Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Walt Disney World

De Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa
Walt Disney World

Walt Disney World banner.jpg

Índice

O Walt Disney World [1] é um complexo de parques de diversão que agrega em sua rede de serviços muitos hotéis para turistas que pretendem visitar a Disney. O complexo é destino para todas as idades, tendo programação para todos os gostos. Ele também é destino comum de estudantes de férias, spring breaks, lua de mel, férias em família e formaturas.

Walt Disney World fica localizado no município de Bay Lake, na Florida, próxima a Orlando.Todos esses estabelecimentos são controlados pela Walt Disney Parks and Resorts, que pertence a Walt Disney Company, localizada a sudoeste de Orlando, Flórida, Estados Unidos. Muitas pessoas se referem a este empreendimento como Walt Disney World, ou Disney World, WDW, mas na maioria das vezes é chamado apenas de Disney.

O espaço foi idealizado por Walter Elias Disney e foi inagurado em 1 de outrubro de 1971, primeiramente com o parque Magic Kingdom e mais tarde foi ampliado.

Ao todo são quatro parques temáticos (Magic Kingdom, Epcto, Disney's Hollywood Studios e Animal Kingdom), dois parques aquáticos (Blizzard Beach e Typhoon Lagoon), dois centros de entretenimento e compras (Disney Springs e Disney's BoardWalk), mais de trinta hotéis temáticos e vários outros locais de entretenimento, como campos de golfe, quadras esportivas e automobilismo.

Distritos[editar]

Walt Disney World pode ser dividida em cinco distritos; um para cada parque temático e outro para o Disney Springs (antigo Downtown Disney). Vários hotéis, atrações e restaurantes se encontram neles.

  • O Magic Kingdom é o distrito do parque baseado no parque irmão mais velho encontrado na California, a Disneyland. É o parque mais visitado do mundo, com mais de 17 milhões de visitantes por ano. Possui muitas atrações para crianças, mas também algumas montanhas-russa clássicas.
  • O Epcto é uma espécie de mundo futurista perfeito. É dedicado às invenções do futuro e também à cultura mundial. Possui uma área com pavilhões dedicados à criações do homem nos campos da ciência, comunicações, espaço e conservação e outra área com representações de 11 países. Cada área possui lojas e restaurante típicos de cada país. É neste distrito também, mas fora do parque, que se encontra um centro de entretenimento chamado de Disney's BoardWalk, com vários restaurantes, lojas e opções de casas noturna.
  • O Disney's Hollywood Studios é um parque dedicado ao cinema e à televisão. Atrações ligadas aos filmes e programas de TV estão pelo parque. Também neste distrito, mas fora do parque, está o ESPN Wide World of Sports, um complexo esportivo, onde alguns grandes eventos dos EUA acontecem lá.
  • O Animal Kingdom é um parque dedicado à conservação animal. É um misto de parque com zoológico, incluindo várias espécies raras de todos os cantos do mundo. O parque aquático Blizzard Beach também está neste distrito. Este parque é todo tematizado como se fosse uma estação de esqui.
  • O Disney Springs (antigo Downtown Disney) é a maior área de entretenimento e compras do completo. Possui muitos restaurantes, as maiores lojas e até um show do Cirque du Soleil. O parque aquático "Typhoon Lagoon" também está neste distrito.

Entenda[editar]

Parada em Magic Kingdom

Todos juntos!!!

Talvez não seja surpreendente, mas os oitos parques que aparecem no ranking dos top 8 parques mais visitados do mundo pertençam à Disney. Os quartos parques temáticos de Walt Disney World estão neste top 8 (em negrito)!

Ranking Parque Público (2011)
1 Magic Kingdom 17,140,000
2 Disneyland (Anaheim, CA) 16,140,000
3 Tokyo Disneyland 13,996,000
4 Tokyo DisneySea 11,930,000
5 Disneyland Paris 10,990,000
6 Epcot 10,830,000
7 Disney's Animal Kingdom 9,780,000
8 Disney's Hollywood Studios 9,700,000

Fonte: TEA/AECOM Theme Index 2011 [2]

A coisa mais importante a se entender sobre o complexo é que ele foi desenhado para ser divertido para todo mundo. Não são comente as crianças e jovens que vão aproveitar os parques e os personagens. Adultos e idosos, solteiros e casados, com ou sem filhos, todos irão se divertir em Walt Disney World. Não é a toa que é o principal destino de estudantes em formatura, Spring Break, lua de mel e férias em família.

Se tiver filhos, também irá aproveitar os parques pelos olhos dos filhos, sendo uma diversão conjunta para toda a família.

São necessários vários dias para aproveitar o Walt Disney World. No mínimo, um dia para cada parque temático. Para visitar todas as atrações em períodos de pico, como no verão, pode ser necessário 3 dias para os maiores parques, como Magic Kingdom. Com tanta coisa a se fazer e tantas mudanças todos os anos, é um destino para ser visitado várias vezes ao longo da vida.

História[editar]

Em 1959, Walt Disney Productions procurava um lugar para seu segundo parque (o primeiro era a Disneylândia, em Anaheim, California), que havia sido aberto em 1955. Pesquisas de mercado revelaram que somente 5% dos visitantes da Disneylândia vinham da região leste dos Estados Unidos, onde 75% da população se concentrava na época. Além disso, Walt Disney não gostou do negócio que foi criado nas áreas ao redor do parque e buscava algo maior, que pudesse controlar uma área mais ampla e tivesse maior autonomia.

Walt Disney voou sobre a região de Orlando, na Florida em novembro de 1963 e viu uma boa malha viária já construída na época, incluindo a Interstate 4 e a Florida Turnpike. Também já possui um aeroporto na região e então Disney escolheu uma região central no estado, próximo a Bay Lake. Para evitar especulação imobiliária, a Walt Disney Company usou corporações com nomes fantasia para adquirir 11.106 hectares de terra. Após a venda dos terrenos, os antigos donos ficaram felizes de vender suas terras, já que não valiam muito na época e era basicamente um terreno pantanoso, sem futuro econômico.

Rumores na época era de que as terras estavam sendo compradas para ampliação do Kennedy Space Center. Uma notícia do jornal Orlando Sentinel, em maio de 1965 ligava as compras à Disney, mas Walt Disney negava a afirmação do jornal. Em outubro de 1965, Emily Bavar, um editor do jornal Sentinel, visitou a Disneylândia na celebração dos 10 anos do parque e perguntou à Disney novamente sobre as terras da Florida, quando Disney negou mais uma vez.

Walt Disney planejou revelar o projeto do segundo completo em 15 de novembro de 1965 e o Orlando Sentinel havia confirmado naquela semana com o governador da Florida, Haydon Burns que seria revelado a maior atração da história da Florida. Disney e Burns se juntaram para revelar oficialmente o projeto da Disney World em 15 de novembro de 1965.

Walt Disney faleceu vítima de câncer em dezembro de 1966, antes do seu projeto vir ao mundo. Seu irmão e parceiro, Roy Disney, postergou sua aposentadoria para liderar a construção da primeira fase do complexo.

Em 2 de fevereiro de 1967, Roy Disney anunciou em uma conferência de imprensa na Florida a visão de Epcot de seu irmão. Ele afirmou que o complexo seria formado por duas cidades (Bay Lake e Reedy Creek, hoje Lake Buena Vista) e que seria a comunidade do futuro, com próprias leis e regras. O acordo com o governo da Florida já havia sido assinado em maio de 1967. A Suprema Corte da Florida regulou a lei em 1968 e então o distrito passou a ter algumas autonomias, como sua própria corporação de polícia e bombeiros.

O distrito então começou a ser construído pelo canais de drenagem e Disney construiu a primeira rodovia do complexo. O Contemporary Resort, o Polynesian Village e o Fort Wilderness foram também os primeiros hotéis construídos, sendo inaugurados em 1º de outubro de 1971. O Palm and Magnolia golfe foram abertos algumas semanas depois. Na abertura do parque, Roy Disney declarou que o complexo se chamaria "Walt Disney World", em homenagem a seu irmão. Em suas próprias palavras: "Todos escutaram sobre os carros de Ford. Mas alguém escutou sobre Henry Ford, quem começou tudo isso aí? Walt Disney World é a memória de um homem que começou tudo isso, então as pessoas saberão seu nome enquanto Walt Disney World estiver aqui". Após a dedicatória, Roy Disney perguntou à viúva de Walt Dsney, Lillian, o que ela achava do complexo. De acordo com o biógrafo Bob Thomas, ela respondeu "Eu acho que Walt aprovaria". Roy morreu em 20 de dezembro de 1971, menos de três meses após a abertura do parque.

Muito dos planos de Walt Disney da cidade do futuro foram abandonados depois de sua morte. A empresa decidiu não continuar com a ideia de uma cidade autônoma. O conceito de parques temáticos e resorts foram seguidos. A utópica cidade foi transformada no parque Epcot em 1982, sendo a cidade do amanhã. O terceiro parque, Disney MGM Studios (renomeado para Disney's Hollywood Studios em 2008), abriu em 1989, inspirado no show business. O quarto e último parque temático foi aberto em 1988, o Disney's Animal Kingdom.

Clima[editar]

A maior parte dos turistas visitam Orlando entre junho e agosto, tendo um segundo pico de visitantes entre março e abril. Ironicamente, os momentos com o melhor clima para vistar a cidade são nas épocas menos visitadas e mais tranquilas. Durante o verão americano (junho a setembro), os parques são cheios, devido às férias escolares do mundo todo. O clima na cidade é o subtropical e, portanto, muito úmido. Tempestades durante a tarde são frequentes nos meses mais quentes, embora possa ocorrer também nos outros períodos com menor frequência.

Climate Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Máxima diária (°C) 22 23 25 28 31 33 34 34 32 29 25 23
Mínima noturna (°C) 10 11 13 16 19 23 24 23 22 18 13 11
Precipitação (mm) 2.1 3.1 3.5 2.6 3.0 6.5 8.1 7.5 6.8 3.9 1.7 2.1

Muitos dizem que a região central da Florida possui apenas duas estações: quente e muito quente. Orlando é quente na primeira, verão e outono, com muitas tempestades no verão. O inverno não é tão rigoroso, sendo agradável durante o dia, com noites mais frias.

  • A primavera em Orlando tem picos de 27ºC entre março e abril, chegando a 32ºC em maio. A estação é seca e é a estação mais rara para se pegar chuva na região. Por ser tão seco, é normal algumas queimadas nas florestas (não afetando as atrações turísticas). Março e abril são ótimos meses para se visitar a cidade, com dias sem chuva, céu claro e calor não insuportável quanto o do verão. Já no fim de maio e começo de junho, são as piores épocas, com a temperatura já bem alta e com mais chuvas.
  • O verão começa e as tempestades também. As temperaturas chegam facilmente a 32ºC perto do meio dia e as mínimas são 23ºC a noite. Devido à proximidade da costa, os dias são úmidos e chove quase todo dia. As chuvas geralmente são rápidas e ajudam a refrescar o calor.
  • O outono varia de ano para ano. As tempestades são mais raras a partir de outubro e as temperatudas ficam entre 29ºC e 24ºC. Mais para o fim da estação, pode chegar a 12ºC a noite.
  • O inverno é muito parecido com o fim do outono, com máximas na casa dos 24ºC e mínimas de 12ºC. Com algumas frentes frias, pode chegar a 5ºC em alguns dias isolados da estação. Neve é coisa rara na região, acontecendo a cada 4 ou 5 anos, misturada com chuva.

Quando visitar[editar]

Há épocas do ano em que os parques estão relativamente vazios e outras muito cheios. Obviamente, os períodos de férias escolares são os mais lotados, principalmente no verão do hemisfério norte. Durante o inverno, algumas atrações que molham e os parques aquáticos podem não ser boas opções, mesmo a região não fazendo um frio extremo, como outras partes dos EUA.

O período de março a abril é muito cheio também, por ser a época de Spring Break nos EUA.

Os meses de maio, setembro e outubro costumam ser os mais vazios. Além disso, o clima nestes meses é bom, não sendo nem tão frio nem tão calor e com pouca chuva.

Há épocas do ano em que a Disney prepara eventos especiais, como o Natal, que começa no começo de novembro e vai até o fim do ano; o Halloween, que começa em setembro e vai até o fim de outubro. Também há festivais menores, como o Epcot Flower & Garden, em que a decoração do Epcot fica toda florida e também o festival Epcot Food and Wine, em que várias opções de comida e bebida do mundo todo (não só dos 11 países permanentes de Epcot) estão a disposição dos visitantes. Em maio e junho também ocorre o evento de Star Wars nos fins de semana de Disney's Hollywood Studios.

Natal em Magic Kingdom

Se suas férias são flexíveis, planeje chegar na quinta-feira, já que sexta e sábado são dias de transição para a maioria, logo os parques costumam ser mais vazios. Domingo e segunda-feira são geralmente os primeiros dia de parque e a maioria opta por ir ao Magic Kingdom, logo evite este parque neste dois dias, se puder.

Também é prudente colocar um dia de descanso a cada dois dias de parque, principalmente se estiver com crianças pequenas, já que se anda muito nos parques e o cansaço do 3º dias faz com que não se aproveite a totalidade do parque.

Reservas de Fast Pass (sistema para "furar fila" da Disney) podem e devem ser feitas com antecedência. É possível reservar até 3 meses antes da viagem para hóspedes Disney e 2 meses antes para não hóspedes. Tudo é feito pelo site da Disney.

Magic Band[editar]

Ficheiro:DisneyMagicBand.png
Disney Magic Bands

O sistema de Magic Band foi implantada em 2014 em Walt Disney World. Com ele, é possível planejar toda a sua viagem e utilizá-lo para vários serviços dentro da Disney.

As pulseiras são oferecidas gratuitamente para hóspedes dos hotéis Disney em versões coloridas. É possível escolher a cor até 30 dias antes da viagem pelo site oficial. Para os não hóspedes, é possível comprá-las nas lojas do complexo.

Ela pode ser usada para:

  • Ingresso dos parques: na entrada do parque, basta aproximar a pulseira do leitor e pronto!
  • Chave do hotel: para abrir a porta do quarto, basta aproximar a pulseira do leitor na porta
  • Pagamento: se associada com o cartão de crédito, nas compras dentro do complexo, basta mostrar a pulseira ao funcionário e digitar uma senha de 4 dígitos. O valor cairá automaticamente no cartão de crédito
  • Fast Pass (leia mais no próximo item): é possível reservar com 3 (para hóspede) ou 2 (para não hóspedes) meses de antecedência e, na entrada da atração, basta aproximar a pulseira do leitor
  • Reserva de restaurantes: use a pulseira para confirmar as reservas feitas anteriormente via internet

Fast Pass[editar]

Fast Pass é o sistema da Disney para furar fila das atrações. O visitante pode agendar com antecedência de até 3 meses (para hóspedes do hotel Disney) ou 2 meses (não hóspedes) até 3 atrações por parque. É possível escolher quais atrações e quais horários você deseja visitar e então é só chegar na atração e pegar uma fila muito mais curta. Após usar a 3ª atração reservada, é possível agendar uma outra nos totens localizados nos parques. Também é possível reservar lugares vips nas atrações em forma de shows.

Fale[editar]

O inglês é a língua oficial dos Estados Unidos, portanto o idioma oficial dos parques. Porém, muitos funcionários dos parques são estrangeiros e falam outras línguas. Cada funcionário possui um broche no peito com a bandeira dos países representando os idiomas que eles sabem falar.

Os parques também possuem centros de informações na entrada com funcionários que falam os idiomas mais comuns, o que inclui o português. Procure placas indicando "Guest Relations" para encontrar estes locais.

Algumas atrações possuem a opção chamada Disney's Ears to the World, que é uma áudio em vários idiomas disponíveis, como o português, sendo possível traduzir simultaneamente as atrações em que o diálogo é importante para a melhor diversão, principalmente usada em show ao vivo. Este equipamento deve ser alugado por $25 e o dinheiro é devolvido ao retorná-lo na saída.

Mapas dos parques também estão disponíveis em português na entrada dos parques.

Para visitantes por dificuldades visuais, serviços de voz e Braille também estão disponíveis no Guest Relations.

Chegar[editar]

De avião[editar]

O Orlando International Airport (IATA: MCO, [3]) é o principal aeroporto da cidade, localizado no sudeste de Orlando. Do Brasil, há voos pela TAM, Gol, Azul, United, American Airlines, Delta, Copa, Avianca e Us Airways. Voos diários para a Europa são oferecidos pela Virgin Atlantic, British Airways, Lufhtansa. Há outras companhias que conectam à Europa com menor frequencia.

Há muitas opções de translados que levam o visitante do aeroporto para o centro de Orlando ou até para outras cidades próximas. O transporte público de MCO até o centro da cidade é oferecido pela empresa Lynx, mas o serviço é demorado. Para hóspedes dos hotéis de Walt Disney World, existe a opção de um translado exclusivo da Disney, chamado de Disney Magical Express, que leva o turista gratuitamente do aeroporto até seu hotel. Para voos domésticos (apenas os domésticos), a Disney oferece o serviço de coletar a bagagem na própria esteira do aeroporto e entregar dentro do quarto, também de forma gratuita. Uma reserva com antecedência é necessária pelo telefone ou no site da Disney. Várias empresas de aluguel de carros estão instaladas no aeroporto ou então a poucos minutos, com a opção de vans gratuitas para buscar e levar os clientes do aeroporto até a loja.

Um aeroporto secundário também está presente na cidade. É o Orlando-Sanford International Airport (IATA: SFB, [4]), localizado ao norte da cidade. Algumas companhias menores usam este aeroporto. Ele possui menos opções de aluguel de carro e translados. O serviço da Disney não está presente neste aeroporto.

O Aeroporto Internacional de Miami fica à 320 km (200 mi) da cidade. Muitos voos da América Latina chegam neste aeroporto e é possível chegar a Orlando em 3-4 horas de carro.

O complexo Disney fica a cerca de 30 minutos do centro de Orlando, de carro.


De autocarro/trailer/ônibus[editar]

ATC Buses, 3916 Scotsboro Ct, [5]: oferece transporte de ônibs do aeroporto internacional de Orlando até Port Canaveral Cruises e alguns hotéis de Orlando.

Runways Transportation Company, Orlando International Airport, Terminal A, Level 1, Spaces A15-A16, [6]: oferece translados do aeroporto internacional de Orlando até o centro da cidade e também à outras grandes cidades, como Jacksonville.

De carro[editar]

Dirigir até Orlando é a melhor opção a se considerar, já que as atrações são espalhadas pela região e a malha viárias é bem completa e segura. Considere pedágio para sair do aeroporto até o centro de Orlando. Mesmo estrangeiros não tem dificuldade em dirigir na Florida.


Circular[editar]

De carro[editar]

O carro é sem dúvida a melhor e mais fácil maneira de se locomover em Orlando. As atrações são distantes uma das outras e o meio é o melhor também para carregar as compras. As estradas e ruas são fáceis de se dirigir. Em horas de pico, pode haver transito em algumas vias (Orlando já foi considerada a 8º cidade mais congestionada dos EUA). Ao alugar o carro, veja se já vem com GPS. É possível alugar um aparelho ou então comprá-lo na cidade por menos de 100 dólares. Também é possível usar o GPS do celular, caso seu plano de dados funcione nos EUA ou então utilize um sistema offline de GPS, como o Sygic).

Estações de combustível estão espalhadas pela cidade e, diferentemente do encontrado em países como o Brasil, o próprio cliente é quem abastece o carro e paga na própria estação de combustível ou então dentro da loja de conveniência.

Há uma loja de aluguel de carro dentro do complexo Disney, de onde os hóspedes dos hotéis podem facilmente reservar da recepção e o carro é entregue no próprio hotel.

De autocarro/ônibus[editar]

O sistema público de transporte em Orlando é operado pela empresa LYNX. Aproximadamente 60 rotas servem a região e custam $2 por trajeto (em nov/2015). Há pouca frota de veículos, portanto os ônibus demoram a passar e, de um hotel no centro até um parque, é possível levar até 2 horas para o percurso.

De táxi[editar]

Há muitos táxis espalhados pela cidade, centros comerciais, hotéis e parques. Eles podem ser caros, mas são uma boa opção para quem não pode ou não quer dirigir. São eficazes e seguros.

ingressos[editar]

Atenção: compra de ingressos online

Muitos ingressos comprados online por sites não oficiais podem ser falsos e serão rejeitados na entrada do parque. Além disso, alguns ingressos para serem usados em vários dias podem já estar parcialmente usados, o que impossibilitará o visitante a usufruí-lo como esperado. Segundo as políticas da Disney, os ingressos não são transferíveis. Se vai comprar ingressos online, compre do site oficial da Disney ou de vendedores autorizados.

Os ingressos dos parques são relativamente caros. Eles são vendidos em vários níveis. O básico é o Magic Your Way que cobre a visita de um parque por dia. Para um único dia, o ingresso do Magic Kingdom é mais caro e o dos outros 3 parques temáticos tem o mesmo preço entre eles. Para mais de um dia, o valor é indiferente para quais parques você visitará, logo, se comprar ingressos para 4 dias, por exemplo, você pode ir um dia em cada parque, ou 4 dias no Magic Kingdom, ou 2 no Epcot e 2 no Animal Kingdom. Você compra a quantidade de dias e é livre para visitar quais parques desejar, o tanto que seja um único por dia. Também há um limite para usar todas as diárias em até 14 dias do primeiro parque, logo, se visitar o primeiro parque no dia 5 de um mês por exemplo, terá até o dia 19 deste mês para esgotar suas entradas. Quanto mais dias comprar, obviamente, mais barato fica a diária adicional. Crianças abaixo de 3 anos não pagam ingresso.

Há a opção de adicionar o chamado Park Hopper, que é uma opção que permite visitar mais de um parque por dia. Assim, você mantem o número de dias que comprou, mas tem a opção de visitar mais parques no mesmo dia, pagando mais por isso, como previsto. Esta opção só é boa se tiver muito pouco tempo para a viagem e for em meses mais vazios, já que o mínimo a se passar num parque é um dia completo.

Outra opção extra é o Water Park Fun & More, que dá direito a entrada aos dois parques aquáticos por um período de dias igual ao da sua reserva principal, exceto se reservar somente um único dia, pois aí você poderá ir dois dias nos parques aquáticos. Exemplo: se reservar 4 dias de parque + opção "Water Park Fun & More, terá direito a 4 dias de parques temáticos + outros 4 dias de parques aquáticos.

O Disney Springs (antigo Downtown Disney) e Disney's BoardWalk são gratuitos para todos.

Outras opções para residentes da Florida e passes anuais também estão disponíveis.

Os preços abaixo estão em dólares e são de março de 2014. Consulte o site oficial da Disney para os preços atuais e também verificar se há promoções. Em baixas temporadas, há promoções de ingressos, incluindo até diárias grátis a partir de 5 dias. É necessário incluir o imposto de 6,5% nestes valores:

"Magic Your Way" Preços online
Dias 10+ anos 3-9 anos (grátis para <3 anos)
Total Por Dia Total Por Dia
1 (Magic Kingdon) $99 $99.00 $93 $93.00
1 (outro) $94 $94.00 $94 $88.00
2 $188 $94.00 $175 $87.50
3 $274 $91.4 $255 $85.00
4 $294 $73.50 $274 $68.50
5 $304 $60.80 $284 $56.80
6 $314 $52.34 $294 $49.00
7 $324 $46.29 $304 $43.43
8 $334 $41.75 $314 $39.25
9 $344 $38.23 $324 $36.00
10 $354 $35.40 $334 $33.40


Circule[editar]

Mapa de Walt Disney World Resort

Circular por Walt Disney World é simples e divertido. Você pode andar a pé ou usar o transporte público gratuito oferecido pela Disney, seja via ônibus, barco ou monotrilho. Na maioria dos casos, há trajetos diretos e sem paradas. Todos os meios de transportes são acessíveis à cadeira de rodas. Se estiver viajando de carrinho de bebê, deve-se tirar a criança do carrinho para entrar nos veículos.

A pé[editar]

Um mundo novo

Walt Disney World e o Google Earth criaram um mapa virtual 3D do resort. Todos os quatro parques temáticos e mais de 20 hotéis estão mapeados em 3D e é possível visitá-los virtualmente pelo Google Earth. É uma maneira muito divertida de iniciar a viagem ainda de casa, além de já conhecer os cantinhos da Disney.

Em alguns lugares, caminhar é mais prático que outros meios de transportes. Os hotéis do distrito de Epcot e Hollywood Studios são próximos dos parques, sendo esta a melhor forma de ir e vir até estes 2 parques temáticos. Os hotéis luxuosos de Magic Kingdom permitem ir de monotrilho ou barco para o parques.

De qualquer hotel é possível pegar um ônibus e ir direto sem escalas até um parque temático, aquático ou para Disney Springs. Para ir de um parque até Disney Springs, é necessário ir até a um hotel qualquer e dele ir até Disney Springs.

Carrinhos de bebê, cadeiras de roda e veículos de transporte elétrico (ECVs) estão disponíveis para aluguel nos parques. Todas as atrações possuem áreas para estacionar e guardar os carrinhos de bebê.

Ônibus[editar]

Ônibus da Disney

Se você não estiver de carro, este será seu principal meio de transporte no completo. Ele conecta qualquer lugar e a frequência é alta. É possível chegar de qualquer lugar a outro em até 15 minutos. A frequência varia conforme o dia e horário, mas em momentos de pico, como abertura e fechamento dos parques, costumam passar a cada 5-10 minutos. Muitas placas indicativas estão dispostas pelos parques e hotéis para não deixar ninguém perdido. Além disso, muitos funcionários estão à disposição para ajudar a todos.

Para ir ao BoardWalk, é necessário ir até um parque temático, em seguida, ir até Hollywood Studios ou Epcot e então ir a pé ou de barco até o local.

As estações são sempre próximas às entradas dos parques e hotéis.

Por monotrilho[editar]

Monotrilho da Disney

O monotrilho de Walt Disney World é uma atração a parte. Eles conectam alguns hotéis luxuosos da área de Magic Kingdom aos parques Magic Kingdom e Epcot. Além disso, levam visitantes do estacionamento de carros de Magic Kingdom a este parque.

Há três linhas de monotrilho:

  • Express: leva do TTC (Transportation and Ticket Center, o estacionamento de Magic Kingdom) ao parque, sem parar nos resorts.
  • Resort: leva visitantes de alguns hotéis à Magic Kingdom e Epcot.
  • Epcot: leva de Epcto até o TTC. Também passa pelo meio do parque (sem parar), de onde é possível ter uma bela visão do parque.

De barco[editar]

Algumas opções de barco também estão disponíveis no complexo, principalmente ao redor do distrito de Epcot.

  • De Magic Kingdom até o TTC (Transportation and Ticket Center, estacionamento de Magic Kingdom) e a alguns hotéis próximos.
  • De Epcot e Disney's Hollywood Studios a alguns hotéis próximos, bem como a BoardWalk.
  • De Disney Springs a alguns hotéis.

De carro[editar]

Se for se hospedar no complexo Disney, um carro não é necessário, ao menos que vá para outros parques ou atrações fora da Disney. Se estiver em um hotel fora da Disney, um carro é muito recomendável.

Todos os parques possuem estacionamento pago para não hóspedes. Hóspedes de carro, podem parar nos parques gratuitamente, apesar de ser mais recomendado ir de transporte público, pela praticidade.

O complexo é grande, mas fácil de cicular, já que é bem sinalizado. Os estacionamentos são enormes e pequenos bondes ou trenzinhos levam os visitantes do estacionamento à entrada dos parques. É fortemente recomendado anotar o local em que estacionou o carro. Não raro as pessoas passam o dia todo no parque e acabam esquecendo onde pararam o carro. Eles são realmente gigantes!

Os estacionamentos de Disney Springs são gratuitos.

Alugar[editar]

Algumas agências de locação de carro estão situadas dentro de WDW. Basta falar na recepção do hotel e eles o colocam em contato com a agência e o carro é entregue para você na porta do hotel:

  • Alamo e National, ambas do mesmo dono e em 3 lugares:
    • WDW Car Care Center (próximo à Magic Kingdom), +1 407 824-3470
    • Walt Disney World Dolphin Hotel, +1 407 934-4930
    • Buena Vista Palace (em Disney Springs), +1 407 827-6363
  • Avis no hotel Hilton. +1 407 827-2847
  • Budget no Doubletree Hotel. +1 407 827-6089
  • Dollar no Regal Sun Resort. +1 407 583-8000
  • Hertz Shades of Green hotel. +1 407 938-0600
  • U-Save no Best Western hotel. +1 407 938-9585

Combustível[editar]

Há três estações em Walt Disney World. Elas costumam ter preço mais elevado que o combustível na cidade.

Visite Orlando Gas Prices [7] para encontrar o preço dos combustíveis.

Estacionamento[editar]

Os estacionamentos nos quatro parques temáticos custam $14 (preços em 2015) para veículos pequenos, $15 para veículos grandes. São gratuitos para hóspedes dos hotéis Disney. Eles são enormes e divididos em áreas de personagens. Anote onde parou para não esquecer na volta. Ao passar o dia todo se divertindo, é fácil esquecer o local no fim do dia.

Nos dois parques aquáticos e em Disney Springs, os estacionamentos são gratuitos.

Valet estão disponíveis em hotéis de luxo por $12.

Veja[editar]

Parques Temáticos[editar]

Os quatro parques temáticos de Walt Disney World são as principais atrações daqui. Cada parque tem sua própria característica, mas em todos uma coisa é certa: qualquer pessoa irá voltar a ser criança e se divertir o tempo todo!

Todos possuem dezenas de atrações, lojas, restaurantes e shows. Os parques também são divididos em terras, sendo cada uma temática e com características singulares.

Use e abuse do Fast Pass na sua visita. E nunca subestime o tamanho dos parques. Eles são enormes e é necessário um dia, no mínimo, para conhecer cada um deles.

Magic Kingdom[editar]

Castelo da Cinderella, Magic Kingdom

O Magic Kingdom é o principal parque do complexo e também do mundo, sendo o mais visitado, com média anual de mais de 17 milhões de visitantes. Ele foi baseado na Disneyland da California. Suas terras estão organizadas em torno do Castelo da Cinderella. Começando da entrada e em sentido horário temos as terras: Main Street USA, Adventureland, Frontierland, Liberty Square, Fantasyland e Tomorrowland.

O parque é o mais antigo do complexo (aberto em 1971) e amado por todos, principalmente por crianças. Adultos que prefiram atrações mais radicais podem preferir outros parques, mas sem dúvida nenhuma, irão se encantar com a magia de Magic Kingdom. O parque também possui algumas atrações um pouco mais adultas (nem pouco radicais), como Space Montain e Big Thunder Railroad.

As filas em Magic Kingdom são enormes o ano todo, mas são ainda maiores nos meses de férias escolares. O Fast Pass é obrigatório em algumas atrações mais concorridas, para evitar 2 a 3 horas de filas. Inúmeras opções de restaurantes, lojas, encontro com personagens paradas e shows acontecem no parque durante o dia todo.

Procure chegar cedo e ficar até o final para curtir o máximo possível. Mesmo em dias mais vazios, é impossível conhecer tudo em um só dia, logo, se planeje antes de sair de casa para priorizar as atrações a serem visitadas.

Importante também é pega o guia de horário de shows (Timeguide) na entrada do parque. Como o parque é repleto de paradas e shows ao vivo, você precisa do guia para ter os horários atualizados dos eventos e não perder nada!

O show de fogos de artifício e de luzes no fechamento do parque também é imperdível e ficar até o fim é mandatório, mesmo que um esforço extra dos pequenos seja necessário.

Chegue[editar]
De carro ou translado do hotel[editar]

O Magic Kingdom é o parque mais ao norte do complexo. Pegue a World Drive norte até o imenso estacionamento que fica a 1,5 km ao sul da entrada do parque. Sem problemas, depois de parar o carro e anotar onde estacionou (importante anotar para não esquecer ao fim de um dia cheio de diversão), pegue um bonde que passa pelo estacionamento e te leva ao Transportation and Ticket Center (TTC). Você estará agora a um lago de distância da entrada do parque, é o lago Seven Seas Lagoon. Não é preciso nadar para chegar até lá, basta tomar um barco ou o famosos monotrilho para te levar do TTC até a entrada de Magic Kingdom. Não se preocupe com a grande quantidade de coisas a se fazer, tudo é muito bem sinalizado. O monotrilho também passará por dentro do hall do luxuoso hotel Disney's Contemporary Resort.

O preço do estacionamento é $ 14,00 (em 2015), mas hóspedes dos hotéis Disney podem estacionar de graça.

Com transporte Disney[editar]
Monotrilho chegando no hall do hotel Contemporary Resort.
Dos resorts da área de Magic Kingdom[editar]

O monotrilho é a melhor opção para estes hotéis. O monotrilho viaja em sentido horário pelo lago Seven Seas Lagoon, parando dentro do hotel Contemporary, e então no TTC, hotel Polynesian, e no hotel Grand Floridian, voltando Magic Kingdom. Do Contemporary, também pe possível ir a pé

Os hotéis Fort Wilderness e Wilderness Lodge não estão na rota do monotrilho, então, para estes dois hotéis, deve-se usar o ônibus da Disney.

Além disso, de todos estes hotéis, com exceção do Contemporary, há a opção de ir de barco.

De outros hotéis da Disney[editar]

Das outras áreas, a opção é usar os ônibus que saem da frente do hotel e te deixaram na frente da entrada do parque. Não é no TTC, é bem na frente da entrada do parque mesmo.

Dos hotéis de Epcot, também é possível pegar o monotrilho que te deixa em TTC e aí pegar outra linha de monotrilho ou então o barco.

De Disney Springs não há ônibus direto, portanto é necessário pegar um ônibus até qualquer hotel e então deste hotel se dirigir até Magic Kingdom. A melhor opção é ir até o Saratoga Springs ou um outro hotel da área MAgic Kingdom que tenha monotrilho.

Circule[editar]
Mapa de Magic Kingdom

Ao entrar no parque, você estará na Main Street USA, onde há inúmeras lojas e restaurantes. Ao fim desta avenida está o Castela da Cinderella. Da praça do castelo você pode acessar as outras terras que ficam em torno dela (amplie mapa ao lado).

Começando pela esquerda e indo em sentido horário temos as terras: Adventureland, Frontierland, Liberty Square, Fantasyland e Tomorrowland.

Se não deseja andar muito, há um trenzinho que roda pela parte mais de fora do parque com 3 estações: uma em Main Stree (próxima a entrada), uma em Frontierland (próxima ao Splash Montain) e outra em Fantasyland.

Veja e faça[editar]

O Magic Kingdom possui muitas atrações parecidas à do seu irmão mais velho Disneyland, na California e também de outras parque Disney fora dos EUA.

Fast Pass está disponível para quase todas as atrações deste parque. O ideal é reservá-los com antecedência de casa e os mais concorridos são: Seven Dwarfs Mine Train, Space Montain, Splash Montain, Big Thunder Montain Railroad e os para encontro e foto com personagens. Estas atrações costumam ter 1 a 2 horas de filas normal, logo o Fast Passa pode te ajudar muito.

Atenção também aos horários dos shows e paradas. O Times Guide que você pega na entrada do parque (disponível em português também) é o seu maior aliado para não perder nenhuma atração e se planejar melhor.

Chegue antes da abertura do parque

Além de pegar menos filas na abertura do parque, um show na entrada do parque ocorre todos os dias, 15 minutos antes do horário oficial de abertura. Neste show, Mickey e seus amigos darão as boas vindas aos visitantes com muita música.

Também é possível usar o aplicativo de celular My Disney Experience para ver o tamanho das filas do parque todo em tempo real. Como todos os parques Disney possuem wi-fi grátis para todos, você poderá acessá-lo tranquilamente do seu smartphone.

O símbolo Stop hand.png indica atrações com restrições de saúde. Veja seção mais abaixo para mais informações.

Main Street, U.S.A.[editar]

Modelada a partir de uma cídade do interior típica dos EUA no início do século XXX, a rua principal de Magic Kingdom é uma via que liga a entrada do parque ao Castelo da Cinderella. Os serviços básicos, como o Guest Relations, se encontram aqui também. Muitas lojas e coisas para comer também estão aqui. Poucas atrações nesta área, mas muitas fotos com certeza serão tiradas aqui.

  • Harmony Barber Shop: por $19 um adulto ou $15 uma criança, é possível cortar o cabelo dentro de Magic Kingdom. É uma barbearia no estilo clássico. Em alguns momentos do dia, os barbeadores cantam na frente da entrada. Muitos pais levam os filhos para o primeiro corte de cabela neste local.
  • Main Street Vehicles: ande de carruagem da Cinderella pelas ruas de Magic Kingdom.
  • Town Square Theater: Cinema que exige filmes clássico da Disney.
  • Sorcerers of the Magic Kingdom: jogo interativo pelo parque para crianças.
  • Walt Disney World Railroad: estação do trem interno do parque próximo a entrada.


Adventureland[editar]

Adventureland foi inspirado na era Victoriana e os contos locais. A decoração envolve floresta e aventuras na África..

  • Enchanted Tiki Room: aves robóticas fazem o show nesta clássica atração.
  • Jungle Cruise: faça um passeio de barco pelos rios africanos e veja animais robóticos.
  • "The Magic Carpets of Aladdin: viaje nos tapetes de Aladdin em uma atração clássica com algumas versões semelhantes neste e outros parques.
  • Pirates of the Caribbean: atração que inspirou o filme (isso mesmo, o filme veio depois da atração), onde o visitante passeia de barco por meio de piratas de robô. Após o lançamento do filme, há um boneco de Jack Sparrow na atração.
  • Swiss Family Treehouse: uma casa na árvore de verdade.


Frontierland[editar]

Frontierland celebra o oeste dos EUA do século XIX. Atrações inspiradas dos livros de Mark Twain estão nesta área.

  • Big Thunder Mountain Railroad: mini montanha russa em que você entra em um trem desgovernado em uma mina. Stop hand.png
  • Country Bear Jamboree: show de ursos robóticos com muita música.
  • Splash Mountain: entre num barquinho e passeie por personagens robóticos. No final, uma queda d'água de 50 metros molhará todo mundo. Atenção para os dias frios. Stop hand.png
  • Tom Sawyer Island: ilha no meio de um lago onde crianças podem brincar e se aventurar. É necessário pegar um barquinho para atravessar o lago e chegar na ilha.
  • Walt Disney World Railroad: estação de trem interna do parque.


Liberty Square[editar]
Liberty Square Riverboat.

Área dedicada a história americana. É a menor área do parque.

  • Hall of Presidents: bonecos robóticos de todos os presidentes americanos contam a história do país.
  • Haunted Mansion: casa mal assombrada, mas muito mais divertida do que de dar medo. Entre em um carrinho e veja fantasmas se divertindo. Há um efeito especial muito divertido no final.
  • Liberty Square Riverboat: entre num legítimo barco a vapor e passeie pelos rios americanos.


Fantasyland[editar]

Área mais infantil do parque, com atrações dedicada aos contos de fada. Adultos também irão virar criança e se divertir aqui. Em 2012 passou por grande reforma, mudando quase que completamente as atrações.

  • It's a Small World: passeie de barco por personagens que representam pessoas do mundo todo. Uma música característica irá grudar na sua cabeça depois desta atração.
  • Mad Tea Party: brinquedo clássico das xícaras que giram e deixam todos tontos.
  • The Many Adventures of Winnie the Pooh: passeie pelos cenários e viva as aventuras do desenho do Pooh e seus amigos.
  • Mickey's PhilharMagic: cinema 4D do Mickey e sua turma. Muito legal e emocionante.
  • Peter Pan's Flight: entre num barco a vela e passeie pela Londres do filme de Peter Pan.
  • Prince Charming Regal Carrousel: carrossel clássico pintado com tinta folhada a ouro de verdade.
  • Enchanted Tales with Belle: veja um show ao vivo da história da Bela e a Fera.
  • Under the Sea - Voyage of the Little Mermaid: história contada ao vivo por Ariel sobre a Pequena Sereia.
  • The Barnstormer Featuring the Great Goofini: montanha russa para crianças.
  • Casey Jr. Splash 'N' Soak Station: nos dias quentes, entre aqui e se molhe todo.
  • Dumbo the Flying Elephant: atração clássica em que você sobe no Dumbo e voa em círculos. Atração reformada em 2012 e agora a fila é virtual.
  • Pete's Silly Sideshow: entre aqui e conheça personagens Disney.
  • Walt Disney World Railroad: estação do trem interno do parque.


Tomorrowland[editar]
A futurista Space Mountain

Área dedicada ao futuro. Em 2015 foi lançado filme baseado nesta área com nome Tomorrowland.

  • AstroOrbiter: mais uma atração de ficar girando. Suba num foguete e passeie em círculos. Uma bela visão do parque daqui.
  • Buzz Lightyear's Space Ranger Spin: ajude Buzz a enfrentar seus inimigos numa guerra de laser.
  • Carousel of Progress: show mais antigo de todos, mostra a evolução da tecnologia nas cadas americanas.
  • Monsters, Inc. Laugh Floor: show de comédia do Monstros. Pode interagir com pessoas da plateia.
  • Space Mountain: montanha russa no escuro. Stop hand.png
  • Stitch's Great Escape!: ajude a pegar Stitch que escapou da prisão. Pode assustar crianças por ser no escuro.
  • Tomorrowland Speedway: carrinho que as crianças podem dirigir. Eles ficam presos em um trilho, portanto não há perigo de acidentes. Stop hand.png
  • Tomorrowland Transit Authority PeopleMover: faça um tour por tomorrowland neste carrinho que passeia por esta terra. Excelente para ir depois do almoço.


Espalhado pelo parque[editar]
Show de fogos "Wishes"

Paradas e show acontecem durante o dia todo espalhados pelo parque. Use o Times Guide para se guiar e não perder nada. Também são excelentes para uma pausa de descanso. A maior parte deles dura cerca de 15 minutos.

Nas paradas e shows noturnos, procure chegar cedo, já que os melhores lugares ficam ocupados com 1 hora de antecedência.

As atrações não costumam parar nos momentos das paradas. Logo, se não quiser assistir, é uma boa hora para ir nas atrações mais concorridas e não pegar fila.

As paradas saem da entrada principal do parque, em Main Street, cruzam toda rua, vão para Liberty Square e saem por Frontierland, próximo ao Splash Mountain.

  • Festival Of Fantasy Parade: parada da tarde. Veja vários carros alegóricos com personagens pelas ruas do parque.
  • Main Street Electrical Parade: parada noturna com carros alegóricos e personagens enfeitados com muitas luzes.
  • The Magic, The Memories, and You: projeções no castelo ocorrem 10 minutos antes dos fogos. Incrível!
  • Wishes: clássica queima de fogos na frente ao castelo. Imperdível!

Em datas comemorativas, o Magic Kingdom prepara eventos especiais. Ingressos especiais são necessários para estes eventos. Nestes dias, o ingresso normal do parque dá direito a permanecer até certa hora da tarde. Após isso, só quem comprou este ingresso adicional pode permanecer e aproveitar a festa destes eventos especiais.

  • Mickey's Not-So-Scary Halloween Party: festa de Halloween no parque. Além da decoração pelo parque, shows exclusivos acontecem. Vai do fim de setembro até fim de outubro em alguns dias selecionados.
  • Mickey's Very Merry Christmas Party: festa de Natal com muita decoração, shows e paradas exclusivas. Ocorre em novembro e dezembro em dias selecionados.


Epcot[editar]

Spaceship Earth, em Epcot

Epcot é um paque dividido em duas grande áreas. A Future World, dedicada ao futuro e evolução da tecnologia; e a World Showcase, dedicada a cultura dos países. Nesta última área, há representação de 11 países, com representação da arquitetura, comida e produtos típicos de cada um deles.

Neste parque estão presentes atrações mais radicais que em Magic Kingdom, como Mission: SPACE e Test Track. O parque também possui festivais especiais, com entrada inclusa no ingresso normal do parque.

Este parque foi idealizado por Walt Disney, mas ele faleceu antes de vê-lo funcionando. Seria uma visão onde povos de todas as nações pudessem viver em harmonia e num futuro tecnológico.

Epcot tem a fama de ser um parque mais adulto, mas as crianças gostam muito dele também. Em cada país, há personagens Disney típicos deles, como a Bela na França e Mulan na China.

Future World costuma abrir 2 a 3 horas da abertura de World Showcase. O parque também conta com inúmeros shows em cada país e também fogos de artifícios no encerramento, logo o Time Guides é essencial.

Circular[editar]
Mapa de Epcot

Epcot é o parque mais fácil para caminhar, já que tem formato circular ao redor de um grande lago. É possível andar no sentido horário ou anti-horário. A Spaceship Earth, a famosa bola do Epcot é visível de todo o parque e serve como bom ponto de referência.

O símbolo Stop hand.png indica que a atração possui restrições de saúde. Mais informações nas próximas seções.

Future World[editar]

Área dedicada ao futuro e inovação tecnológica. Várias atrações e pavilhões com exposições estão aqui. Cada pavilhão precisa de 60 a 90 para minutos para visita completa.

Imagination![editar]
Pavilhão "Imagination!"

Como o nome diz, este pavilhão contem as maiores inovações já imaginadas pelo homem. Representa a criação do ser humano.

  • Journey Into Imagination with Figment: um passeio clássico pela evolução da ciência.
  • ImageWorks: área de jogos para crianças, voltada à ciência.
  • Captain EO: cinema 3D apresentado pelo rei do pop Michael Jackson. Esta atração é antiga, havia sido encerrada, mas voltou em 2010.
Innoventions[editar]

Dividido em dois prédios, este prédio mostra a tecnologia voltada a aspectos da nossa vida.

  • Fountain of Nations: fonte que toca música com dança das água a cada 15 minutos.
The Land[editar]
The Land.

Pavilhão que representa uma grande estufa e dedicado ao meio ambiente.

  • Behind the Seeds: atração paga onde é possível acomparanhar a plantação de várias espécies.
  • Circle of Life: Timão e Pumba do Rei Leão vão contar a história do meio ambiente.
  • Living with the Land: filme educacional sobre ambiente.
  • Soarin: um dos melhores brinquedos da Disney. Faça um voo de asa delta sobre a California num simulador 3D com sensação de vento e odores. As filas são enormes, portanto o uso do Fast Pass é muito recomendado. A atração passará por reforma em 2015/2016 para ampliar a capacidade e diminuir as filas.
Mission: SPACE[editar]
  • Mission: SPACE: entre numa simulador de vôo espacial, numa missão para Marte. Esta atração possui duas versões. A verde é menos radical e só possui o filme 3D. A laranja é mais radical e o visitante entra num centrífuga de treinamento de astronautas durante a atração, o que a sensação de altas forças gravitacionais e também ausência de gravidade. A versão laranja não é indicada para crianças ou pessoas com problemas de saúde. Stop hand.png
The Seas with Nemo & Friends[editar]
  • The Seas with Nemo & Friends: Nemo te leva para conhecer o fundo do mar.
Spaceship Earth[editar]

A Spaceship Earth é a famosa bola do Epcot e sim, há uma atração dentro dela! Entre num carrinho e veja a evolução da humanidade, desde a pre-história até os dias de hoje. Também é possível montar um filme e escolher o idioma (português disponível) e enviar para seu e-mail depois.

Test Track[editar]
  • Test Track: se transforme num boneco de provas e veja os testes que os carros passam. Num momento, o carro pode chegar a mais de 90 km/h.
Universe of Energy[editar]
  • Ellen's Energy Adventure: veja a evolução da Terra nesta atração.


World Showcase[editar]

World Showcase é a área em torno do lago com 11 países representados.

Em cada país é possível conhecer funcionários nativos dele, comidas típicas e compras lembrancinhas de lá. Também há shows específicos de cada lugar.

México[editar]
Mx-flag.png

Com uma grande pirâmide maia, este pavilhão possui muita coisa da cultura mexicana. Há shows e um grande restaurante.

Noruega[editar]
Noruega
No-flag.png

Nesta área é possível conhecer as personagens de Frozen.


China[editar]
Ch-flag.png

Conheça Mulan e veja objetos típicos chineses.

Alemanha[editar]
Gm-flag.png

Conheça a Branca de Neve e coma muitas comidas típica alemãs, incluindo uma deliciosa padaria.

Itália[editar]
It-flag.png

Coma muita massa e veja uma representação de Veneza.

The American Adventure[editar]
Us-flag.png

Os Estados Unidos são representados com um teatro que conta a história do país.

Japão[editar]
Ja-flag.png

Veja uma representação de uma vila típica japonesa.

Marrocos[editar]
Marrocos
Mo-flag.png

Encontre Alladin nesta região.

França[editar]
Fr-flag.png

Aqui se encontra uma réplica da Torre Eiffel e personagens da Bela e a Fera.

Além de restaurantes, uma deliciosa padaria e uma sorveteria se encontram aqui. Um teatro que mostra as belezas da França está aqui também.

Reino Unido[editar]
Uk-flag.png

Tome e compre chá nesta região.

Show de rock também acontecem aqui. Veja o Times Guide.

Encontre a turma de Pooh e também de Alice.

Canadá[editar]
Ca-flag.png

Decoração muito bonita e um show 360º da natureza canadense.

Espalhado pelo parque[editar]
IllumiNations
  • Agent P's World Showcase Adventure: atração infantil no estilo caça ao tesouro.
  • IllumiNations: Reflections of Earth: evento de quima de fogos no lago, com muitos fogos de artifício e fogo.
Eventos anuais[editar]

Epcot possui dois grandes eventos anuais e gratuitos (valor do ingresso normal, sem precisar de um adicional).

  • Epcot International Flower & Garden Festival: evento que ocorre na primavera americana. Parque fica repleto de flores e topiaras. Há barracas de comidas e bebidas saudáveis pelo parque.
  • Epcot International Food & Wine Festival: evento que acontece entre setembro e outubro, com comidas e bebidas de vários lugares do mundo, além dos 11 países fixos do parque.


Disney's Hollywood Studios[editar]

Indiana Jones em Disney's Hollywood Studios

Disney's Hollywood Studios (antigamente chamado de "Disney-MGM Studios"), foi aberto em 1989 como o teceiro parque do complexo. O tema deste parque é todo voltado ao cinema e televisão; Com muitos shows e espetáculos ao vivo, o uso do Times Guides é super importante para o bom aproveitamento.

Além dos shows, atrações radicais, como The Twilight Zone Tower of Terror e Rock 'n' Roller Coaster Starring Aerosmith fazem as vezes do parque.

Ele passará por uma grande reforma entre 2015 e 2017, com a criação de novas áreas dedicadas à Star Wars e Toy Story.

Circule[editar]
Mapa de Disney's Hollywood Studios

Ao entrar no parque, você estará na Hollywood Boulevard, rua equivalente à Main Street USA de Magic Kingdom. Com muitas lojas, é uma boa pedida para o fim do dia ou períodos de descanso. No fim desta rua, há uma praça com uma réplica do teatro chinês de Los Angeles e de lá pode-se ir a outras áreas do parque.

Antigamente havia um enorme chapéu do Mickey feiticeiro nesta praça, mas ele foi removido em 2015.

Vários shows ocorrem nesta praça também, portanto veja o Times Guide para não perder nada.

Além da criação das áreas dedicadas à Star Wars e Toy Story, o parque deve mudar mais uma vez de nome, porém o novo nome ainda não foi divulgado.

Veja e faça[editar]
Caia de uma altura de 13 andares no The Twilight Zone Tower of Terror.

Assim como nos outros parques, o uso do Fast Past é mais que recomendado. Atrações como The Twilight Zone Tower of Terror, Rock 'n' Roller Coaster Starring Aerosmith e Toy Story Midmania são as mais cheias.

O símbolo Stop hand.png indica restrições de saúde para a atração. Veja seção mais a frente para mais informações.

Hollywood Boulevard[editar]

Avenida com muitos restaurantes e lojas.

  • The Great Movie Ride: atração que fica na réplica do teatro chinês. Barco caminha por cenários dos filmes mais clássicos da história do cinema. Robôs e pessoas fazem a cenografia. Algumas cenas mais escuras e barulhos podem assustar as crianças menores.
Sunset Boulevard[editar]

Aqui se encontrar as duas atrações mais radicais do parque, além de ótimos espetáculos.

  • Beauty and the Beast: Live on Stage: teatro da Bela e a Fera. É exibido poucas vezes ao dia, portanto fique de olho no Times Guide.
  • "Fantasmic!: espetáculo que ocorre num enorme teatro no fim do dia. Nos meses de verão podem ser exibidos mais de uma vez. É um dos shows maisfamosos e divertidos da Disney. Baseado no filme Fantasia, Mickey duela contra os vilões.
  • Rock 'n' Roller Coaster Starring Aerosmith: montanha russa no escuro num carrinho que se parece uma limosine. Ouça um rock de Aerosmith durante a atração. O carrinho acelera de de 0 a 90 km/h em poucos segundos no início. Stop hand.png
  • The Twilight Zone Tower of Terror:entre neste hotel abandonado e caia de um elevador de 13 andares. Stop hand.png
Animation Courtyard/Pixar Place[editar]

Espaço onde é possível ver Mickey e também ver como os artistas da Disney fazem os desenhos. Deve sofrer grandes mudanças nos próximos anos.

  • The Magic of Disney Animation: veja como são criados e desenhados os desenhos Disney.
  • Toy Story Mania!": atração mais lotada do parque. Entre num carrinho e interaja com personagens 3D. Divertido para todas as idades. Sofrerá expansão para diminuir a fila.
  • Walt Disney: One Man's Dream: atração que conta a história do grande mestre e idealizador de tudo, Walt Disney.
Backlot/Streets of America[editar]
Lights, Motors, Action!
  • Honey, I Shrunk the Kids - Movie Set Adventure: área com brinquedos enormes para todos se sentires pequenos, como no filme Querida, encoli as crianças.
  • Muppet*Vision 3-D: filme 3D dos Muppets. Um pouco antigo, mas garante boas risadas.
  • Lights, Motors, Action! Extreme Stunt Show:show de dublês de filmes de ação.
Echo Lake[editar]
  • Indiana Jones Epic Stunt Spectacular: show ao vivo de Indiana Jones.
  • Star Tours: The Adventures Continue: simulador de Star Wars com muitas combinações de histórias. A cada vez que você repetir o brinquedo, será uma nova aventura.
Paradas e eventos anuais[editar]
  • Star Wars Weekends: nos fins de semana de maio e junho ocorre um evento com fãs de Star Wars. Atração deve ganhar peso com a criação de área dedicada à saga.


Disney's Animal Kingdom[editar]

Expedition Everest, em Animal Kingdom

Animal Kingdom é o parque mais novo do complexo. Voltado para a preservação animal, ele é um misto de parque com zoológico. Sofrerá expansão até 2017 com a criação de uma área dedicada ao Avatar.

Circule[editar]
Mapa de Disney's Animal Kingdom

Animal Kingdom é o maior parque da Disney e muitas atrações são ao ar livre. Você andará muito, logo prepare os pés.

A marca do parque é a Árvore da vida, árvore gigante de mentira com muitos animais esculpidos no seu tronco, representanto a flora e fauna do mundo.


Veja e faça[editar]

Em Animal Kingdom, muitas atrações são relacionadas a interação com animais. Como eles tem vida mais ativa durante a manhã, prefira chegar cedo para aproveitar melhor.

O parque não costuma ter muitas filas, mesmo no verão, mas use os Fast Pass em Expedition Everest.

O símbolo Stop hand.png indica restrições de saúde. Veja mais adiante mais informações a respeito.

Oasis[editar]

Área na entrada do parque, com lojas e restaurantes.

Discovery Island[editar]

Área central do parque, onde a Árvore da Vida fica localizada.

  • It's Tough to be a Bug!: atração que fica dentro da árvore, transforma os visitantes em insetos. Pode assustar crianças pequenas.
Africa[editar]
Safári no parque.

Área dedicada ao continente africano.

  • Festival of the Lion King: imperdível espetáculo do Rei Leão com atores ao vivo. Consulte Times Guide.
  • Kilimanjaro Safaris: safari no parque, com vários animais nativos da África. Prefira fazê-lo pela manhã para ver os animais mais ativos. Stop hand.png


Rafiki's Planet Watch[editar]

Área acessível via trem do parque, é dedicada à conservação animal. Veja como os criadores cuidam dos animais do parque.


Asia[editar]

Área representa continente asiático, com seus belos animais.

  • Expedition Everest: Legend of the Forbidden Mountain: montanha russa mais radical de toda a Disney. Encontre o Yeti (Homem das neves / Pé Grande) e fuja dele. Há uma parque que a montanha russa anda para trás. Vale usar Fast Pass. Stop hand.png
  • Flights of Wonder: show de pássaros ao vivo. Veja Times Guide.
  • Kali River Rapids: bote em que todos descem uma correnteza e no final, todos se molham. Atenção aos dias frios. Stop hand.png
  • Maharajah Jungle Trek: ande e veja animais da Ásia com seus próprios olhos.


DinoLand U.S.A.[editar]

Área dedicada aos dinassauros. As crianças adoram.

  • The Boneyard: área para crianças, onde elas podem escavar ossos de dinossauros.
  • Dinosaur: volte no tempo e fuja de dinossauros. Stop hand.png
  • Finding Nemo: The Musical: musical do Nemo, com personagens ao vivo. Confira Times Guide.
  • Primeval Whirl: montanha russa mais leve que também gira muito para os lados. Stop hand.png


Parque aquáticos[editar]

Blizzard Beach

Walt Disney World contém dois parques aquáticos. Cada um deles fecha por alguns meses nos meses mais frios, mas é possível visitar pelo menos um deles em qualquer época.

Blizzard Beach fica próximo de Animal Kingdom e é o mais visitado. Ele é tematizado como uma estação de esqui, mas de frio, não tem nada. Com toboáguas radicais e para crianãs, é ótima opção para os dias mais quentes e para descansar.

Thyphoon Lagoon é o segundo parque e é baseado no caribe. Lendas dizem que uma forte tempestade levou o barco até o topo do montanha que representa o parque. Além de toboáguas, uma piscina com ondas está presente.


Compras[editar]

Dois complexos de compras se encontram em Walt Disney World.

O primeiro e maior, o Disney Springs (antes chamado de "Downtown Disney"), é uma região com várias lojas, restaurantes e opções de entretenimento. Há também um show do Cirque du Soleil exibido diariamente. A maior loja da Disney, a World of Disney fica lá também. É possível também fazer um passeio de balão.

O segundo complexo é o Disney's BoardWalk. Este fica próximo de Epcot e também possui lojas, restaurantes e até algumas casas noturnas. Uma deliciosa padaria e um restaurante da ESPN são os destaques.


Hotéis[editar]

A hospedagem no Walt Disney World preocupa-se em oferecer ao hóspede a magia presente nos parques, com decoração temática dos quartos, opções de recreação e benefícios especiais exclusivamente para os hóspedes dos hotéis selecionados do Walt Disney World. Uma curiosidade dos hotéis na Disney é que todos são equipados para receber e acomodar hóspedes portadores de deficiência física. Os serviços variam de hotel para hotel, mas podem incluir:

Nos Banheiros

Portas mais largas no banheiro; Chuveiros móveis; Bancos no chuveiro; Chuveirinhos; Toucadores acessíveis; Lavatórios portáteis; Corrimão no banheiro;

Acessórios para Cama

Corrimão na cama; Camas mais baixas e tapetes de borracha; Camas com estrutura aberta;

Comunicação nos Quartos

Alertas para batidas na porta e de telefone; Alarme que move a cama; Máquina de Texto (TTY); Alarme de incêndio com luz piscante;

Outras Características

Ônibus com elevadores para cadeiras de rodas; Olho mágico duplo nas portas; Refrigeradores (podem incluir uma taxa extra); Televisão com close caption; Sinalização e elevadores em Braille; Amplificador de telefone;

No Estacionamento

É necessário uma permissão de estacionamento para pessoas com deficiência; Toda a área do Walt Disney possui estacionamentos para hóspedes com deficiência; Serviço de manobrista gratuito;


Benefícios Especiais da Estadia na Propriedade[editar]

Ficar hospedado em algum dos hotéis da Disney dá ao cliente alguns benefícios exclusivos como:

  • Horas Mágicas Extras: A cada dia um dos parques abre uma hora mais cedo ou fica aberto até três horas mais tarde, portanto os hóspedes tem a oportunidade de horas extras em cada parque.
  • Transporte Disney: Passeios de ônibus, barco ou monotrilho por todo o Walt Disney World Resort.
  • Serviço para Crianças: Os pais podem descansar graças ao centro de recreação, atividades infantis e serviço de babá.
  • Magic Band gratuita para todos os hóspedes.
  • Estacionamento grátis em todos os parques para as pessoas com carro.
  • Disney Magical Express: transporte que leva e trás do aeroporto internacional de Orlando até o hotel grátis.


A hospedagem na Disney não é só em hotéis de luxo. Existe uma enorme variedade de preços, estilos e temas para escolha. Os preços dividem-se basicamente em econômico, moderado e luxo:

  • Disney's All-Star Music Resort(ECONOMICO)
  • Disney's All-Star Sports Resort(ECONOMICO)
  • Disney's Animal Kingdom Lodge(LUXO)
  • Disney's Beach Club Resort (MODERADO)
  • Disney's Beach Club Villas(MODERADO)
  • Disney's BoardWalk Inn(MODERADO)
  • Disney's BoardWalk Villas(MODERADO)
  • Disney's Caribbean Beach Resort(MODERADO)
  • Disney's Contemporary Resort(LUXO)
  • Disney's Coronado Springs Resort
  • Disney's Fort Wilderness Resort & Campground
  • Disney's Grand Floridian Resort and Spa(LUXO)
  • Disney's Old Key West Resort
  • Disney's Polynesian Resort (LUXO)
  • Disney's Pop Century Resort(ECONOMICO)
  • Disney's Port Orleans Resort Riverside (precedentemente Dixie Landings)
  • Disney's Port Orleans Resort French Quarter (precedentemente Disney's Port Orleans Resort)
  • Disney's Saratoga Springs Resort & Spa (precedentemente era il Disney Institute)
  • Disney's Wilderness Lodge
  • Disney's Yacht Club Resort
  • Shades of Green
  • The Villas at Disney's Wilderness Lodge
  • Walt Disney World Dolphin
  • Walt Disney World Swan


Internet[editar]

O Walt Disney World possui internet wi-fi para todos (hóspedes ou não) em todos os lugares: parques, hotéis e centros de compras. Com ele, é possível manter-se conectado e também usar o aplicativo My Disney Experience, com informações do seu roteiro, reservas de Fast Pass, reservas de restaurantes e tempos de fila em tempo real.


Fique seguro[editar]

A Disney é um lugar extremamente seguro. A empresa investe muito em segurança para todos se sentirem a vontade. Mantenha os cuidados básicos, como não deixar pertences longe dos olhos, guarde objetos de valor na mala ou cofre do hotel e mantenha alguma idenficação nas crianças para fácil localização em caso de alguém se perder.

Algumas atrações mais radicais exigem restrições de condição física, como não ter problemas cardíacos. Consulte a entrada da atração para verificar se há alguma restrição.

Em caso de algum problema, basta procurar qualquer funcionário do parque que eles irão te ajudam da melhor forma possível.

Também há equipes de primeiros socorros nos parques para qualquer imprevisto.

Em dias quentes, não esqueça o protetor solar e algum boné ou chapéu. O sol da Florida é extramente forte e as pessoas costumam passar boa parte do tempo andando com o sol na cabeça. Em dias mais frios, evite atrações que molha ou então leve uma muda de roupas reservas para se trocar depois.

Animais de estimação não são admitidos no parque. Há um Best Friends Pet Care próximo ao hotel Port Orleans, onde é possível deixar seu bichinho durante o dia.

Não é permitido entrar com comidas nos parques, mas comidas para crianças pequenas ou pequenos petiscos são aceitáveis.

Furacões são raros nesta região, mas quando ocorrem, o parque avisa os visitantes com antecedência para fechar o parque.


Fontes:[editar]