Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Paraty

Da Wikitravel
Litoral Sul : Paraty
Revisão das 21h30min de 2 de abril de 2008 por Julie terragroup (discussão | contribs)

Ir para: navegação, pesquisa

Paraty é um município da Costa Verde, no litoral sul do Estado do Rio de Janeiro. Situada entre o Rio de Janeiro e São Paulo, a Costa Verde parece uma região abençoada por Deus. É composta de localidades esplêndidas e encantadoras, espalhadas em meio a um território rico em história e tradições. A Costa Verde, literalmente verde devido à cor de suas águas tranqüilas da baía de Ilha Grande e suas 300 ilhas paradisíacas. Verde também, como reflexo da Mata Atlântica, floresta tropical única no mundo que, originalmente, se estendia por toda a costa brasileira antes da chegada dos europeus no início do século 16 e que aqui encontraram um de seus últimos refúgios.

No início do século 18, os bandeirantes brasileiros, aventureiros mestiços (mãe índia e pai português), descobriram as fabulosa jazidas de ouro e diamantes nas Minas Gerais, alguma centenas de quilômetros ao norte de Paraty e no coração de um território ainda virgem. Foi então estabelecido, a través das montanhas cobertas de espessas florestas, que se estendem desde o litoral até ao Planalto Central, o caminho mais direto das minas até à costa. Este caminho do ouro, cuja pavimentação de pedra hoje descoberta, dava num local composto de baías e enseadas, abrigo natural até então conhecido somente por piratas que atacavam os navios mercantes que navegavam pela costa do Novo Mundo: Paraty. O porto cresce rapidamente, impulsionado pelo importante tráfico que ali se desenvolvia. Os navios negreiros vindos da África, e outros carregados de produtos manufaturados, retornavam a Portugal carregados de ouro e diamantes, trazidos à costa por intermináveis tropas de mulas. Essa prosperidade irá dura até que uma nova rota, mais curta e direta, afetará o futuro de Paraty e terá como destino uma outra cidade costeira, se tornando então o centro desse comércio triangular: o Rio de Janeiro que em pouco tempo dará muito do que falar... Uma mudança na história que irá provocar a decadência brutal e o quase abandono de Paraty, mais que, ao mesmo tempo, possibilitará à cidade a preservação de seus tesouros quase intactos até os dias de hoje.

Chegar

De carro

O acesso pode ser feito pela Rodovia BR-101 (Rio-Santos). A cidade fica entre a divisa do Estado de São Paulo e Angra dos Reis. Estrada em boas condições.

Partindo da cidade de São Paulo, siga pela Rodovia Presidente Dutra. São três alternativas: em São José dos Campos, pegue a Rodovia dos Tamoios e siga até Caraguatatuba para pegar a Rio-Santos; em Taubaté, pegue a Rodovia Oswaldo Cruz e siga até Ubatuba para pegar a Rio-Santos; siga até Guaratinguetá e pegue a estrada que leva até Cunha, depois siga pela estrada Cunha-Paraty (não é aconselhado ir por esse caminho à noite ou em dias de muita chuva).


De ônibus

Linhas regulares partem para São Paulo, Ubatuba, São José dos Campos, Angra dos Reis e Rio de Janeiro.

Circule

Veja

  • Caminho do Ouro - No distrito da Penha (cerca de 6 km do centro de Paraty). O passeio guiado dura cerca de 1h30, dependendo do ritmo do grupo e das paradas realizadas. É um passeio de cunho histórico sobre a antiga Estrada Real que interligava a região de Ouro Preto ao porto de Paraty. Muitos trechos da trilha utilizada pelos portugueses estão muito bem preservados.


  • Praia do Pontal - A 800 metros do Centro Histórico. Águas calmas, excelente para levar as crianças. Há muitos quiosques com boas opções para matar a fome.


  • Paraty Mirim - Pequena comunidade localizada próxima a Estrada Rio-Santos. Praias intactas e limpas com muita natureza. A infra-estrutura ainda é pouca, mas o local já conta com algumas opções de alimentação.

Faça

  • Passeios de escuna - Converse com os barqueiros, acerte os valores e saia para um inesquecível passeio de escuna pela baía de Paraty. A região é cheia de belíssimas ilhas e praias inacessíveis por terra. Informe-se sobre as opções e faça o seu trajeto. Outra opção são os passeios fechados oferecidos pelas agências.
  • Saia à noite no Centro Histórico - Principalmente nos períodos de feriados prolongados e eventos festivos na cidade. À noite, os bares e restaurantes do Centro Histórico de Paraty são excelentes opções para se divertir e conhecer gente interessante. Mesmo em outras épocas, dá para curtir um jantar bacana nos diversos estabelecimentos disponíveis, desde pratos rústicos à cozinha internacional.
  • Tire fotos dos prédios históricos - As fachadas são bem cuidadas e as ruas nos levam ao passado. Por isso, gaste bastante tempo e percorra o Centro Histórico. Tire muitas fotos, pois todos ficam admirados com a riqueza arquitetônica e histórica da cidade.
  • Vá à Trindade - Se tiver um tempinho, não deixe de ir à Trindade. Praias belíssimas e bem agitadas. Cachoeiras acessíveis por trilha (leve um bom chinelo ou papete). Quiosques que vendem frutos do mar fresquinhos. Visual deslumbrante.

Compre

Coma

Beber e sair

Durma

'''A Casa Azul''', (), [1]. Alugue uma Casa sobrado com piscina em Paraty. Casa moderna de dois andares com jardim tropical, piscina, quadra de squash, jacuzzi, sauna. Ideal para uma família ou um grupo de amigos. Máximo 10 pessoas. 2 bicicletas à disposição. Situada no bairro residencial de Caboré, uma area tranquila. 20 minutos a pé do centro historico e da praia da Jabaquara.

Partir

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites