Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Galícia

Da Wikitravel
(Redireccionado de Galiza)
Ir para: navegação, pesquisa

A Galícia ou Galiza é uma nação constituída como comunidade autônoma da Espanha

Cidades[editar]

Outros destinos[editar]

  • Baiona (12,000) - Cidade a 20km de Vigo
  • Combarro
  • Fisterra
  • Muros
  • Ribadavia - pequena vila, mas bem perto da cidade galega de Ourense com um castelo e uma bela Praça Maior e antigas ruas no bairro judeu.
  • Tui - Cidade perto da fronteira portuguêsa (Valença), com uma catedral fortificada.
  • O Grove - Famosa por suas praias e o marisco.

Entenda[editar]

A Galiza foi um dos pontos centrais para a Cultura Megalítica da Europa Ocidental (8000-2000 a.C) e remanescentes físicos ainda são visíveis hoje em dia. No entanto, os galegos traçam a sua ascendência cultural desde as tribos celtas que se começaram a estabelecer por volta de 1000 a.C. A civilização celta na Galiza teve o seu apogeu entre 600 e 25 a.C, até que a Galiza caiu sob o poder do Império Romano. Ainda assim, uma fraca romanização significou a consolidação de uma cultura híbrida, tendo fortes traços celtas.

A Galiza é considerada "o primeiro país na Europa", após o estabelecimento do Reino da Suábia em 411 a.C. A dinastia Suábia durou até 585, quando foi substituída pela dinastia visigótica. Com a ocupação muçulmana do sul da Península Ibérica a partir de 711 e o posterior desmantelamento do Império Visigodo, a Galiza começou a consolidar-se como um dos principais reinos cristãos na Península Ibérica Medieval, nomeadamente graças à rota de peregrinação a Santiago de Compostela.

A Galiza foi anexada a Castela (Espanha) em 1486, este foi o início dos chamados "Séculos Escuros". Desde então, a Galiza tem tentado recuperar a sua independência ou alcançar uma maior autonomia até este dia. A Galiza perdeu a denominação formal de "reino" em 1833. Houve uma tentativa fracassada de proclamar uma República Galega em 1931. Desde 1981, o "Estatuto de Autonomia da Galiza" concede na Galiza um pouco de autonomia no âmbito do Estado espanhol. A Galiza tem o seu próprio parlamento nacional, o presidente e os símbolos, mas a sua representação internacional é reduzida. Muitos galegos reivindicam independência ou maior autonomia.

Os galegos têm um grande orgulho de sua herança cultural e arquitectura. O viajante vai encontrar muitos bons exemplos disso por "se perder" em qualquer cidade ou vila galega. A passagem por Santiago de Compostela é obrigatória, mas também é uma boa ideia passar fora do roteiro turístico pois esta é altamente gratificante, segura e barata. Além disso, a Galiza é bem conhecida pelas suas belas paisagens, que vão desde espectaculares vistas do mar até às zonas montanhosas.

Chegar[editar]

No avião[editar]

Provavelmente a melhor opcão se você ven de outro país. Galiza tem três aeroportos internacionais (A Corunha, Vigo e Santiago de Compostela), dos quais o principal é na capitao, Santiago de Compostela. Este aeroporto (chamado "Lavacolha") liga a Galiza com um número de cidades europeias como Londres, Dublin, Frankfurt, Liverpool e Roma. Há também voos entre Vigo e Paris e Bruxelas, e A Corunha e Lisboa e Londres. Há uma abundância de voos para várias cidades espanholas e alguns vôos a América do Sul.

No automóvel[editar]

Comunicaçãos por estrada a partir de e para a Galiza são muito bons, com muita autoestradas da Galiza a Espanha e Portugal.

No comboio[editar]

Há rotas de Portugal e cidades em Espanha (a melhor e provavelmente desde Madri), contudo o serviço é lento e os horários não são muito bons. A introdução de um comboio de alta velocidade em (aprox.) 2011 virá a facilitar o acesso do comboio drasticamente: haverá conexões rápidas de e para Madri e Lisboa.

Circular[editar]

De trem[editar]

Fale[editar]

Galego, muito parecido com o português. De facto há um permanente debate sobre a sua pertença ou não à lusofonia. A instituição oficial da lingua galega, a Real Academia Galega (RAG) defende a independência de uma e outra língua. Porém, a Academia Galega da Língua Portuguesa (AGLP) é reconhecida pelas outras Academias da lusofonia, aceitando o galego ser uma variante mais do diassistema linguístico português. Se você falar em português na Galiza, será perfeitamente compreendido e falar-lhe-ão em galego (ou português da Galiza). O sotaque é do espanhol.

Compre[editar]

Coma[editar]

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

Respeite[editar]

Mantenha contato[editar]

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites