Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Campos do Jordão

Da Wikitravel
Sudeste : São Paulo : Vale do Paraíba : Campos do Jordão
Ir para: navegação, pesquisa

Entenda[editar]

800px-Caiobadner - campos do jordao.jpg

Campos do Jordão [1] é um município do interior do estado de São Paulo, localizado na Serra da Mantiqueira é a cidade mais alta do Brasil. Situada a quase 1.700 metros de altitude, é bastante procurada no inverno.

Campos do Jordão é um município brasileiro localizado no interior do estado de São Paulo, mais precisamente na Serra da Mantiqueira. A cidade tem altitude de 1628 metros, sendo portanto, o mais alto município brasileiro, considerando-se a altitude da sede. Sua população estimada, em 2004, era de 47.903 habitantes. Dista 167 km da cidade de São Paulo, 350 km do Rio de Janeiro e 500 km de Belo Horizonte. Sua principal via de acesso rodoviário é a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, que tem início em Taubaté, município localizado a 45 km da cidade. Campos do Jordão é um dos quinze municípios paulistas considerados estâncias climáticas pelo estado, por cumprirem os pré-requisitos definidos por lei estadual. Tal nomeação garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. O município também adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de estância climática, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais. Campos do Jordão é chamada de Suíça Brasileira, como estratégia de marketing e principalmente pela sua arquitetura tardia baseada em construções europeias, e pelo seu clima mais frio que a média brasileira. Por isso, a cidade recebe maior quantidade de turistas durante a estação do inverno, especialmente no mês de julho. É o município com a sede administrativa mais elevada do país, atingindo 1628 metros na sede do município, onde está localizada a prefeitura da cidade, e que pode variar para mais de 2 mil metros nos arredores do município. Está localizado no maciço da Serra da Mantiqueira, uma das mais elevadas cadeias de montanhas do Brasil. Possui uma área de 289,5 km². É constantemente visitado por turistas de todo o Brasil e até mesmo do exterior, que vão a localidade para gozar do clima de inverno.

Chegar[editar]

Mapa rodoviário do Vale do Paraíba (São Paulo)

De carro[editar]

De trem[editar]

De ônibus[editar]

  • Pássaro Marrom, com 6 saídas diárias de São Paulo/Tietê: 6h, 9h, 12h, 15h, 17h, 19h30, tel. 11 6221-0244; Campos do Jordão, tel. 12 3662-1996. http://www.airportbusservice.com.br/

Veja[editar]

  • Horto Florestal
  • Museu Felícia Leirner
  • Auditório Cláudio Santoro
  • Palácio Alto da Boa Vista
  • Gruta dos Crioulos
  • Estrada de Ferro Campos do Jordão
  • Cervejaria Baden Baden: Reserve Horário, as visitas ocorrem de hora em hora e costumam sempre estar lotadas.
  • Mosteiro de São João - Irmãs Beneditinas
  • Pico do itapeva: É um ótimo local para comprar malhas e artesanato local. Lá também é possível ver, em dias com poucas nuvens, cidades do Vale do Paraíba, inclusive a Catedral de Aparecida do Norte. (Alt: 1975 Metros)
  • Pico do Imbiri: É bem mais tranquilo que o Pico do Itapeva, de lá é possível ver grande parte da cidade de Campos do Jordão. (Atenção no caminho, a estrada é em boa parte de terra, quando chove o acesso fica limitado.)

Faça[editar]

  • Caminhada - Opções interessantes são a trilha Celestina (trilha circular de aproximadamente 9km) e Sapucaí no Horto Florestal, além e Morro do Camelo próxima ao Pico do Itapeva. Para uma caminhada leve próxima ao Capivari procure o Bosque do Silencio.
  • Arborismo - A região de Campos do Jordão é a capital do arborismo no Brasil, com uma grande variedade e qualidade de circuitos. O passeio no circuito do Bosque do Silêncio é o mais se destaca, veja no site da Altus [3]
  • Cachoeirismo
  • Mountain Bike
  • Passeio a cavalo
  • Pescaria
  • Passeio no bonde elétrico
  • Bosque do Silêncio - É um parque com cerca de 100.000 metros quadrados a apenas 1,7 km do centro do Capivari, com uma paisagem preservada de araucárias, trilhas para caminhadas leves e um circuito de arborismo grande e variado.

Beber e sair[editar]

Quem vai a Campos do Jordão procura duas coisas, a tranquilidade das montanhas, ou o agito da vida noturna. A cidade, principalmente no inverno, ferve com atrações e muita gente bonita. Para quem quer achar uma boa balada, basta dar uma volta no Capivari, em frente aos Bares Baden-Baden e Safira. Por lá, ficam sempre promoters para divulgar tudo que vai acontecer nas boates da cidade. Para os que não pretendem ficar em casa mas também não querem passar a noite na boate, os bares do Capivari são uma boa opção. O Baden-Baden Baden-Badené uma opção mais familiar, sem música ao vivo e não tão animado, a porção de Bolinha de Queijo e o Fondue de Queijo são ótimas opções. O Safari é a opção mais animada do Capivari. Sempre com musica ao vivo e muita gente disposta a se divertir. Se for lá, chame pelo garçom Regis, ótimo atendimento, espirituoso e brincalhão. A alma do bar.

Compre[editar]

  • Malhas
  • Chocolates
  • Shoppings

Comer[editar]

Volte. São inúmeras as cidades turísticas no Brasil e particularmente no estado de São Paulo. Por que Campos do Jordão?

Porque dentro do nosso país tropical, nossa cidade é única, com sua natureza exuberante e peculiar, com quatro estações definidas, de clima temperado e friozinho o ano todo.

Este “tempero” estimulou o desenvolvimento de uma gastronomia rica, criativa, alto nível, como em pouquíssimos lugares no Brasil. Em qualquer época do ano é possível desfrutar as delícias da boa mesa. O clima é sempre perfeito para bons vinhos e pratos saborosos, simples ou sofisticados.

A Associação Cozinha da Montanha é a reunião de mais de 20 restaurantes com proprietários, gerentes, chefes de cozinha e equipes dispostos a criar o ano inteiro boas motivações para que o nosso visitante encontre prazer à mesa. São vários eventos e temporadas gastronômicas em que buscamos valorizar os ingredientes de boa qualidade, preferencialmente produzidos em nossa região, como o saboroso shiitake, o nosso nativo pinhão, o maravilhoso chocolate ou ainda aqueles pratos que tem o melhor clima para aqui serem consumidos, como as fondues e racletes, com certeza.

Não podemos esquecer as trutas fresquinhas, criadas e pescadas nas águas geladas da nossa montanha, como as frutas vermelhas, que ganham espaço e produção abundante em nossas encostas.

Desfrute das belezas e das delícias desse refúgio encantador e deguste da excelência de nossos restaurantes.

Dormir[editar]

Mantenha contato[editar]

Partir[editar]

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites