Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "Cataratas do Iguaçu"

Da Wikitravel
Paraná : Cataratas do Iguaçu
Ir para: navegação, pesquisa
(Hospedagem)
(História)
Linha 6: Linha 6:
  
 
===História===
 
===História===
 +
 +
As cataratas fazem parte do '''Parque Nacional do Iguaçu''', criado em 1939, no estado do [[Paraná]], e também do '''Parque Nacional Iguazu''', criado em 1934 e localizado na província de [[Missões]], na [[Argentina]]. Ambos são considerados [[Patrimônio da Humanidade]]. A maioria das quedas fica do lado argentino inclusive a que tem maior volume de água, a garganta do diabo ; porém é do lado brasileiro que se tem melhor visão delas.
 +
 
A palavra Iguaçu significa "água grande", na etimologia tupi-guarani. As Cataratas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu. Dezoito quilômetros antes de juntar-se ao rio Paraná, o Iguaçu vence um desnível do terreno e se precipita em quedas de 65 m de altura em média, numa largura de 2780 m. Sua formação geológica data de aproximadamente 150 milhões de anos.
 
A palavra Iguaçu significa "água grande", na etimologia tupi-guarani. As Cataratas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu. Dezoito quilômetros antes de juntar-se ao rio Paraná, o Iguaçu vence um desnível do terreno e se precipita em quedas de 65 m de altura em média, numa largura de 2780 m. Sua formação geológica data de aproximadamente 150 milhões de anos.
  
Linha 12: Linha 15:
 
As quedas isoladas podem chegar a quase 300, dependendo do volume de água do rio, reduzindo para menos de 20 em tempo de cheia. Os grandes saltos são 19, três deles do lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant) e os demais no lado argentino. A disposição dos saltos -a maior parte deles no lado argentino e voltados para o Brasil - proporciona a melhor vista para quem observa o cenário a partir do Brasil.
 
As quedas isoladas podem chegar a quase 300, dependendo do volume de água do rio, reduzindo para menos de 20 em tempo de cheia. Os grandes saltos são 19, três deles do lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant) e os demais no lado argentino. A disposição dos saltos -a maior parte deles no lado argentino e voltados para o Brasil - proporciona a melhor vista para quem observa o cenário a partir do Brasil.
  
Resumo: Origem lendária das Cataratas do Iguaçu
+
====Lenda das Cataratas do Iguaçu====
 
+
 
+
Lenda das Cataratas do Iguaçu
+
  
 
O rio Iguaçu corria tranqüilo sem quedas nem cataratas. Os índios Guarani, habitantes do lugar, adoravam o deus Tupã e seu filho M'Boi, o deus serpente que vivia nas águas. A ele eram oferecidas em sacrifício as mais belas virgens da aldeia.
 
O rio Iguaçu corria tranqüilo sem quedas nem cataratas. Os índios Guarani, habitantes do lugar, adoravam o deus Tupã e seu filho M'Boi, o deus serpente que vivia nas águas. A ele eram oferecidas em sacrifício as mais belas virgens da aldeia.
 
   
 
   
No dia em que a jovem Naipi seria sacrificada, Tarobá, um guerreiro apaixonado, raptou-a e tentou fugir descendo o rio numa canoa. Enfurecido, M'Boi penetrou nas entranhas da terra, contraiu seus músculos e, abrindo uma imensa cratera, revoltou as águas formando uma enorme catarata. Naipi foi transformada numa rocha, condenada a ser fustigada pelas águas da Garganta do Diabo. Tarobá converteu-se numa palmeira e desde então contempla sua amada por toda a eternidade. Assim conta a lenda.
+
No dia em que a jovem Naipi seria sacrificada, Tarobá, um guerreiro apaixonado, raptou-a e tentou fugir descendo o rio numa canoa. Enfurecido, M'Boi penetrou nas entranhas da terra, contraiu seus músculos e, abrindo uma imensa cratera, revoltou as águas formando uma enorme catarata. Naipi foi transformada numa rocha, condenada a ser fustigada pelas águas da Garganta do Diabo. Tarobá converteu-se numa palmeira e desde então contempla sua amada por toda a eternidade.
  
 
===Paisagem===
 
===Paisagem===

Revisão de 14h40min de 6 de janeiro de 2011

As Cataratas do Iguaçu ficam no estado brasileiro de Paraná.

Índice

Entenda

As Cataratas do Iguaçu (ou Cataratas del Iguazu, em espanhol) são formações no rio Iguaçu de diversas quedas de água, as quais proporcionam um espetáculo inesquecível devido à sua grandeza.

História

As cataratas fazem parte do Parque Nacional do Iguaçu, criado em 1939, no estado do Paraná, e também do Parque Nacional Iguazu, criado em 1934 e localizado na província de Missões, na Argentina. Ambos são considerados Patrimônio da Humanidade. A maioria das quedas fica do lado argentino inclusive a que tem maior volume de água, a garganta do diabo ; porém é do lado brasileiro que se tem melhor visão delas.

A palavra Iguaçu significa "água grande", na etimologia tupi-guarani. As Cataratas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu. Dezoito quilômetros antes de juntar-se ao rio Paraná, o Iguaçu vence um desnível do terreno e se precipita em quedas de 65 m de altura em média, numa largura de 2780 m. Sua formação geológica data de aproximadamente 150 milhões de anos.

O rio Iguaçu mede 1200 m de largura acima das cataratas. Abaixo, estreita-se num canal de até 65m. A largura total das Cataratas no território brasileiro é de aproximadamente 800m e no lado argentino de 1900m. Dependendo da vazão do rio, o número de saltos varia de 150 a 300 e a altura das quedas varia de 40 a 82 metros resultando numa largura de 2.700 metros, com formato semicircular. A vazão de água média do rio em torno de 1.500 m3 por segundo, variando de 500 m3/s nas ocasiões de seca e de 6.500 m3/s nas cheias.

As quedas isoladas podem chegar a quase 300, dependendo do volume de água do rio, reduzindo para menos de 20 em tempo de cheia. Os grandes saltos são 19, três deles do lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant) e os demais no lado argentino. A disposição dos saltos -a maior parte deles no lado argentino e voltados para o Brasil - proporciona a melhor vista para quem observa o cenário a partir do Brasil.

Lenda das Cataratas do Iguaçu

O rio Iguaçu corria tranqüilo sem quedas nem cataratas. Os índios Guarani, habitantes do lugar, adoravam o deus Tupã e seu filho M'Boi, o deus serpente que vivia nas águas. A ele eram oferecidas em sacrifício as mais belas virgens da aldeia.

No dia em que a jovem Naipi seria sacrificada, Tarobá, um guerreiro apaixonado, raptou-a e tentou fugir descendo o rio numa canoa. Enfurecido, M'Boi penetrou nas entranhas da terra, contraiu seus músculos e, abrindo uma imensa cratera, revoltou as águas formando uma enorme catarata. Naipi foi transformada numa rocha, condenada a ser fustigada pelas águas da Garganta do Diabo. Tarobá converteu-se numa palmeira e desde então contempla sua amada por toda a eternidade.

Paisagem

Por toda parte o estrondo das águas é sentido. A região está coberta por florestas.

Flora e fauna

Clima

Subtropical, com verão quente e úmido.

Chegar

O jeito mais facil de você chegar nas cataratas pelo lado brasileio é de avião, chegando no aeroporto internacional de Foz de Iguaçu, mas também pode se chegar de carro e de ônibus, só que a viagem é muito cansativa.

Taxas e Permissões

O valor da entrada e estacionamento variam, o melhor é buscar esta informação sempre atualizada na página do atrativo

Circule

Dentro do Parque Nacional do Iguaçu existem várias opções de passeios, além da trilha panorêmica que está inclusa no ingresso de entrada no Parque. O ideal é usar roupas leves e de preferência tênis, protetor solar e repelente.

É possível fazer rapel, rafting, arvorismo, safari, passeio de barco no Rio Iguaçu, caminhadas em meio a floresta, a pé, de bicicleta ou em jeepe elétrico.

A estrutura é completa, com restaurantes, lanchonetes, loja de souvenirs, banheiros, enfermaria, serviços de fotos digitais e lan house.

Veja

Faça

  • Passeios de barco até bem perto das quedas
  • Uma visita ao Parque das Aves e tenha um contato direto com os pássaros


Atividades

Compre

Nas lojas de souvenirs que ficam dentro do Parque.

Coma

Tem cafeteria logo na entrada, no centro de visitantes. Durante o trajeto da trilha panorâmica existem lanchonetes de apoio, você vai precisar, ao menos para tomar uma água durante a caminhada.

Ao final do passeio, você encontrará a lanchonete com opções de fast food, café e também o Restaurante Porto Canoas, que fica sobre o Rio Iguaçu, uma das mais belas vistas.

Por favor, não alimente os quatis. Por mais que eles tentem avançar na sua comida. A nossa alimentação não é ideal para eles, que são animais selvagens.

Beba

Nas lanchonetes de apoio durante a trilha, ou ao final do passeio, na lanchonete ou Restaurante Porto Canoas.

Durma

  • Hotel Harbor Colonial, a 900m do Parque Nacional e do Aeroporto. [1], Reservas: colonial@hotelcolonialspa.com.br
  • Hotel Panorama & Acquamania Resort [[2]]: a 5 km do Parque Nacional do Iguaçu (Cataratas do Iguaçu), 5 km do Parque das Aves e 3,5 km do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. Dispõe de serviço transfer-in cortesia e Parque Aquático Acquamania (aberto de Outubro a Março). Reservas: reservas@hotelpanoramaresort.com.br / reservas2@hotelpanoramaresort.com.br e reservas3@hotelpanoramaresort.com.br

Hospedagem

  • Albergue da Juventude Paudimar - Próximo das cataratas brasileiras.
  • Klein Hostel - Próximo da rodoviária.
  • Best Western Hotel Tarobá Express - No centro de Foz do Iguaçu.

Camping

No campo

Segurança

Partir


Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas