Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Albânia

Da Wikitravel
Bálcãs : Albânia
Revisão das 23h48min de 29 de junho de 2011 por Sylx100 (discussão | contribs)

(dif) ← Revisão anterior | Ver revisão atual (dif) | Revisão posterior→ (dif)
Ir para: navegação, pesquisa
noframe
Localização
noframe
Bandeira
Al-flag.png
Informações Básicas
Capital Tirana
Governo Democracia em construção
Moeda Lek (ALL)
Área 28.748 km2
População 3.581.655 (est. Julho 2006)
Idioma Albanês (o tosk é o dialeto oficial), grego
Religião Muçulmanos 70%, ortodoxos albaneses 20%, católicos romanos 10%, mas apenas entre 30 e 40% da população pratica alguma religião.
Eletricidade 220-230V/50Hz
Código telefônico +355
Internet TLD .al
Fuso horário UTC +1

Albânia [1] é um país da Europa Mediterrânea. Faz fronteira com a Grécia, Macedônia, Kosovo e Montenegro.

Entenda[editar]

Embora a maioria das pessoas na Albânia seja de origem muçulmana (55-65%), segundo as pesquisas, cerca de 35% dos albaneses são agnósticos, 22% são ateus, 19% são muçulmanos, 15% são ortodoxos, 8% são católicos e 1% são de outras religiões. Casamentos mistos são muito comuns e em alguns lugares.

A cultura tradicional albanesa homenageia o papel e a pessoa do convidado. Em troca, o respeito é esperado do visitante. Os albaneses curtem as longas caminhadas pelas ruas da cidade, o café e, entre as gerações mais jovens, as atividades noturnas, como sair e dançar.

A Albânia é um país pobre para os padrões europeus.

História[editar]

Após a derrota das potências do Eixo, no final da Segunda Guerra Mundial, um governo totalitário comunista foi estabelecido, presidido pelo líder da resistência Enver Hoxha. A Albânia tornou-se famosa por seu isolamento, não apenas das democracias da Europa Ocidental, mas também da União Soviética, China e Iugoslávia. Mesmo quando a Cortina de Ferro caiu e os comunistas perderam o poder em todo o Leste da Europa, a Albânia parecia ter a intenção de manter seu rumo isolada.

Mas em 1992, vários anos após a morte de Hoxha, o partido comunista finalmente deixou o poder e a Albânia estabeleceu uma democracia multipartidária com um governo de coalizão. A transição tem sido difícil, de modo que governos corruptos têm tentado lidar com o desemprego alto, uma infra-estrutura dilapidada, o banditismo generalizado e uma oposicão política ferrenha. Alguns progressos têm sido feitos na Albânia hoje em dia, tendo como meta a integração europeia. Em junho de 2006, a Albânia assinou o Processo de Estabilização e Associação com a União Europeia, completando assim o primeiro passo importante no sentido de sua adesão ao bloco. Em 2008, a Albânia recebeu um convite para aderir à OTAN.

Clima[editar]

Com a sua costa de frente para os mares Adriático e Jônico e uma vasta região montanhosa sobre os Balcãs, o país inteiro se localiza numa latitude sujeita a uma grande variedade de padrões climáticos durante o inverno e o verão, com um elevado número de regiões climáticas para área tão pequena. As planícies costeiras têm clima tipicamente mediterrâneo e as terras altas têm um clima continental mediterrâneo. Em ambos – planícies e o interior –, o clima varia consideravelmente de norte a sul.

As planícies têm invernos amenos, com uma média de cerca de 7°C . Temperaturas médias no verão são de 24°C. Nas planícies do sul, as temperaturas médias são cerca de 5°C mais elevadas que no norte durante todo o ano.

No interior, as temperaturas são mais afetadas pelas diferenças na elevação do que pela latitude ou qualquer outro fator. As baixas temperaturas do inverno nas montanhas são causadas ​​pela massa de ar continental que domina a Europa Oriental e os Bálcãs. Ventos do norte e nordeste atingem a região na maior parte do tempo. As temperaturas médias no verão são bem mais baixas do que nas áreas costeiras e muito menor em altitudes mais elevadas, com grande variação num único dia. Durante o dia, as temperaturas máximas nas bacias interiores e vales fluviais são muito elevadas, mas as noites são quase sempre geladas.

A precipitação média é forte, resultado da convergência do fluxo de ar que predomina entre o Mar Mediterrâneo e da massa de ar continental. Geralmente chove mais onde o terreno se eleva, no planalto central. Correntes verticais formadas pela elevação do ar mediterrâneo são também a causa de trovoadas frequentes. Muitas destas tempestades são acompanhadas por fortes rajadas de ventos e chuvas torrenciais.

Regiões[editar]

Mapa da Albânia dividida por regiões


Região Costeira (Albânia)
longa faixa costeira de 10 a 30 km de largura ao longo de toda costa albanesa, banhada pelos mares Adriático e Jônico.
Nordeste (Albânia)
região do interior ao norte do rio Shkumbin, fazendo fronteira com Montenegro, Kosovo e Macedônia.
Sudeste (Albânia)
região do interior ao sul do rio Shkumbin, fazendo fronteira com a Grécia e a Macedônia, incluindo os lagos fronteiriços Ohrid e Prespa.









Cidades[editar]

  • Tirana ou Tiranë é a capital
  • Berat, ou "a cidade das mil janelas" é uma das mais antigas do país e tombada pela Unesco por sua arquitetura otomana
  • Durrës, cidade portuária no mar Adriático
  • Gjirokastër, também tombada pela Unesco, por sua arquitetura de fortes traços otomanos
  • Korçë ou Korça, situada no Sudeste, perto da fronteira com a Grécia
  • Kruje, cidade antiga e berço do herói nacional Skanderberg
  • Pogradec, cidade que vem se renovando, na beira do Lago Ohrid
  • Sarandë, famosa pelas praias
  • Shkoder, a maior cidade no Norte do país, tendo o Castelo Rozafa sua maior atração

Outros destinos[editar]

  • Alpes Albaneses
  • Riviera Albanesa
  • Butrint, importante sítio arqueológico grego
  • Bylis, segundo maior sítio arqueológico romano
  • Dhermy, praia perfeita para camping, entre Vlore e Saranda
  • Parque Nacional Lura
  • Tomorr, cadeia montanhosa no sul, perto de Berat

Chegar[editar]

  • Brasileiros não precisam de visto para estadias de até 30 dias [2]. Para além desse período, vistos devem ser requeridos na embaixada em Buenos Aires.

De avião[editar]

O aeroporto internacional Madre Teresa fica a quinze minutos do centro. É servido pela British Airways, Alitalia, Lufthansa, Austrian e pelas empresas de baixo custo Germanwings e Belle Air. Há serviço ininterrupto de táxis; uma corrida ao centro custa 2000 Leks (15€). Há ainda um ônibus a cada hora indo do aeroporto à Praça Skanderberg, no centro, por 250 Leks, das 8h às 19h.

De barco[editar]

De carro[editar]

É possível chegar ao país de carro cruzando a fronteira a partir da maioria das cidades nos países vizinhos, como:

Uma taxa de 10€/pessoa é cobrada na entrada. Após o pagamento, é emitido um "Certificado de imposto de estradas", que deve ser guardado até o momento de deixar o país, quando se devem pagar outros 2€/dia e devolver o certificado. Para entrar dirigindo, é necessária carteira internacional, registro do veículo e uma procuração do proprietário se o carro não estiver em seu nome. A polícia de fronteira é bastante exigente quanto à necessidade desses documentos.

De autocarro/ônibus[editar]

Existem ligações de autocarro pela Grécia, Macedónia e Sérvia (Kosovo). Estas ligações são feitas por agências transportadoras, não existindo uma estação central de autocarros em Tirana. Existe uma ligação diária por ônibus entre Ulcinj, em Montenegro, e Shkoder. Para entrar na Albânia pelo Montenegro, poderá também apanhar um táxi em Podgorica até fronteira e apanhar outro táxi ou mini-bus até Tirana. As principais linhas internacionais são de:

De comboio/trem[editar]

A Albânia não tem ligações internacionais por comboio.

Circular[editar]

De avião[editar]

De barco[editar]

De carro[editar]

De autocarro/ônibus[editar]

De comboio/trem[editar]

Fale[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

Aprenda[editar]

Trabalhe[editar]

Segurança[editar]

Saúde[editar]

Respeite[editar]

Mantenha contato[editar]

Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!


Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites