Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Cartagena

Da Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa

Cartagena das Índias (Cartagena de Indias em castelhano) é uma cidade da Colômbia.

Índice

Entenda[editar]

Cartagena fica no litoral Atlântico, também conhecido como Mar do Caribe. A cidade foi fundada em 1533 pelos espanhóis, que cuidadosamente a fortificaram e já foi sede do Tribunal da Inquisição; hoje tombada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, a cidade tem mais de um milhão de habitantes.

Arcos no Centro Histórico

A Cidade Velha (ou Ciudad Amurallada, como se usa em Cartagena) é totalmente cercada por uma larga muralha cheia de baluartes, que lhe serviu de proteção por séculos. Está dividida em quatro bairros, todos muito pequenos: Centro (o mais legal!), San Diego, La Matuna e Getsemani. As construções mais bonitas, o casario colonial e suas sacadas, as melhores lojas, hotéis, bares e restaurantes concentram-se no Centro. Getsemani é bem mais popular e tem um ar mais decadente. San Diego é mais residencial e La Matuna é tão pequeno que não dá nem pra perceber (são apenas 3 quadras).

Chegar[editar]

De avião[editar]

O Aeropuerto Internacional Rafael Nuñez recebe voos da Cidade do Panamá, Lima, Miami, Medellín, Cali, Bogotá e outros.

Para sair do Aeroporto, eles recomendam que se pegue um voucher na parte externa do terminal. O papel já vem com o destino e o preço impressos, e o pagamento é feito diretamente ao motorista. Esse posto fica bem na saída do terminal nacional, do lado de fora.

De barco[editar]

Há muitos barcos fretados entre a cidade e o Panamá. A viagem dura em torno de 5 dias, custa aproximadamente US$400, com dois dias de paradas nas Ilhas de San Blas, no Panamá. Mas não é tão simples encontrar um barco.

De ônibus[editar]

A rodoviária fica a 6 km do Centro ($1500 de ônibus até lá). Saídas horárias para Barranquilla (110 km), onde há conexões frequentes para Santa Marta (outros 80 km).

De carro[editar]

A cidade fica a mais de 1000 km de Bogotá

Circular[editar]

Andar no Centro Histórico é a melhor opção

A pé[editar]

Na cidade velha tudo se faz a pé.

De charrete[editar]

Aluguéis de charrete para passeios pelo Centro histórico. Logo depois dos arcos dos doces elas ficam paradas. É meio pagar mico de gringo!

De ônibus[editar]

As busetas levam a todos os bairros da cidade, pergunte aos locais que esperam o autocarro para onde este vai.

De barco[editar]

  • Linhas turísticas para Playa Blanca (na Ilha Baru) e para as Ilhas do Rosario, onde fica o Parque Nacional Corales
  • Linhas comuns levam passageiros aos vilarejos da Ilha Tierrabomba

De táxi[editar]

Os táxis não têm taxímetro. Antes de entrar pergunte por quanto sai a corrida. Do Centro (Puerta del Reloj) até Bocagrande custa 5 mil pesos.

Veja[editar]

A torre de La Catedral.
  • Os fortes seculares de Cartagena e grandes partes da sua muralha estão intactas e constituem um admirável exemplo da arquitectura civil e militar dos tempos coloniais espanhóis.
  • Não perca o Castillo de San Felipe, uma fortaleza desenhada pelo engenheiro holandês Richard Carr e construído em 1657 pelos espanhóis com função de proteger dos ataques de piratas, enquanto os espanhóis enviavam ouro para a Europa. Aberto das 8:00h às 18:00h.
  • Perto do Castillo de San Felipe está a colina de La Popa que, com 150 metros de altura, oferece maravilhosas vistas sobre Cartagena e o seu porto. Aqui se localiza o Mosteiro de Santa Cruz (século XVII), com um magnificamente restaurado pátio e uma imagem da Virgem de La Candelaria.
  • A principal atracção de Cartagena é a Cidade Antiga, cuja principal entrada é o Edifício da Torre do Relógio. A cidade muralhada de Cartagena divide-se em diversos bairros: Centro, San Diego, Getsemaní e a parte moderna de La Matuna. A parte mais antiga de Cartagena situa-se em redor da Plaza Trinidad, em Getsemaní.
  • Museus: Cartagena é uma cidade cheia de história, que pode ser vista no Palacio de la Inquisición (Palácio da Inquisição), onde a Inquisição torturava, julgava e condenava homens acusados de crimes religiosos. Situa-se na 'Plaza de Bolivar', no centro histórico.
  • Igrejas: Quase todas as igrejas no centro histórico merecem uma visita, especialmente a Iglesia de San Pedro Claver, em hoonra do padre São Pedro Claver, que foi o primeiro santo no Novo Mundo por causa do seu trabalho com os escravos, La Catedral, na Plaza Bolívar e a Iglesia de Santo Domingo.

Faça[editar]

Os dois passeios mais famosos são Playa Blanca e Islas de Rosario. A primeira fica na Ilha Baru e as demais ilhas são um tipo de continuação daquela, mais a oeste e mar adentro. Todas as saídas partem do Muelle de la Bodeguita, das 7h às 9h da manhã, com retorno às 16h aproximadamente. O Molhe (porto) fica bem pertinho da entrada principal da Cidade Velha, a Torre del Reloj, ao lado do Centro de Convenções. A Capitania dos Portos cobra uma taxa de 10 mil para uso do molhe e como entrada ao Parque Nacional. Existem muitas agências vendendo pacotes, muitas delas instaladas no próprio molhe. Há embarcações de dois tipos: Lanchas para 20 a 30 pessoas (30 min. até Praia Branca e 45 até Rosario) e Yachts para até 100 pessoas, mais lentos, levando quase o dobro do tempo. Não compre excursões de vendedores ambulantes; diga a eles que você já comprou. Há vários tipos de excursão:

  • Ilhas do Rosario, com visita ao vilarejo, aquário (pago à parte, 15 mil) e possibilidade de snorkeling (mergulho a pouquíssima profundidade, também pago separadamente, normalmente em torno de $15 mil). O preço do passeio fica em torno dos 70 mil, com almoço incluído na Praia Branca.
Playa Blanca
  • Praia Branca é a única praia para onde fazem excursões na Ilha Baru. A ilha, que também pode ser alcançada de carro (uma hora por estrada e balsa), possui quatro povoados. Considerada a "praia com as areias mais brancas" das redondezas, tem como ponto alto a cor da água do mar, com aquele azul transparente característico do Caribe.

A praia em si não tem muitos atrativos: é pequena, não tem saída para outras praias e a faixa de areia do mar até o mato é pequena. Além disso, todo o local está bastante degradado pela exploração turística. O mangue por trás das barracas está abarrotado de lixo, os nativos não te deixam um minuto em paz, com produtos, insistência e repetição. Um pacote para a Praia Branca custa $50 mil com almoço pagos em cartão de crédito, 45 mil se pagos em cash e 35 mil sem almoço. Leve bolachas e coisas do gênero se não quiser se arriscar. Há muitos gringos acampando por lá. Há também muita muriçoca (pernilongo) e maruim (insetos minúsculos, quase invisíveis, que perturbam bastante); portanto, leve repelente. Se tiver sol, você será obrigado a alugar as "barraquinhas" por 5 mil por pessoa.

Há outra praia na Ilha Baru, muito mais preservada, chamada Playa de Porto Naito. Não há saídas regulares para lá. Informe-se nas agências.

  • Um terceiro tipo de excursão, menos popular e mais cara, é para apenas as Ilhas do Rosário, com parada em uma delas (as ilhas são todas particulares). Nessa modalidade, você vai até uma ilha (cada agência leva o turista a uma ilha específica), desfruta das instalações, toma banho de mar, almoça e, à parte, pode fazer snorkling ou mergulho com equipamento (buceo propriamente dito). O preço dessas excursões varia entre 70 e 80 mil. O snorkling custa $15 mil e o mergulho com equipamento (inclusive para iniciantes) em torno de $200 mil. Se quiser eles também te levam até o aquário (sem custo adicional, exceto pela entrada). Se puder, essa é a melhor modalidade.

Agências de excursão:

  • Ocean & Land, Cra.2, 4-15, loc. 6, tel. 644-5226 e também no molhe. Cel. 300-839-2634 (Deniris). Para Praia Branca e Ilhas do Rosário.
  • Isla del Encanto, av. San Martin com Calle Michel Center, 5-52, local 4, tel. 665-8315 e 665-5454
  • Dolphin Dive School, Parque Fernandez Madrid com Calle del Curato esquina nº 38-08, tel. 664-0814, cel. 315-743-8775. especializada em mergulhos com equipamento; oferece cursos.

Aprenda[editar]

  • Mergulho com equipamento, Dolphin Dive School, endereço acima.
  • Universidade de Cartagena [1]

Trabalhe[editar]

Compre[editar]

Arcos dos doces
  • Bóvedas, junto à muralha, perto do baluarte de Santa Catalina. Várias lojas de artesanato, as melhores da cidade.
  • Q Design, Calle de la Iglesia, 4-16, Centro. Objetos de design, inclusive da marca Kartell.
  • Arcos dos Doces, na entrada pela Torre do Relógio. Doces típicos.

Coma[editar]

Econômico[editar]

  • Pan de Bono, Calle del Porvenir esquina com Calle San Agustin. Para um lanche rápido. Sucos de fruta e pães de massa folheada rechedos com queijo, frango, queijo e presunto. Local muito simples, barato, com tudo muito fresquinho. Prove também o pan de yuca (mandioca), parecido com o nosso pão de queijo.

Médio[editar]

  • Restaurante La Casa de Socorro, Calle Larga, No. 8B-112. Getsemani. Muito tradicional. Pescados.
  • Teriyaki, Plaza San Diego, Centro. Nipo-Thai.

Esbanje[editar]

Beba e saia[editar]

  • Bar Donde Fidel, sob os arcos dos doces, ultimo boteco à esquerda. Pura salsa no som, cerveja gelada e animação. Dentro é melhor, mas também tem umas mesinhas com cadeiras (amarelas) na rua. 2500 pesos a cerveja bem gelada.
  • A Plaza San Diego é a mais animada nas noites de final de semana. Cheia de bares e restaurantes.
  • Café del Mar, Baluarte de Santo Domingo, sobre as muralhas, Centro.

Durma[editar]

Bocagrande

Não há hoteis econômicos em Cartagena. São caros e deixam a desejar. Os hostales são meio mofados. Estão construindo um parece que muito bom no Centro da cidade. Há muitos hotéis butique também, luxuosos e caríssimos. Os hotéis 3 estrelas ficam em sua maioria no bairro de Bocagrande, a 5 minutos do Centro de táxi. Getsemani não é um lugar muito legal para se ficar.

Econômico[editar]

  • Casa Viena, Calle San Andrés (Getsemaní), +57-5-664-6242 (hotel@casaviena.com) [2]. Hotel popular com quartos razoáveis de 2 a 4 pessoas, alguns com casa-de-banho. O hotel inclui internet e uma cozinha comum. Cerca de C$15.000 por pessoa por um quarto partilhado e cerca de C$16.000 por pessoa por um quarto.
  • Hotel Familiar, Calle El Guerrero Nº 29 -66 (Getsemaní), 5 664 2464. Os quartos são limpos e os preços rondam os 16 000 Pesos por pessoa.
  • Hostal Real, Calle De La Magdalena Nº 9-33 (Getsemaní), 5 664 7866. Aberto pela família Rincon à mais de 30 anos atrás, o Hostal Real situa-se num belo edifício colonial.
  • Hotel Villa Colonial, Calle del las Maravillas Nº 30-60 (Getsemaní), (5) 664 4996, (5) 664 5421, hotelvillacolonial@hotmail.com. Um hotel limpo, bem mantido, com quartos com ar condicionado, casas-de-banho privadas. Também tem outro edifício na Calle de la Media Luna, que tem quartos melhores, mas mais caros. O preço de um quarto de casal com uma cama ronda os 60000 pesos por noite (Maio 2009) (no edifício mais velho, e mais barato).
  • Hotel La Muralla, Calle de Media Luna (Getsemaní). Limpo, mas pode ser barulhento nos fins-de-semana, uma das opções mais baratas! Um quarto de solteiro com casa-de-banho e ventoinha custa 15 000 pesos, mas com casa-de-banho partilhada custa 10 000 pesos. Um quarto duplo com casa-de-banho partilhada custa 15 000 pesos. Arranje um quarto no segundo andar, os do 1º andar tem um bocado de mofo.
  • Hotel La Espanola, mesmo preço e mesmo estilo do Hotel La Muralla, mas os quartos são um pouco mais escuros.

Médio[editar]

  • Bahia [3], Cra. 4 com Calle 4, Bocagrande, tel. 57 5 665-0316 e 665-0317. De $200 a 230 mil por casal.
  • Casa El Carretero, [4]. Cozinheiro privado, mordomo privado, pequeno-almoço, WIFI, piscina.
  • Hotel 3 Banderas, Calle Cochera del Hobo #38-66, (Barrio San Diego), +57-5-6600160 (info@hotel3banderas.com) [5]. Pequeno hotel colonial com quartos entre 35 e 70 euros.
  • Hotel Casa del Curato, Calle del Curato Cra. 7 Nº 38-89, (Barrio San Diego), +57-5-6643648 (info@casacurato.com) [6]. O hotel, situado numa mansão do século XVIII, abriu em Dezembro de 2005. Os quartos rondam os 50 euros.
  • Casa India Catalina, Calle del Coliseo No 5-67 (Centro), Tel: +57-5-6644361 (casaindiacatalina@gmail.com) [7]. Quartos espaçosos, alguns com varandas para a rua. Tem piscina. Os quartos rondam os 80 euros.
  • Casa Mara, Calle del Espiritu Santo, No 29-139 (Getsemaní), Tel: +57-5-6648724. Os quartos rondam os 60 euros.
  • Hotel-Hostal Santo Domingo, Calle Santo Domingo, No 33-46 (Centro), Tel: +57-5-6642268 (hsantodomingopiret@yahoo.es). Localiza-se perto da Plaza Santo Domingo. Os quartos de solteiro rondam os 15 euros e 30 euros por um quarto para seis pessoas.

Esbanje[editar]

  • Casa Quero- Hotel Boutique, Calle Del Quero, 9-53, tel. 57-5 664-4493. [8]
  • Agua (Centro) Calle Ayos, No 4-29. Tel: 664-9479. [9] Um belo hotel com quartos que rondam os COP$500,000 mais taxa.
  • Casa El Carretero, [10]. Cozinheiro privada, mordomo privado, pequeno-almoço, WIFI, piscina.
  • Hotel Alfiz-Casa patrimonial, Calle Cochera del Gobernador No 33-28 (entre a Plaza de la Aduana e a catedral), Tel: +57-5-660 000 6 (info@alfizhotel.com), [11]. Um hotel romântico com uma boa localização na cidade velha.
  • Hotel Casa la Fe (Centro) Calle segunda de badillo #36-125, Tel: +57-5-6640306 (admin@casalafe.com)[12]. Este pequeno e belo hotel é muito recomendado. O hotel é gerido por ingleses. Os preços rondam os 80 euros (reserve online).
  • Hotel Sofitel Santa Clara Cr 8 No 39-29, Calle del Tomo (Barrio San Diego), [13] Tel: +57-5-6646070.
  • Hotel Charleston Santa Teresa Plaza Santa Teresa, Cra 3a, No 31-32 (Centro), Tel: +57-5-6649494.
  • La Merced Hotel, Calle Don Sancho # 36-165/ Cra. 4, Cartagena de Indias. O La Merced Hotel Boutique foi desenhado para oferecer aos seus hóspedes um lugar onde podem disfrutar de de todo o conforto de um hotel de 5 estrelas e a privacidade que só encontra na sua casa.

Mantenha contato[editar]

Segurança[editar]

  • O Centro histórico da cidade murada é bastante seguro. Não é legal ir para a periferia da cidade, ao menos que queira ver a realidade da cidade, deve andar com precaução como em toda cidade grande e com desigualdade.
  • A versão americana do site conta um truque praticado contra os que vão em busca de drogas. Você compra de alguém que passa na rua oferecendo e em 5 minutos a polícia te prende, você é extorquido e ainda levam tudo o que puderem sacar no caixa eletrônico para nao te levarem preso.

Saúde[editar]

Cotidiano[editar]

Partir[editar]

Este artigo é usável. Ele contém informações sobre como chegar e algumas indicações completas de restaurantes e hotéis. Uma pessoa mais corajosa poderia utilizá-lo para viajar, mas por favor mergulhe fundo e ajude-o a crescer!




Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites