Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Guimarães

Da Wikitravel
Minho : Guimarães
Revisão das 20h48min de 16 de outubro de 2011 por 62.28.134.73 (discussão)

Ir para: navegação, pesquisa
Castelo de Guimarães.
Guimarães é uma cidade portuguesa do distrito de Braga. É conhecida como o "Berço da Nação" por ter sido a primeira capital do país, quando este ainda era o Condado Portucalense. Foi classificada como Património Mundial da UNESCO devido ao seu bem preservado património.

Chegar

  • Todos os dias ha pelo menos meia duzia de comboios de Porto - Campanha para Guimaraes

É uma cidade de fácil deslocação, pode facilmente deslocar-se a pé pois no centro da cidade encontra-se tudo bastante proximo, para deslocações mais afastadas, a autilização dos BUS da cidade (a pouco custo) é uma boa opção uma vez que existem para diversos locais e frequentemente (de meia em meia hora mais ou menos).

Veja

Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, com o Padrão do Salado em primeiro plano.
  • Casa da Rua Nova - Casa medieval com alterações seiscentistas. Aqui funciona o Gabinete Técnico Local, e pode ser visitado a pedido.
  • Capelas dos Passos da Paixão - Originalmente 7, actualmente apenas 5, são um série de pequenos oratórios setecentistas espalhados na zona histórica da cidade.
  • Capela de São Miguel - Foi nesta pequena capela românica que, segundo a lenda, terá sido baptizado D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal.
  • Castelo de Guimarães - É Maravilha de Portugal [1] e um dos mais conhecidos monumentos portugueses, bem como símbolo da nacionalidade. Mandad construír pela Condessa Mumadona no século X para defesa do Mosteiro de Guimarães, que havia sido fundado recentemente também pela Condessa Mumadona.
  • Convento de Santa Clara - É a actual câmara municipal da cidade.
  • Domus Municipalis - Eram os antigos paços do concelho e datam do reinado de D. João I. As suas arcadas separam o Largo da Oliveira da Praça de Santiago. Actualmente é um museu dedicado à pintura "naif".
  • Igreja de Nossa Senhora da Oliveira - Situa-se na praça homónima, no coração do centro antigo de Guimarães. No seu portal de estilo gótico estão as estátuas de D. Nuno Álvares Pereira, D. João I e da Rainha D. Filipa. Substitui a igreja de estilo românico construído pela Condessa Mumadona e reedificada por D. Afonso Henriques. D. João I mandou reedificá-la em estilo gótico.
  • Igreja dos Santos Passos - Igreja barroca fora do centro histórico da cidade, mas bem visível deste, inconfundível, com as suas torres altas e muito esguias. Foi desenhada pelo arquitecto André Soares.
  • Igreja de S. Domingo - Igreja gótica na Rua D. João I, ao qual foi acrescentado um portal barroco.
  • Largo do Toural
  • Mosteiro de Santa Marinha da Costa - Mandado construír no século XII por D. Mafalda a meio da encosta da Penha, ficou quase totalmente destruído por um incêndio nos anos 50. Foi adaptado por Fernando Távora e agora é uma Pousada.
  • Museu Alberto Sampaio - Está instalado no edifício da antiga Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira. As colecções deste museu incluem pintura, arte sacra e esculturas, com peças vindas de diversas igrejas da cidade.
  • Museu Martins Sarmento - O seu nome vem de Francisco Martins Sarmento, pioneiro da arqueologia portuguesa. Está instalado no claustro do antigo Convento de São Domingos. As colecções do museu incluem diversos achados da Citânia de Briteiros.
  • Paço dos Duques de Bragança - Foi originalmente construído por D. Afonso, 1º Duque de Bragança. Quando a família se mudou para Vila Viçosa, o palácio ficou vazio e foi pilhado várias vezes, perdendo a sua forma original. Foi então recuperado no Estado Novo e recheado com o espólio de outros museus e palácios do país.
  • Padrão do Salado - Monumento gótico, situa-se na Praça de Nossa Senhora da Oliveira, em frende da igreja homónima. Foi mandado erguer por D. Afonso V para comemorar a vitória de Portugal e Espanha contra os mouros em 1340, a última grande batalha da Reconquista Ibérica.
  • Praça da Nossa Senhora da Oliveira - É o coração do centro histórico de Guimarães. Nesta praça fica a Igreja homónima, um dos mais conhecidos marcos de Guimarães , bem como o curioso Padrão do Salado e os Antigos Paços do Concelho.
  • Praça de São Tiago - Com muitas esplanadas, é uma das praças mais animadas da cidade.

Faça

  • Um bom exercicio físico no parque da cidade
  • Teleférico da Penha - Ligando a cidade ao parque e Monte da Penha, tem-se incríveis vistas. Mas para além da paisagem, no topo do monte há diversos pontos de observação para descobrir, com belas vistas sobre a cidade. A Igreja da Penha, obra do arquitecto Marques da Silva merece também uma visita.

Compre

  • Comércio Tradicional de Guimarães
  • Guimarães Shopping

Coma

Espaço guimarães

Beber e sair

Se pretende sair à noite para beber um copo entre amigos, no ambiente certo, opte por se deslocar até à Praça Santiago, no largo Nossa Senhora de Oliveira situado no centro histórico da cidade.

Durma

  • Pousada de Guimarães - Santa Marinha, Historic Luxury Hotel, Largo Domingos Leite de Castro, Lugar da Costa 4810-011 Guimarães, (+351) 253 511 249 (, fax: (+351) 253 514 459), [2]. *Hotel Ibis Guimarães, Avenida Conde Margaride 12 Creixomil, (+351)253 424 900, [3].


  • Pousada de Guimarães - Nossa Sra. da Oliveira, Charming Hotel, Rua de Santa Maria 4801-910 Guimarães, (+351) 253 514 157 (, fax: (+351) 253 514 204), [4]. *Casa de Sezim, Nespereira, Guimarães, (+351) 253 523 000 (), [5]. .

Partir

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites