Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Utilizador Discussão:AndreLDcunha

Da Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa

Predefinição:Viagem

"Seguro Viagem'', também conhecido como Assistência Viagem é um termo utilizado para designar todos os tipos de seguro que garantem a segurança e o atendimento aos viajantes, principalmente ao que se refere às emergências, roubos e extravios e despesas médicas não previstas. Os viajantes com destinos internacionais quase sempre optam ou são obrigados por tratados internacionais a contratarem um seguro ou assistência de viagem. Grande parte da exigência origina-se da necessidade da cobertura total ao viajante em caso de despesas médicas em atendimentos e procedimentos clínicos emergenciais.


Onde Comprar[editar]

Pode-se comprar um seguro de viagem para viagens internacionais através de uma seguradora em seu país de residência, ou seja, o país para onde você gostaria de ser voltar depois de uma emergência médica grave.

Viajando dentro do seu país de residência, os viajantes podem adquirir antes de ingressar na viagem o seu "seguro de viage doméstica” com coberturas menores e preços mais acessíveis.

O seguro de viagem pode ser obtido através de um agente de viagens, seguradoras convencionais, via web por meio de agências virtuais do segmento, ou ainda seguradoras de viagem especializadas.

Muitos viajantes embarcam em suas viagens assegurados por acordos existentes com instituições de outros nichos. Algumas empresas de cartões de crédito, por exemplo, agregam valor aos seus produtos e as suas taxas mensais e anuais, assegurando as viagens dos seus associados que passam a usufruir do recurso se adquirirem os bilhetes por meio do referida bandeira de cartão de crédito. Os viajantes que estão a negócios podem ser cobertos por uma apólice de seguro global contratada pela empresa. Em todos os casos, vale verificar esses acordos existentes e obter a confirmação por escrito de sua extensão de cobertura e regras para validação.

Muito viajantes regulares podem achar que a cobertura de viagem periódica", geralmente adquiridos anualmente, seja mais economica ou prática do que contratar a cobertura para cada viagem individualmente. A maioria das empresas de assistência ou seguradoras de viagem oferecem essa opção. Grandes empresas e corporações usualmente adquirem tal cobertura para os seus viajantes chave.

Quando Comprar[editar]

Alguns agentes de viagens, oferecem o seguro de viagem quando o viajante está prestes a viajar, mas pode-se comprar um seguro de viagem a qualquer tempo, incluindo momentos antes do embarque. Muitas apólices de seguro de viagem cobrem determinadas despesas, tais como "cancelamento por qualquer motivo" ou “cancelamento devido à falência de companhias aéreas”.

O que Comprar[editar]

Existem duas classes principais de seguro de viagem: Seguro de viagem internacional", abrangendo as deslocações e atendimentos fora do país de residência. Nos casos de seguros siagem absorvidos por serviços de assistência viagem, não existe desembolso de valores. Todos os trâmites são operados pela empresa contratada. Seguro de viagem doméstica, abrangendo as deslocações dentro de seu país de residência. Esses planos são geralmente mais econômicos do que os planos internacionais. Ao comprar um seguro de viagem, o viajante deve observar as “datas de cobertura (incluindo o dia em que partirá e o dia que retornará para casa). Deverá observar também se ele, e fato, cobre tudo o que você precisa, e deverá atentar-se às exclusões.

Cobertura de Despesas Médicas[editar]

Considerações importantes sobre a cobertura médica de uma apólice de seguro de viagens:

  • Verifique os detalhes precisos de cuidados médicos que o viajante será capaz de reivindicar. Se o destino tem um sistema de saúde diferenciado, por exemplo, hospitais públicos e privados, o viajante será capaz de usar um hospital privado?
  • A seguradora escolhida oferece ao viajante o atendimento e assistência 24 horas? Este canal de atendimento proverá conselhos, direções e instruções sobre os cuidados médicos o mais rápido possível?
  • Se o viajante participar de quaisquer esportes de aventura ou radicais, verifique a política de cobertura médica relacionada aos acidentes que podem acontecer. Se você não consegue encontrar uma apólice de seguro geral de viagem para cobrir a sua atividade de escolha, você poderá obter um plano especial através de uma seguradora especializada nessa atividade.
  • Veja se existe cobertura para doenças que se manifestam após o retorno do viajante? Apólices de seguros de viagens internacionais normalmente 'excluem' despesas médicas efetuadas no país de residência do viajante, mesmo que os custos resultem de uma lesão ou doença que aconteceu enquanto estava viajando. Os custos médicos no país de origem são assumidos e cobertos pelo seu plano de saúde convencional.
  • Observe se plano tem uma cobertura adequada para despesas dentárias. Alguns planos fornecem altas coberturas e possibilidades de despesas médicas, mas coberturas inexpressivas para despesas dentárias.

Pré-existentes[editar]

Você pode ter dificuldade em obter seguros de viagem, se você tem doenças pré-existentes, como cardíacas, ou outras que foram diagnosticadas com fatores potencializadores de doenças (por exemplo: problemas na coagulação e pressão arterial elevada). Note que você deve revelar de antemão qualquer informação sobre sua história médica para que sua seguradora ou assistência.

Alguns planos podem cobri-lo com a condição pré-existente excluída. Isto é, obviamente, indesejável, pois em casos de problemas relacionados, o viajante terá que voltar para casa ou pagar pelo tratamento do seu próprio bolso.

Algumas políticas irão cobrir condições pré-existentes com valores e termos especiais. Caso contrário, ao acionar a cobertura contratada, a condição pré-existente incorrerá numa avaliação médica que poderá ser atendida em alguns casos desde que haja pagamento extra de seguro médico.

A gravidez é considerada uma condição pré-existente. Alguns poucos planos possuem planos adicionais que asseguram atendimento para esta classificação de viajantes.

Viajantes Idosos[editar]

O Seguro de Viagem tem se tornado de dificil aquisição após os 55 anos de idade. Poucas empresas possuem planos flexíveis que atendam todas as faixas etárias. À medida que o viajante envelhece, mais elevados ficam os valores de contratação e os encargos sobre os excessos, e suas condições médicas existentes geralmente são excluídas.

Cobertura de Traslado Médico[editar]

O traslado médico é uma viagem fretada (geralmente um voo) para um paciente que não está bem o suficiente para voltar para casa por outros meios para seu país de origem. Envolve tipicamente viajar com uma equipe médica, juntamente com todos os equipamentos necessários, medicamentos, etc. Embora alguns viajantes tenham cobertura médica em todo o mundo como parte de seu seguro de saúde, raramente contam com o traslado médico internacional. Sem esta cobertura, os custos de um processo desta natureza é caríssimo. Mesmo se você estiver disposto a renunciar a todos os outros tipos de seguros relacionados com viagens internacionais, a cobertura que inclui translado médico não deve ser ignorada. Há duas razões que resultam no fato de um viajante precisar de traslado médico. Primeiro: em casos menos graves (ou após a internação), onde o viajante prosseguirá sentado ou deitado, desde que não esteja bem o suficiente para voar em um avião comercial. Segundo: em casos mais graves, por exemplo, estando em um país menos desenvolvido que não tenha instalações para tratar de lesões e doenças graves. Nesse caso, o viajante precisará ser locomovido para uma área com melhores instalações o mais rapidamente possível e também podendo ser transportado para sua casa em um momento posterior.


Cobertura Acompanhada[editar]

Se você estiver incapacitado durante a viagem, alguns planos pagam por um parente ou amigo para viajar com você e acompanhá-lo até sua casa.

Pagamentos[editar]

Além de cobrir suas despesas médicas, se você estiver doente ou ferido, alguns planos pagarão um montante fixo para você ou sua propriedade, no caso de um acidente ou evento adverso. Eles podem pagar-lhe uma fração do seu salário para um determinado período de tempo se você for ferido durante a viagem e se tornar incapaz de trabalhar.

Cancelamento de Seguro[editar]

Os seguros de viagem, muitas vezes, cobrem as despesas relacionadas a cancelamentos inesperados por sua operadora ou destino, por exemplo, os custos associados a um voo cancelado, incluindo hospedagem, alimentação e outros acessórios. Cancelamentos devido a situações de emergência são muitas vezes também cobertos. Alguns exemplos possíveis incluem o seguinte:

  • Aconselhamento médico dizendo que você não pode viajar;
  • Uma emergência ou morte (às vezes) em sua família;
  • Um grande desastre em casa, como um incêndio;
  • Catástrofes em seu destino planejado, ocorridos depois de reservar a sua viagem

Dependendo do que ocorreu, a seguradora pode pagar taxas de alteração da reserva, depósitos de reembolso perdidos, ou ainda providenciar o retorno do viajante para casa. Os Seguros de viagem pagam apenas perdas diretas como essas, o viajante não vai obter uma indenização adicional para coisas como “sua decepção” com as férias.

Planos mais custosos e mais completos podem cobrir os seus próprios cancelamentos discricionários se houver uma circunstância excepcional: por exemplo, existem algumas políticas de seguro de viagem que pagam pelo custo de seus bilhetes inutilizados para o teleférico se um resort fechar devido à falta de neve.

Existe uma série de condições sobre cancelamentos que são aceitáveis ou inaceitáveis. Seguem exemplos emblemáticos de situações desconfortáveis:

  • Um viajante pode contratar um seguro de viagem que cubra uma viagem de retorno emergencial para casa no caso da morte de um membro da família, mas uma viagem de emergência para casa devido à morte de um amigo quase certamente não será cobertoa e até mesmo a morte de um parceiro, de fato, pode não ser;
  • Emergências médicas familiares que não sejam a morte, quase nunca serão cobertos, como, por exemplo, o seguro não pode cobrir uma viagem de retorno emergecial para casa para estar com um membro da família que foi hospitalizado e diagnosticado com câncer - mesmo que seja o próprio filho;
  • Os planos cobrem muitos cancelamentos ou atrasos devido a atividades terroristas, mas desde agosto de 2006 muitos planos possuem ressalvas para coberturas ligadas a ações terroristas devido às dimensões e extensões;
  • Se a sua operadora de transporte deixar de existir, você pode não receber o pagamento, salvo se a mesma declarar falência;
  • A maioria dos planos e políticas não cobrirão uma greve (que pode ser de semanas ou meses);
  • Algumas políticas cobrem cancelamentos se um destino tornar-se inseguro devido a uma declaração de guerra ou de uma recomendação do governo de cancelar a viagem a uma determinada área, outros seguros não cobrem este tipo de situação.

Descontinuando e Continuando a Viagem[editar]

Se o viajante tiver que cortar a viagem por razões justas (geralmente a doença de sua parte ou da parte de um parente) alguns seguros ou assistências vão pagar ao menos o custo de um bilhete de retorno adicional para que o viajante possa retomar sua viagem mais tarde. Isso só pode ser aplicável diante de um certo tempo (que não vai voar de volta se você tivesse apenas 48 h à esquerda do feriado mesmo!).

Perdas, Danos e Roubo[editar]

Algumas apólices de seguro de viagem cobrem a perda ou roubo de pertences durante a viagem. Se o viajante reclamar de roubo, deverá apresentar o "relatório ou boletim de ocorrência da polícia local. O registro deve ser feito não importando o quão improvável seja que a polícia local tome alguma medida ou ação. As empresas de seguros não pagarão sem um relatório oficial expedido pela polícia.

Você pode precisar fornecer uma lista de itens sobre um determinado valor e ainda pagar um valor extra para assegurá-los.

Nos casos de itens visados e de alto valor como câmeras e laptops, as políticas podem cobrir “roubo violento ou "violação”. É muito comum que os seguros excluam eventuais danos causados aos pertences. Roubo de carros e outros veículos terão cobertura limitada, como o roubo e perda de dinheiro, ordens de pagamento, cheques de viagem e cartões de crédito.

Planos que cobrem perda ou roubo de pertences são caros e, geralmente, destinados a viajantes mais exigentes ou de negócios.

Morte[editar]

Uma apólice de seguro de viagem pode cobrir as despesas relacionadas à própria morte do viajante durante a viagem, tais como o custo de organizar um funeral local e o sepultamento ou ainda a cremação. O custo de transporte até a casa do mesmo está, obviamente, inclusa.

Itinerário[editar]

O custo dos planos depende do seu destino. Alguns destinos, incluindo América do Sul e África, mas também o Estados Unidos da América, Canadá e Japão (porque estes países têm os custos de saúde elevados) exigem planos com maiores coberturas, logicamente mais custosos. Em alguns casos, você terá que formalizar o seu itinerário para a seguradora, mas alguns vão simplesmente permitir que você indique quais serão os continentes (como Europa ou América do Norte). Outros seguros fornecerão planos com cobertura mundial a custos muito mais elevados.

Praticamente todos os planos e políticas exigem que você os adquira em seu país de residência e que você inicie e termine a sua viagem no mesmo ponto - ou seja, o viajante não pode comprar um seguro no meio da sua viagem e não deve voltar antes de seu retorno planejado – salvo exceções.

Exclusões[editar]

Algumas seguradoras se recusam a pagar médicos ou quaisquer outras despesas associadas à atividades particulares. Além de condições médicas pré-existentes, são muito comuns as exclusões referentes a lesões ou doenças ligadas a atos de guerra; tentativa de suicidio, auto-mutilação, qualquer deformidade ou anomalia que o viajante causou a si mesmo fazendo algo, qualquer coisa ilegal que o mesmo fez em qualquer época enquanto bêbado ou drogado, qualquer doença sexualmente transmissível (exceto aquelas que foram cobertas como uma condição pré-existente), quaisquer acidentes que o viajante venha a ter durante a participação em esportes de aventura não-alistados, qualquer coisa causada por negligência, qualquer roubo ou danos em pertences em que entenda-se que não foram bem cuidados ou protegidos. Alguns planos de seguro viagem podem excluir também toda a cobertura em determinados países ou regiões dentro dos países. Verifique sempre com muita atenção as politicas do plano e as exceções e restrições.

Excesso / Dedução[editar]

Algumas coberturas e planos possuem uma franquia proporcional às reclamações e acionamentos que o viajante, historicamente, já fez. Assim, ele será pago ou atendido com base no montante do crédito menos o excesso constante na política. Em geral, quanto menor a franquia, maior será o valor do seguro. Um seguro de viagem com um $5000 de franquia pode ser tão pouco quanto $10 por mês: o que significa que ele não vai cobrir as despesas menores ou até mesmo um problema de nível médio como um pulso quebrado, mas será um salva-vidas financeiro se o viajante tiver um acidente realmente grave.

Prolongando a Viagem[editar]

Se acontecer da viagem se estender para além do período de seu seguro, o viajante deve certificar-se de que sabe exatamente como poderá estender o período de cobertura e se pode fazer isso durante a viagem. Geralmente é muito mais fácil estender uma cobertura, se for solicitada enquanto ainda está coberto. A obtenção de uma extensão ou mesmo de um plano quando você já está viajando sem estar assegurado é muito rara. Quase impossível. Muitas seguradoras e assistências exigem que o viajante contrate a adição de uma extensão de pelo menos 7 dias antes do seu plano expirar.

Ao planejar uma viagem, vale a pena adquirir um plano que cubra alguns dias após a previsão de retorno. Em caso de atrasos ou de mudanças de plano que terminam por estender a viagem, então o viajante terá alguns dias para incluir qualquer extensão no plano. Algumas políticas estendem automaticamente se o atraso for parte de um problema que você pode reivindicar. Por exemplo, se você tiver seguro contra atrasos e este atraso prolongar sua viagem para uma data que ultrapasse o final da sua cobertura, o contrato é automaticamente prorrogado. Isso normalmente não se aplica a condições pré-existentes ou para viajantes de alto risco como os idosos.


Como Fazer uma Solicitação[editar]

Diferentemente das empresas que prestam o Serviço de Assistência ao Viajante, a maioria das seguradoras esperam que o viajante pague pequenas despesas médicas e outras despesas que pretende reivindicar para si mesmo e depois apresentar as comprovações e pedir o reembolso. As seguradoras costumam pagar grandes contas médicas, tais como os decorrentes de hospitalização ou traslado, diretamente. Se o viajante é hospitalizado, o plano contratado deve ser informados o mais rapidamente possível, uma vez que eles precisam concordar que o tratamento é necessário para pagar suas contas. Geralmente, há uma cláusula que mencione que eles se recusam a pagar por assistência médica que considerem desnecessário. Se você estiver incapacitado, seus companheiros de viagem ou contatos em casa terão que lidar com a seguradora, verifique se eles têm detalhes do contato. Geralmente a instrução é que os contate antes de qualquer providência.

Nas empresas idoneas e profissionais do segmento, as solicitações são atendidas de imediato. A maioria das seguradoras tem um período limitado de tempo após um determinado evento para o qual você poderá reivindicar direcionamento ou reembolso das despesas associadas. No último caso, este período é geralmente de um ano.


Fique seguro == ==

Muitas seguradoras excluem, especificamente, viagens para países e áreas perigosas. O Viajante deve sempre verificar os termos do plano com cuidado, e se estiver viajando a uma região instável, se manter atento às advertências de viagem e para as atualizações que podem invalidar o seguro.

Segurança[editar]

O viajante deve estar munido de cópias de sua apólice de seguro e os detalhes de contato da seguradora. Além disso, deve manter uma segunda cópia em sua bagagem. Também deve deixar os detalhes da política com companheiros de viagem, parentes ou amigos e em casa. Se o viajante estiver incapacitado, outra pessoa terá que lidar com a empresa de assistência ou companhia de seguros. Se o viajante estiver viajando para regiões mais remotas (especialmente sozinho), deverá deixar uma cópia (ou pelo menos as informações básicas) para qualquer pessoa que esteja responsável por acolher a sua visita (como o gerente de um hotel, resort ou mesmo um guia de turismo).

Predefinição:Ver também[editar]

Predefinição:Referências

Predefinição:Ligações externas[editar]

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas