Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Espaço

Da Wikitravel
Revisão das 11h32min de 14 de junho de 2012 por 208.66.72.114 (discussão)

Ir para: navegação, pesquisa
A aventura de viajar no seu máximo - e, custando cerca de 32.000.000 de euros, no seu máximo preço.

O Espaço, segundo o Star Trek, é a última fronteira. Viajar no espaço já não é uma visão impossível criada por escritores de ficção científica: apesar de ainda ser um mercado pequeno, já está disponível - para quem estiver disposto a abrir os cordões à bolsa.

Just look at the difference just 20-30 rock solid Tea Party conservatives have made in the House already. They've turned "1/3 of the government" on its head and started a war between the establishment party and the Tea Party., http://zr2r5i5puuisb3hj9v41.freeforums.org NICKI MINAJ DESNUDA, xvj, http://qannanicolesmithpornr.tumblr.com ANNA NICOLE SMITH PORN, 5159, http://750nudes76.posterous.com SUSAN GEORGE NUDE, ehk, http://errnudekbm.posterous.com LEANN RIMES NUDE, oqadpt, http://hdry9qwg5hdvi7ar7c4o.freeforums.org BOW WOW NAKED, 959, http://2gerardbutlernakeda.tumblr.com GERARD BUTLER NAKED,  %-[[[, http://www.flickr.com/people/79700002@N03/ MOLLY RINGWALD NUDE, cjol, http://r4enuderqbnaked.mywapblog.com LINDA FIORENTINO NUDE,  :OOO, http://v03nudeql5.posterous.com KRISTEN BELL SEX, 215034, http://5ghnudebh1.posterous.com DIANE LANE SEX, 17746, http://kal0n2o8snauwg09fcvq.freeforums.org CARMELLA DECESARE NUDE, 77091, http://vccnudeyj9naked.mywapblog.com ASHLEY SCOTT NUDE, 9239, http://www.flickr.com/people/79755757@N08/ LINDA BLAIR NUDE, 64355,

Chegar

Embora existam preocupações com a saúde física, a carteira é o principal obstáculo às viagens espaciais. Em ordem de preço e distância:

Na terra

Lançamento de foguete no Cabo Canaveral.

Na terra existem uns quantos lugares relacionados com o espaço:

  • Baikonur, Cazaquistão - A base de lançamento da Sputnik 1 e da nave de Iuri Gagarin, no Cazaquistão, e até aos dias de hoje o principal local de lançamento de Soyuz. é também a maior base de lançamentos espaciais no mundo, e está aberta a turistas.
  • Huntsville, Alabama, Estados Unidos - Local de treino de astronautas . Astronaut training facilities e local de desenho e construcção da Estação Espacial Internaccional.
  • Cabo Canaveral, Flórida, Estados Unidos - Base de lançamentos espaciais e local de lançamento dos vaivéns espaciais.
  • Houston, Texas, Estados Unidos - Centro de controlo de missões em vaivéns espaciais e das actividades na Estação Espacial Internacional.
  • Kourou, Guiana Francesa - A base de lançamentos para os satélites Ariana, da Agência Espacial Europeia.
  • Mojave, Califórnia, Estados Unidos - O primeiro porto espacial certificado pela FAA. Também é a base para o programa de voos espaciais da Scaled Composites.
  • Cidade das Estrelas, Rússia - Centro de treino de cosmonautas a nordeste de Moscovo.
  • Tanegashima, Japão - A principal base de lançamentos do Japão. Exposições e visitas guiadas grátis, e pontos de observação de lançamentos espaciais.

Gravidade Zero

Embora não se trate de uma viagem espacial autêntica, a sensação da gravidade zero pode ser duplicada, com uma avioneta parabólica. Os voos parabólicos causam enjoos, levando à alcunha "cometa do vómito", mas os operadores omerciais dizem que os voos mais curtos são muito mais gentis que os compridos.

  • Incredible Adventures, 6604 Midnight Pass Rd, Sarasota, Flórida, Estados Unidos, +1 941-346-2603 (), [1]. Reserve voos com a Zero Gravity Corporation e no IL-76 MDK da Agência Espacial Russa, com partida de Moscovo.
  • Zero Gravity Corporation, 5275 Arville Street, Suite 116, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos, 1-800-937-6480, [2]. Voos desde Las Vegas (Nevada) e desde o Cabo Canaveral (Flórida) num 727 modificado com um grande compartimento com gravidade zero, incluindo várias simulações breves de queda livre, gravidade lunar (cerca de 1/6 da gravidade terrestre), e gravidade marciana (cerca de 1/3 da gravidade terrestre). $3,675/pessoa.
  • Space Travellers International, D-56323 Waldesch, Wiesengrund 5, Alemanha, +49 2628-987420 (, fax: +49 2628-987419), [3]. Oferece voos com um Ilyushin 76 MDK (avião de treino dos astronautas), com partida desde Moscovo e também voos de gravidade zero nos Estados Unidos com um Boeing B-727-200. Voo russo de gravidade zero com um programa de quatro dias: 5.800 €.
  • MiGFlug, CH-6404 Greppen, Dorfstrasse, Suiça, +41 44 500 50 10 (), [4]. Oferece voos com um Ilyushin 76 MDK (avião de treino dos astronautas), com partida desde Moscovo e também voos de gravidade zero nos Estados Unidos com um Boeing B-727-200. Voo gravidade zero: €3.500,00 por pessoa.

Fronteira do Espaço

Voos a altitudes de menos de 100 km não são considerados um verdadeiro voo espacial, mas é possível ver a curvatura da terra desde altitudes acima dos 25 km.

  • Space Travelers International, D-56323 Waldesch, Alemanha, +49 2628-987420 (, fax: +49 2628-987419), [5]. Faz voos em MiG-31 Foxhound russos até mais de 25 km de altitude. Preço estimado: €21,500 por voo, incluído num programa de 4 dias na Rússia.
  • MiGFlug, CH-6404 Greppen, Suíça, +41 44 500 50 10 (), [6]. Oferecendo voos supersónicos com um MiG-31 Foxhound russo até mais de 25 km de altitude, partindo da Rússia e vos supersónicos com um MiG-29 Fulcrum russo até mais de 23 km de altitude, partindo da Rússia. Também oferece voos supersónicos com um English Electric Lightning até aos 23 km de altitude, com partida desfde a África do Sul. Voo estratosférico à fronteira do espaço: €16.500,00 por pessoa.

Voo suborbital

Um voo suborbital é um voo a altitudes superiores a 100 km, mas a uma velocidade insuficiente para atingir a órbita. Embora não hajam (actualmente) operadoras a oferecerem este tipo de voos, o SpaceShipOne, construído em 2004, demonstrou que isto era possível e já começou a corrida para a sua comercialização.

  • Virgin Galactic, [7]. Fundada por Richard Branson, a Virgin Galactic tem vendido bilhetes para voos suborbitais no SpaceShipTwo, planeados para começar em 2011, por $200,000/pessoa (cerca de 160,000€). Estes voos vão até aos 110 km de altitude e, embora o voo dura duas horas e meia, a gravidade zero só dura seis minutos. Os voos iniciais vão ocorrer em Mojave, Califórnia, mas irão mais tarde ocorrer no Spaceport America perto de Truth or Consequences, Novo México e Kiruna, Suécia. Primeiro, as partidas serão semanais, e mais tarde tornar-se-ão diárias. Um treino de três dias estará disponível no site.
  • Xcor Lynx, [8]. Vende bilhetes de $95,000 para voos suborbitais, já disponíveis, mas nem sequer fizeram um voo de teste ainda. Se tudo correr bem, o primeiro voo de teste será em 2010 e voos comerciais podem começar em 2011.

Voo orbital

Uma vista da Europa desde a órbita da Terra.

Apesar de tudo isto, hoje em dia ninguém foi realmente ao espaço até estar na órbita da Terra. Não ecxiste uma altitude exacta para esta (depende da velocidade orbital), mas só é praticável acima dos 350 km. Normalmente conhecida como Órbita Baixa da Terra, esta só pode ser realizada por vaivéns espaciais americanos, Soyuz russas, Shenzhou chinesas, e pela Estaçãpo Espacial Internacional. Este itinerário é provavelmente o mais caro do mundo.

  • Space Adventures, 8000 Towers Crescent Drive, Suite 1000, Vienna, Virgínia, Estados Unidos, +1 888-85-SPACE (), [9]. A Space Adventures já organizou voos orbitais até à Estação Espacial Internacional. A cerca de $35 milhões por pessoa, comprará treino básico e um lugar numa Soyuz a partir desde o Cosmódromo de Baikonur até à ISS. Os participantes tem que preencher certos requerimentos para assegurar a segurança da missão.

Voo transorbital

O "nascer da Terra", visto da órbita da Lua.

Nunca mais se fizeram viagens humanas para além da órbita baixa da terra desde o cancelamento do programa americano Apollo em 1972. Os únicos programas com intenção de reestabelecer estas viagens são governamentais. No entanto, em 2005, a Space Adventures anunciou a sua intenção de trabalhar com a Constructora de Veículos Espaciais Russa e com a Agência Espacial Russa para oferecer uma viagem de uma semana com dois passageiros à volta da lua (não se entra em órbita, não se aterra na lua) numa Soyuz por $100 milhões de dólares por pessoa, em 2010. Isto depende de alguém fazer um depósito elevado para ajudar o projecto, por isso não espere até eles anunciarem a data para meter o seu nome na lista.

Veja

  • A vista da Earth desde o Espaço tem reputação de ser incomparável.
  • Em altitudes acima da atmosfera, as estrelas deixam de "piscar".
  • O nascer do sol e o pôr-so-sol perdem muito da sua cor, mas ganham maior intensidade e rapidez em velocidades orbitais e suborbitais.

Faça

  • Queda Livre (muitas vezes incorrectamente chamada "gravidade zero") é um fenómeno que, embora não seja único ao espaço, só ocorre momentaneamente na Terra, como em montanhas russas ou em elevadores de alta-velocidade. Se não estiver em queda livre, pode se dizer que desperdiçou uma grande quantidade de dinheiro.
  • Tirar fotografias - O que mais é que irá fazer durante o dia todo? Não se esqueça dos cartões de memória extra.
  • Turistas que viagem em missões científicas podem ter de contribuir para algumas destas, pelo menos em participar em observações médicas.
  • Actividade Extra-veicular (EVA) - Envolve sair da nave e flutuar pelo espaço. Isto pode ser feito em viagens organizadas pela Space Adventures, mas ainda ninguém fez isto turisticamente: custa um extra de 20 milhões de dólares (cerca de 16 milhões de euros), e obriga a treino extra. Também é preciso preencher certos requerimentos físicos.
  • Mergulho Espacial - A Orbital Outfitters [10] está a desenhar o Sub-orbital Space Suit One, um fato que será vestido em voos suborbitais e pode servir para fazer "mergulhos espaciais".

Coma

Embora a comida espacial tenha evoluído ao longo do tempo, a qualidade e sabor ainda não corresponde a cozinha de cinco estrelas. O organizador da viagem pode oferecer alguma escolha, mas irá ficar limitado na sua escolha.

Durma

Explore!
  • Bigelow Aerospace, [11]. Em 2006 foi testado com sucesso o primeiro protótipo de um hotel espacial. No entanto, mesmo que tudo vá de acordo com o plano, não entrará em órbita antes de 2012.

Partir

Tudo o que sobe tem que descer - pelo menos, por agora.

Felizmente existem inúmeras oportunidades de exploração e descoberta na superfície, em lugares como África, Ásia, Europa, o Médio Oriente, as Américas do Norte, Central, e Sul, bem como inúmeras ilhas pelo meio...

Este artigo é um guia. Ele tem muita informação, incluindo listas de hotéis, restaurantes, atracções e informação sobre chegada e partida. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas