Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Marselha

Da Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa

Marselha (ou Marseille) é uma cidade na região de Provença-Alpes-Costa Azul.

Chegar[editar]

Circule[editar]

Veja[editar]

Quatro ou cinco dias são suficientes para visitar Marselha. A cidade não tem museus de grande qualidade, mas o passear pela rua, apesar do aspecto perigoso da cidade, do seu estado de degradação e sujidade pode ser uma experiência interessante, para quem tenta perceber a realidade e a maneira de viver das pessoas.

Faça[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Beber e sair[editar]

O melhor local para beber e sair à noite em Marselha é o Cours Julien. Uma zona semelhante ao Bairro Alto em Lisboa, mas mais pequeno. Neste bairro existem uma série de restaurantes onde é possível comer bem e relativamente barato.

Existe um local que, apesar de ser pequeno e pouco higiénico e as bebidas dísponíveis resumirem-se a cerveja e vinho, acaba por ter um ambiente curioso. Chama-se Cosmic Up e pertence a um rockabilly - Jean Marie. A música é Surf Music e Rock n´roll dos nos 50 e 60. Tem concertos ao vivo e disc jockeys.

Também neste bairro existe outro bar com música ao vivo denominado Dan Racing, pouca higiene, relativamente grande, um leque mais alargado de bebidas e muita musica. Nesta zona encontram-se livrarias, lojas de intrumentos e de musica, para quem gosta é possível encontrar lojas com muito vinil à venda, embora algum dele seja caro. Por exemplo, um album dos Doors ao vivo na Suécia pode chegar aos 50 euros. Existe uma livraria especializada em banda desenhada e que funciona também como bar e restaurante, os donos são estremamente simpáticos. Um deles é marroquino e o outro parecido com o Peter O´Tole no Lawrence Arábia. Para chegar a este bairro o ponto de referência é a Prefecture de Police, edificio iluminado e restaurado, na Canabiére. Na esquina do edificio é só começar a subir e quando a rua bifurca, seguir pelo lado esquerdo.

Durma[editar]

Partir[editar]

Se sair de Marselha para Portugal, siga o auto-estrada, em direcção ao aeroporto e daqui a direcção Arles. Em Arles siga a direcção Aigues Morts, atravessando a Camargue. A Camargue é um parque natural no delta do Ródano. Para além da viagem ser mais agradável, poupa-se em Kms. Após atravessar a Camargue está em Montpellier entrando aqui no auto-estrada até à fronteira espnhola. Após passar a fronteira siga no auto-estrada espanhol até junto ao aeroporto de Girona, onde encontra placas com a indicação C25, siga por esta para Vic e Manresa. É uma estrada nacional, mas larga e com o piso em muito bom estado, o que permite fazer boas médias.

Esta estrada vem sair a Lérida, aqui tem a hipótese de apanhar o auto-estrada Barcelona/Madrid, ou continuar por estrada nacional NII até junto a Zaragosa, e então a 17Km desta cidade entrar na via rápida Zaragoça/Madrid. Ou seja, Madrid/Zaragosa é via rápida e 17Km após esta cidade transforma-se em auto-estrada passano por Lérida em direcção a Barcelona.

A auto-estrada é cara e indo na direcção de Barcelona está a dirigir-se para a costa, mas não para a fronteira francesa. De Barcelona à fronteira francesa são ainda 160 Km. Mantendo uma velociadade de 100/120 KmH demorei 17H entre Lisboa e Marselha, parando só para atestar o carro e comprar água.

Se estiver e Marselha e pretender fazer a Côte D´Azur, dentro de Marselha deve seguir em direcção à Place de la Castellane, Prado passando junto ao Estádio do Olympique de Marseille, continua sempre em frente até as avenidas terminarem e passarem a estrada nacional. Assim, pode fazer toda a costa. A seguir a Marselha tem Cassis, La Ciotad, Toulon etc. Isto permite ir de Marselha até Menton/Vintmiglia na fronteira franco-italiana sempre junto à costa.

Aconselha-se a qualquer visitante que tenha amigos ou familiares a viver na cidade a permanecerem mais alguns dias, pelo menos quatro, para visiterem Arles, Avignon, Nimes e Toulon. É possivel apanhar um comboio na Gare de Stº Charles para cada um destas cidades e voltar ao fim do dia. Cada uma delas é possível de ser visitada durante um dia, convém é apanhar um comboio por volta das 9H da manhã, pois cada uma delas dista cerca de uma hora de comboio de Marselha. Convém chegar bastante cedo à estação pois antes das oito horas da manhã, já se encontram muitas pessoas a comprar bilhete e poucos funcionários da SNCF, o que pode fazer com que após comprar o bilhete tenha que esperar uma hora ou mais pelo próximo comboio o que acaba por limitar o tempo dísponivel para visita.


Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites