Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "China"

Da Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa
(Mantenha contato)
 
Linha 1: Linha 1:
 
{{dados
 
{{dados
 
| imagem=[[Image:Guangzhou-ShangXia9.jpg |noframe|250px]]
 
| imagem=[[Image:Guangzhou-ShangXia9.jpg |noframe|250px]]
| localização=[[Image:ChinaWorldMap.PNG|noframe|250px]]
+
| localização=[[Image:China in its region (claimed hatched).svg|noframe|250px]]
 
| bandeira=[[Image:Ch-flag.png]]
 
| bandeira=[[Image:Ch-flag.png]]
 
| capital=[[Pequim]]
 
| capital=[[Pequim]]

Edição atual desde as 23h02min de 8 de junho de 2013

noframe
Localização
noframe
Bandeira
Ch-flag.png
Informações Básicas
Capital Pequim
Governo República socialista de partido único
Moeda Yuan (CNY), dólar de Hong Kong (HKD), Pataca (MOP) (em Macau)
Área 9.596.960 km2
População 1.321.851.888 (est. julho 2007)
Idioma Mandarim (nacional), cantonês, wu, xiang, gan e outras
Religião Daoístas (Taoísta), budistas; Estado oficialmente ateísta
Eletricidade 220V/50Hz
Código telefônico +86
Internet TLD .cn
Fuso horário UTC +8


A República Popular da China (Chinês, 中国 Zhōngguó), é um grande país da Ásia e o mais populoso da Terra. Com uma história que remonta a milhares de anos, uma cultura singular e números de crescimento econômico que surpreendem ao mundo, o país é o quarto mais visitado do planeta.

Regiões[editar]

Norte Central[editar]

Planícies centrais, berço da civilização chinesa

Sul Central[editar]

Região importante de agricultura

Nordeste[editar]

Região urbana onde fica a capital Pequim

Noroeste[editar]

As montanhas Tien Shan e o deserto Takla Makan

Sudoeste[editar]

Região montahosa da fronteira, perto da cordilheira dos Himalaias

Sudeste[editar]

Região urbana do litoral do Mar da China Meridional e a região mais rica do país

Mapa da China

Cidades[editar]

  • Xangai - A maior cidade do país é o cartão postal da sua nova face desenvolvida
  • Suzhou - cidade velha, famosa pelos canais e jardims
  • Xi'an

Outros destinos[editar]

Grande muralha da China

Entenda[editar]

Clima[editar]

Em um país gigantesco como a China, o clima é tão variado quanto a sua geografia. No entanto, é possível generalizar quanto a algumas regiões:

  • Norte - nessa região, o começo da primavera e o fim do outono (ambos do hemisfério norte) têm dias agradáveis e noites frescas, sem muita chuva, o que torna esses períodos ideais para viagens. No inverno, cidades como Pequim passam os meses de dezembro até março com temperaturas abaixo de zero e gélidos ventos vindos da Mongólia. No verão, não raro passam dos 30 graus. Da Mongólia vêm também as tempestades de areia que atingem a região e deixam o céu amarelo a partir de meados de abril.
  • O noroeste da China, sem os ventos litorâneos que equilibram a temperatura, têm estações extremas - verões muito quentes (Tupan, a cidade mais quente da China, já registrou 47 graus) e invernos gelados, embora não sofra com o excesso de umidade.
  • O centro, onde ficam as cidades "fornalhas" ao longo do rio Yangtsé, tem invernos curtos e longos e tórridos verões. Xangai tem clima semelhante, mas oceânico.
  • Sul - no sul do país, o verão chuvoso dura de abril a setembro. Nessa época, os termômetros batem na casa dos 40 graus e tufões atingem a costa de julho a setembro. As altas temperaturas e a excessiva umidade dão uma trégua aos viajantes entre novembro e fevereiro.
  • O Tibete tem temperaturas amenas no verão e seus invernos são muito frios e secos. Em Lhasa, no entanto, o inverno pode ser surpreendentemente menos frio do que a grande altitude levaria a acreditar.

Feriados[editar]

O Ano Novo chinês é o feriado mais importante do país e dura uma semana. É uma época em que muitos chineses viajam ou vão visitar suas famílias. Os efeitos desse fluxo são pesadamente sentidos nos transportes e acomodações nas duas semanas antes e depois do dia de ano novo. A data do ano novo na China respeita o calendário lunar e coincide com o ano novo do Vietnã e da Coréia. Os próximas celebrações se darão em:

  • 2007 - 18 de fevereiro
  • 2008 - 7 de fevereiro
  • 2009 - 26 de janeiro
  • 2010 - 14 de fevereiro

Chegar[editar]

Exceto para visitas a Macau e Hong Kong, vistos de entrada são exigidos de todos os viajantes e devem ser obtidos nas embaixadas do país no exterior. Os vistos de turistas permitem a permanência por 30 dias e uma única entrada, isto é, não é possível ir da China a Hong Kong ou Macau e depois retornar ao país.

De avião[editar]

  • Dois vôos semanais para Pequim a partir de São Paulo, pela Air China, tel. 11 3186-8888

De barco[editar]

De carro[editar]

De autocarro/ônibus[editar]

De comboio/trem[editar]

Circular[editar]

De avião[editar]

De barco[editar]

De carro[editar]

De autocarro/ônibus[editar]

De comboio/trem[editar]

Fale[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Os dois sistemas de cardápio, onde diferentes menus são apresentados de acordo com a cor da pele de um convidado permanecem largamente desconhecidos na China. A maioria dos restaurantes só tem um cardápio - o chinês. Aprender alguns caracteres chineses, como a carne (牛), frango (鸡), frito (炒), sopa (汤), arroz (饭) é muito importante. Alguns pratos chineses que contém ingredientes que algumas pessoas podem preferir evitar, como cachorro, cobra ou espécies ameaçadas.

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

Aprenda[editar]

Os estudantes estrangeiros têm diferentes necessidades educacionais. As Universidades da China oferecem muitos tipos diferentes de cursos e métodos de ensino para atender a essas necessidades, bem como aos diferentes níveis educacionais dos alunos que vêm de fora. Universidade de Pequim (北京大学) e Tsinghua University (清华大学), ambas com sede em Beijing, as universidades mais prestigiadas da China, e são regularmente classificada entre as melhores universidades do mundo.

Trabalhe[editar]

Segurança[editar]

Em geral nas cidades mais desenvolvidas do litoral a segurança nas ruas é bastante desenvolvido, porém é sempre bom prevenir de trombadinhas ou batedor de carteira.

Saúde[editar]

Respeite[editar]

Mantenha contato[editar]


Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites