Fuso horário UTC-4


A República dominicana é um país caribenho que ocupa os dois-terços orientais da ilha caribenha de Hispaniola. O um-terço ocidental de Hispaniola está ocupado pelo Haiti.

Regiões[editar]

Área Metropolitana
A capital cosmopolita e suas praias ao redor.
As Planícies Orientais e a Costa Oriental
Lar de famosos hotéis de luxo em Bavaro, Punta Cana, Casa de Campo e Cap Cana.
O Cibao Oriental e a Baía de Samaná
Uma baía bonita descrita freqüentemente como um "Paraíso na Terra"
O Cibao Ocidental e a Costa Norte
A segunda maior cidade, as montanhas mais altas no Caribe, e belas praias na Costa Atlântica.
O Vale de Enriquillo e o Sul
A área mais retirada do país, quase intacta por turismo, com natureza e paisagem sem iguais.








Cidades[editar]

Outros destinos[editar]

Entenda[editar]

Explorado por Cristovão Colombo em sua primeira viagem em 1492, a ilha de Hispaniola se tornou um trampolim para conquista espanhola do Caribe e o continente americano. A ilha estava primeiramente habitada pelo Taínos, desde D.C. 600. Dentro de alguns anos curtos que seguem a chegada de exploradores europeus a população de Taínos tinha diminuído significativamente. Em 1697, a Espanha reconheceu o domínio francês em cima do terço ocidental da ilha que em 1804 se tornou o Haiti. O resto da ilha, até lá conhecido como Santo Domingo havia buscado ganhar sua própria independência em 1821, mas foi conquistado e regido pelos haitianos durante 22 anos; atingiu independência finalmente como a República dominicana em 1844.

Clima[editar]

Tropical marítimo com pequena variação de temperatura sazonal. Há uma variação sazonal com chuva. A ilha está no meio das rotas de furacões e está sujeito a tempestades severas de junho a outubro. Tem inundação ocasional e secas periódicas.

Chegar[editar]

Mapa da República Dominicana

Brasileiros e Portugueses não precisam de visto, mas é necessária a aquisição de um cartão de turista (tarjeta de turista) a um custo de US$10,00. Esse cartão geralmente é vendido junto da passagem aérea, mas também pode ser comprado no momento de entrada no país e permite uma estadia de até 90 dias, em uma entrada única.

De avião[editar]

Os aeroportos principais (em ordem alfabética):

  • (AZS) Samana, também conhecido como “El Catey”, situado entre as cidades de Nagua e Samana na costa norte
  • (JBQ) “La aeroporto de Isabela” em Santo Domingo, principalmente para vôos domésticos, mas também recebe alguns vôos de outras ilhas caribenhas
  • (LRM) La Romana na costa oriental sul
  • (ESTOURO) Puerto Plata, também conhecido como “Gregorio Luperon” na costa do norte,
  • (PUJ) Punta Cana International no leste, o mais ocupado no país
  • (SDQ) Santo Domingo, também conhecido como “Las Americas” na costa sul perto da cidade importante Santo Domingo,
  • (STI) o Santiago também conhecido como “Cibao Internacional” em Santiago los de Caballeros (a 2ª maior cidade do país)

Você pode obter vôos da Europa por Madrid (FURIOSO) ou Paris (CDG). Do EUA, você pode voar de Nova Iorque, Fort Lauderdale, Miami, Filadélfia, San Juan, Atlanta ou Charlotte. A maioria das cidades européias e canadenses tem conexões de vôo que operam de acordo com a época.

De barco[editar]

Não tem nenhum tipo de embarcação que leva até a Republica Dominicana.

De carro[editar]

Podem ser alugados carros nas agências em Santo Domingo e outras cidades principais. Porém, a gasolina é cara. Algumas estradas, especialmente em áreas remotas, são bastante perigosas (freqüentemente sem divisões de pista) e muitas pessoas tendem a não respeitar o tráfego. Porém, a maioria das rodovias principais é aproximadamente semelhante as condições de estradas dos Estados Unidos e a Europa ocidental. Porém, não são consertados buracos e manchas ásperas rapidamente e os motoristas devem estar atentos que há um número significante de manchas ásperas até mesmo em algumas rodovias principais. Porém, há várias estradas muito boas como DR-1 que está conectando por quatro rodovias as cidades de Santo Domingo e Santiago e pode ser viajada sem dificuldade. Rodovia DR-7 é uma estrada de pedágio excelente e aberta em 2008.

Circular[editar]

Opções para circular o país incluem serviços de ônibus Gwa-Gwas (pronuncia-se): furgões danificados pequenos ou caminhões que servem como uma corrida de táxi coletiva, fixaram rotas que são muito baratas mas também muito sobrecarregado e vôos domésticos. As linhas de ônibus são freqüentemente simples, independentemente da operação, enquanto normalmente só conectando duas cidades dentro de uma região (Sudoeste, Leste, Norte) ou entre uma cidade e a capital (com paradas em qualquer cidade na rota) Devido a geografia do país ir de uma região do país a outra você tem que passar pela capital.

Fale[editar]

O idioma oficial da República Dominicana é o espanhol. Você vai encontrar alguns moradores locais que falam Espanhol e Inglês especialmente em Santo Domingo e áreas turísticas. Se você falar um pouco de espanhol, as maiorias dos dominicanos se esforçam para conhecê-lo e se comunicar. Se você tiver um problema, você provavelmente poderá encontrar alguém que fala Inglês suficiente para ajudá-lo. Dominicanos são muito amigáveis e serão muito úteis se você for educado e respeitoso. Os haitianos antigos podem falar uma variação do francês e você pode ouvir algumas palavras em africano e aruaques intercalados com o espanhol, especialmente nas áreas rurais. A comunicação não deve ser um problema, mesmo para aqueles que falam apenas um mínimo de espanhol. Se você estiver viajando com um dos grandes hotéis com tudo incluso, você não terá problemas de linguagem.

Compre[editar]

Um dos melhores locais do Distrito Colonial de Santo Domingo para fazer compras é o shopping ao ar livre, rua El Conde. Os vendedores de rua oferecem de tudo, desde roupas de marca que tem os preços extremamente baratos. Durante o dia, também existem várias lojas turísticas onde você pode comprar presentes baratos para a família, incluindo pinturas autênticas e belas jóias. Há também uma loja muito agradável de charutos no final da alameda em frente à catedral. Roupas, no entanto, são geralmente muito econômicas e, muitas vezes de boa qualidade. Os preços podem ser negociados. Dólares americanos são aceitos na maioria das áreas.

Coma[editar]

Alimentação na República Dominicana é a típica do caribe, com muitas frutas tropicais, arroz, feijão e frutos do mar. A maioria restaurantes tem refeições com um custo fiscal adicional de 16% acrescido de 10% - para o serviço muito bom, é costume deixar um adicional de 10%.

Beba e saia[editar]

  • Cerveja Presidente
  • Rum-Brugal, Barcelo, Bermudez (o chamado B Três de Rum Dominicana)
  • Mama Juana, uma mistura de ervas e casca deixadas de molho em rum, vinho tinto e mel.

Além disso, outras bebidas importadas estão disponíveis para compra - pelo menos nas cidades grandes - e pode não ser facilmente disponível fora do centro.

Não beba água da torneira.. Comer saladas ou outros alimentos que podem ser lavados em água da torneira não é aconselhável.

Aprenda[editar]

As duas cidades mais comuns de hospedagem intercambistas são Santo Domingo e Santigo. Escolas de língua espanhola estão localizadas em grandes cidades e na costa norte.

Trabalhe[editar]

A maioria das empresas não exigem nada mais do que um passaporte para o trabalho. Há uma série de empresas norte-americanas no país, especialmente em Santo Domingo e no Distrito Nacional. Há boas oportunidades para os funcionários que falam Inglês. O país tem várias zonas francas, muitos delas na área de call center.

Segurança[editar]

A República Dominicana é um país seguro em geral. A República Dominicana continua a ser um país do terceiro mundo e a pobreza ainda é galopante. Por esta razão, é melhor você tomar as precauções de senso comum. Não viajar sozinho nas cidades e se possível, assaltos são bastante comuns. As ruas são desertas depois de escurecer, mesmo na capital de Santo Domingo, e estão sujeitas a cortes de energia elétrica com rotina. Os cães selvagens são comuns em todo o país, mas grandes partes das pessoas ignoram (alimentar estes cães não é recomendado, pois pode induzir a um comportamento agressivo). Viajantes ocidentais devem se vestir casualmente e retirar anéis e outras jóias em hotéis fora de destinos turísticos, mas os destinos turísticos comuns, em particular o mais caro, de luxo e áreas, são muito seguros. Não há leis referente a quantidade máxima de álcool que pode ser bebido antes de dirigir. No entanto, existe um limite de 0,5% para os motoristas. Desconfie de veículos, especialmente durante tarde da noite. É ilegal para os turistas e visitantes beber e dirigir, e você pode ser penalizado por isso. O nível de profissionalismo da Polícia Nacional é um pouco discutível. Para proteger a renda proveniente do turismo, o governo estabeleceu a Politur ou "Polícia Turística”, que é encarregado da segurança dos turistas estrangeiros. Os viajantes devem contatar este organismo se forem encontrados problemas, que terão uma resposta muito mais positiva do que com a polícia nacional.

Saúde[editar]

A malária pode ser uma questão para viajantes se não tomarem medidas de proteção, tais como repelentes contra picadas de mosquito. Certifique-se de consultar com um médico antes da partida. Existe o risco da dengue, que é contraído através de mosquitos que picam durante o dia. Nenhuma vacina está disponível, então novamente usando repelente contra mosquitos é aconselhável. Muitos dos alimentos são locais seguros para o consumo, incluindo as carnes, frutas e legumes. Os visitantes, no entanto, não devem beber a água local e devem ficar com água mineral ou outras bebidas. É importante para os visitantes permanecer hidratado devido o clima quente e úmido. Queimaduras solares são um grande risco. O sol está muito brilhante aqui. Use protetor solar pelo menos SPF30. Limite de exposição ao sol.

Respeite[editar]

Dominicanas são pessoas amáveis e pacíficas. Tentativas de língua espanhola são um bom sinal de respeito para o povo local. Seja educado e faça o seu melhor para falar a língua, e você será tratado com gentileza. Evite falar sobre o Haiti. Embora as relações tenham melhorado, muitos dominicanos e haitianos, especialmente das gerações mais velhas guardam ressentimentos, uns com os outros. Santo Domingo foi invadida e ocupada pelo Haiti por uma boa parte do século 19, e da República Dominicana realmente lutou sua primeira guerra de independência não contra a Espanha, mas contra o Haiti, depois que a República Dominicana enfrentou várias invasões de outros de seus vizinhos.

Contato[editar]

SMS e e-mail escrito em adolescentes são semelhantes a um prémio, como na Europa. Um telefone celular é para Dominicanos de todas as idades, um símbolo de status popular. Embora apenas cerca de um milhão de linha são fixos, aproximadamente 2,8 milhões de dominicanos um telefone móvel (a partir de 2005). A cobertura da rede está muito boa. Há lacunas na cobertura, especialmente nas montanhas. Existem três operadores de rede - "Laranja", "Verizon" e "Tricom". Se você quiser ligar com um telefone celular, você precisa de um telefone triband (GSM 1900) e carregador. Você pode comprar um cartão de telefone pré-pago e, portanto, local muito favorável.


Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites