Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Puri

Da Wikitravel
Orissa : Puri
Ir para: navegação, pesquisa

Puri é uma cidade do estado indiano de Orissa

Entenda[editar]

"Puri" ou "Pur" é uma palavra que vem do sânscrito e que quer dizer "cidade" e existem várias cidades indianas como a designação "Pur" ou "Puri" e que são destinos turísticos famosos.

Algumas delas como são as antigas cidades-estado, que foram “Rajs” ou principados do Rajastão e presididas por riquíssimos e excêntricos Maharajas (marajás), tais como Jaipur e Udaipur que são destinos obrigatórios para todos os turistas ocidentais que viajam à Índia e que estão relativamente próximas da Agra, onde se situa o famoso Taj Mahal.

Na costa do Golfo da Bengala, no estado de Orissa, existe um famoso centro de peregrinação hindu chamado Jagannatha Puri, atualmente um centro de turismo ocidental bastante freqüentado. As praias de Puri, de mar aberto, mar muito limpo e não poluído, estão repletas de pequenos hotéis e pousadas, o templo de Jagannatha é uma das relíquias da arquitetura hindu e acredita-se ser o templo mais antigo do planeta ainda em atividade.

O estado de Orissa é rico em tradições culturais e famoso pelos tecidos (os saris de Orissa são um dos estilos mais requisitados no Oriente), pela culinária do templo de Jagannatha, pelos parques e reservas naturais da fauna indiana (aves, tigres, rinocerontes, elefantes, etc), pelos templos e sua arquitetura e pelas suas inúmeras maravilhas naturais.

Chegar[editar]

De avião pelo aeroporto de Bubaneshwar, capital de Orissa e cerca de 60 km de Jagannatja Puri. De taxi até Puri vai levar cerca de uma hora e a viagem vai custar umas 300 rúpias (6 a 7 dólares). Existem ônibus, bem mais baratos e bem mais ruidosos, em avançado estado de desintegração e em horários pouco confotáveis.

De trem, o trem mais famoso é o Jagannatha Express, que sai da estação de Howrah em Calcutá no começo da noite e chega em Puri pela manhã, os vagões vão desde confortáveis AIr Sleep Class até os de Terceira Classe. Sempre é bom comprar a passagem com antencedência.

Há trens de Delhi, mas levam uns 3 dias para chegar em Puri!

Circule[editar]

Jagannatha Puri é uma cidade de praia, pequena e bem tranquila, para andar por lá você não precisa nada além dos seus pés ou no máximo de um "ricksha" (taxi bicicleta com um sofá atrás para os passageiros).

Veja[editar]

Praias magníficas, de mar aberto e não poluídas.

O templo de Jagannatha é considerado o templo religioso mais antigo do planeta ainda em atividade. Ele é dedicado ao deus hindu Vishnu (Krishna) e a entrada é vedada aos não hindus, mais precisamente aos homens e mulheres brancos, pois não há nenhum critério para estabelecer na entrada quem é ou não hindu, o veredito é dado pelo oficial de polícia que vigia as portas do templo e que acretida que seres de aspecto caucasiano não são dignos de entrar no templo.

Afora esse inconveniente, a comida ou "prasada" do templo é excelente, exemplo de culinmária regional de Orissa e imperdível. Há uma casta de serviçais do templo que são encarregados da distribuição desta comida e com certeza eles irão atrás de você para oferecer a entrega da refeição onde quer que você esteja hospedado e lá pelo meio da tarde ele irá ao seu encontro, levando sua encomenda, no volume, qualidade e quantidade encomendadas, em ecológicas cestas de bambú, tijelas de barro onde o alimento foi cozido, talheres de bambu e envoltos em folhas de bananeira, que também servem de pratos. Há uma profusão de arroz basmati, de pratos salgados, de doces e frutas, todos estritamente lacto-vegetarianos e de paladar indescritivel. Você só paga algumas rúpias pelo serviço de entrega! E por milagre essa comida indiana não tem pimenta!

Próximo a Puri há templos ancestarais em ruínas, e o mais interessante é o de Surya, deus do sol, onde segundo a lenda havia uma deidade de ouro que levitava no ar devido a um sistema de magnetos incrustados nas paredes e que foi roubada por piratas portugueses no século XVII. As pilastras e paredes do templo são decoradas com motivos eróticos do Kamasutra e a obra escultural mais interessante e famosa é a roda do sol, que guarnece a entrada do templo.

Há parques naturais da vida selvagem próximos a Puri, para a obsevação da fauna indiana (aves migratórias, rinocerontes indianos, tigres, elefantes, etc)e pode-se programar "safaris" fotográficos saindo de Puri em jeeps ou de onibus de turismo.

Faça[editar]

Compre[editar]

O magnífico artesanato de Orissa é vendido em quiosques patrocinados pela agência de turismo do estado de Orissa e o destaque são os famosos saris de Orissa, de algodão, bem coloridos e com motivos típicos, muito valorizados em todo o Oriente.

Coma[editar]

Há alguns poucos restaurantes em Puri situados principalmente na orla da praia, mas o melhor são as padarias que vendem o pão doce típico de Orissa, de massa folhada e delicioso, com vários formatos. Estes estabelecimentos bem simples, também vendem tali, ou o "prato feito" indiano que consiste de arroz, subji (refolgado de vegetais,) dhal (uma espécie de lentilha ou ervilha), chapati (pão redondo como o sírio) e chutnei (conserva vegetal, geralmente de manga verde ou pepino). A comida é sempre muito barata e abundante.

Cuidado com peixes e frutos do mar, pois por lá ninguém refrigera os alimentos e frutos do mar já bem passados são vendidos sem o menor pudor. Prefira sempre a comida chamada "strict vegetarian" ou estritamente vegetariana.

A melhor pedida é a comida do templo, ou "prasada", mas ela só é servida no início da tarde, lá pela 14 horas e precisa ser encomendada.

Beber e sair[editar]

Há inúmeros quiosques de praia como os do nordeste do Brasil, que vendem petiscos de peixe e frutos do mar, refrigerantes, água de coco e cerveja. Faz lembar o nordeste do Brasil em muito aspectos, inclusive pela abundância de cajueiros e de cajus. Dizem que garapa só se bebe no Brasil e na Índia, mas os indianos temperam a garapa com pimenta tudo que é tempero imaginável.

Há uma animada feira noturna na praia do centro vendendo quitutes e artezanato, mas não espere pelo forró!A dança típica de Orissa é muito interessante e se houver um festival não perca!

Durma[editar]

Não há hotéis luxuosos em Puri, mas os hotéis disponíveis e próximos praia são confortáveis, a pesar de simples.

Puri é um lugar muito visitado e sujeito a épocas de temporada, como todos os recantos turísticos do planeta e é sempre bom verificar a possibilidade de fazer reserva num hotel antes de chegar.

Há pousadas e resorts na praia visando o turismo de ocidentais, o preço fica na faixa de uns 50 dólares e para a Índia esse valor é bem caro. Mas são locais limpos, com alguma infra-estrutura e ideais para o turista que não vai para lá em preregrinação hindu.

Durante o famoso festival anual hindu do "ratha yatra," quando as deidades do templo saem em uma prossição de carros pela cidade, Puri recebe literalmente milhões de visitantes de toda Índia, assim sendo, o turista que não é hindu e que só pretende desfrutar do local, deve evitar ir a Puri nessa ocasião, por ser praticamente impossível encontrar acomodações.

Partir[editar]

Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!


Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas