Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Braga

Da Wikitravel
Ir para: navegação, pesquisa
O Largo do Paço.

Braga é uma cidade de Portugal. É conhecida por ser a cidade dos Arcebispos ou cidade Romana portuguesa. É uma das mais antigas cidades portuguesas e uma das cidades cristãs mais antigas do mundo.

Entenda[editar]

Braga conta com mais de 2000 anos de história. Situa-se numa terra de transições de Este para Oeste, a Este as serras (durante o Inverno com neve) e o parque Nacional da Peneda-Gerês, e a Oeste as praias litorais do Norte de Portugal.

Braga tem um centro económico muito bem conservado e foi uma das cidades portuguesas que mais exemplarmente conservou o seu património, mais concretamente o da época barroca.

Chegar[editar]

De avião[editar]

Os aeroportos mais próximos são: Aeroporto Francisco Sá Carneiro (Porto; 50 km), Aeroporto da Portela (Lisboa; 350km), e na vizinha Espanha o Aeroporto de Vigo (125km).

AEROPORTO DO PORTO - BRAGA Uma vez chegado ao Aeroporto do Porto poderá apanhar os seguintes transportes até ao centro da cidade de Braga:

Comboio/Metro Apanhe o Metro até à estação da Campanhã ou a estação de São Bento, de seguida apanhe o comboio que o levará até à estação de caminhos de ferro de Braga. Duração: 2h00 Preço (aprox.): 5€ MetroComboios

Autocarro Transfer directo que estabele a ligação entre Braga - Aeroporto do Porto e vice-versa, opera todos os dias. Duração: 50 min Preço: 8€ ida - 14€ ida e volta Get Bus

Táxi A praça de táxis está situada no exterior do piso das chegadas do Aeroporto do Porto. Duração: 40 min Preço (aprox.): 60€

De comboio/trem[editar]

A Estação de comboios de Braga fica no Largo da Estação. Existem ligações diárias de Alfa-Pendular de Lisboa e Porto. Existem também ligações a quase todas as cidades importantes do país.

De autocarro/ônibus[editar]

Ligações regionais diárias a todo noroeste português, e ligações Expresso e Renex diárias às mais importantes cidades de Portugal. Ligações semanais a Paris, Bourdeus, Madrid, entre outros.

De carro[editar]

A cidade possui ligação à E1 ou IP1 e o IP9. O E1 a sul atravessa o litoral português e a norte o noroeste Espanhol, o IP9 liga as praias a Oeste e o interior do país.

Auto Jardim Av. General Norton de Matos, nº152 4700 Braga Phone: 253 217802/3

Circular[editar]

De autocarro/ônibus[editar]

Os transportes urbanos tub oferecem transporte para todos os pontos de interesse. Durante o Verão circula também pela cidade o BragaTour. O BragaTour percorre os mais importantes monumentos de Braga.

De carro[editar]

A cidade possui uma moderna circular urbana e várias variantes de acesso. Possui também vários parques de estacionamento subterrâneos no centro da cidade.

Aluguer de carros[editar]

  • Auto Jardim (Av. General Norton de Matos, nº152 4700 Braga

Phone: 253 217802/3)[1]

Veja[editar]

Santuário do Bom Jesus do Monte.
  • Santuário do Bom Jesus do Monte - Igreja barroca. A igreja e parte do escadório são autoria de Carlos Amarante e foram iniciadas em 1776. Tem um elevador movido a água que liga a base do escadório e o topo deste. Tem-se magníficas vistas de Braga.
  • Santuário do Sameiro - Um outro santuário, perto do Bom Jesus. Em Agosto realiza-se aqui uma famosa romaria. Tem boas vistas e uma mata frondosa.
  • Sé de Braga - Veio a substituir um outro templo destruído em 967. Em 1070 já havia um esboço do novo edifício; em 1089 era sagrado o altar da inacabada catedral pelo bispo D. Pedro. É portanto mais antiga que o próprio Reino de Portugal (formado em 1141). As obras da catedral só acabariam no século XVIII. Um dos pontos de interesse são os dois enormes órgãos barrocos.
  • Jardim de Santa Bárbara - Considerado por muito o mais bonito jardim bracarense, pode ser encontrado no centro histórico. No cruzamento da rua do Souto com a rua Justino Cruz, quem caminhe do Arco da Porta Nova para a Arcada, só tem que virar à esquerda. Fica nas traseiras do antigo paço arquiepiscopal. Está dividido em talhões, cada um com flores de uma cor diferente. No centro, um chafariz sobressai do conjunto.
  • Antigo Hospital de S. Marcos - Um complexo monumental constituido por uma igreja e um hospital, ambos em estilo barroco.
  • Arco da Porta Nova - A verdadeira entrada para o centro histórico de Braga. É encimado por uma figura femenina, associado por vezes a uma representação simbólica de Braga.
  • Capela de São Frutuoso de Montélios - Uma capela do ano 650, agregada a uma igreja franciscana barroca. O interior tem arcos em ferradura.
  • Casa dos Crivos - Fica na rua de São Marcos. Destacam-se as portas e janelas em reixa.
  • Largo do Paço - Fica no centro histórico de Braga, não muito longe da sé. No centro deste largo está um chafariz barroco.
  • Convento do Pópulo - De raiz quinhentista, foi transformada mo século XVIII. Destacam-se a sacristia e os azulejos.
  • Estado Municipal - Construído numa antiga pedreira, foi desenhado pelo arquitecto Souto Moura.
  • Paços do Concelho - Com pões um dos lados da chamada praça municipal. Da sua fachada barroca sobressai a imagem de Nossa Senhora do Livramento. No interior há uma série de azulejos representando monumentos da cidade.
  • Palácio do Raio - Uma obra-prima do rócócó, com uma fachada em azulejos e com varandas elaboradíssimas.
  • Theatro Circo - O teatro de Braga. Alvo de uma resauração recente, recuperou todo o seu esplendor de interiores. Situa-se na Av. Da Liberdade, um pouco abaixo da Arcada.
  • Arcada - É uma zona alpendrada no centro bracarense, onde confluem a rua do Souto, a Avenida da Liberdade e a Avenida Central. Aqui se situam cafés de referência, como o Vianna.
  • Largo de São João de Souto - Para além do hospital de S. Marcos, tem como pontos de interesse a Casa dos Coimbras e um jardim.
  • Praça Velha - Fica à entrada da rua do Souto. É um dos melhores exemplos de como era a cidade medieval. Tem vários restaurantes, esplanadas e lojas tadicionais.
Capela do Espírito Santo
  • Capela do Divino Espírito Santo - A Capela do Espírito Santo, feita em pedra, é quinhentista e foi mandada construir em 1567 por Balthasar Carneiro, Abade de Nogueira como lembra uma pedra embutida no interior da capela-mor, acompanhada ainda de uma lápide que diz que foi reformada com grande aumento à custa da Confraria no ano de 1825 e restaurada em 1973. A imagem que se venera na capela e está na base do altar-mor é a do Divino Espírito Santo significando o Pai (imagem a vermelho), Filho, Cristo na Cruz, e Espirito Santo, o símbolo da Pomba que aparece na tela rodeada por bustos de anjos. À direita, também no altar, está a imagem de S. Bento e à esquerda S. Sebastião colocados sobre mísulas de madeira. Os altares existentes na Capela são em talha dourada. Ao centro da Capela existem ainda mais dois altares laterais possuindo o do lado direito a imagem de Sto. António, antecedida pela imagem recente de Nossa Senhora de Fátima e seguida da imagem do Senhor dos Passos também em madeira, talvez de Oliveira, com a cidade de Jerusalém pintada no niche da parede. No lado esquerdo vê-se uma imagem de S. José, depois a de Nossa Senhora da Saúde e seguidamente as imagens, colocadas em 1991, de S. Judas Tadeu e menino Jesus sobre peanhas de pedra. Na capela encontra-se ainda a Sagrada Custódia em prata considerada a mais rica jóia paroquial, e ainda uma antiga imagem do Espírito Santo. Faz ainda parte da capela do Espírito Santo a bandeira com os dizeres "Abençoai-nos Senhor, Nogueira 1990" com um bonito desenho desta capela e ainda dois Missais um de 1793 Romano e outro Bracarense de 1924 com as orações da missa para todos os dias do ano. Todos os anos celebra-se as Festividades em Honra do Divino Espírito Santo.

Museus[editar]

  • Museu da Imagem - Fica na entrada da rua do Souto, numa das torres da antiga cerca medieval. Expões uma colecção de fotografia sobre a cidade.
  • Museu dos Biscainhos - Um antigo solar barroco, com mobiliário e jardins cuidadosamente preservados, mostra a vida quotidiana da aristocracia minhota.

Faça[editar]

Eventos[editar]

Andor e Bandeira na Festa do Divino Espirito Santo
  • Semana Santa - As festas da Semana Santa são o cartaz turístico da cidade. Incluem várias procissões solenes, e o seu itinerário principal é a rua do Souto. Os desfiles recebem um toque especial dos penitentes descalços e tocando matracas.
  • A Festa em Honra do Divino Espirito Santo - Uma das festas mais antigas da cidade de Braga, realizada na Capela do Divino Espírito Santo situada na freguesia de Nogueira.

Atividades[editar]

  • Um passeio pela rua do Souto - Reservada para peões. Fica entre o Campo das Hortas e a Avenida Central. Aqui se desenrolam os momentos principais dos destejos da Semana Santa. Aqui fica o tradicional Café Brasileira.

Aprenda[editar]

Trabalhe[editar]

Compre[editar]

  • Rua do Souto - Entre o Campo das Hortas e a Avenida Central é a mais comercial das ruas bracarenses. Há muitas lojas antigas, mas também há uma grande concentração de estabelecimentos e marcas de prestígio.
  • Centros Comerciais:
    • Braga Shopping;
    • Braga Parque.

Coma[editar]

Pudim Abade de Priscos

O Pudim Abade de Priscos é um pudim típico de Braga, sendo uma das poucas receitas que o famoso cozinheiro do século XIX abade de Priscos transmitiu para o público.

O pudim ficou conhecido quando Pereira Júnior, director do Magistério Primário feminino de Braga no antigo Convento dos Congregados, pediu ao Abade de Priscos receitas para ensinar no magistério.

É fácil de encontrar em qualquer restaurante de comida tradicional de Braga.

Econômico[editar]

  • Frigideiras do Cantinho (Largo de S. João do Souto, 1; Tel.: (+351) 253 263 991) - Famoso pelas suas "Frigideiras" (pastéis folhados com carne) e pelo seu bolo romano.
  • Inácio (Campo das Hortas, 4; Tel.: (+351) 253 613 235).
  • São Frutuoso (Rua Costa Gomes, 168; Tel.: (+351) 253 613 235).
  • Restaurante O Camponês (Rua Monsenhor Airosa, 62; Tel.: (+351) 253 275 149).

Médio[editar]

  • Bem-me-Quer (Campo das Hortas, 5; Tel.: (+351) 253 262 095).

Esbanje[editar]

Beba e saia[editar]

  • A Brasileira - juntamente com o Vianna é um dos cafés mais tradicionais de Braga.
  • Vianna

Durma[editar]

Económico[editar]

  • Hotel Ibis Braga, Rua do Carmo 38, (+351)253 204 800, [3].  editar

Médio[editar]

Esbanje[editar]

Mantenha contato[editar]

O código telefónico para a área da cidade de Braga é 253.

Segurança[editar]

Braga, no geral, é uma cidade bastante segura. No entanto convém ter cuidado com os seus pertences; não os deixe à vista.

  • PSP, Tel: +351253200420

Saúde[editar]

  • Hospital de São Marcos, Tel: +351253209000

Quotidiano[editar]

Partir[editar]

Mosteiro de Tibães.

Não muito longe de Braga ficam Barcelos, famoso sobretudo pelo artesnato, mas também pelos seus monumetos, e Caldelas, famosa pelas suas termas que ainda hoje funcionam. São Bartolomeu do Mar é outra boa opção, cenário de uma das mais famosas romarias de Portugal (em Agosto).

Rendufe, a 9km de Amares, é uma outra opção. Vale a pena visitar a igreja e as ruínas do mosteiro beneditino.

Nos arredores de Braga ficam também o Mosteiro de Tibães, casa-mãe da ordem beneditina em Portugal e no Brasil no século XVI, a Ponte do Porto, uma ponte medieval, com 11 arcos, que atravessa o rio Cávado, o Mosteiro de Santa Maria do Bouro, agora uma pousada, o Santuário de Nossa Senhora da Abadia e a Igreja de Abade de Neiva, na localidade homónima, e a Igreja de São Frutuoso de Montélios, uma igreja visigótica nas proximidades de Braga.

A meia-hora de Braga (seja via Amares ou pelas estrada para Chaves) ficam as Caldas do Gerês e a Caniçada,, uma das portas de entrada para o Parque Nacional da Peneda-Gerês. Tem belas paisagens e aldeias tradicionais.




Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!

Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites