Contribua para um artigo e ajude o wikitravel a crescer! Aprenda como.

Arábia Saudita

Da Wikitravel
Ásia : Oriente Médio : Arábia Saudita
Ir para: navegação, pesquisa
noframe
Localização
noframe
Bandeira
Sa-flag.png
Informações Básicas
Capital Riade
Governo Monarquia absolutista
Moeda Riyal saudita (SAR)
Área 1.960.582 km2
População 27.019.731 (est. Julho 2006)
Idioma Árabe
Religião Muçulmanos 100%
Eletricidade 127-220V/60Hz
Código telefônico 966
Internet TLD .sa
Fuso horário UTC+3


A Arábia Saudita é um país do Oriente Médio.

Regiões[editar]

Saudi regions map.png
Asir
Província Oriental
Hejaz
Nejd
Norte








Cidades[editar]

Outros destinos[editar]

Entenda[editar]

O calendário adotado é o islâmico (Hijrah), bastante diferente do gregoriano, usado no mundo ocidental. As datas mencionadas em documentos são as duas.

Chegar[editar]

Peregrino em Meca

O país sempre concedeu três tipos de visto: turismo religioso, visita a familiares e negócios. Cidadãos brasileiros precisam pegar com antecedência o visto de entrada, em qualquer situação. No caso de negócios, a concessão depende de uma peculiaridade: é necessário ser convidado por uma empresa saudita, escrito em árabe e na versão original. Recentemente, operadores turísticos licenciados pelos sauditas passaram e emitir visto convencional de turismo. Os vistos servem normalmente para uma única entrada no país. A quem quiser visitar o país, recomenda-se tomar as providências com certa antecedência. Vacina contra febre amarela é exigida. Somente muçulmanos podem visitar as cidades de Meca e Medina.

De avião[editar]

  • O Aeroporto Internacional Rei Khaled fica a 35 km ao norte de Riade. Táxis pré-pagos com o logotipo do aeroporto funcionam 24h por dia, e levam 30 minutos até a cidade. Limosines também fazer o trajeto. Não há transporte público de/para o aeroporto. A principal companhia é a Saudi Arabian Airlines.

De barco[editar]

Os principais portos são o de Damã, no Golfo Pérsico, e o de Jedá, no Mar Vermelho.

De carro[editar]

As rotas internacionais da Arábia Saudita ligam o país à Jordânia, Iêmen, Qatar, Kuwait, Iraque e Emirados Árabes Unidos.

De autocarro/ônibus[editar]

Há linhas regulares de ônibus entre o país e Bahrein, Egito, Jordânia, Qatar, Síria, Turquia e Emirados Árabes Unidos

De comboio/trem[editar]

Circular[editar]

De avião[editar]

Além da companhia nacional, a Arabian Express tem rotas domésticas.

De barco[editar]

De carro[editar]

As principais companhias internacionais de aluguel de carro operam no país. Táxis são muito caros. A carteiras de motoristas são normalmente aceitas por um período de até três meses, desde que traduzidas legalmente para o Árabe. Recomenda-se o uso de licença internacional com tradução sancionada, mas não é obrigatório. Mulheres não podem dirigir no país, bem como viajar em carros com homens que não sejam seus parentes consagüíneos ou por casamento.

De autocarro/ônibus[editar]

A empresa SAPTCO oferece serviços de ônibus interurbanos e locais. Os veículos são modernos, com ar-condicionado e dois andares; além disso, todos eles precisam ter uma parte separada por telas para uso das mulheres.

De comboio/trem[editar]

A Saudi Railways Organisation opera os serviço de trens no país. A principal linha liga Riade e Damã, com 570 km de extensão. Há um serviço diário com carros com ar-condicionado e vagão-restaurante. Uma segunda linha liga diretamente Riade com Hofuf. Crianças com menos de quatro anos não pagam.

Fale[editar]

Compre[editar]

Jóias, tapeçarias, produtos de banho, objetos de luxo, roupas étnicas, incenso, peças em bronze. Barganhar é fundamental, até mesmo para produtos eletrônicos. As lojas ficam abertas de Sábado à Quinta-feira, das 9h às 13h e das 16h30 às 20h (durante o Ramadã, das 20h à 1h).

Coma[editar]

A comida local é bastante condimentada. As carnes mais comuns são galinha e carneiro, apesar de se comerem quase todas as carnes excepto o porco, que é proibido por lei. As comidas mais encontradas são arroz, lentinha, homus (pasta de grão-de-bico), kultra (espetinho de galinha ou carneiro), kebab (servido com sopa e legumes), mezze (entradas variadas), bolos, e muhalabia (pudim de arroz).

Também é muito comum o Kibe Cru, geralmente consumido no Brasil.

Beba e saia[editar]

  • Álcool é proibido no país. Ser pego bêbado pode causar graves problemas.
  • Café e suco de frutas são uma alternativa ao álcool. Cerveja sem álcool e coquetéis são servidos em hotéis.

Aprenda[editar]

A Arábia Saudita é um país muito tradicional e suas leis rígidas para os padrões ocidentais.

Trabalhe[editar]

Na Arábia Saudita, aos empregados o salário não são 1000 euros como em Portugal, são sim por volta de 3500.

Segurança[editar]

Saúde[editar]

  • O país exige vacinação contra febre-amarela de quem vem de países com qualquer região infectada pela doença, como o Brasil.
  • Vacina contra tifo é recomendada.
  • Algumas regiões no sul do país tem casos de malária.
  • Leishmaniose ocorre no sudoeste do país, e a raiva ainda não foi erradicada.
  • A água de torneiras pode ser contaminada. Recomenda-se fervê-la ou esterelizá-la antes de usar, até mesmo para escovar os dentes.
  • Os serviços médicos são de alta qualidade, mas tratamentos são caríssimos. Um seguro de saúde é básico....

Respeite[editar]

  • Uma série de produtos tem entrada proibida no país: álcool, narcóticos e drogas, remédios sem prescrição, pornografia, livros religiosos (exceto o Corão), dentre outros.
  • Comer, beber e fumar durante o jejum do Ramadã é severamente punido.

Mantenha contato[editar]

Embaixada do Brasil em Riade: Ibin Zaher Street - Diplomatic Quarter, P.O.Box 94348 - Riyadh 11693 - Reino da Arábia Saudita, tel. (966 1) 488-0018/25 (Geral) e 488-0054, e-mails: arabras@shabakah.net.sa (GERAL) secom@shabakah.net.sa (SECOM)

Partir[editar]

Taxa de SAR 50,00 para deixar o país.


Variantes

Ações

Docentes do destino

Noutras línguas

outros sites