Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "Parque Nacional de Yellowstone"

Da Wikitravel
Montanhas Rochosas : Parque Nacional de Yellowstone
Ir para: navegação, pesquisa
(Compre)
(Beba)
Linha 213: Linha 213:
  
 
==Beba==
 
==Beba==
 +
 +
Pode comprar cocktails nos restaurantes e bares dos hotéis, e bebidas mais "leves" em snack-bars espalhados por todo o parque. Bares aqui, só em hotéis.
  
 
==Durma==
 
==Durma==

Revisão de 10h34min de 10 de agosto de 2010

O Grand Geyser, o maior géiser previsível de Yellowstone, que pode esguichar água a ferver a uma altura de mais de 45 metros.

Yellowstone [1] é um parque nacional dos Estados Unidos e um Património Mundial da UNESCO. Foi o primeiro parque nacional do mundo, criado em 1872 para preservar a enorme quantidade de geysers, fontes termais e outras áreas termais, bem como a incrível quantidade de vida selvagem e beleza impressionante da área. A maior parte do parque fica no Wyoming, mas também ocupa parte dos estados do Idaho e do Montana.

Índice

Entenda

Yellowstone é o primeiro e mais antigo parque nacional do mundo e cobre 8987 km², a maior parte destes incluídos no Wyoming. O parque é famoso pelos seus vários geysers, fontes termais, e outras áreas termais. É habitat de ursos grizzly, lobos, bisontes e uapitis.

História

Muito antes de qualquer registo presença humana em Yellowstone, um enorme vulcão cuspiu uma enorme quantidade cinzas que cobriram a parte oeste dos Estados Unidos, muito do Meio-Oeste, o norte do México, e algumas áreas da costa este do Pacífico. A erupção deixou uma enorme caldeira. Yellowstone costuma entrar em erupção a cada 600 000-900 000 anos, ocorrendo a última erupção há 640 000 anos. As suas erupções são das maiores que alguma vez ocorreram na Terra, causando drásticas mudanças de clima. Embora se assuma que o nome vem das pedras (stones) amarelas (yellow) do Grand Canyon de Yellowstone, o nome do parque vem do Rio Yellowstone, que passa pelo parque, que recebe o seu nome de umas falésias de arenito que se situam mais abaixo no rio, na parte este do Montana.

Em 1 de Março de 1872, Yellowstone tornou-se no primeiro Parque Nacional do mundo, por ordem do Presidente Ulysses S. Grant. Em 1978 foi declarado Património Mundial da UNESCO [2].

Paisagem

As características geológicas do parque são a base de um ecossistema. Em Yellowstone, a interacção entre os processos vulcânicos, hidrotermais e glaciais e a distribuição da flora e da fauna é complexa e única. A topografia do território de Yellowstone é resultado de milhões de anos de influência de um ponto quente. Alguns cientistas acreditam que o Planalto de Yellowstone é o resultado de vulcanismo devido a um ponto quente.

Flora e fauna

Aves de rapina como as águias carecas (na fotografia), águias reais, e falcões são comuns no parque. Esta águia careca foi fotografada enquanto caçava perto de Mammoth Hot Springs, na parte norte do parque.

O parque é o centro do Grande Ecossistema de Yellowstone, um dos maiores ecossistemas de clima temperado do mundo. Dentro do parque pode encontrar ursos-negros, ursos grizzly, veados, uapitis, bisontes, carneiros-selvagens.

Actividade termal

Por todo o parque pode ver geysers, fontes termais e fumarolas, que existem devido ao vulcão de Yellowstone, ainda activo, em cima do qual se situam. Estes são formados por água sobre-aquecida pelo vulcão. Se a pressão for muito intensa, esta é libertada através de centenas de litros de água esguichados para o ar; se não for, formam-se fontes termais. As várias cores essas fontes têm devem-se aos diferentes tipos de bactérias que aí crescem. Uma boa maneira de aprender sobre a actividade termal em Yellowstone é através do programa Cientista Jovem. Fale com os guardas-florestais Centro de Informações de Old Faithful.

Clima

Não é invulgar ver ursos a passear pelo parque, como este urso negro, perto das estradas ou no topo das montanhas de Yellowstone no Verão, normalmente procurando comida.

o estado do tempo em Yellowstone pode mudar rapidamente, de quente e solarengo para frio e chuvoso, por isso é importante vestir várias camadas de roupa que podem ser usados conforme necessário.

  • Verão - As temperaturas durante o dia rondam os 25°C e ocasionalmente os 30°C em elevações baixas. As noites são normalmente frescas e as temperaturas podem descer abaixo dos 0ºC no topo de algumas montanhas. As tempestades são comuns à tarde.
  • Inverno - Muitas vezes as temperaturas estão entre os -20°C e os -5°C durante o dia. Durante a noite é comum as temperaturas descerem abaixo de -20ºC. A temperatura mais baixa alguma vez registada é de -54°C. A queda de neve é altamente variável. Enquanto que a média é de 3, 81 metros por ano, não é invulgar que em montanhas altas neve o dobro dessa quantidade.
  • Primavera & Outono - As temperaturas de dia vão dos 0º aos 20°C com descidas de temperatura à noite (-5 to -20°C). É comum nevar na Primavera e Outono com acumulações de 30 cm de neve num período de 24 horas. Em qualquer altura do ano, prepare-se para alterações bruscas, que caracterizam o clima de Yellowstone. Leve sempre uma grande variedade de roupa. Traga sempre um casaco quente e um impermeável, mesmo no Verão.

Chegar

De avião

Mapa oficial do Serviço Nacional de Parques.

Yellowstone situa-se longe de qualquer grande aeroporto. O principal aeroporto que serve o parque é o Aeroporto de Jackson Hole (IATA: JAC) [3], situado no Parque Nacional de Grand Teton. Existem voos directos para Jackson Hole desde Atlanta, Chicago, Dallas, Denver, Los Angeles, e Salt Lake City. A maior parte dos voos são sazonais.

Como os voos para o Aeroporto de Jackson Hole são infrequentes e caros, uma melhor maneira de entrar em Yellowstone é voar para Salt Lake City, [4] (recebe muitos voos de vários destinos domésticos e internacionais) e conduzir até Yellowstone via I-15 e US 20 — uma distância de cerca de 515km ou 5-6 horas.

Aeroportos mais pequenos com voos raros/sazonais são os de:

Montana

Idaho

Wyoming

Estes aeroportos podem ter menos voos do que o de Jackson Hole.

De carro

O parque tem cinco entradas. As cidades mais perto dessas entradas estão indicadas.

  • Norte - Acessível desde Gardiner (Montana) via US Route 89 (a 90 km de Livingston). Esta entrada está aberta todo o ano e leva-o à sede do parque em Mammoth Hot Springs, a cerca de 8 km da entrada do parque. O icónico Arco de Roosevelt situa-se nesta entrada.
  • Nordeste - Acessível desde Silver Gate e Cooke City via US Route 212. A entrada e estrada para Cooke City estão abertas todo o ano, mas a Route 212 para além de Cooke City está fechada no Inverno (meados de Outubro a fins de Maio).
  • Este - Acessível desde Cody (85 km) via US Route 14/16/20. Esta entrada fecha no Inverno (inícios de Novembro-princípios de Maio).
  • Sul - Acessível desde o Parque Nacional de Grand Teton via US Route 89/191/287. Esta entrada fecha no Inverno (inícios de Novembro a meados de Maio).
  • Oeste - Acessível desde West Yellowstone via US Route 20/191/287 (a 97 km de Ashton (Idaho). Esta entrada está fechada no Inverno (inícios de Novembro a fins de Abril).

Taxas e Permissões

Todos os veículos e pessoas que entram no parque pagam a entrada, podendo ficar no parque por sete dias. Por este preço pode entrar tanto no Parque de Yellowstone como no de Grand Teton. O custo da entrada é de $25 para veículos não-comerciais, $12 para ciclistas e peões, e $20 para motociclistas e snowmobiles.

Pode também comprar passes de um ano. O Passe Anual do Parque custa $50 e dá entrada nos parques de Yellowstone e Grand Teton. O Passe Anual Interagências custa $80 e dá entrada na maior parte dos sítios recreacionais federais do país, incluindo os parques nacionais de Yellowstone e Grand Teton.

Circule

De carro

A maior parte dos visitantes usa um carro para se movimentar dentro do Parque Nacional. Não existe transporte público disponível no parque. As estradas podem ficar cheias de trânsito quando as pessoas param para ver a vida selvagem; encoste o carro, e seja respeitoso para com outros motoristas para evitar engarrafamentos.

Por um preço, estes autocarros clássicos levam passageiros numa visita guiada da Grand Loop Road.

De autocarro/ônibus

A Xanterra Resorts [10] opera um serviço de autocarro turístico durante o Verão. O Lower Loop Tour só sai de locais na parte sul do parque. O Upper Loop Tour parte do Lake Hotel, do Parque de Auto-caravanas de Fishing Bridge RV Park, e do Canyon Lodge e percorre a secção norte do parque. O Grand Loop Tour parte de Gardiner e do Mammoth Hot Springs Hotel e percorre todo o parque num dia. Durante o Inverno estes autocarros são substituídos por veículos de neve que partem de vários locais no parque. Ligue para (307) 344-7311 para informação e/ou reservas.

Para além destes, durante o Verão algumas companhias fazem visitas guiadas do parque, que começam em muitas das cidades da área. Durante o Inverno, algumas companhias operam veículos de neve turísticos para a maior parte das estradas do parque e autocarros turísticos para as estrada de Mammoth Hot Springs a Cooke City.

De bicicleta

Andar de bicicleta no parque pode ser uma experiência muito recompensadora, mas devido às grandes distâncias grandes, tem que planear o dia para assegurar que tem onde dormir todas as noites. O parque reserva alguns locais de campismo para ciclistas, mas durante a movimentada época de Verão, é melhor reservar esses locais, ou arrisca-se a ficar sem local para dormir.

Veja

Géiser Clepsydra.

Yellowstone é mundialmente famoso pelo seu património natural e beleza - e a maior concentração de áreas termais do mundo, com mais de 10 000 exemplos. Em Yellowstone pode ver mais de 300 geysers (como o "Old Faithful"), fontes termais, e uma impressionante quantidade de vida selvagem, incluindo ursos grizzly, lobos, bisontes e uapitis, tudo isto em cima da caldeira do maior super-vulcão do mundo.

Mammoth

  • Mammoth Hot Springs (Fontes Termais de Mammoth) - Águas termais carregadas de minerais fluem desde nascentes, depositando calcita e outras substâncias no seu caminho. À medida que o tempo passa, estes depósitos formam grandes terraços e outras formações calcárias. Alguns dos terraços crescem vários centímetros por dia.
  • Fort Yellowstone - Uma antiga base do exército americano quando ele estava na posse do parque nacional. Actualmente serve como sede do Parque Nacional de Yellowstone.
  • Pico de Bunsen - A caminhada até ao topo deste pico de 2599 m demora aproximadamente três horas ida e volta. O pico tem boas vistas sobre o antigo Fort Yellowstone, mas algumas partes do caminho são um íngremes. Leve água e alguma coisa para comer.
  • Rio Boiling (Rio Ebulição) - Este pequeno rio é um dos poucos locais do parque onde se pode ensopar em água naturalmente aquecida. Costuma estar cheio de gente, por isso se estiver a visitar o parque na época alta, tente visitá-lo de manhã cedo.

Norris

Parecendo uma imagem do espaço, as cianobactérias abundam nas águas escaldantes da Biscuit Basin.
  • Norris Geyser Basin (Bacia de Géiseres de Norris) - Uma das muitas espectaculares áreas termais do parque, onde fica o Steamboat Geyser (Géiser do Barco a Vapor), o maior géiser do mundo, que pode esguichar água a mais de 90 metros de altura quando entra em erupção. A área de Norris é a mais quente, ácida e variável do parque.
  • Monte Roaring (Montanha do Rugido) - Uma colecção de fumarolas e fontes termais que cria barulhos que vão de inaudiveís a rugidos que podem ser ouvidos a quilómetros de distância. Fica mesmo à beira da estrada do parque.
  • Rio Gibbon (Rio do Gibão) - O Gibbon River passa nasce no Lago Wolf (Lago do Lobo), serpenteia por todo o parque, através das Virginia Cascades, desaguando no Madison River. É muito procurado para a pesca de trutas.
  • Virginia Cascades (Cascatas da Virgínia) - Uma impressionante queda de água com 18 metros, parte do Rio Gibbon.

Madison

  • Artist Paint Pots (Poças de Tinta do Artista) - Uma caminhada de meia milha (aproximadamente 800 metros) leva-o através de uma grande quantidade de fontes termais e fumarolas.
  • Monument Geyser Basin (Bacia de Géiseres do Monumento) - Embora esteja na sua maior parte extinta, a Monument Geyser Basin contém várias estruturas de travertino e oferece óptimas vistas do seu trilho de acesso (com cerca de 1,6 km).
  • Gibbon Falls (Cascatas do Gibão) - Estas cascatas de 25,5 metros precipitam-se por formações rochosas em forma de escada - fáceis de ver desde a auto-estrada do parque.
  • Rio Madison - Este rio cria um desfiladeiro com íngremes paredes de rocha em ambos os lados, cobertas de árvores. Embora possa pescar aqui, o peixe tem que ser pescado e solto, é impossível ficar com ele.
  • Terrace Springs (Fontes do Terraço) - Um conjunto de fontes termais borbulhantes pouco conhecidas. Não é de maneira nenhuma a mais popular ou interessante atracção do parque, mas se tiver muito tempo para gastar pode visitar.
  • Firehole Falls (Cascata de Firehole) - Uma cascata visível desde a Firehole Canyon Drive (Estrada do Desfiladeiro de Firehole). Apesar de haverem cascatas muito menores no parque, não deixa de ser impressionante.
  • Monte National Park (Montanha do Parque Nacional) - A montanha onde os rios Firehole e Madison se encontram. Segundo o que se diz, foi daqui que veio a ideia de declarar Yellowstone um Parque Nacional.

Bacias de géiseres

  • Upper Geyser Basin (Bacia de Géiseres Superior) - Das mais populares áreas do parque, a Upper Geyser Basin tem o maior número de géiseres do parque, com mais de 100 numa área de uma milha quadrada. As áreas mais interessante podem ser acedidas através de vários passadiços de madeira. Não saia dos passadiços; a superfície aqui é fina e instável e existe uma elevada possibilidade de cair dentro de uma lagoa de água a ferver se andar por onde não deve.
    • Old Faithful (Velho Fiel) - Provavelmente o géiser mais famoso do mundo, com grandes erupções que ocorrem, na média, a cada hora e meia. Apesar da reputação que as suas erupções tem de serem muito regulares, o tempo entre cada erupção tem vindo a aumentar nas últimas décadas. Os guardas-florestais conseguem prever as erupções do géiser com uma margem de erro de 10 minutos, desde que se saiba a duração da erupção anterior.
    • Outros géiseres da Upper Geyser Basin que são suficientemente conhecidos para se poderem prever são o Grand Geyser (Grande Géiser; provavelmente o melhor géiser previsível do parque), o Castle Geyser (Géiser do Castelo), Daisy Geyser (Géiser da Margarida), e o Riverside Geyser (Géiser Beira-rio). Vá ao Centro de Informações do Old Faithful para saber de previsões de erupção, quais deles terão atrasos ou adiantamentos inesperados, etc.
  • Lower Geyser Basin (Bacía de Géiseres Inferior) - Diferentemente da Upper Basin, as áreas mais activas desta são acessíveis de carro. O Great Fountain Geyser (Géiser da Grande Fonte) é o maior géiser deste grupo, facilmente acedido de carro, e é suficientemente compreendido para ser previsível; vá ao Centro de Informações do Old Faithful, e quando for ao géiser veja o quadro de avisos, porque o seu comportamento permite actualizações de de informação sobre as previsões.
A Grand Prismatic Spring, vista de cima. Existe um trilho que percorre a parte de trás da fonte e que o deixa subir aproximadamente até aos 120 metros, e ver toda a bacia de uma só vez. Para uma vista mais próxima, existem passadiços que passam mesmo à beira da fonte e lagoas vizinhas.
  • Midway Geyser Basin (Bacia de Géiseres Média) - Esta bacia de géiseres situa-se numa colina com vistas para o Rio Firehole. Algumas das suas fontes escoam água para o rio, deixando a terra por onde passam colorida. Absolutamente espectacular!
    • Grand Prismatic Spring (Grande Fonte Prismática) - A atracção mais conhecida desta bacia, e talvez até mesmo do parque, esta é uma impressionante lagoa de água azul com tons de amarelo e laranja na terra à sua volta. Esta fonte tem mais de 95 metros de largura.
    • Excelsior Geyser (Géiser Excelsior) - Tinha erupções tão violentas que se rebentou a si próprio. Este géiser já não entra em erupção há decadas, mas continua a fazer fluir mais de 15130 litros de água para o vizinho Rio Firehole.
O Lone Star Geyser (Géiser da Estrela Solitária) em erupção. Visite o Centro de Informações do Old Faithful para saber a a que horas vão os géiseres entrar em erupção.
  • Lone Star Geyser Basin (Bacia de Géiseres da Estrela Solitária) - Esta e a que se segue são mais para "fazer" do que para "ver", porque precisa de alguma caminhada para conseguir chegar aí. O trilho de caminhada parte da Loop Road a sul da Upper Geyser Basin e segue uma antiga e actualmente fechada estrada através de montanhas por um total de 5 km. Uma boa caminhada para famílias.
  • Shoshone Geyser Basin (Bacia de Géiseres de Shoshone) - Precisa de caminhar muito para chegar a esta bacia específica, que fica para além da Lone Star Geyser Basin, a uns bons 12 km do início do trilho que o leva lá.

Grant Village

  • West Thumb Geyser Basin (Bacia de Géiseres do Polegar Oeste) - Com alguma imaginação, o Lago Yellowstone parece uma mão esquerda que se estende para sul. Esta área termal fica à beira da secção oeste do lago, que se assemelha a um polegar. Contém vários géiseres e fontes termais (incluindo algumas que só tem uns centímetros de largura!), incluindo as seguintes atracções:
    • Abyss Pool (Lagoa Abissal) - Uma ilusão de óptica faz esta lagoa de águas azuis safira parecer não ter fundo.
    • Fishing Cone (Cone de Pesca) - No passado, era costume apanhar peixe no Lago de Yellowstone e depois cozinhavam-o mergulhando-o nesta fonte termal parcialmente submergida. Actualmente isto já não é permitido.
  • Lago Shoshone (Shoshone Lake) - O maior lago sem estrada para lá chegar dos Estados Unidos da América, em cujas margens se situa a Shoshone Geyser Basin. Aqui nasce o Rio Lewis, que fica inteiramente dentro dos limites do parque.

Lake Area (Área dos Lagos)

  • Lago Yellowstone (Yellowstone Lake) - Este é o maior lago de água doce do país a uma elevação de 2500 metros. Tem uma largura de 32,19 km e um comprimento de 48,28 km. O Rio Yellowstone River desagua neste lago.
  • Mud Volcano/Sulphur Cauldron (Vulcão de Lama/Caldeirão de Enxofre) - Esta área do parque tem lagoas de lama que estão constantemente a ferver e a borbulhar.
    • Mud Volcano (Vulcão de Lama) - O Mud Volcano situava-se outrora no topo de uma colina que costumava esguichar lama para as árvores vizinhas durante as suas erupções. Uma erupção particularmente grande rebentou com o Mud Volcano, deixando uma quente e borbulhante lagoa na base da colina.
    • Dragon's Mouth Spring (Fonte da Boca do Dragão) - Vapor e água quente surgem de dentro de uma caverna subterrânea, criando ondas na superfície da lagoa de lama. A lama e o vapor no interior da caverna reverberam e fazem altos sons de rugidos.
    • Sulphur Cauldron (Caldeirão de Enxofre) - Esta enorme fonte termal é muito ácida graças à acção dos microorganismos.

Canyon

Árvores mortas perto do cume do Mt. Washburn. Estas árvores foram vítimas de um enorme incêndio florestal em 1987 que queimou mais de 30% da floresta do parque.
  • Grand Canyon of the Yellowstone (Grande Desfiladeiro do Yellowstone) - Processos químicos deixaram, ao longo do tempo, camadas de rocha de diferentes cores neste desfiladeiro. Partes do desfiladeiro chegam aos 240-370 metros de profundidade. Existem caminhos nas bordas norte e sul do desfiladeiro, mas embora percorrer o trilho inteiro num dia seja possível, esse dia é longo e cansativo. É melhor fazer duas caminhadas mais pequenas (aproximadamente 3 horas) em dois dias. Se gostar de fotografia, planeie as suas caminhadas para que o sol ilumine o outro lado do desfiladeiro, podendo tirar óptimas fotografias.
  • Artist Point (Ponto do Artista)- Óptimo local para ver o Grand Canyon (ver acima) e as Lower Falls (ver abaixo). Embora esta atracção não seja tão famosa como os géiseres, a vista é tanto ou mais impressionante que o Old Faithful!
  • Upper and Lower Falls of the Yellowstone (Cascatas Superiores e Inferiores do Yellowstone) - Estas são as duas maiores cascatas do parque. As Upper Falls tem 33 metros de altura e criam um pequeno desfiladeiro. As Lower Falls são maiores, com uma altura de 94 metros, e criam o Grand Canyon (ver acima).
  • Vale de Hayden - Segundo alguns, é o melhor local para observar bisontes em Yellowstone. O Vale de Hayden tem uma grande quantidade de animais, e inclui o famoso Mud Volcano.
  • Monte Washburn - Um dos melhores locais do parque para observar carneiros-selvagens, com um trilho que sobe a montanha até um miradouro perto do cume de 3 116 metros. A altitude pode afectar alguns viajantes, por isso é melhor estar acostumado a elevações altos antes de tentar fazer esta caminhada. Traga camadas extra de roupa, mesmo no Verão, porque o topo pode ser ventoso e frio.

Tower-Roosevelt

  • Specimen Ridge (Tergo do Espécime) - O Specimen Ridge fica a uma altura de 2613 metros e tem aproximadamente 13,7 km de comprimento. Aqui pode encontrar muitas árvores petrificadas e tem belas vistas do parque.
    • Petrified Forest (Floresta Petrificada) - Aqui pode encntrar um grande conjunto de árvores petrificadas. É facilmente acessível usando a auto-estrada.
  • Tower Fall (Cascata da Torre) A cascata de mais de 1900 metros precipita-se através de uma falésia, cria um estreito desfiladeiro e um rápido ribeiro. Pode chegar até à base da cascata através de um trilho.
  • Calcite Springs - Um óptimo local para observar os efeitos do calor e da água na rocha. Tem óptimas vistas do Rio Yellowstone.

Faça

  • Car Free Week (Semana Sem Carros). Yellowstone abre as suas estradas a ciclistas e peões durante uma semana até que as estradas reabrem para carros na Primavera (normalmente em Abril). É uma oportunidade rara de ver as atrracções e vida selvagem do parque sem as multidões e o trânsito. Várias lojas de West Yellowstone alugam bicicletas.
  • Young Scientist (Cientista Jovem), [11]. Estudantes de cinco anos ou mais podem aprender acerca das características termais de Yellowstone. Cada estudante recebe um kit de ferramentas, incluindo um termómetro infravermelho, um cronómetro, uma lupa e outras coisas.
  • Jr Ranger Program (Programa de Guardas-florestais Jovens), [12]. O Jr. Ranger Program dá a oportunidade a crianças entre os 5 - 12 de ganhar um emblema de Guarda-florestal jovem. Crianças entre os 5-7 anos podem ganhar um emblema do lobo e crianças entre os 8-12 ganham um emblema do urso. Para ganhar um emblema, tem que se responder correctamente a um livro de actividades com 12 páginas, que depois é verificado por um guarda-florestal. Um destes livros custam $3.

Atividades

Um bisonte deambula pela estrada entre Norris e Canyon. Apesar da sua aparência dócil, os bisontes são muito temperamentais e movimentam-se muito rapidamente. Deve, ser observados a uma distância segura através de binóculos ou lentes de câmara fotográfica.

Muitos turistas pensam que conseguem visitar todos os 2,2 milhões de acres de Yellowstone (cerca de 8903km2!) em 1-2 dias - sem ficar longe do seu carro ou autocarro. Para verdadeiramente apreciar este vasto parque, saia das estradas e dos caminhos pavimentados.

  • Caminhar - Se se afastar apenas 30 metros das grandes atracções turísticas e das estradas do parque, consegue apreciar o parque de uma maneira completamente diferente. Fazer algumas caminhadas de 3-4 horas num dos trilhos de caminhada estabelecidos pelo parque é ainda melhor, mas ainda lhe permite tomar um banho quente e dormir numa cama.
  • Observar vida selvagem - Existe muita vida selvagem para ver dentro dos limites do parque. Aves (águias marinhas, águias carecas e muitas, muitas outras espécies) bisontes, grandes felinos, veados, lobos, raposas, ursos, carneiros selvagens, uapitis e outros animais podem ser vistos no parque num período curto de tempo. Quanto mais tempo passar no parque, mais vida selvagem irá ver. Alguns animais, como lobos, ursos, e carneiros-selvagens não podem ser vistos das estradas do parque. Não se esqueça de trazer os binóculos para poder ver os animais mais seguramente.
  • Hipismo - Existem muitas oportunidades para apreciar o parque e as suas paisagens. Uma delas é andar de cavalo no parque.
  • Fotografia - Yellowstone é um óptimo local para tirar fotografias, com paisagens naturais, belas áreas termais e animais por todo o parque. As cores das fontes termais vão do simples branco (nas que são mais quentes) aos amarelos e azuis, verdes e laranjas. Algumas das fontes são muito grandes, e pode ser difícil arranjar uma maneira de as incluir todas na fotografia. Seja criativo! Já tiraram muitas fotografias em Yellowstone, mas ainda existem muitas para serem tiradas.
  • Pesca - A pesca é uma das principais actividades para os turistas de Yellowstone por mais de um século. Por causa do seu historial, a pesca continua a ser permitida e pode complementar o propósito de preservação dos ecossistemas naturais e espécies nativas.
  • Nadar - Nadar é permitido (mas não encorajado) na área de natação das Firehole Falls, uma secção do Rio Firehole River que é aquecida por fontes termais. Esta área acessível através da Firehole Canyon Drive, tem uma casa-de-banho, mas não um salva-vidas. Também tem poucos lugares de estacionamento.

Compre

Todas as principais aldeias do parque oferecem comida, material de campismo e lembranças, embora todas estas lojas fechem nos meses de Inverno. Todas as lojas de lembranças estão cheias de bibelots como pequenas figuras de animais, de jóias, de esculturas.

Várias lojas promovem os artistas locais e os seus trabalhos vendendo peças originais, incluindo pinturas, cerâmica, e outro artesanato. Estes são também óptimas lembranças do Parque Nacional.

Existem também muitas lojas de lembranças nas comunidades à beira dos portões do parque que tem lembranças únicas. Se procura mobília ou esculturas feitas à mão, pinturas originais, ou carne de búfalo, consegue-o encontrar nessas comunidades.

Também pode encontrar livrarias no parque, todas elas geridas pela Yellowstone Association (Associação de Yellowstone), e todas as compras aí realizadas beneficiam directamente o parque. Existem oito livrarias espalhadas por todo o parque.

Pode ser encontrada gasolina e serviços automóveis nos seguintes locais:

  • Canyon (fins de Abril a inícios de Novembro) - Gasolina, diesel e oficina.
  • Fishing Bridge (meados de Maio a fins de Setembro) - Gasolina, diesel, propano e oficina.
  • Grant Village (meados de Abril a meados de Outubro) - Gasolina, diesel, propano e oficina.
  • Mammoth (inícios de Maio a meados de Outubro) - Gasolina e diesel.
  • Old Faithful (meados de Abril a inícios de Novembro) - Gasolina, diesel e oficina.
  • Tower Junction (inícios de Junho a inícios de Setembro) - Gasolina.
Sinal vintage em Mammoth Hot Springs: existem uma grande variedade de restaurantes espalhados pelo parque.

Coma

A maior parte das aldeias vendem comida e muitas oferecem snack bars. Os seguintes restaurantes e snack bars estão também disponíveis:

  • Old Faithful Inn Dining Room, Old Faithful Inn (perto do Old Faithful), 307/344-7311. Fechado de fins de Outubro a princípios de Maio. Numa das mais pitorescas pousadas do parque, este restaurante tem paredes de madeira de pinheiro e uma enorme lareira de pedra. O buffet oferece uma grande variedade de comida: bisonte, frango, camarão, saladas, sopas, e uma sobremesa. Pode também escolher uma das muitas entradas, incluindo salmão grelhado e frango cozido. Para os vegetarianos, existe pelo menos uma entrada vegetariana (pasta e/ou tofu), para além de saladas e sopas. As sobremesas incluem a Caldera, uma trufa de chocolate derretida no meio. A maior lista de vinhos do parque oferece mais de 50 escolhas (todas americanas, de $20 a $70 por garrafa).
  • Geyser Grill, Old Faithful Snow Lodge (perto do Old Faithful). A Geyser Grill é um restaurante de fast-food, cujo menu inclui hambúrgueres, sanduíches de frango (entre outras), refeições baratas, saladas e muito mais. Depois de pedir, olhe para cima e aprecie os relevos que decoram o restaurante.
  • Old Faithful Lodge Cafeteria, Old Faithful Lodge (perto do Old Faithful). Serve almoços e jantares com preços razoáveis e uma boa variedade. Oferece bolo de carne de bisonte, peru assado, sanduíches barbecue, sanduíches deli, saladas e muito mais! E, enquanto aprecia a refeição, regozije-se com as vistas do Old Faithful.
  • Lake Yellowstone Hotel Dining Room, Lake Yellowstone Hotel (nas margens do Lago Yellowstone), 307/344-7311. Fechado de inícios de Outubro a meados de Maio. A sala de jantar deste hotel é a mais elegante do parque. Óptimo serviço, menu e qualidade. O menu inclui medalhões de uapiti, costeletas de búfalo e fettuccine com salmão fumado. A lista de vinhos inclui vinhos da Califórnia, Oregon e Washington. ~
  • Lake Lodge Cafeteria, Lake Lodge (nas margens do Lago Yellowstone). Tem um menu rotativo com especialidades diárias, oferecendo gfrande variedade. Para além de saborosos pratos quentes, tem também saladas e sanduíches caseiras, bem como as costeletas mais baratas do parque.
  • Grant Village Dining Room, Grant Village. Bom macarrão com quatro queijos, espinafre, tomate, bacon, galinha e/ou lagosta. Outros pratos incluem costeletas e bolo de carne de bisonte.
  • Grant Village Lakehouse Restaurant, Grant Village. Situado nas margens do lago, a única coisa que é melhor que a comida, é a vista. O menu inclui uma grande variedade de hambúrgueres de carne de veaca, bisonte, galinha ou feijão preto.
  • Canyon Lodge Cafeteria, Canyon Lodge, Canyon. Óptimo pequeno-almoço, incluindo omelete do dia ($4,2), bacon ($1.05 for two), mingau quente e outras escolhas.
  • Canyon Lodge Dining Room, Canyon Lodge, Canyon. A Canyon Lodge Dining Room tem um ambiente casual onde pode apreciar deliciosas refeições quando quiser. O pequeno-almoço inclui um buffet aumentado, enquanto os almoços são à la carte. Uma variedade de hambúrgueres, incluindo de bisonte, carne de vaca e vegetarianos. Ao jantar pode comer umas deliciosas costeletas.
  • Mammoth Hot Springs Hotel Dining Room, Mammoth Hot Springs Hotel, Mammoth Hot Springs. Ambiente casual com vistas para o antigo Fort Yellowstone. Não é invulgar ver uapitis e bisontes pela janela. Os pratos incluem Capellini com Camarão Americano Selvagem e Mini Tacos de Truta.
  • Roosevelt Lodge Dining Room, Roosevelt Lodge, Tower-Roosevelt. Situado perto da Tower Fall, o Roosevelt Lodge é um tributo ao Velho Oeste. Oferece pequenos-almoços, almoços e jantares num ambiente do Velho Oeste. O menu inclui costeletas, feijão cozido e galinha frita crocante.

Beba

Pode comprar cocktails nos restaurantes e bares dos hotéis, e bebidas mais "leves" em snack-bars espalhados por todo o parque. Bares aqui, só em hotéis.

Durma

Hospedagem

Camping

No campo

Segurança

Partir



Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites