Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Portugal

Da Wikitravel
Revisão das 17h24min de 31 de março de 2012 por 85.240.49.14 (discussão)

Ir para: navegação, pesquisa
Torre de Belém.
Localização
noframe
Bandeira
Po-flag.png
Informações Básicas
Capital Lisboa
Governo Democracia Parlamentar
Moeda Euro € (EUR)
Área 92.391 km2
População 10.945.870 (est. 2006)
Idioma Português
Religião Não tem estatuto oficial. Católicos romanos 84%
Eletricidade 230V/50Hz
Código telefônico +351
Internet TLD .pt
Fuso horário UTC (UTC+1 no verão)


Portugal é um país da Europa localizado na parte ocidental da Península Ibérica.

Entenda

História

Em 1128, D. Afonso Henriques desavindo com sua mãe D. Teresa vence-a na batalha de São Mamede e domina o Condado de Portucale. Continua as várias batalhas com os Mouros e com o reino de Leão, e em 1139 é declarada a independência do Reino de Portugal. Portugal, nação com quase 900 anos de história é um país que, apesar da sua média dimensão, teve um papel crucial no destino do Mundo, sobretudo no sécila XV, no tempo dos Descobrimentos. É uma nação que se expandiu por todo o mundo ao longo do tempo e exportou a língua Portuguesa para os quatro cantos do mundo, sendo a 5º idioma mais falado no mundo. Após o apogeu dos Descobrimentos, Portugal entra em declínio devido a conflitos internos de crise econónica, crise ideológica, crise militar, e crise social. A 5 de Outubro de 1910, a Monarquia é derubada pela revolução republicana e implantada a República Portuguesa. Porém, a República é frágil e implementa-se uma ditadura militar até à Constituição de 1933 do Estado Novo. Regime facista com uma policia politica (PIDE ou DGV) que prendia e tortura com se opusesse ao regime. A 25 de Abril de 1974, um movimento das forças armadas derrubou o regime e marcou o início da Terceira República. Esta revolução pacifica é também conheciada pela Revolução dos Cravos. A Constitução é alterada e é implatado um regime democrátioc que dura até aos nossos dias. Em 28 de Março de 1977, Mário Soares faz o pedido de adesão à CEE. Seguem-se as reuniões preparatórias e as negociações da adesão. Em 12 Junho de 1985 é assinado, em Lisboa, o Tratado de Adesão de Portugal à CEE.

Presentemente, Portugal é agora um país moderno e desenvolvido acompanhando o século XXI.

Clima

Portugal tem um clima mediterrânico, sendo um dos países europeus mais amenos: a temperatura média anual em Portugal continental varia dos 13 °C no interior norte montanhoso até 18 °C no sul, na bacia do Guadiana. Os Verões são amenos nas terras altas do norte do país e na região litorânea do extremo norte e do centro. O Outono e o Inverno são tipicamente ventosos, chuvosos e frescos, sendo mais frios nos distritos do norte e central do país, nos quais ocorrem temperaturas negativas durante os meses mais frios. No entanto, nas cidades mais ao sul de Portugal, as temperaturas só muito ocasionalmente descem abaixo dos 0 °C, ficando-se pelos 5 °C na maioria dos casos.

Feriados

Data Nome
1 de Janeiro Ano Novo
Terça-feira, festa móvel Carnaval
Sexta-feira, festa móvel Sexta-Feira Santa
Domingo, festa móvel Páscoa
25 de Abril Dia da Liberdade
1 de Maio Dia do Trabalhador
Quinta-feira, festa móvel Corpo de Deus
10 de Junho Dia de Portugal
15 de Agosto Assunção de Nossa Senhora
5 de Outubro Implantação da República
1 de Novembro Todos os Santos
1 de Dezembro Restauração da Independência
8 de Dezembro Imaculada Conceição
25 de Dezembro Natal

Regiões

Regiões de Portugal.
Norte (Minho, Trás-os-Montes e Alto Douro, Douro Litoral)
O Norte tem a maior quantidade monumentos do país, incluindo alguns dos mais antigos. É considerada o berço da nação e inclui a primeira capital do país, Guimarães, a cidade de Braga, conhecida como a cidade dos Arcebispos e a segunda maior cidade portuguesa, o Porto.
Centro-Norte (Beira Alta, Beira Litoral, Beira Baixa)
Também uma região muito histórica do país, que atrai pessoas de todo o país à Serra da Estrela, único ponto do país onde existe as estâncias e as pistas de ski no Inverno. Inclui Fátima, destino de peregrinação mundial, e Coimbra, famosa mundialmente pela sua universidade, é a cidade do conhecimento.
Centro-Sul (Estremadura, Ribatejo, Alto Alentejo)
Este é o coração do país, incluindo a capital e algumas das mais fabulosas praias do país, como São Pedro de Moel e Nazaré, entre outras. Inclui Lisboa, centro político, cultural e económico do país, Évora, um Património Mundial da UNESCO, e a região de touradas de Santarém.
Sul (Baixo Alentejo, Algarve)
Região turística por excelência, o Algarve e as suas praias são a principal atracção desta região e do país. Para além das praias, também inclui as cidades históricas de Beja, Tavira e Faro, a Fortaleza de Sagres e o Badoca Safari Park, um pedaço de África na Europa.
Regiões Autónomas (Madeira, Açores)
A Madeira e os Açores atraem pessoas de todo o mundo pelo clima tropical e pelo encanto das suas paisagens.

A lindissima ilha da Madeira com as suas escarpas até ao Oceano Atlantico e o seu famoso fogo-de-artificio para festejar o Fim-de-Ano. Nos Açores, a cidade de Angra do Heroísmo, é uma encantadora cidade histórica açoriana, e a Lagoa das Sete Cidades, cartão de visita dos Açores.








Cidades

  • Lisboa é a capital e maior cidade do país.
  • Braga, a terceira cidade portuguesa
  • Aveiro, a Veneza portuguesa
  • Coimbra,cidade dos estudantes
  • Évora, cidade património mundial
  • Faro, centro turístico de Portugal
  • Fátima, centro de peregrinação do mundo católico
  • Porto, a cidade invicta e a 2ª maior do país
  • Guimarães, a primeira Capital de Portugal
  • Viana do Castelo, onde ocorre a maior romaria do país

Outros destinos

Chegar

  • Aos cidadão da União Europeia, não é necessário qualquer tipo de visto bastando transportar um documento legal que identifique a pessoa.
  • Se possui passaporte convém levá-lo e tirar fotocópia da página principal.
  • Cidadãos brasileiros e cabo-verdianos não precisam de qualquer visto para entrar no país como turistas, mas devem ser portadores de passaporte. Porém, para estadas superiores a 90 dias terão que se dirigir ao SEF para adquirir um visto de residência.

De avião

O avião é o principal meio de transporte utilizado pelos turistas. O Aeroporto da Portela/Lisboa [1] é o mais movimentado e aquele que mais recebe turistas ao longo do ano. Os Aeroportos do Porto/Sá Carneiro(Pedras Rubras,Maia) e de Faro/Algarve também têm destaque dado que, com a introdução dos voos "low-cost" muitas linhas foram criadas entras estas cidades e as demais da União Europeia.

Do Brasil, a TAP oferece vôos diretos para Lisboa. Da África, companhias como a TAAG (Angola) e TACV (Cabo Verde) também voam para a capital portuguesa.


De barco

Devido possuir uma grande costa, o barco é muito utilizado para chegar a Portugal, nomeadamente ao Algarve e a Lisboa. O Porto de Lisboa recebe durante todo o ano e diariamente vários navios de cruzeiro, desde os de 3 estrelas a cinco estrelas, com capacidade de 2 a 3 mil passageiros. Sendo a média anual de aproximadamente 300 cruzeiros, que fazem escala em Lisboa.

De carro

Com uma excelente rede rodoviária nacional, é fácil e rápido o deslocamento por Portugal de Norte a Sul e de Este a Oeste. Os principais locais de entrada rodoviária em Portugal são: Norte: Valença (acesso directo à A3) e Chaves(acesso directo à A7) Centro: Vilar Formoso (acesso directo à A25) Sul: Elvas / Caia (acesso directo à A6) e Vila Real de Santo António (acesso directo àA22)

De autocarro

O autocarro tem tido um papel fulcral para o transporte entre países da Europa. Muitos turistas provenientes da zona central do continente preferem chegar a Portugal através do autocarro sendo mais económico e eficaz o seu transporto.

Muitos grupos de turistas usam o autocarro para chegar a Fátima, um local de peregerinação mundial.

De comboio

Está em fase de estudo a construção do TGV (Train de Grande Vitesse ou Comboio de Alta Velocidade). Existem diversos caminhos-de-ferro para chegar a Portugal, incluindo a partir de Vigo, Caceres, Badajoz, Salamanca e Madrid.

Existem comboios para fora do país a partir das grandes cidades do país, como Lisboa, Porto, Évora, Aveiro, Coimbra e Faro. Lisboa está conectada com Madrid (Espanha); o Porto com Vigo (Espanha); Vilar de Formoso a Espanha, França e ao resto da Europa. No sul do país não é possível entrar de comboio no país a partir de Espanha. O sudeste de Portugal é ligado por linhas internacionais (linha do Leste e linha de Caceres) a Espanha. Por exemplo; Desde Elvas/Caia, Portugal a Badajoz, Espanha; Desde Marvão-Beira, Portugal, a Valência de Alcántara, Espanha. Para mais informações veja o website dos Comboios de Portugal [2].

Circular

A circulação em Portugal é livre podendo utilizar-se diversos meios de transporte, a saber:

De avião

Existem diversos aeroportos e aeródromos em Portugal, mas os voos domésticos se revestem essencialmente para as regiões Autónomas da Madeira e dos Açores (conjunto de ilhas adjacentes), dado a extensão do território ser muito reduzido e haver forte concorrência de outros meios de transporte muito mais flexíveis e competitivos.

De barco

Para chegar aos Açores ou à Madeira pode utilizar o navio fazendo cruzeiros.

De carro

O carro é o meio de transporte mais utilizado para viajar dentro do país. Portugal possui cerca de 2500km de auto-estradas e mais outros de itinerários complementares (IC) e itinerários principais (IP). Em Portugal, circula-se pela direita tendo o volante à esquerda. Os limites de velocidade são, salvo sinalização imposta, 120 km/h nas auto-estradas, 100 km/h nas IP e IC, 90 km/h fora das localidades, 50 km/h dentro das localidades. Todas as auto-estradas têm portagem. Os preços variam consoante a classe e o tipo de carro. Existe um sistema de pagamento através de débito bancário chamado "Via Verde" em que não é necessário parar nas portagens.

Infelizmente, Portugal é marcado pela alta sinistralidade nas suas estradas. Ultimamente tem-se melhorado substancialmente a segurança nas suas vias. Porém, convém ter toda a cautela quando se conduz pela primeira vez em Portugal.

É muito fácil e simples conduzir em Portugal. As estradas são bem sinalizadas, com as vias em bom estado de conservação, sobretudo as auto-estradas. Mas atenção: em muitas portagens não há ninguém. Se o seu carro não tiver o chip pré ou pós-pago do tipo "sem parar", pare sempre nas cancelas e pegue o bilhete, e nunca passe pelas cancelas sinalizadas com "Via Verde" pois são exclusivas para os utentes com Via Verde (disposito que se coloca na vidro dianteiro do carro). O bilhete entregue pela máquina será necessário no momento do pagamento, ou seja, na saída da auto-estrada. Não ter o bilhete implicará pagamento de coima/multa ou do maior valor de portagem existente.

Alugar um carro pode ser bastante vantajoso. Há muitas empresas, muitas delas internacionais, e os preços variam muito. Há uma chamada Interrent ([3]) que custa 20€ por dia. Essa empresa fica localizada nas principais estações de comboio, como Santa Apolónia em Lisboa, em Coimbra B, em Faro e no Porto Campanhã. Também existe a Auto Europe, uma companhia internacional de aluguer de carros com mais de 8000 balcões em todo o mundo e a preços bastante económicos, também presente em todo o território português. Serviço Telefónico gratuito 800 780 088 desde Portugal.[4]. Este são alguns exemplos de companhias de aluger de automoveis, pois existem várias opções.

De autocarro

Será talvez uma das alternativas mais eficazes para viajar em Portugal, dada a grande variedade de oferta de destinos internos e de um rol alargado de horários. Talvez seja o mais compensador em termos financeiros. As redes de expressos são muito utilizados pelos próprios porugueses entre o interior e o litoral.

Companhias importantes incluem a EVA, com linhas por todo o país, a Renex (que opera entre Faro, Lisboa, Porto e Braga), a Rede Nacional de Expressos e a Joalto, recentemente adquirida pelo conglomerado rodoviário Trandesv, que opera sobretudo entre a capital e o Norte.

De comboio

O Alfa-Pendular é o principal serviço ferroviário em Portugal que liga Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Lisboa e Faro, sendo que liga Porto a Lisboa em pouco mais de duas horas. Existem também a linha do Norte, da Beira, do Douro e do Leste que ligam o litoral a Espanha. Informações sobre as linhas de trem, tarifas e reservas no site Comboios de Portugal

As linhas principais são:

Convém sair mais cedo de casa para se chegar a horas, porque os funcionários da CP estão sempre de greve.

IDIOMA

A língua oficial de Portugal é o português, regularizado pelo Instituto Camões. Também o mirandês, falado em Miranda do Douro e arredores, tem estatuto oficial em Portugal.

Note que, se é do Brasil, o Português norma Europeia (falado em todos os países lusófonos excepto no Brasil) possui diferenças em relação ao português falado no Brasil a saber:

  • Existem algumas palavras com grafias diferentes: muito delas, por força da etimologia, possuem consoantes que, à primeira vista, parecem mudas tal como em "contacto", "electricidade", "ceptro", etc. e outras palavras que não são iguais entre os dois países (autocarro/ônibus; comboio/trem; rato/mouse; ecrã/tela). Note que o Português de Portugal é extremamente conservador na pureza na língua pelo que são muito raros os casos de estrangerismos na língua;
  • As construções frásicas são diferentes. Os portugueses usam muito mais a ênclise ("Eu amo-te", "Dá-me um sumo") enquanto que no Brasil usa-se mais a próclase ("Eu te amo", "Me dá um suco");
  • Os Portugueses diferenciam claramente entre o informal e o formal. Quando se dirigem a um amigo ou conhecido usam o pronome "tu" e toda a oração é feita consoante esse mesmo pronome. Olá, como estás? Está tudo bem contigo (Olá, como vai você? Está tudo bem com você?). O você em Portugal é usado para se dirigir a pessoas com certa idade ou quando não são conhecidas. Quando for apresentada(o) a alguém diga: Prazer em conhecê-la(o).

Os Portugueses falam bastante bem os idiomas estrangeiros, como o inglês, francês e castelhano. Os mais jovens falam muito bem inglês; o francês é mais compreendido pelos mais idosos; e muita gente fala e/ou compreende galego e castelhano.

Veja

Vilas históricas

Aldeias Históricas

A não perder é fazer o circuito das Aldeias Históricas de Portugal. Toda a infromção no site: http://www.aldeiashistoricasdeportugal.com/

Patrimónios da Humanidade

Angra do Heroísmo.

Faça

Compre

Em Portugal pode-se comprar de tudo a preços muito simpáticos. Existem inúmeros centros comerciais espalhados em todo o país. Pode-se utilizar cartões de crédito como o da American Express, Visa, Mastercard; cheques, ou então em líquido. A moeda é o Euro, moeda de 13 dos 27 países da União Europeia. Existem Feiras populares por todo o país onde se pode comprar os produtos regionais, tais como cerâmicas, vinho, queijo, etc.

Restauração

Bebidas portuguesas
Arroz de Lampreia


O povo português possui uma alimentação de cariz essencialmente mediterrânica incindido essencail em peixe e grelhados. Os pratos mais famosos são:

  • Bacalhau
  • Caldo verde
  • Peixes e frutos do mar
  • Pastéis de nata
  • Sardinhas assadas
  • Tripas à moda do Porto
  • Cabrito assado no forno
  • Papas de Sarrabulho
  • Lampreia
  • Cozido à Portuguesa

Portugal tem uma gastronomia tão rica e variada como a paisagem e o património.

É o mar que imprime a característica mais marcante à culinária portuguesa. Saboreie um simples peixe grelhado, sempre fresquíssimo, tal como o marisco que abunda em todo o litoral e dê-nos a sua opinião. Um arroz de marisco ou de peixe também são escolhas acertadas.

Em pratos de carne, uma sugestão de todo o país: o celebrado cozido à portuguesa mistura carnes e legumes, cozidos de forma suculenta.

Se estiver no Norte, também pode saborear as tripas à moda do Porto, uma variedade de feijoada, que também é feita à transmontana, no interior da região. Delicie-se com o famoso presunto de Chaves e o Folar transmontano. Os enchidos e os fumados.

O azeite português, de grande qualidade, está sempre presente e integra todas as receitas de bacalhau (dizem que há 1001,...), em que somos exímios, na forma de o preparar e apreciar.

Cada prato tem um vinho certo para companhia. É que temos vinhos em todo o país, com as suas Regiões Demarcadas, e se o Porto tem fama, os tintos do Douro, do Alentejo, do Dão e tantos outros.

E as Regiões Demarcadas de queijo: Só lhe falamos do Serra(da Estrela){duro}ou requeijão freco(mole), mas todos os do Centro de Portugal( Guarda ,Seia , Alcains ) e do Alentejo são deliciosos.

Os doces, com raízes nos muitos conventos onde eram preparados, fazem-nos ainda hoje "dar graças aos céus". E não deixe de provar um pastel de nata de preferência os famosos pasteis de Belém (Lisboa). Vai sempre bem com o café, que tomamos expresso, em algumas localidades do Norte e Centro tem o nome de "bica". Mas, se preferir café com leite, pode optar pelo: Galão (em copo de vidro), pela Meia-de-leite (em chavena de chá), pelo Garoto (em chavena de café)ou pingado (em chavena de café).

Durma

No navio-museu Gil Eanes, em Viana do Castelo, está uma das mais interessantes pousadas de juventude do país.

Do norte ao sul do país, no continente e nas regiões autónomas, estão listadas 2568 unidades de alojamento:

  • 41 pousadas ;
  • 620 hotéis;
  • 149 estalagens e albergarias;
  • 807 pensões e residenciais;
  • 119 aparthotéis;
  • 10 motéis;
  • 432 unidades de turismo no espaço rural (turismo de habitação, turismo rural, agroturismo e casas de campo);
  • 181 aldeamentos turísticos e complexos de apartamentos;
  • 64 parques de campismo e pousadas de juventude;
  • 144 casas particulares.

No total, são 88348 quartos, 20639 apartamentos e 2979 moradias.

Aprenda

Cultura, literatura, música portuguesa (Fado; Folclore; Popular). Língua Mirandesa, falada em Terras de Miranda (Miranda de I Douro/Miranda do Douro). Festas locais.

Trabalhe

Para um cidadão que seja estrangeiro e de origem fora da UE e pretenda trabalhar em Portugal, terá de ter um visto de trabalho, ou seja um contrato de trabalho.

Segurança

Portugal na sua generalidade e um país seguro. De qualquer forma não é aconselhável exibir a carteira ou objectos de valor, nomeadamente em locais de diversão nocturna ou em transportes públicos.

Saúde

A Saúde em Portugal apresenta uma rede que cobre todo o território. Se viaja de um país que integre a União Europeia transporte consigo o Cartão Europeu de Saúde, com vista a ter acesso à rede gratuitamente. Preste atenção ao trânsito, no metro, bus, comboio e outros lugares públicos.

Respeite

Habitualmente, os portugueses são afáveis, simpáticos, tendo bons modos de receber como poucos povos no mundo têm. Porém, deve ter o cuidado de não criticar alguns costumes, a religião, ou fazer troça de algumas celebridades. Ainda é um país algo conservador em relação a algumas matérias. Uma pequena atenção: não entrar em acaloradas discussões sobre futebol, mantendo sempre uma conduta o mais imparcial possível.

Telecomunicações

Em Portugal, o acesso às comunicações desenvolveu-se de uma forma muito acelerada. Hoje em dia, a utilização da Internet é muito maior do que há dez anos. Os telemóveis também são um dos ex-libris da população pois existem 11 telemóveis para 10 portugueses.

Pode encontrar ao longo do país inúmeras cabines telefónicas. Pode pagar com cartões pré-pagos (adquiridos nos CTT ou nas lojas da Portugal Telecom), moedas ou com cartões de crédito.

Também existem muitos cyber-cafés e pontos de Wi-Fi, sobretudo nas zonas das grandes cidades como Lisboa e Porto. O acesso ADSL proporciona altas velocidades de transferência de dados, assim como a fibra ou G4. As três operadoras nacionais (TMN, Vodafone e Optimus) possuem roaming pelo que não precisa de comprar um novo telemóvel enquanto estiver no País.



Este artigo contém conteúdo do artigo Portugal , da Wikipedia. Veja o histórico dessa página para a lista de autores.

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites