Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Discussão:Brasil

Da Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa

Atenção, o conteúdo da Wikipedia não pode ser copiado para a Wikitravel, pois usamos licenças de direito autoral diferentes. Queremos produzir um guia original e que possa ser divulgado amplamente com a concordância dos autores. Rmx 09:40, 27 Jan 2006 (EST)



Ei, quem sumiu com o link para ESTÂNCIAS HIDROMINERAIS. Assim vira zona !!!

Eltomaselli, o Wiki é assim mesmo, num dia a gente escreve, no outro já não está lá. Se você seguir a discussão abaixo e os Wikitravel:Modelos de artigos vai ver que estamos colocando poucas cidades em cada país. Se cada um inventar uma subdivisão das cidades, acho difícil a coisa funcionar. Imagine se resolvem criar a seção "Cidades de peregrinação", outro vem e cria "Cidades boas para surfe", um outro inventa "Cidades de turismo rural", e assim por diante. Vamos ter uma lista interminável, o que não ajuda ninguém. Por isso dividimos o país em regiões e estados, assim todas as cidades podem ter seu devido destaque. Enfim, se alguém achar que devemos copiar a lista de municípios brasileiros do site do IBGE na página do Brasil, tudo bem, mas eu acho que isso prejudica a usabilidade do guia (que também deve poder ser impresso. Rmx 12:03, 2 Fev 2006 (EST)
Concordo que não deva aparecer a lista de cidades do IBGE, o objetivo é criar refêrencias para viagens. Eltomaselli 17:30, 02 de Fev 2006



Silas: COMO VOU ACHAR AS CIDADES QUE SÃO ESTANCIAS HIDROMINERAIS?? PROPONHO QUE SEJA COLOCADO UM LINK COM A LISTA DE TODAS AS CIDADES DA REGIÃO (ESTANCIAS HIDROMINERAIS).


== Lista de cidades == q bostaaa

A lista de cidades deveria conter apenas as cidades mais importantes turisticamente, seja pelas suas próprias atrações, seja pela sua importância ao acesso a outros pontos turísticos. Penso que um número ao redor de 10 seria o ideal. As demais, devem entrar nas respectivas regiões. Rmx 15:33, 27 Jan 2006 (EST)

-- Precisamos ter cuidado com este tipo de organização. Existem dezenas de cidades que possuem três ou quatro perfis diferentes (histórica, litorânea e colonizada) e isso pode deixar as pessoas meio confusas.

Quanto as cidades na página principal, concordo com um número de pontos mais ou menos fixo. Pmichelazzo

Se alguém tiver fôlego, poderia mergulhar fundo e mover as cidades/destinos inseridos para a respectiva região. Caso contrário, todo usuário vai se sentir à vontade para entrar e colocar a sua cidade preferida, o que comprometeria a objetividade do guia e a utilidade da hierarquia geográfica. Rmx 20:32, 1 Fev 2006 (EST)
Vou cuidar disso. Agora, pelo amor de Deus gente. O Brasil não é "normalmente" dividido em 5 regiões. Ele É dividido em 5 regiões. Cuidado com coisas assim :) Pmichelazzo 22:50, 1 Fev 2006 (EST)
Acho que já fiz uma "limpa" dentro do Brasil. Alguns comentários:
  • Região serrana e litoral NÃO DEVE conter cidades, mas sim REGIÕES. Se colocarmos cidades, teremos que listar todo o litoral brasileiro e isso ficaria inviável.
  • Devemos reduzir a lsita de cidades apresentadas em CIDADES. Penso em pegar o IBGE e ver quais são os 10 destinos turísticos (cidades) mais visitados em nosso país e lá listar. Daqui há pouco teremos os 5 mil e tantos municípios ali listados.
  • Devemos reduzir a quantidade de cidades históricas, de colonização e hidrominerais para um número que comporte UMA cidade de cada estado e nesta cidade, fazer link para outras na região. Somente cidades históricas teremos em torno de 300, de colonização, 100 e hidrominerais outras 100.
Acho que é isso (falei demais não :). Abraços Pmichelazzo 23:17, 1 Fev 2006 (EST)
Pmichelazzo, extrapolei a sua idéia e fiz logo a limpa geral, pois ainda acho que a página do país tem que realmente ter só as cidades principais, que são os cartões de visita do país para o resto do mundo (o que não quer dizer que tenham que ser aquelas que estão lá, pelo contrário). Acho que o problema não é tanto quantas cidades cabem em cada categoria, mas sim quantas categorias poderíamos ter em um país, que são intermináveis. E concordo com você que se cada município quiser "aparecer" na página do país, a hierarquia geográfica vai por água abaixo, e ela ainda parece ser o melhor jeito de organizar o guia (pelo menos funciona nos outros Wikitravel). Rmx 12:03, 2 Fev 2006 (EST)
Boa meu caro, ficou bom. Acho que se assim mantermos, poderemos dar uma boa visão de nosso país e tudo o que tem ele tem a oferecer. Abraços. Pmichelazzo 16:42, 2 Fev 2006 (EST)

Casar com brasileira[editar]

"Casar com brasileira para pegar visto de permanência". É esse tipo de informação que se quer dar aqui? Daqui a pouco vão colocar endereço de agência de aliciamento... sylx100 3/11/06 12:13 hora de Brasília

Se não me engano tem um outro Wiki aí pela rede com instruções para quem quer emigrar, mudar de país, mas definitivamente não é o caso aqui. Ricardo (Rmx) 11:59, 3 Novembro 2006 (EST)


Cidades mais relevantes[editar]

Contesto a classificação das nove cidades mais relevantes do Brasil. Há cidades como Curitiba e Recife que são grandes, particulares e muito relevantes - esta, pela importância histórica que desempenhou no Brasil (mais do que Fortaleza, que, ao contrário desta, é mencionada); aquela, por ter sido uma vitrine brasileira internacionalmente reconhecida em termos de inovação urbanística. Ambas são cidades de mais de um milhão de habitantes. Por outro lado, cidades como Fortaleza e Florianópolis são turísticas, mas não chegam a ter uma característica marcante que as coloque entre os destinos mais relevantes - sendo que Florianópolis tem menos de 500 mil habitantes e sequer chega a ser a maior cidade de Santa Catarina. Por isso, vou movê-las para os "outros destinos", e substituí-las por Recife e Curitiba. Fábio Soldá 12:43, 28 Março 2007 (EDT)

As cidades não têm que ser grandes ou "relevantes" - não estamos na Wikipedia - e sim, visitadas, conhecidas e procuradas como destinos de viagem. Além disso, a seção outros destinos é só para destinos naturais ou outros lugares que não são cidades. No primeiro caso, dá para discutir se FLN e Fortaleza são mais populares que do CWB e Recife, incluindo para os visitantes estrangeiros (pelo menos aqui na parte do país onde eu moro, são muito mais populares), mas no caso dos outros destinos, não dá para abrir mão. -- Ricardo (Rmx) 19:07, 28 Março 2007 (EDT)
Quanto Fortaleza v. Recife, acho que qualquer serve. São as duas famosas e visitadas por mais ou menos os mesmos motivos, mas talvez Recife ganha como destino turistico já que tem Olinda ao lado. Quanto Curitiba v. Floripa, como norteamericano que já visitou as duas cidades, meu voto é para Floripa porque acho que firmamente tem lá mais para turista ver e fazer, e porque Florianópolis é mais conhecida no exterior. Aguardo mais opiniões. Texugo 22:13, 28 Março 2007 (EDT)
Concordo com o Texugo. Nada a ver tirar Floripa, que é um destino REALMENTE turístico, para pôr Curitiba no lugar, que não recebe nem uma fração dos turistas da capital catarinense. Quanto a FOR ou REC, acho que tanto faz, pena não caberem as duas... sylx 22:34, 28 Março 2007 (EDT)

Fortaleza é quinta cidade brasileira em populaçao e em tamanho. Entao acho mais relevante colocar Fortaleza do que Recife.

Porque colocar cidades e não tem estados[editar]

Falta colocar estados e cidades devem ser colocadas dentro dos estados

Já existem artigos para todo estado do Brasil. É só que não são o nível mais alto de classificação. Os estados estão grupados dentro dos artigos para as 5 regiões. Texugo 00h02min de 19 de Fevereiro de 2010 (EST)

Electricidade[editar]

Não creio que aquelas informações sobre eletricidade sejam necessárias. Talvez devêssemos apagá-las? --Tiagox2 13h57min de 8 de Setembro de 2010 (EDT)

Acho que é importante mencionar que tem vários tipos e voltagens-- eu tive problemas desse tipo quando eu estava lá, mas não é necessario ter as fotos e todas as detalhes aqui. Para as detalhes e fotos, devemos fazer um artigo de Eletricidade igual ao en:Electricity. Texugo 21h09min de 8 de Setembro de 2010 (EDT)

Coma[editar]

Peço que não se refirem aos pratos típicos como parte de uma mesma cultura. Cada estado tem seus pratos típicos. Por exemplo, o empadão goiano é de Goiás, o cuscuz cuiabano é de Mato Grosso. Então não adianta agupar todos os pratos típicos em "Centro-Oeste", é falta de respeito. --Peninha 15h04min de 1 de Fevereiro de 2011 (EST) A culinária brasileira é bastante diversificada, embora haja elementos comuns em quase todas as regiões, como a combinação arroz + feijão + farinha de mandioca, e ingredientes como a mandioca, por exemplo. Devido ao tamanho do país, encontramos em cada região uma cozinha diferente, espelhando a história da colonização dos últimos 500 anos. Ingredientes locais usados em pratos europeus, africanos e asiáticos dão um tempero especial.

Nos artigos de país e região grande, devemos ter generalizações em prosa sobre a culinária da área, em vez de uma lista de pratos separadas por região. As listas de pratos e detalhes sobre eles fica melhor nos artigos dos estados ou regiões relevantes. Coloquei um texto da Wikipédia lá e tirei a lista em baixo para que podemos usá-la para assegurar que as informações estão inclusas nos artigos respetivas dos estados/cidades/regiões... Texugo 01h17min de 2 de Fevereiro de 2011 (EST)

Alguns pratos típicos:

  • Feijoada
  • Na cidade de São Paulo é possível comer qualquer tipo de comida. Há restaurantes para todos os gostos. Destaque para a pizza, que ganhou receitas locais, o virado e o cuscuz paulista.
  • Em Minas Gerais há uma culinária farta com variados pratos como feijão de tropeiro, tutu à mineira, frango com quiabo, frango com ora-pro-nobis, frango ao molho pardo, além de inúmeros doces e licores.
  • Em Antonina e Morretes, o barreado, prato típico do Paraná.
  • Em Fortaleza, baião de dois, rapadura, sucos de frutas tropicais (graviola, umbu, acerola, mangaba, cajá), sarrabulho, sarapatel.
  • No Rio Grande do Sul, churrasco, pratos à base de defumados e embutidos do tipo alemão e italiano .
  • Em Salvador, acarajé, caruru, vatapá e abará.
  • Em Aracaju, caldo de sururu, ostra, mariscos, caranguejo, camarão, pitu .
  • Em Recife, tapioca, bolo de rolo, bolo Souza Leão, guaiamum e arrumadinho de carne de sol.
  • Em Vitória, moqueca e torta capixaba.
  • No Pará, caldeirada de peixe, maniçoba, tacacá, tapioca, pato no tucupi e o vatapá paraense, de preparo diferente do baiano, além de uma diversidade de sorvetes e doces de frutas exóticas.
  • No Amazonas, coma o X-caboquinho (saduíche feito com queijo coalho e tucumã - fruta nativa), o peixe jaraqui frito e os cafés da manhã regionais existentes nos finais de semana pela cidade.
  • Em Goiânia, galinhada, paçoca, farofa, carne de sol, arroz com pequi, pamonha, empadão goiano e muita comida feita no fogão a lenha.
  • Em Cuiabá, arroz Maria Isabel, pururuca e cuscuz cuiabano.
  • Em Campo Grande, chipa, saltenha, caribeu e tererê.
  • Em Florianópolis [1], peixes e frutos do mar em geral, principalmente a tainha.

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas