Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Diferenças entre edições de "Cabinda"

Da Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa
(Cidades)
(Chegar)
Linha 17: Linha 17:
 
=== De autocarro/ônibus ===
 
=== De autocarro/ônibus ===
 
=== De comboio/trem ===
 
=== De comboio/trem ===
 +
 +
 +
Viagem e estadia
 +
 +
COMO IR
 +
Devido à descontinuidade geográfica do território, o acesso faz-se por via aérea ou marítima.
 +
Várias companhias aéreas voam para Cabinda, cidade possuidora de um aeroporto com uma das maiores pistas do país.
 +
O movimento aeronáutico considerável, pois durante o dia o poiso e descolagem de helicópteros, aeronaves de pequeno porte e aviões de grande envergadura é quase ininterrupto.
 +
 +
O acesso pela via marítima processa-se pelo porto comercial de Cabinda.
 +
A ponte cais deste porto foi recentemente restaurada, ampliada e equipada com modernos meios de movimentação de cargas.
 +
 +
Foi também criado um terminal de passageiros e inaugurada uma cómoda embarcação de passageiros que faz a ligação regular com Luanda.
 +
 +
 +
ONDE FICAR
 +
Em Cabinda existem várias opções de alojamento.
 +
Hotel MAIOMBE Rua Dr. Agostinho Neto; Hotel Pôr-do-sol Rua das Mangueiras Hotel Congresso Rua Irmão Evaristo, Complexo Turístico de Simulambuco Bairro Simulambuco.
 +
 +
 +
 +
ONDE COMER
 +
Existem vários restaurantes, tanto no centro da cidade como nos hotéis e em algumas residenciais. A alimentação da população de Cabinda baseia-se em muambas de vários tipos como a de ginguba, peixe seco, pato e de feijão macoba, suidi de peixe, fumbua de peixe fumado, acompanhados de kikuanga ou maiaka.
 +
 +
• Bar restaurante Caty Feira Popular;
 +
• Restaurante Mamã Yeze Bairro Lombo;Restaurante Palhota Mar e Sol Fútila;Pastelaria Rosy Bairro Amílcar Cabral; Restaurante Bingo.
 +
 +
ONDE RELAXAR
 +
Existem as praias de 1º de Maio, Cabassango, Futila, Malembo e Mandarin.
 +
 +
PARA VISITAR
 +
• Antiga Prisão - Actualmente Edifício da Escola Técnica de Saúde
 +
 +
• Biblioteca Municipal – em Cabinda Cemitério M’Buco-M’Buadi (Cemitério dos Reis de Cabinda) – com esculturas grandiosas a decorar os túmulos.
 +
 +
• Palácio do Povo – sitio histórico
 +
 +
• Igrejas – Igreja de N. Sra. Rainha do Mundo, Igreja de São Tiago de Lândana, Igreja de Imaculada Conceição, entre outras.
 +
 +
• Museu Regional de Cabinda – É um importante centro de pesquisa e recolhas de tradições cabindenses.
 +
 +
• Ruínas da Antiga Fortaleza de Cabinda – Monumento histórico que necessita de restauração.
 +
 +
• Reserva florestal do Kakongo (Maiombe) – Tem uma superfície de 650 km quadrados e é limitada a Norte com a fronteira da República Democrática do Congo e com os rios Luali e Inhuca.
 +
 +
• Floresta do Maiombe - possui 290 mil hectares de floresta tropical, onde existem árvores com mais de 50 metros de altura. As principais qualidades de madeira existentes nesta floresta são o Pau-preto, o Ébano, o Sândalo Africano, o Pau Raro e o Pau-ferro. Nesta floresta existe também uma fauna diversificada com chimpanzés, gorilas, elefantes e aves raras
 +
 +
NATURAIS
 +
• Cordilheira do Muabi (Serra do Muabi)
 +
• Foz do rio Lucola
 +
• Foz do rio Chiloango
 +
• Floresta do Maiombe
 +
• Município de Mbuco-Muadi
 +
• Lagoas de Bumelambuto e Tchiuksi
 +
• Lago Nkukulu
 +
• Planície do Yema
 +
• Praias 1º de Maio, Cabassango, Futila, Malembo e Mandarin.
 +
 +
 +
ONDE COMPRAR
 +
Cabinda tem bastantes artesãos que esculpem madeira e pedra. Para os trabalhos de tecelagem utilizam ráfias, fibras de folhas de ananaseiro e outros.
 +
A escultura é muito frequente na decoração dos túmulos, que constituem um atractivo turístico, nomeadamente os túmulos dos reis de Cabinda.
 +
 +
PRÁTICA DE DESPORTOS
 +
Algumas praias de Cabinda são propícias para desportos náuticos e para a prática da pesca desportiva, mas a foz do rio Chiloango destaca-se dada a abundância de peixe grosso existente.
 +
 +
ITINERÁRIOS
 +
Situada ao norte do país, salienta-se por sua indústria petrolífera. A reserva florestal do Maiombe constitui uma das maiores atracções. Chega-se ao Maiombe, seguindo pela estrada para norte da província, passando pela localidade de Futila, L’andana, Buco-Zau e Belize. A reserva florestal é um paraíso turístico para os amantes da natureza, com uma vegetação densa e árvores de cerca de 50 metros de altura e madeiras valiosíssimas como o Pau-preto, Ébano e o Sândalo africano. Cabinda, também é famosa pela confeição de seus pratos típicos como o calulu de carne seca, de peixe e as guarnições de saca folha (folhas de mandioca), banana pão, maiaca (mandioca cozida) e chikuanga (mandioca cozida). Para visitar, existem vários locais de interesse histórico.
  
 
== Circular ==
 
== Circular ==

Revisão de 11h56min de 2 de agosto de 2007

Cabinda é uma província de Angola.

Índice

Regiões

Cidades

Cabinda

Outros destinos

Entenda

Chegar

De avião

De barco

De carro

De autocarro/ônibus

De comboio/trem

Viagem e estadia

COMO IR Devido à descontinuidade geográfica do território, o acesso faz-se por via aérea ou marítima. Várias companhias aéreas voam para Cabinda, cidade possuidora de um aeroporto com uma das maiores pistas do país. O movimento aeronáutico considerável, pois durante o dia o poiso e descolagem de helicópteros, aeronaves de pequeno porte e aviões de grande envergadura é quase ininterrupto.

O acesso pela via marítima processa-se pelo porto comercial de Cabinda. A ponte cais deste porto foi recentemente restaurada, ampliada e equipada com modernos meios de movimentação de cargas.

Foi também criado um terminal de passageiros e inaugurada uma cómoda embarcação de passageiros que faz a ligação regular com Luanda.


ONDE FICAR Em Cabinda existem várias opções de alojamento. Hotel MAIOMBE Rua Dr. Agostinho Neto; Hotel Pôr-do-sol Rua das Mangueiras Hotel Congresso Rua Irmão Evaristo, Complexo Turístico de Simulambuco Bairro Simulambuco.


ONDE COMER Existem vários restaurantes, tanto no centro da cidade como nos hotéis e em algumas residenciais. A alimentação da população de Cabinda baseia-se em muambas de vários tipos como a de ginguba, peixe seco, pato e de feijão macoba, suidi de peixe, fumbua de peixe fumado, acompanhados de kikuanga ou maiaka.

• Bar restaurante Caty Feira Popular; • Restaurante Mamã Yeze Bairro Lombo;Restaurante Palhota Mar e Sol Fútila;Pastelaria Rosy Bairro Amílcar Cabral; Restaurante Bingo.

ONDE RELAXAR Existem as praias de 1º de Maio, Cabassango, Futila, Malembo e Mandarin.

PARA VISITAR • Antiga Prisão - Actualmente Edifício da Escola Técnica de Saúde

• Biblioteca Municipal – em Cabinda Cemitério M’Buco-M’Buadi (Cemitério dos Reis de Cabinda) – com esculturas grandiosas a decorar os túmulos.

• Palácio do Povo – sitio histórico

• Igrejas – Igreja de N. Sra. Rainha do Mundo, Igreja de São Tiago de Lândana, Igreja de Imaculada Conceição, entre outras.

• Museu Regional de Cabinda – É um importante centro de pesquisa e recolhas de tradições cabindenses.

• Ruínas da Antiga Fortaleza de Cabinda – Monumento histórico que necessita de restauração.

• Reserva florestal do Kakongo (Maiombe) – Tem uma superfície de 650 km quadrados e é limitada a Norte com a fronteira da República Democrática do Congo e com os rios Luali e Inhuca.

• Floresta do Maiombe - possui 290 mil hectares de floresta tropical, onde existem árvores com mais de 50 metros de altura. As principais qualidades de madeira existentes nesta floresta são o Pau-preto, o Ébano, o Sândalo Africano, o Pau Raro e o Pau-ferro. Nesta floresta existe também uma fauna diversificada com chimpanzés, gorilas, elefantes e aves raras

NATURAIS • Cordilheira do Muabi (Serra do Muabi) • Foz do rio Lucola • Foz do rio Chiloango • Floresta do Maiombe • Município de Mbuco-Muadi • Lagoas de Bumelambuto e Tchiuksi • Lago Nkukulu • Planície do Yema • Praias 1º de Maio, Cabassango, Futila, Malembo e Mandarin.


ONDE COMPRAR Cabinda tem bastantes artesãos que esculpem madeira e pedra. Para os trabalhos de tecelagem utilizam ráfias, fibras de folhas de ananaseiro e outros. A escultura é muito frequente na decoração dos túmulos, que constituem um atractivo turístico, nomeadamente os túmulos dos reis de Cabinda.

PRÁTICA DE DESPORTOS Algumas praias de Cabinda são propícias para desportos náuticos e para a prática da pesca desportiva, mas a foz do rio Chiloango destaca-se dada a abundância de peixe grosso existente.

ITINERÁRIOS Situada ao norte do país, salienta-se por sua indústria petrolífera. A reserva florestal do Maiombe constitui uma das maiores atracções. Chega-se ao Maiombe, seguindo pela estrada para norte da província, passando pela localidade de Futila, L’andana, Buco-Zau e Belize. A reserva florestal é um paraíso turístico para os amantes da natureza, com uma vegetação densa e árvores de cerca de 50 metros de altura e madeiras valiosíssimas como o Pau-preto, Ébano e o Sândalo africano. Cabinda, também é famosa pela confeição de seus pratos típicos como o calulu de carne seca, de peixe e as guarnições de saca folha (folhas de mandioca), banana pão, maiaca (mandioca cozida) e chikuanga (mandioca cozida). Para visitar, existem vários locais de interesse histórico.

Circular

De avião

De barco

De carro

De autocarro/ônibus

De comboio/trem

Fale

Compre

Coma

Beba e saia

Durma

Aprenda

Trabalhe

Segurança

Saúde

Respeite

Mantenha contato

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites