Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Nancy

Da Wikitravel
Europa : França : Lorena : Nancy
Ir para: navegação, pesquisa
Panorama da Praça Stanislas

Nancy [1] é a antiga capital da Lorena, na França

Entenda

Nancy nasceu de uma fortificação às margens do Rio Meurthe, que é ligado ao Reno por um canal que passa pela cidade. Em meados do século 18, Stanislas Leszczynski, após abdicar do trono real da Polônia e tornar-se o último dos duques independentes da Lorena, promoveu uma grande e bem sucedida renovação urbana na cidade. Três importantes praças (Place de la Carrière, Place Royale - hoje chamada Place Stanislas, em homenagem ao Duque - e Place d'Alliance) foram construídas em uma esplanada que une a Cidade Velha (com suas ruelas medievais e torres ao redor do Palácio Ducal) e a Cidade Nova (fundada em 1588, com traçado organizado e ruas perpendiculares). Essa região se destaca das áreas mais modernas, porém menos interessantes, da cidade.

Em 1901, foi criada a Escola de Nancy (Alliance Provinciale des Industries d'Art) e no mesmo ano foi construída a Villa Majorelle, edifício que marca o início do estilo Art Nouveau em Nancy, que veio a prosperar na cidade e rivalizar com Paris em termos de qualidade e quantidade. O patrimônio art nouveau, que ainda hoje é marcante na paisagem local, pode ser visto tanto nas ruas como nos objetos e obras exibidos pelo museu da Escola de Nancy (v. seção Veja, a seguir).

Chegar

Nancy fica a 370km a leste de Paris e 148km a oeste de Estrasburgo.

De avião

A cidade é atendida por dois aeroportos: o aeroporto regional Metz-Nancy-Lorraine (ETZ), é o principal deles e fica a 40 km ao norte de Nancy. Os ônibus (navettes) da Metrolor ligam o aeroporto à estação central de Nancy - com 6 saídas diárias durante a semana mas apenas 1 por dia nos fins de semana. A viagem dura cerca de 40 min. e o bilhete custa 4€.

Um aeroporto menor - Nancy-Essey (ENC) - fica mais próximo (5 km) mas recebe vôos menos importantes.

De barco

Nancy fica à margem do canal que liga o rio Marne ao Reno, com uma marina que recebe cerca de 2 mil embarcações por ano e fica a 5 min. a pé da Praça Stanislas.

  • Port de plaisance Nancy-Saint-Georges - Boulevard du 21e Régiment d'Aviation - Tel: 3 8337-6370 (fax: 3 8320-6708; e-mail: frousseaux@mairie-nancy.fr)

De comboio/trem

Nancy fica a 1h30 de trem de Paris (Gare de l'Est, partidas a cada 1h) com o TGV (trem de alta velocidade), 4h de Lyon e 1h15 de Estrasburgo (partidas a cada hora). A estação ferroviária (Tel. 08 3635-3535, abre de 5h30 às 22h30) fica no centro da cidade, a 10 min. da Praça Stanislas.

Em junho de 2007 será inaugurada a linha leste do TGV, que ligará a cidade a Paris em 1h30 de viagem.

De autocarro/ônibus

Os ônibus regionais param na Île de Corse e no Boulevard d'Austrasie, na parte oeste da cidade.

De carro

De Paris, chega-se pela estrada N4 . Essa estrada - gratuita, mais curta e com 4 faixas na maior parte do trajeto - é ideal a menos que esteja guiando um caminhão ou outro veículo grande. Alternativamente, seguir pela A4, e depois pela A31. A viagem leva mais ou menos 4h. De Bruxelas, Luxemburgo, Metz ou Lyon, o acesso é pela estrada A31 e dura cerca de 3h.

Circular

Bonde em Nancy

O centro histórico pode ser agradavelmente visitado a pé. A famosa Praça Stanislas é reservada aos pedestres, assim como várias ruas vizinhas e em 15 minutos é possível caminhar da Nancy ducal à Nancy medieval.

A rede de transportes públicos STAN, composta de ônibus e bondes, é boa e pode ser útil para ir aos subúrbios e áreas da Grande Nancy. Se pretende usá-la frequentemente, pode valer a pena comprar um "Pass 10" (8.70 €) ou um "Pass 20" (15 €), que dão direito a 10 ou 20 viagens com desconto e são vendidos nas tabacarias.

De bonde/eléctrico

A linha de bonde de Nancy é a coluna vertebral do sistema de transportes. Compre o bilhete antes de embarcar, nas máquinas presentes em cada estação.

De autocarro/ônibus

A passagem de ônibus custa €1,20 e pode ser comprada do próprio motorista. Há 28 linhas em operação na cidade.

De carro

Com ruas estreitas e muitas delas reservadas para pedestres, o centro histórico não é voltado para a circulação de automóveis e as vagas de estacionamento existentes estão quase sempre ocupadas. Portanto, o ideal é procurar um estacionamento na entrada da cidade e continuar de bonde ou estacionar no centro (há vários estacionamentos nas proximidades da estação) e seguir descobrindo a cidade a pé.

Táxis podem ser chamados 24h por dia pelo número 03 8337-6537 ou reservados com antecedência com a Táxis Nancy.

De bicicleta

A Association Cyclotop (tel : 03 8340-3131) tem vários pontos de aluguel de biciletas, dentre os quais um junto ao bagageiro da estação ferroviária. Por 5€ é possível alugar uma bicileta por meio dia.

Veja

Praça Stanislas

A espetacular praça, criada no coração de Nancy no séc. 18, é a praça mais monumental do leste da França e foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Suas entradas são guardadas por elegantes portões com grades de ferro magnificamente trabalhado. Uma estátua em homenagem ao seu criador, o Duque Stanislas, fica no centro da praça, apontando para o norte.

Entre os vários prédios belamente ornamentados ao redor da praça, destaca-se a Prefeitura (Hôtel de Ville), dentro da qual fica o Escritório de Turismo (tel. 03 8335-2241; fax 03 8335-9010), que abre diariamente e fornece mapas e informações úteis além de fazer reservas de acomodação (cobra €2) e câmbio de moeda estrangeira (nos dias úteis).

O Museu de Belas Artes fica na esquina com a rua Stanislas e apresenta obras de arte européia dos séc. 19 e 20. As obras mais interessantes ficam no andar térreo e incluem um raro retrato pintado por Manet. No subsolo, há uma boa exposição de cristais da empresa Daum, sediada em Nancy. O museu abre de 10-18h, fecha ter. Entrada €6, grátis às quartas para estudantes. Tel. 03 8385-3072 (mbanancy@mairie-nancy.fr)

Centro histórico

Arco do Triunfo

Além da Praça Stanislas, três outros pontos de Nancy fazem parte do conjunto patrimônio da humanidade:

  • L'Arc Héré, o Arco do Triunfo, foi erigido pelo Duque Stanislas em homenagem a seu genro, o rei Luís XV, que lhe concedera o Ducado da Lorena. O arco, inspirado nos arcos de triunfo romanos, separa a cidade velha da cidade nova.
  • Place de la Carriere - Ladeada por árvores, essa praça, que se abre ao norte da Praça Stanislas, surgiu de uma pista usada para torneios equestres. Uma fileira de casas com decoração rocaille leva ao Palácio do Governo, com seus dois conjuntos de colunas clássicas.
  • Place d’Alliance - Nessa praça menor e mais reservada, uma fonte barroca celebra a aliança entre os habsburgos do Império Austro-Húngaro e a França.

Cidade Antiga

  • Palácio Ducal - Na esquina da Grande Rue com a Place de la Carriere, este palácio foi criado nos anos 1500 e foi a residência dos duques da Lorena até o séc. 18. Além de ter um belo portal que reflete a transição do estilo medieval para o renascentista, o prédio abriga o Museu Histórico da Lorena (v. abaixo).
  • Museu Histórico da Lorena - 64, Grande-Rue. Tel. 03 8332-1874 (fax. 03 8337-9915; e-mail: museelorrain@mairie-nancy.fr). Este excelente museu, de destaque nacional, é dedicado à arte, a história e as tradições da Lorena. Tem artefatos de uso cotidiano, jóias, armamentos e esculturas da antiguidade da região, bem como objetos e arte da idade média e do renascimento até a história recente, incluindo uma sala dedicada ao gravurista Jacques Callot, cujas preocupações sociais se anteciparam ao que foi visto depois, na arte dos séc. 19 e 20. Abre diariamente de 10h-12h30 e 14-18h, fecha terças e feriados. O ingresso custa €3.10 (ou 4,60 combinado com a Igreja dos Cordeliers, v. abaixo).
  • Igreja e Convento dos Cordeliers - Com uma belos vitrais, coloridos afrescos, monumentos funerários e uma nave de 73m de comprimento, essa igreja dos franciscanos (o nome cordeliers vem das cordas que os monges amarram à cintura) foi erigida por René II em agradecimento pela vitória na Batalha de Nancy, na década de 1480. O conjunto abriga também o convento e seu Museu de Artes e Tradições Populares, que retrata a vida rural da Lorena. O ingresso custa 3,10 € e pode ser comprado em conjunto com o do Museu Histórico da Lorena (acima).
  • Portão da Craffe - Do séc. 14, essa porta é o elemento de fortificação mais antigo de Nancy e serviu de prisão por muitos anos.

Cidade Nova

Fundada pelo Duque Carlos III em 1588, tem traçado ordenado e ruas que se cruzam em ângulo reto - constituindo um conjunto fortificado independente que, com sua praça de mercado e uma prestigiosa paróquia, hoje representada pela Catedral, passou a rivalizar com Cidade Antiga. Hoje passa por um processo de revitalização.

  • Catedral - Séc. 18
  • Igreja de São Sebastião - Séc. 18, tem a fachada curva e fica diante do animado mercado ao ar livre.
  • Igreja de Nossa Senhora de Bonsecours

Faça

Eventos

Durante duas semanas de outubro a cidade se agita para receber o festival Jazz Pulsations (tel. 03-8335-4086). Todas as noites acontecem apresentações não só de jazz mas também de blues, rock, chanson, hip hop e outros no Parc de la Pépinière, próximo à Place Stanislas. Os ingressos custam entre €15 e €45.

Atividades

Aprenda

Nancy conta com uma enorme população de estudantes - estima-se 1/5 de seus habitantes - o que faz dela uma grande cidade universitária. Algumas instituições renomadas da cidade incluem a Université Henri Poincaré (Nancy 1), Université de Nancy 2, o Institut National Polytechnique de Lorraine (INPL) e a École Nationale Supérieure d'Arts (ENSA).

Trabalhe

Compre

Os doces de Nancy, como as bergamotas (v. Coma, a seguir), podem dar ótimos presentes, especialmente se embalados em uma das charmosas embalagens retrô, feitas no estilo art nouveau típico da cidade.

A região da Lorena produz excelentes cristais, inclusive os famosos cristais de Baccarat, e Nancy é um dos melhores lugares para comprá-los. A Boutique Daum, na Place Stanislas (tel. 8332-2165), vende criações modernas e é uma das lojas mais famosas.

O mercado coberto (Les Halles, Place Henri Mangin, abre de 7 às 18h, de ter/sab) é ótimo para comprar frutas, comida e outros ítens. O Centro Comercial Saint Sebastien tem um supermercado Monoprix e várias outras lojas.

Coma

A Place Stanislas tem vários cafés, perfeitos para sentar e ver a vida passar em Nancy. Além disso, há ruas com vários bons restaurantes, como a rue des Maréchaux, a Grande-Rue e a rue des Ponts.

Especialidades da cidade incluem:

  • O famoso Quiche Lorraine - com pedaços de bacon;
  • As imperdíveis Bergamotas de Nancy - doces dourados, à base de óleo de laranjeira-azeda (nada a ver a bergamota/tangerina como é conhecida no Brasil);
  • O Babá ao rum - kouglof (brioche com passas brancas) embebido em rum - receita criada pelo Duque Stanislas e batizada em homenagem a Ali-Babá das Mil e Uma Noites;
  • Macarons - esqueça o macarrão italiano. O Macaron de Nancy é uma espécie de biscoito ou doce crocante de merengue e amêndoas, diferente dos macarons parisienses (feito de dois biscoitos recheados);
  • As pequenas e deliciosas ameixas mirabelle

Econômico

Médio

  • Excelsior - 50 rue Henri-Poincaré, esq. rue Mazagran (defronte à estação ferroviária). Tel 03 8335-2457. [2]. Essa brasserie, agora parte da rede Flo, preservou o belo interior art nouveau e a boa comida. O menu fixo custa entre €20-30.

Esbanje

  • Le Stanislas - 2, Place Stanislas. Tel. 3 8335-0301 (fax. 3 8332-8604, e-mail nancy@concorde-hotels.com) [3]. Com vista para a praça homônima, esse restaurante é parte do hotel mais luxuoso de Nancy. No almoço, o menu executivo tem preços mais acessíveis, entre €25-43.

Beba e saia

Devido à presença de muitos estudantes, a noite de Nancy é bastante animada. A agitação noturna acontece na própria cidade antiga.

  • Le Blue Note III - 3, rue des Michottes. Tel. 03 8330-3118 [4]. Abre Qua-Dom, 23h-4/5h. Entrada 10€ com direito a uma bebida; Sex-Sab grátis para mulheres antes da 0h30. Discoteca com ritmos latinos, hip-hop e karaokê.

Durma

A cidade tem acomodação para todos os bolsos e gostos - de camping e albergues da juventude a hotéis 4 estrelas. A maior parte das opções fica ao redor da estação ferroviária ou a no máximo 10 ou 15 minutos a pé dali.

Econômico

  • Albergue da Juventude Château de Rémicourt - 49, rue de Vandoeuvre. Tel. 03 8327-7367 (fax. 03 8341-4135; e-mail: aubergeremicourt@mairie-nancy.fr) [5]. Esse albergue fica em um castelo do séc. 16, a 4km do centro da cidade. Acesso pelas linhas de ônibus 16 (tomar na rue des Carmes, sentido Villers-Lycée Stanislas) ou 26 (direção sentido Villers Clairlieu) e descer na parada Fiacre, ou ainda pela linha 1 do bonde, parada Le Reclus a 800m do albergue. Preços em quartos coletivos a partir de €13.50, com café da manhã.

Médio

Esbanje

Mantenha contato

O e-café é um dos mais conhecidos e recomendados cybercafés da cidade. Fica na rue des Quatres Eglises, a 50m da Place du Marché. Tel. 03 8335-4734

Segurança

  • A delegacia central (Commissariat principal) da cidade fica no endereço 38, Boulevard Lobau, tel. 03 8317-2737.
  • A polícia municipal fica à rue Saint-Julien, tel. 03 8345-3232 e atende de 7-23h, seg/sab.

Saúde

Os CHU de Nancy atendem turistas:

  • C.H.U de Brabois - Rue Morvan, tel. 03 8315-3030
  • C.H.U Hôpital Central - 29, avenue Mar de Lattre de Tassigny, tel. 03 8385-8585

Cotidiano

  • Achados e perdidos - 03 8385-3454

Partir





Este artigo é usável. Ele contém informações sobre como chegar e algumas indicações completas de restaurantes e hotéis. Uma pessoa mais corajosa poderia utilizá-lo para viajar, mas por favor mergulhe fundo e ajude-o a crescer!

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites