Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "Guiana Francesa"

Da Wikitravel
América do Sul : Guiana Francesa
Ir para: navegação, pesquisa
(De carro/ônibus)
m (Mantenha contato: inter-lang.)
Linha 71: Linha 71:
  
 
{{FicaEm|América_do_Sul}}
 
{{FicaEm|América_do_Sul}}
 
<!--[[nl:Frans Guyana]]-->
 
<!--[[ro:Guyana Franceză]]-->
 
<!--[[sv:Franska Guyana]]-->
 
 
[[WikiPedia:Guiana Francesa]]
 
  
 
[[ca:Guaiana Francesa]]
 
[[ca:Guaiana Francesa]]
Linha 86: Linha 80:
 
[[it:Guyana francese]]
 
[[it:Guyana francese]]
 
[[ja:フランス領ギアナ]]
 
[[ja:フランス領ギアナ]]
[[nl:Frans-Guyana]]
+
[[nl:Frans Guyana]]
 +
 
 +
[[WikiPedia:Guiana Francesa]]

Revisão de 14h32min de 23 de maio de 2009

Bandeira
Fg-flag.png
Informações Básicas
Capital Caiena
Governo departamento do governo francês
Moeda euro (EUR)
Área 91.000 km2
População 199.509
Idioma francês
Religião católico romano
Eletricidade 127/220V, 50Hz
Código telefônico +594
Internet TLD .gf
Fuso horário UTC-3


A Guiana Francesa é um território ultramarino da França na América do Sul.

Índice

Regiões

Cidades

Outros destinos

Entenda

Chegar

  • Devido à massiva imigração de brasileiros em busca de trabalho no território vizinho através da fronteira com o Amapá, é necessário visto para brasileiros. Na prática, há controvérsias de como realmente esse processo se dá. Atravessando por via terrestre, não há nenhum tipo de controle na fronteira. De qualquer forma, para atravessar legalmente, passaporte e atestado de vacinação contra febre amarela são necessários. Os policiais ao longo do trajeto entre Saint Georges (na fronteira) e Caiena irão invariavelmente abordar todos os carros; eles são extremamente grossos e quase todos corruptos. De volta ao Brasil, o turista deve procurar ele mesmo o posto de imigração na cidade de Oiapoque, se voltar atravessando o rio. Se for de avião, pegue antes o visto.

De avião

De Belém, pela Air Caraïbes e, também de Macapá, pela TAF.

De barco

De Oiapoque, no Amapá, em travessia de 15 minutos pelo rio Oiapoque, chega-se ao território francês.

De carro/ônibus

Ligações terrestres com o Brasil dependem da conclusão de uma ponte ligando a BR-156, em Oiapoque, à Guiana Francesa. No entanto é possível atravessar de balsa até Saint-Georges (R$200 por carro) e seguir por rodovia asfaltada até a capital, passando por Regina. Há informações de que as polícias do lado francês são muito duras e ríspidas, chegando a sugerir propina para deixar seguir viagem.

Circular

De avião

De barco

De carro

De autocarro/ônibus

De comboio/trem

Fale

Compre

Coma

Beba e saia

Durma

Aprenda

Trabalhe

Segurança

Saúde

Respeite

Mantenha contato

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites