Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "Madeira"

Da Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa
(Veja)
(Por favor, não adicionar links para páginas não oficiais.)
 
Linha 144: Linha 144:
 
* '''Ponta de São Lourenço''' - Trata-se de uma península de origem vulcânica, maioritariamente basáltica, conferindo-lhe um aspecto árido, de vegetação rasteira e uma ausência de árvores que contrasta totalmente com a restante paisagem da ilha. Descendo a encosta encontrará uma praia isolada chamada Prainha, que é a única praia de areia preta natural da ilha, usualmente muito frequentada por locais e turistas para banhos de mar.
 
* '''Ponta de São Lourenço''' - Trata-se de uma península de origem vulcânica, maioritariamente basáltica, conferindo-lhe um aspecto árido, de vegetação rasteira e uma ausência de árvores que contrasta totalmente com a restante paisagem da ilha. Descendo a encosta encontrará uma praia isolada chamada Prainha, que é a única praia de areia preta natural da ilha, usualmente muito frequentada por locais e turistas para banhos de mar.
 
* '''• Parque Temático de Santana''' - [http://www.parquetematicomadeira.pt ]O Parque Temático da Madeira, localizado na cidade de Santana, e único em Portugal, apresenta-se como um fantástico recinto de Exposições dedicado à história, à ciência e à tradição do Arquipélago da Madeira. Este  recinto, com uma área de 145 mil metros quadrados, constitui um local de visita obrigatório.
 
* '''• Parque Temático de Santana''' - [http://www.parquetematicomadeira.pt ]O Parque Temático da Madeira, localizado na cidade de Santana, e único em Portugal, apresenta-se como um fantástico recinto de Exposições dedicado à história, à ciência e à tradição do Arquipélago da Madeira. Este  recinto, com uma área de 145 mil metros quadrados, constitui um local de visita obrigatório.
* '''Fotos das ilhas da Madeira e do Porto Santo'''  [http://www.ile-madere.com/madeiraportugues/photosmadereindexportugueswiki.htm]
 
  
 
==Faça==
 
==Faça==

Edição atual desde as 23h44min de 24 de janeiro de 2013

Vista desde o Pico do Arieiro, Madeira.

O Arquipélago da Madeira [1] constitui uma das regiões autónomas de Portugal. Conhecida mundialmente como a Pérola do Atlântico, trata-se de um dos mais procurados destinos turísticos portugueses. A Madeira é reconhecida internacionalmente pelo seu diversificado e rico calendário de animação turística, que inclui eventos como o Carnaval, a Festa da Flor, o Festival do Atlântico, a Festa do Vinho, o Festival Colombo, o Festival de Natureza da Madeira [2]e as festividades associadas ao Natal e Fim-de-Ano[3], cuja apoteose culmina com o grande espectáculo de fogo-de-artifício na noite de 31 de Dezembro, reconhecido oficialmente pelo livro de recordes do Guinness[4], em 2006, como o maior espectáculo de fogo de artifício do mundo. Este destino é igualmente conhecido pela sua beleza natural e pelo famoso vinho Madeira.

Índice

Entenda[editar]

História[editar]

As ilhas eram conhecidas antes da chegada dos portugueses. No entanto foi só em 1418 que João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira descobrem Porto Santo, marcando a primeira chegada dos portugueses ao arquipélago.
Ponta de São Lourenço, Madeira.
Um ano mais tarde é descoberta a Ilha da Madeira por Bartolomeu Perestrelo, Tristão Vaz Teixeira e João Gonçalves Zarco. Devido à importância estratégica das ilhas e às suas potencialidades, a colonização começa por volta de 1425. A partir de 1440 estabelece-se o regime das capitanias com a investidura de Tristão Vaz Teixeira como Capitão-Donatário da Capitania de Machico; seis anos mais tarde Bartolomeu Perestrelo torna-se Capitão-Donatário do Porto Santo e em 1450 Zarco é investido Capitão-Donatário da Capitania do Funchal.

Ao longo de vários séculos, a economia madeirense foi sucessivamente dominada por diversos produtos de exportação. A primeira cultura em larga escala foi a do trigo que foi exportado para o continente e para Ceuta. No entanto a produção de cereais entrou em queda. Anos mais tarde, em 1452 o Infante D. Henrique mandou introduzir o cultivo da cana-de-açúcar, mais conhecido por " Ouro Branco", considerado uma especiaria na Europa. A partir do século XVII, o vinho substitui o açucar como principal produto de exportação das ilhas,atendendo à concorrência da produção açucareira do Brasil e de São Tomé e Príncipe, a cultura da cana de açucar foi decaindo gradualmente na economia madeirense.

Nos séculos XVII e XVIII, começou a Diáspora Madeirense. Centenas de famílias emigraram para as colónias. Na Madeira, o povo sofria com fome e miséria. Por ordem de D. João V, em 1747 foi ordenado o recrutamento voluntário de casais para povoarem a Ilha de Santa Catarina. Em 1751, Manuel Saldanha da Gama escreve: "Nalguns portos da Ilha, o povo só se alimentava de raízes, flor de giesta e frutos". Nesse mesmo ano, só na cidade do Funchal, recrutaram-se mil casais sem meios de subsistência para promover o povoamento das colónias, sobretudo do Brasil.

Actualmente, a Madeira é um grande centro turístico português, famosa pelo seu reveillon, com o maior espectáculo de fogo-de-artifício do mundo, e pelo vinho da Madeira.

Clima[editar]

Este arquipélago com uma longitude compreendida entre 16° 16' 30 W e 17° 16' 38 W, localiza-se entre os paralelos de 32° 22' 20 N e 33° 7' 50. A sua posição geográfica privilegiada e a sua orografia montanhosa, conferem à ilha da Madeira uma espantosa amenidade climática com temperaturas médias muito suaves e uma humidade moderada. As temperaturas oscilam entre os 25º no Verão e os 17ºC no Inverno. A água do mar é igualmente muito temperada, por influência da corrente quente do Golfo, apresentando médias no Verão de 22° C e no Inverno de 18ºC.

Regiões[editar]

Regiões da Madeira.

O Arquipélago da Madeira divide-se em várias ilhas, embora apenas duas estejam habitadas:

O Arquipélago da Madeira contém também os seguintes conjuntos de ilhas, que estão desabitados:

Cidades[editar]

A divisão administrativa do arquipélago consiste em 11 municípios:

. Calheta [5] . Câmara de Lobos [6] . Funchal [7] . Machico [8] . Ponta do Sol [9] . Porto Moniz [10] . Porto Santo [11] . Ribeira Brava[12] . Santa Cruz [13] . Santana [14] . São Vicente [15]

Outros destinos[editar]

Chegar[editar]

De avião[editar]

Sendo uma "pérola" no Oceano Atlântico a forma mais fácil de chegar à Ilha da Madeira é por avião.

Um voo para a Madeira dura cerca de 1h30 a partir dos aeroportos portugueses, e um pouco mais de 3 horas aproximadamente, desde os principais aeroportos do centro da Europa. Os voos entre a Madeira e o Porto Santo são feitos em 15 minutos. Os aeroportos do arquipelago são o Aeroporto internacional da Madeira ( a cerca de 20 minutos de carro do Funchal) e o Aeroporto do Porto Santo.

  • Aeroporto da Madeira - As seguintes companhias voam frequentemente ( Voos Regulares) para o Aeroporto da Madeira:

• Aigle Azur [16] • Air Berlin[17] • Air Nostrum [18] • Austrian Airlines [19] . Binter Canarias [20] • Condor [21] • Finnair [22] • Hapag Lloyd / TUIFly [23] • Luxair [24] • Niki Luftfahrt GmbH [25] • Sata Air Açores [26] • Sata Internacional [27] • Tap Portugal [28]

De barco[editar]

O porto do Funchal encontra-se inserido nos circuitos de cruzeiros que se desenvolvem entre a Madeira e os Arquipélagos das Canárias e o Norte de África. Existem também algumas linhas de tráfego que operam a partir do Mediterrâneo Ocidental ou da fachada atlântica da Europa, nomeadamente a partir de Lisboa. O Funchal constitui também um importante porto de escala de viagens transoceânicas, ligadas ao reposicionamento anual dos navios entre os E.U.A. e a Europa e vice-versa. Já no que respeita às ligações marítimas, o Porto do Funchal [www.apram.pt]assume-se como porto de cruzeiros por excelência, servindo de ponto de chegada e de partida para outros destinos. Frequentemente visitados por navios de cruzeiro, os portos do Funchal e Porto Santo servem de ponto de chegada às ilhas e de ponto de partida a outros destinos.

As ligações diárias entre ilhas realizam-se em cerca de 2h30 por um ferryboat " Lobo Marinho" [29]que permite também o transporte de viaturas. A companhia de navegação espanhola Naviera Armas [30]efectua, durante todo o ano, um serviço de ferry-boat para passageiros e viaturas, entre os portos de Tenerife e Las Palmas, nas ilhas Canárias, e de Portimão, no Algarve, com escala no Porto do Funchal em ambos os sentidos. É possível, assim, chegar à Madeira com a sua viatura.

Circule[editar]

Entre ilhas[editar]

  • Existe um ferry entre a ilha de Porto Santo e a Ilha da Madeira, com uma duração de duas horas. Ver [31].
  • A SATA oferece vários voos entre os aeroportos das duas ilhas, com duração aproximada de vinte minutos. Para mais informações, aceda ao sítio da companhia aérea [32].

Dentro da Ilha da Madeira[editar]

  • Autocarros

Se preferir utilizar os transportes públicos, existem várias empresas de autocarros que, de uma forma mais económica, o podem levar até aos pontos de maior interesse turístico. . Horários do Funchal [http://www.horariosdofunchal.pt/ . Rodoeste [33] . SAM [34] . Empresa dos Autocarros do Caniço [35]

  • Táxis

Os táxis [36]estão disponíveis no Aeroporto da Madeira, nos principais hotéis e em várias ruas da cidade do Funchal, sendo o valor da bandeirada de EUR 2,00. Nos dias úteis entre as 22:00 e as 07:00, aos sábados, domingos e feriados oficiais, o valor da bandeirada é de EUR 2,40. Será cobrada uma importância, não superior a 50%, sobre a bagagem que exceda 30kg e mediante ajuste prévio. Nos restantes concelhos encontrará táxis letra A (sem taxímetro) sendo o preço por cada quilómetro de EUR 0,63 existindo um mínimo de cobrança.

  • Alugar carro

Alugar um carro é uma óptima maneira de ver a ilha. Todas as regras rodoviárias europeias aplicam-se na ilha da Madeira. Ter em atenção que a ilha é montanhosa e as estradas têm muitos desníveis e curvas e são por vezes estreitas.


Dentro da Ilha de Porto Santo[editar]

  • Autocarro (Centro da Cidade junto ao posto de combustível) - Tel.: 291 982780 / 291 982403.
  • Taxis

Os táxis estão disponíveis no Aeroporto do Porto Santo, nos principais hotéis e em várias ruas da cidade Vila Baleira, sendo o valor da bandeirada de EUR 2,00. Nos dias úteis entre as 22:00 e as 07:00, aos sábados, domingos e feriados oficiais, o valor da bandeirada é de EUR 2,40. Será cobrada uma importância, não superior a 50%, sobre a bagagem que exceda 30kg e mediante ajuste prévio. (Praça taxis: Av. Dr. Manuel Gregório Pestana Junior) - Tel.: 291 982334

  • Alugar um carro - Porto Santo tem uma boa rede rodoviária, que liga os principais pontos da ilha. Várias empresas alugam carros em Porto Santo.

Fale[editar]

Na Madeira, como no resto de Portugal a língua oficial é o português. No entanto, o inglês, o francês e o espanhol também são compreendidos por grande parte da população.

Compre[editar]

  • Flores
  • Frutas
  • Vinho Madeira
  • Vimes
  • Bordado Madeira

Veja[editar]

Foguetes de Ano Novo no Funchal.
  • Jardim Botânico da Madeira[37]-A cerca de 3 km do Funchal, é um dos mais belos jardins botânicos do mundo. A vegetação exuberante forma jardins coloridos, tornando esta uma das maiores atracções do arquipélago. No jardim existem mais de 2000 plantas.
  • Cabo Girão -É um um ponto de paragem obrigatório para quem visita a ilha da Madeira. Trata-se do promontório mais alto da Europa e o segundo mais alto do mundo com 580 metros de altitude. Este miradouro oferece amplas panorâmicas sobre Câmara de Lobos e do Funchal, bem como uma magnífica vista sobre o mar.

Em 2003, foi ali construído um elevador, de acesso às fajãs do Cabo Girão, que até à altura era apenas acessíveis por barco. O seu nome - Girão - foi atribuído por João Gonçalves Zarco, pelo facto de ter servido de ponto de referência como fim do giro, no primeiro dia de reconhecimento da costa marítima da Madeira.

  • Grutas de São Vicente [38] - Impressionantes grutas vulcânicas onde se podem ver tubos de lava. É uma experiência única e uma visita obrigatória na Madeira.
  • Jardins do Monte Palace [39]- É na Quinta Monte Palace, propriedade da Fundação José Berardo, que se encontra o Jardim Tropical do Monte Palace. A vegetação deste Jardim tem sido aumentada com plantas vindas de todo o mundo. Foram já plantadas cerca de 100.000 espécies vegetais, entre azáleas, urzes, e árvores diferentes, para além da grande variedade de fetos. O jardim apresenta também uma colecção de cicas (encephalartos) que, pela sua idade, são consideradas fósseis vivos. Das 72 espécies conhecidas, este jardim conta com cerca de 60 variedades.

Apresenta ainda um espaço dedicado à flora madeirense, no qual se encontram a maior parte das variedades da Laurissilva da Macaronésia, além de outras espécies em vias de extinção, como por exemplo o Pittosporum coriaceum, popularmente conhecido como "Mocano".

  • Madeira Story Center [40] - É uma das melhores maneiras de descobrir a história da Madeira. O Centro inclui várias exposições: "Origens Vulcânicas", "Lendas da Descoberta", "A Descoberta da Madeira", "O Tumulto Comercial", "A Ilha Estratégica", "Desenvolvimento da Madeira", "Depois da Navegação" e "Explore a Madeira".
  • Miradouros - Existem inúmeros e belos miradouros por todas as ilhas, mas os mais conhecidos são: Pico dos Barcelos, Pico do Arieiro, Pico do Facho, Curral das Freiras, Monte, Eira do Serrado e o Cabo Girão.
  • Ponta de São Lourenço - Trata-se de uma península de origem vulcânica, maioritariamente basáltica, conferindo-lhe um aspecto árido, de vegetação rasteira e uma ausência de árvores que contrasta totalmente com a restante paisagem da ilha. Descendo a encosta encontrará uma praia isolada chamada Prainha, que é a única praia de areia preta natural da ilha, usualmente muito frequentada por locais e turistas para banhos de mar.
  • • Parque Temático de Santana - [41]O Parque Temático da Madeira, localizado na cidade de Santana, e único em Portugal, apresenta-se como um fantástico recinto de Exposições dedicado à história, à ciência e à tradição do Arquipélago da Madeira. Este recinto, com uma área de 145 mil metros quadrados, constitui um local de visita obrigatório.

Faça[editar]

Praia de Porto Santo.
  • Passeios a Pé [42] - Para alcançar o interior da Ilha da Madeira e desfrutar de uma paisagem desconhecida e deslumbrante, nada melhor do que percorrê-la a pé através das veredas e “levadas”.

Ao caminhar por estes canais de irrigação primitivos, o visitante deparar-se-á com paisagens de cortar a respiração. Num total de 1500 Kms, por entre vales e montanhas, as “levadas” da Madeira permitem aceder ao coração da ilha. Integram-se num conjunto de áreas protegidas, das quais se destacam o Parque Natural da Madeira e o Parque Ecológico do Funchal. A maioria dos percursos é acessível a qualquer um, existindo, no entanto, vários graus de dificuldade. Através deste magníficos passeios, podemos vislumbrar paisagens de cortar a respiração num encontro perfeito com a natureza. Do azul profundo do mar ao verde das altas montanhas, a emoção dos 0 aos 1862 metros é garantida!

  • Passeios de Barco [43]- Conheça a Madeira numa nova perspectiva. A panorâmica sobre a costa desde o mar favorece a beleza desta encantadora ilha. Poderá também programar um passeio até às Ilhas Desertas para conhecer o refúgio atlântico da Foca Monge (Monachus Monachus), mais conhecida por Lobo Marinho, ou observar outras espécies da fauna marítima como, golfinhos e, com alguma sorte, baleias.
  • Mergulho - Deixe-se envolver pelas águas do Atlântico e conheça um curioso mundo submerso. Conheça algumas das Reservas Naturais que são atracção para a prática de mergulho. A passividade dos peixes, habituados a conviver com os mergulhadores, permite a liberdade de nadar entre eles, com boas oportunidades para a fotografia aquática.
  • Surf e Windsurf - As águas madeirenses prestam-se para o efeito. As costas do Jardim do Mar, Paúl do Mar e S. Vicente são excelentes para a prática de surf, com ondas capazes de dar aos mais experientes emoções bem fortes. São óptimas as condições para a prática de windsurf e a comprová-lo está a consagração, em 1996, de um jovem madeirense como campeão mundial nesta modalidade. O clima subtropical durante todo o ano e as excelentes condições de surf atraem surfistas todos os anos. É um paraíso para surfistas experientes, com as ondas a chegar aos 8 metros de altura. O Paúl do Mar é um dos melhores lugares para surf.
  • Praia de Porto Santo - Com 9 km de praia, nesta praia, a saúde e bem estar andam de braço dado, visto que, além da transparência das águas, esta possui indiscutíveis propriedades terapêuticas. Descubra os benefícios desta praia serena e convidativa e entregue-se ao relax, recuperando a energia e motivação de que necessita.

Ecotours[editar]

  • Empresas de Animação Turística - [44] (Para os amantes do turismo activo, o arquipélago madeirense oferece condições naturais excepcionais para a prática de desportos em terra, merecendo especial destaque os passeios a pé, que contam com inúmeros percursos, entre levadas e veredas, e oferecem paisagens espectaculares e únicas em contacto com a Floresta Laurissilva – Património Natural Mundial pela UNESCO. A orografia particular desta ilha oferece também condições espectaculares para o trekking, a escalada, o rappel, canyoning, as bicicletas todo-o-terreno, entre outras actividades.

Golf[editar]

  • Como uma Primavera eterna, a Madeira é por excelência, o destino de golfe para todo o ano. Duas ilhas distintas, três magníficos campos de golfe, e uma oferta de alojamento, lazer e bem-estar que agradam a todos os golfistas.

A ilha da Madeira possui uma beleza e clima que lhe confere características únicas. A tradição do golfe na ilha da Madeira remonta a 1937. Nesta ilha poderá jogar num dos dois campos, Palheiro Golf e Clube de Golfe do Santo da Serra, de 18 e 27 buracos, ambos notáveis pela beleza dos seus cenários.

  • Golf Santo da Serra (Santo António da Serra 9200-152 Machico; Tel.:(+351) 291 550 100; reservations@santodaserragolf.com), [45].
  • Golf Palheiro, (Rua do Balancal, 29, 9060-414 Funchal; Tel.: (+351) 291 790 120; Reservas: (+351) 291 792 456),[46].


  • Na ilha do Porto Santo, a 40 km da Madeira, experimente o campo de 27 buracos projectado pelo famoso golfista Severiano Ballesteros. Diferente da Ilha da Madeira os 9 km de praia e águas límpidas do Porto Santo vão saber-lhe bem depois da partida de golfe.

O Madeira Islands Open é o mais importante torneio de golfe que anualmente se realiza na Madeira e está integrado na PGA Europeia.

  • Golf Porto Santo, (Sítio das Marinhas Apartado 174 9400-162 Porto Santo; Tel.: (+351) 291 983 778 / 291 982 628; sdps@netmadeira.com), [47].

Coma[editar]

A gastronomia madeirense é muito vasta. Embora as entradas não sejam o principal, nos restaurantes ser-lhe-á proporcionado um bolo do caco (pão cozido numa chapa) com manteiga de alho ou então lapas grelhadas, servidas com bastante alho e sumo de limão. Outras especialidades incluem a sopa de tomate e cebola servida com um ovo escalfado, a sopa de trigo e a açorda, prato feito com pão, alho, ovo escalfado, segurelha e azeite - tudo "regado" com água bem quente.

Os pratos de carne tradicionais mais famosos da ilha são a espetada, a carne de vinho e alhos, o picado e muitos pratos de carne grelhada. Os pratos de carne são normalmente acompanhados de milho frito, assim como cenouras, feijão verde, abobrinha, pimpinela, ervilhas e batata doce.

O peixe está presente nos pratos mais tradicionais da ilha. Atum, espada, bacalhau, gaiado e pota incluem os peixes mais servidos nos restaurantes madeirenses. Alguns pratos comuns são a Espada com banana, geralmente servida com salada fresca e batatas, e o Bacalhau com natas.

A doçaria regional é muito farta, destacando-se as queijadas (bolos feitos de requeijão, ovos e açúcar), os bolos de mel (um dos mais antigos da doçaria madeirense) e o pudim de maracujá.

Também famoso é o vinho da Madeira, o vinho seco, a "nikita" (uma bebida feita com cerveja, sumo de ananás, gelado e ananás), o "pé-de-cabra" (cerveja preta, vinho seco, chocolate em pó e açúcar), assim como a poncha tradicional (aguardente de cana, mel, sumo de limão e, por vezes, também sumo de laranja) e a poncha de maracujá.

Beber e sair[editar]

  • Vinho - O vinho Madeira é famosos no mundo inteiro. Existem quatro diferentes castas do afamado Vinho Madeira, a saborear como aperitivo ou no final de uma refeição, apresentam-se como escolhas históricas, nomeadamente o Malvasia (também conhecido como Malmsey ou Malvazia), o mais doce, o Bual (ou Boal), meio-doce, o Verdelho, meio-seco, e o Sercial, o mais seco de todos.
  • Poncha - Uma bebida elaborada com aguardente de cana, mel de abelhas e limão. Existe um grande leque de variedades de poncha, a poncha de maracujá, de tangerina, de tomate, de whisky, de absinto, a de morango, de kiwi, entre outras.
  • Nikita - Uma bebida feita com cerveja, sumo de ananás, gelado e ananás.

Durma[editar]

A Madeira oferece uma vasta gama de alojamento de qualidade para todos os gostos e bolsos, onde a hospitalidade, o atendimento personalizado, o bom gosto e a qualidade são as características dominantes. A opção terá sempre um elemento comum a todas as escolhas: a arte de bem receber. A oferta de alojamento é bastante vasta, desde o requinte da centenária hotelaria tradicional, a modernidade dos hotéis de cinco estrelas, a simpática hospitalidade das casas de turismo rural, que permitem um contacto estreito com a natureza ou ainda as acolhedoras e tradicionais quintas madeirenses.

  • Quintas da Madeira [48]- O tempo passa silencioso por elas. Testemunhas de outros séculos, as Quintas da Madeira guardam a história de quem lhes deu vida e nome. Famílias da nobreza europeia encontraram na Madeira o lugar onde dar forma ao sonho de uma vida. Mar e terras a perder de vista, árvores centenárias e uma casa com requintes de palácio era tudo o que precisavam para se sentirem em casa.

As Quintas da Madeira revelam-nos um estilo de vida enraizado no sistema feudal. Séculos passados, mantêm-se as memórias. Cada Quinta tem uma história para contar. As árvores dos jardins e os interiores das casas são fragmentos de uma vida. A eles se juntam outros episódios feitos de coisas novas.

Para conhecer tudo o que as Quintas da Madeira têm para oferecer é preciso tempo. O tempo de um passeio pelos jardins. O tempo de se saborear um bom vinho da Madeira.

  • Turismo em Espaço Rural - TER [49]

Para gozar umas férias em contacto mais directo com as populações, seus usos e costumes, e com a própria Natureza, poderá optar por ficar alojado numa unidade de Turismo no Espaço Rural (TER), um tipo de alojamento que integra várias classificações, desde os hotéis rurais até unidades mais rústicas ou familiares, caracterizadas pelo acolhimento e convívio com os proprietários das unidades de alojamento.

Segurança[editar]

O crime na Madeira é muito baixo.

Saúde[editar]

  • Hospital Dr. Nelio Mendonça (Avenida Luís de Camões, nº 57 – 904-514 Funchal ; tel. (+ 351) 291 705600)
  • Hospital dos Marmeleiros (Estrada dos Marmeleiros - Funchal; tel.(+ 351) 291 705730)
  • Centro de Saúde de Porto Santo (Ilha de Porto Santo - tel.(+ 351) 291 980060)

Mantenha contato[editar]

O código de acesso internacional para a Madeira é o +351 e o código de acesso às ilhas é o 291.

Partir[editar]

O Arquipelago da Madeira localizado no Oceano Atlântico. Os destinos turísticos mais próximos são:

  • Ilhas Canárias - Isoladas no meio do Atlântico, são uma região autónoma de Espanha. As suas maiores cidades são Las Palmas de Gran Canária e Santa Cruz de Tenerife. Tenerife é muito visitada pelas suas fantásticas praias, paisagem de montanha e vibrante vida nocturna.
  • Açores - Um arquipélago muito turístico, com várias cidades, incluindo Angra do Heroísmo, uma das mais importantes, e um Patrimônio da Humanidade. As ilhas são muito visitadas para observação de baleias e pelo seu património histórico, visível em todas as ilhas.

Para informação em como chegar a estes destinos, veja Chegar



Este artigo é usável. Ele contém informações sobre como chegar e algumas indicações completas de restaurantes e hotéis. Uma pessoa mais corajosa poderia utilizá-lo para viajar, mas por favor mergulhe fundo e ajude-o a crescer!

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites