Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Reserva Natural das Lagoas de Santo André e de Santa Sancha

Da Wikitravel
Portugal : Sul : Baixo Alentejo : Reserva Natural das Lagoas de Santo André e de Santa Sancha
Ir para: navegação, pesquisa

A Reserva Natural das Lagoas de Santo André e de Santa Sancha é uma área protegida de Portugal.

Entenda[editar]

História[editar]

Foi classificada como uma reserva natural (área destinada à protecção de habitats, da flora e da fauna) em 2000, devido a importância da conservação dos seus biótipos (tipos físicos) e comunidades ecológicas, promovendo a utilização sustentável dos seus recursos.

Paisagem[editar]

Flora e fauna[editar]

Clima[editar]

Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha

As lagoas costeiras de Santo André e da Sancha, ambas situadas no litoral alentejano, a norte de Sines, bem como a faixa marítima adjacente - zona de substrato arenoso com uma largura de 1,5 km e abundante em anelídeos e bivalves que servem de alimento a várias espécies piscícolas - constituem uma Reserva Natural criada no início deste século.

A razão principal da sua classificação prende-se com a necessidade de proteger as zonas húmidas, nomeadamente aquelas que associam às características próprias desses habitats a presença de importantes grupos faunísticos. No caso destas lagoas, destacam-se, desde logo, as aves de que estão inventariadas mais de uma centena de espécies sobretudo aquáticas e passeriformes. Como curiosidade acrescente-se que a lagoa da Sancha alberga uma colónia de garça-ruiva. À variedade animal acrescenta-se a florística salientando-se a presença de alguns endemismos.

O interesse paisagístico da zona prende-se com a variedade de situações, a presença próxima do mar e a luminosidade própria deste trecho da costa portuguesa.

Importante : Este artigo é apenas um esboço e precisa de sua ajuda. Não tem um modelo. Mergulhe fundo e faça-o crescer!



Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas